Caso Clínico- Sist. do Cuidar III

166 visualizações

Publicada em

Projeto elaborado pelas acadêmicas Ana Cláudia Lessa, Kariny Nogueira e Thayane Rodrigues, para a disciplina Sistematização do Cuidar III, do curso de Enfermagem. Da Universidade Estácio de Sá, campus Macaé. O trabalho foi proposto pela Docente Kyra Vianna.

Publicada em: Saúde
  • Seja o primeiro a comentar

Caso Clínico- Sist. do Cuidar III

  1. 1. Caso Clínico Disciplina: Sistematização do Cuidar III Acadêmicas: Ana Cláudia Lessa, Kariny Nogueira e Thayane Rodrigues Macaé 2016
  2. 2. Dados do Cliente  Sra M.C.C, 69 anos, reside em Macaé, viúva, aposentada, portadora de Diabete Mellitus, insulino- dependente. Foi admitida na recepção acompanhada pela filha, apresentando úlceras no membro inferior direito, recorrente do DM (pé diabético).
  3. 3. História Clínica  Foi admitida no dia 14/11/2016, com queixa de dor no membro inferior direito, com quadro de ansiedade e stress, foi encaminhada para o centro cirúrgico, onde foi realizado desbridamento do tecido desvitalizado e drenagem de abscesso. Com prescrição do médico iniciou o tratamento medicamentoso, com ciprofloxacina, causando reação alérgica na paciente, sendo assim substituído por tazpen e foi administrado fenergam.
  4. 4. História Clínica  Foi relatado pela acompanhante que a paciente tem alergia aos medicamentos penicilina, diclofentado de potássio, dipirona, ibuprofeno e sulfametazol.
  5. 5. Exame Físico  Inspeção estática e dinâmica - presença de flebites nos MMSS esquerdo e direito;  Ausculta Pulmonar anterior e posterior – normal;  Ausculta Cardíaca – normal;  Temperatura – 36,2° C;  Pressão Arterial – 120/80 mmHg;  Palpação do abdômen superficial e profunda – aspectos normais em todos os quadrantes;  Percussão – sons hidroaéreos normais ;  Respiração – 22 RPM;  Pulso radial – 80 BPM.
  6. 6. Exames Complementares Solicitados  Foi solicitado pelo médico hemograma completo. O resultado do hemograma constatou que as taxas estão normais.
  7. 7. Medicações  Tazpen -(piperacilina sódica e tazobactam sódico) é indicado para o tratamento das seguintes infecções bacterianas: Pessoas adultas. Infecções do aparelho respiratório inferior (pneumonias). Infecções das vias urinárias (complicada ou não complicada). Infecções intra-abdominais. Infecções da pele e tecidos moles. Infecção generalizada bacteriana. Infecções ginecológicas, incluindo infecção da parede interna do útero no pós-parto e doença inflamatória do aparelho reprodutor feminino. Infecções neutropênicas febris, em associação a um antibiótico aminoglicosídeo. Infecções dos ossos e articulações. Infecções polimicrobianas (mais de um microrganismo causador). Crianças 1. Infecções febris em pacientes pediátricos, que apresentem baixa quantidade de células sanguíneas responsáveis pela defesa do organismo (neutrófilos) em associação a um aminoglicosídeo (classe de antibiótico como amicacina). Infecções intra-abdominais em crianças com 2 anos ou mais. Tazpen é indicado para garantir ampla cobertura e mantê-lo eficaz em debelar as infecções causadas pelas bactérias sensíveis a Tazpen .
  8. 8. Medicações  Fenergan - prometazina é um anti- histamínico H1 pertencente ao grupo das fenotiazinas, com atividade antialérgica, antiemética, sedante para indução do sono (atividade hipnótica) e pode interagir com receptor de sódio (interessante para bloqueio anestésico local). É um derivado etilamino.
  9. 9. Medicações  Ciprofloxacina – é um antibiótico do grupo das quinolonas. Ativo contra bactérias gram negativas, incluindo P. Aeruginosa, N. Gonorrohoeae, N. Menigitidis, H. Influenzal, Chlamydia spp, Micoplasma spp, entre outros. Usado em infecções do trato urinário, prostatites, gastroenterites severas, DSTS,infecções da pele e tecidos moles, não indicado em pneumonias por S. Pneumoniae.
  10. 10. Patologia  Pé Diabético é o termo empregado para nomear asdiversas alterações e complicações ocorridas, isoladamenteou em conjunto, nos pés e nos membros inferioresdos diabéticos. O pé diabético é caracterizado pela presença de pelomenos uma das seguintes alterações: neurológicas, ortopé- dicas, vasculares e infecciosas, que podem ocorrer no pédo paciente portador de diabetes.
  11. 11. Diagnóstico de Enfermagem  Integridade da pele prejudicada relacionada a perda de acesso caracterizado por flebites.  Controle emocional instável relacionado com a internação caracterizado por ansiedade.  Dor aguda relacionado a pé diabético caracterizado por autorrelato da intensidade usando escala padronizada de dor (escala FACES de Wong-Baker).  Mobilidade física prejudicada relacionada a dor caracterizada por úlcera no membro inferior direito.
  12. 12. Cuidados de Enfermagem  Manter o gotejamento de soro no intervalo das medicações para não obstruir o acesso.  Conversar com a paciente, estimular que ela fale sobre seus sentimentos, oferecer apoio psicológico, demonstrar empatia, abordar de uma forma calma e segura.  Administrar analgésicos, quando prescritos, reduzir ou eliminar fatores que precipitam ou aumentam a experiência de dor, Promover o repouso/sono adequados para facilitar o alivio da dor.  Estimular paciente a sentar na poltrona;estimular, auxiliar e supervisionar a deambulação; uso de coxins para oferecer melhor conforto.
  13. 13. Resultados Esperados  Evitar a perda de acesso venoso e manter a integridade da pele.  Reduzir a ansiedade e melhorar o controle emocional.  Controle da dor, melhorar nível de conforto, controle dos sintomas.  Melhorar nível de mobilidade, locomoção.
  14. 14. Bibliografia  https://pt.wikipedia.org/wiki/Prometazina -acessado 25/11/16,16:00  http://www.doctuo.com.br/bula/tazpen - acessado 25/11/16, 16:30  https://pt.wikipedia.org/wiki/Ciprofloxacina - acessado 25/11/16, 17:00  http://www.scielo.br/pdf/jvb/v10n4s2/a01v10n4s2 .pdf - acessado 25/11/16, 17:20  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext &pid=S0034-71672006000300013 – acessado 30/11/16, 13:30  https://souenfermagem.com.br/artigo/diagnostico s-de-enfermagem-nanda - acessado 30/11/16 , 14:49

×