Fisiologia cardíaca

2.511 visualizações

Publicada em

0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.511
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
112
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fisiologia cardíaca

  1. 1. Fisiologia Cardíaca PET- FARMÁCIA ANA FLÁVIA M. ARAÚJO
  2. 2. Anatomia do Coração  Cavidade torácica, repousando sobre o músculo diafragma, atrás do externo, entre os pulmões no espaço mediastino médio.
  3. 3. Músculo Cardíaco  Músculo atrial  Músculo ventricular  Sincício  Maior duração de contração
  4. 4. Potencial de Ação  Varia de entre -85mV e +20mV  Células contráteis  Células condutoras  Potencial de ação: Átrios, ventrículos e sistema purkinge  Potencial de ação: nó sinoatrial
  5. 5. Potencial de Ação  Átrios, ventrículos e sistema purkinge  FASES Fase 0: Condutância de sódio. Fase1: Repolarização Inicial. Fechamento de canais de sódio. Efluxo de potássio Fase 2: Abertura dos canais de cálcio (tipo L) Efluxo de Potássio Platô= Equilíbrio= Influxo de Cálcio e Efluxo de Potássio Fase3: Condutância de potássio. Entrada de Cálcio = Repolarização definitiva. Fase 4: Repouso.
  6. 6. Potencial de Ação  Nó sinoatrial (Automatismo)  FASES Fase 0: Influxo de cálcio (canal do tipo T) Fase 3: Repolarização. Condutância ao potássio. Fase 4: Influxo de sódio (canal do tipo F)
  7. 7. Ciclo Cardíaco  Conjunto de eventos que ocorre entre o início de um batimento e o início do próximo.  Consiste na diástole e na sístole.  Fases da sístole: Contração Isovolumétrica, ejeção rápida e ejeção lenta.  Fases da Diástole: Relaxamento isovolumétrico, enchimento rápido e enchimento lento.
  8. 8. Ciclo Cardíaco
  9. 9. Regulação do bombeamento cardíaco  Em repouso o coração bombeia 4 à 6 litros/min  Meios de regulação: Mecanismo cardíaco de Frank- Starling “ Dentro de limites fisiológicos, o coração bombeia todo o sangue que a ele retorna pelas veias.” Inervação Simpática e Parassimpática: Nervos simpáticos: 180 a 200 bat/min Nervos parassimpáticos: 20 a 40 vezes/min
  10. 10. Controle da ritmicidade cardíaca Sistema Nervoso Autônomo (SNA) Mediadores Químicos Noradrenalina Simpáticas Parassimpáticas Adrenalina Acetilcolina Frequência cardíaca Frequência cardíaca Força de contração Força de contração Débito cardíaco Débito cardíaco
  11. 11. Hemodinâmica  O fluxo sanguíneo determinado pela Lei de Ohm  Concluímos que: Pressão fluxo Resistência fluxo  Outros fatores relacionados como : comprimento do vaso, Diâmetro do vaso e Viscosidade do sangue. Q= P / R
  12. 12. Controle da Pressão Arterial Mecanismo Neural Mecanismo Hormonal
  13. 13. Eletrocardiograma  Registra as diferenças dos potencias elétricos  Simples  Barato  Não invasivo  Fácil execução  eletrocardiógrafo
  14. 14. ELETROCARDIOGRAMA Onda T- A sua inversão indica processo isquêmico Onda P- Sua amplitude máxima é de 0,25 Mv; Tamanho normal: Altura: 2,5 mm, comprimento: 3,0 mm; A Hipertrofia atrial causa um aumento na altura e/ou duração da Onda P.
  15. 15. Interpretação do Eletrocardiograma 1. Entender a grade de um eletrocardiograma
  16. 16. Interpretação do Eletrocardiograma 2. Meça o tempo decorrido entre os seus batimentos cardíacos  0,12 e 2 segundos = 3 a 4 quadrados
  17. 17. Interpretação do Eletrocardiograma 3. Localize dois picos idênticos na saída de seu eletrocardiograma
  18. 18. Interpretação do Eletrocardiograma  Calcule a sua frequência cardíaca usando a seguinte fórmula. Exemplo: 4 Maiores entre os picos Logo, 300/4 = 75 bat/min
  19. 19. Eletrocardiograma
  20. 20. Eletrocardiograma anormal Taquicardia Fibrilação
  21. 21. REFERÊNCIAS  B. G. Katzung. Farmacologia Básica e Clínica. 10 ed., Lange, São Paulo, 2007;  GUYTON & HALL.Tratado de Fisiologia Médica. 11ed,. Lange, São Paulo, 2006  NET, Medicina. Disponível em: <http://www.medicinanet.com.br. Acesso em: 22 de julho 2013;  VARELLA,Drauzio. Disponível em: <http://www.drauziovarella.com.br. Acesso em:25/07/13
  22. 22. Obrigada!

×