BANCA UFPR – NÚCLEO DE CONCURSOS
 Produções textuais solicitadas pela banca NC UFPR
 TEXTO OPINATIVO - Pode ser pedido u...
 TIRINHA E CHARGE
 A tira e a charge sempre vão brincar com a ironia, a ambiguidade e o
paradoxo. É aí que está o segred...
CARTA
 Exige do aluno habilidade em escrever uma carta
para alguém ou para um veículo de comunicação. É
uma espécie de ca...
BANCA NC/UFPR
PARÁFRASE forma
conteúdo
Reprodução do mesmo conteúdo de forma
diferente.
COMO FAZER UMA PARÁFRASE ADEQUADA?
 Primeiro, ler o texto e responder a 3
perguntas:
1) Qual é o tema
2) Qual é o posicio...
UMA POSSÍVEL QUESTÃO DISCURSIVA
 A banca pode apresentar um artigo completo
e solicitar ao candidato uma síntese do texto...
O QUE A BANCA OBSERVA NO TEXTO DO
CANDIDATO?
 Capacidade de leitura, interpretação e
síntese.
Neste caso, você precisa se...
A ATRIBUIÇÃO DE NOTA PARA A QUESTÃO PAUTOU-
SE NA COMBINAÇÃO DOS SEGUINTES CRITÉRIOS:
• Forma adequada ao gênero resumo.
•...
ENTREVISTA
 A banca pode apresentar ao candidato uma
entrevista no estilo “Ping Pong”. (voz ativa)
 Ping= pergunta Pong=...
TRANSPOSIÇÃO DO DISCURSO
 Conteúdo: não inserir informações/opiniões
que não estejam no texto.
 Forma: não fazer cópia/c...
ESQUEMA BÁSICO
 Apresentação da entrevista (fonte)
do (a) autor (a)
 Em entrevista publicada à.....fulano de tal
afirma ...
SUGESTÃO DE ABERTURA
 Adiar a apresentação para a 2ª frase
 Abertura pode apresentar a frase-síntese da
ideia central, o...
EM SEU TEXTO VOCÊ DEVE:
 Mencionar o autor durante o texto, no
entanto, você deve evitar repetir o nome do
autor ou do en...
CHARGE
 A charge é outro recurso muito utilizado pela
banca. Através desse recurso será avaliada
sua capacidade de compre...
AS PARTES DA CHARGE
 Na parte jornalística
 Contextualização: qual a notícia que inspirou
a charge. ( conhecimento de mu...
RECURSOS UTILIZADO NA CHARGE
 Ironia, intertextualidade, duplo sentido,
contradição intencional
 A banca espera que o ca...
Observe a charge de Paixão publicada durante a realização no Rio de Janeiro da
Conferência das Nações Unidas sobre Desenvo...
A ATRIBUIÇÃO DE NOTA PARA A QUESTÃO PAUTOU-
SE NA COMBINAÇÃO DOS SEGUINTES CRITÉRIOS:
• Menção aos autores das duas charge...
CONHECENDO A BANCA
Compreensão e produção de textos
Tem por objetivo avaliar a capacidade de o candidato produzir textos d...
ELABORAÇÃO E CONTATO
 Professora Ana Paula Dmetriv
Contato: professoraanadmetriv@hotmail.
com
 Oficina de produção textu...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Segunda fase do vestibular da UFPR

626 visualizações

Publicada em

Explicação das principais modalidades textuais solicitadas na segunda fase do vestibular da UFPR. Exemplos de questões e dicas para a elaboração dos textos.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
626
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Segunda fase do vestibular da UFPR

  1. 1. BANCA UFPR – NÚCLEO DE CONCURSOS  Produções textuais solicitadas pela banca NC UFPR  TEXTO OPINATIVO - Pode ser pedido um texto inteiro ou a complementação de uma ideia inicial. No primeiro caso, o importante é que o aluno expresse uma opinião. Ela tem de ficar clara no texto, não importa se é ou não a mesma do conteúdo do texto de apoio. No segundo caso, é preciso manter o mesmo estilo do texto, ver se o autor usou frases curtas ou longas, se foi formal, se o texto é mais sério ou criativo e seguir o mesmo molde.  TRANSPOSIÇÃO DE DISCURSO  A partir de um diálogo ou de uma entrevista pingue-pongue, o estudante precisa transformar o texto em um discurso indireto, ou seja, contar o que foi dito. Esse modelo requer alguns cuidados com as mudanças nos verbos, pronomes e advérbios que devem ser modificados para se adequar à terceira pessoa. Nesse caso, assim como no resumo, o principal erro que pode ser cometido é acrescentar informações que não estão no texto-base.
  2. 2.  TIRINHA E CHARGE  A tira e a charge sempre vão brincar com a ironia, a ambiguidade e o paradoxo. É aí que está o segredo: olhar a imagem buscando uma leitura subliminar. Para isso, é necessário uma bagagem de informação de atualidades, pois muitas charges trazem conteúdo do cenário político, cultural e econômico atual. Outro detalhe que não pode ser esquecido é citar o autor e a fonte.  RESUMO  Com base em um texto grande, geralmente opinativo, o estudante tem de produzir um resumo de no máximo 12 linhas contendo as ideias principais. O segredo para ir bem nesse modelo é não copiar as frases do texto, mas usar as próprias palavras para contar o pensamento do autor. Além disso, é muito importante fazer referência a ele e à fonte e data em que foi publicado o texto de apoio. O ideal é não usar termos e frases entre aspas, a menos que tenha algum dado significativo
  3. 3. CARTA  Exige do aluno habilidade em escrever uma carta para alguém ou para um veículo de comunicação. É uma espécie de carta do leitor. Nela é necessário colocar sempre o vocativo. Nesse caso não é preciso se preocupar com o pronome de tratamento adequado. Apenas um “senhor” ou “senhora”, no caso de cartas formais, resolve. Já a assinatura, comum em cartas, é dispensada pela UFPR – e essa informação vai aparecer no enunciado – para não identificar o aluno. Nesse modelo, o candidato tem de se preocupar em fazer um texto que interaja com o destinatário da carta.
  4. 4. BANCA NC/UFPR PARÁFRASE forma conteúdo Reprodução do mesmo conteúdo de forma diferente.
  5. 5. COMO FAZER UMA PARÁFRASE ADEQUADA?  Primeiro, ler o texto e responder a 3 perguntas: 1) Qual é o tema 2) Qual é o posicionamento do autor sobre o tema. ( É a favor ou contra?) 3) Quais os argumentos utilizados pelo autor para defender o seu posicionamento.
  6. 6. UMA POSSÍVEL QUESTÃO DISCURSIVA  A banca pode apresentar um artigo completo e solicitar ao candidato uma síntese do texto. Sua tarefa será selecionar o que é mais importante, para isso, você deve realizar um esquema com as 3 questões apresentadas anteriormente.
  7. 7. O QUE A BANCA OBSERVA NO TEXTO DO CANDIDATO?  Capacidade de leitura, interpretação e síntese. Neste caso, você precisa seguir 4 passos. 1) Leitura superficial do texto 2) Ler parágrafo por parágrafo e identificar a ideia central de cada um. 3) Fazer uma lista de tópicos frasais 4) Um esquema das 3 questões principais; montar seu texto com suas próprias palavras.
  8. 8. A ATRIBUIÇÃO DE NOTA PARA A QUESTÃO PAUTOU- SE NA COMBINAÇÃO DOS SEGUINTES CRITÉRIOS: • Forma adequada ao gênero resumo. • Esclarecimento sobre a autoria do texto-fonte • Leitura correta do texto-fonte e seleção das afirmações mais relevantes. • Menção aos conceitos mais importantes usados pelo autor para construir sua argumentação: • Respeito aos critérios de composição textual e às normas gramaticais.
  9. 9. ENTREVISTA  A banca pode apresentar ao candidato uma entrevista no estilo “Ping Pong”. (voz ativa)  Ping= pergunta Pong= resposta Sua tarefa será a de transformar essas vozes em uma única voz utilizando seu vocabulário e respeitando o conteúdo.  Mais uma vez entra em jogo a sua capacidade de leitura e escrita.
  10. 10. TRANSPOSIÇÃO DO DISCURSO  Conteúdo: não inserir informações/opiniões que não estejam no texto.  Forma: não fazer cópia/colagens  Atribuir a autoria do texto  Fazer uma apresentação da entrevista ou resumo ( citar fonte) O NC/UFPR costuma utilizar artigos publicados na Gazeta do Povo, Folha de S. Paulo, Istoé, Época, Super Interessante, Ciência Hoje, Veja.
  11. 11. ESQUEMA BÁSICO  Apresentação da entrevista (fonte) do (a) autor (a)  Em entrevista publicada à.....fulano de tal afirma que....  Em artigo publicado na revista .......fulano de tal afirma que....
  12. 12. SUGESTÃO DE ABERTURA  Adiar a apresentação para a 2ª frase  Abertura pode apresentar a frase-síntese da ideia central, ou seja, do sentido geral do texto. ......É o que defende fulano de tal em entrevista para....
  13. 13. EM SEU TEXTO VOCÊ DEVE:  Mencionar o autor durante o texto, no entanto, você deve evitar repetir o nome do autor ou do entrevistado. Utilize pronomes, profissão, sobrenome, cargo, naturalidade, nacionalidade ou até mesmo a elipse.  Utilize verbos dicedi (ou declarativos) afirma, complementa, discorda, relata, acrescenta....
  14. 14. CHARGE  A charge é outro recurso muito utilizado pela banca. Através desse recurso será avaliada sua capacidade de compreensão e interpretação, uma vez que, a charge se compõe de jornalismo e arte.
  15. 15. AS PARTES DA CHARGE  Na parte jornalística  Contextualização: qual a notícia que inspirou a charge. ( conhecimento de mundo)  Interpretação da charge:  Descrição: sair do plano da imagem Qual a estratégia do autor para produzir efeito de humor?
  16. 16. RECURSOS UTILIZADO NA CHARGE  Ironia, intertextualidade, duplo sentido, contradição intencional  A banca espera que o candidato reconheça o recurso utilizado e o contexto.
  17. 17. Observe a charge de Paixão publicada durante a realização no Rio de Janeiro da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. Considerando os elementos representados na charge e sua relação com a foto ao lado, escreva um texto explicitando a opinião de Paixão sobre a Rio+20. Seu texto deve: • ter de 10 a 12 linhas; • indicar não apenas o ponto de vista do autor, mas também os elementos gráficos em que se fundamenta sua interpretação.
  18. 18. A ATRIBUIÇÃO DE NOTA PARA A QUESTÃO PAUTOU- SE NA COMBINAÇÃO DOS SEGUINTES CRITÉRIOS: • Menção aos autores das duas charges. • Interpretação das charges, explicitando leituras possíveis. • Discriminação e interpretação dos elementos simbólicos das duas charges. • Adequação das interpretações tanto das charges analisadas globalmente quanto dos elementos simbólicos destacados. • Respeito aos critérios de composição textual e às normas gramaticais.
  19. 19. CONHECENDO A BANCA Compreensão e produção de textos Tem por objetivo avaliar a capacidade de o candidato produzir textos de diferentes gêneros textuais, atendendo aos seguintes aspectos:  Fidelidade ao que propõe a questão, o que requer também domínio de leitura de texto(s) que serve(m) de base; Organização global e coerência do texto;  Uso adequado de recursos coesivos;  Domínio da língua culta contemporânea: normas de concordância, regência, colocação, além de uso de vocabulário adequado; Domínio de estruturas sintáticas próprias da escrita, bem como dos sinais de pontuação, tendo em vista um máximo de clareza e precisão; Legibilidade do texto e respeito às normas ortográficas em vigor.
  20. 20. ELABORAÇÃO E CONTATO  Professora Ana Paula Dmetriv Contato: professoraanadmetriv@hotmail. com  Oficina de produção textual para os vestibulares e Enem.  Qualquer dúvida entrem em contato pelo e- mail. Boa sorte a todos! =)

×