Cidade de Bananal 
Ana Clara C. Motta – 8° ano A
História “resumo” 
 O Bananal nasceu 
da povoação fundada por 
João Barbosa de Camargo 
e sua mulher Maria 
Ribeiro de Je...
Geografia 
 Seus limites são os municípios fluminenses de Barra Mansa a norte, Rio 
Claro a leste e Angra dos Reis a sul,...
 Densidade demográfica (hab./km²): 15,7 
 Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 24,66 
 Expectativa de vida (anos):...
Mapa de Bananal
Pontos Turísticos: 
Fazenda Boa Vista 
 Teve origem da Sesmaria da 
Água Comprida em fins do 
século XVIII. Sede das 
faz...
Fazenda Casa Grande 
 José de Aguiar Toledo, 
procedente da Ilha Terceira 
dos Açores, chegou a 
Bananal por volta de 176...
Fazenda Três Barras 
 Em 1822 hospedou o príncipe 
D. Pedro em suas viagem à 
São Paulo que culminou com o 
grito do Ipir...
Aspectos Econômicos: 
Atividade Econômica de Bananal 
 A região de Bananal foi a 
primeira rota do ouro, depois do café 
...
Resumo: 
 A economia é baseada nas grandes fazendas de café (só lembrando 
que o ciclo do café acabou junto com a escravi...
Estrutura econômica no passado: 
 A cidade de Bananal 
em 1950 era muito 
pobre, sem avanços 
tecnológicos, com isso 
dif...
Antes Depois
FIM!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cidade de bananal

700 visualizações

Publicada em

Curiosidades, localizações, outros sobre a cidade de Bananal.

Publicada em: Serviços
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Cidade de bananal

  1. 1. Cidade de Bananal Ana Clara C. Motta – 8° ano A
  2. 2. História “resumo”  O Bananal nasceu da povoação fundada por João Barbosa de Camargo e sua mulher Maria Ribeiro de Jesus, que aí ergueram uma capela dedicada ao Senhor Bom Jesus do Livramento, em sesmaria que lhes foi doada em 1783. O povoado foi elevado a vila, em 1832, e à município, em 1849, sendo comarca desde 1858 .
  3. 3. Geografia  Seus limites são os municípios fluminenses de Barra Mansa a norte, Rio Claro a leste e Angra dos Reis a sul, assim como São José do Barreiro e Arapeí (ambos em São Paulo) a oeste. DEMOGRAFIA  Dados do Censo - 2000  População total: 9713  Urbana: 7187  Rural: 2526  Mulheres: 4894  Homens: 4819
  4. 4.  Densidade demográfica (hab./km²): 15,7  Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 24,66  Expectativa de vida (anos): 67,10  Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 3,49  Taxa de alfabetização: 89,04%  Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,758  IDH-M Renda: 0,703  IDH-M Longevidade: 0,702  IDH-M Educação: 0,870  (Fonte: IPEADATA)  Hidrografia  Rio Bracuí  Rio Bananal  Rodovias  SP-64  SP-68  SP-247
  5. 5. Mapa de Bananal
  6. 6. Pontos Turísticos: Fazenda Boa Vista  Teve origem da Sesmaria da Água Comprida em fins do século XVIII. Sede das fazendas do Comendador Luciano José de Almeida, foi a maior produtora de café do município. Em 1948 hospedou o Barão de Caxias e restabeleceu suas tropas a caminho da Silveiras um dos focos da rebelião liberal. Hoje é Hotel Fazenda Boa Vista, guardando ainda alguns resquícios do passado. Distante 12 km da sede.
  7. 7. Fazenda Casa Grande  José de Aguiar Toledo, procedente da Ilha Terceira dos Açores, chegou a Bananal por volta de 1765, adquiriu terras perto do Arraial, no Vale do Retiro onde fundou a fazenda Formiga à margem direita do rio Bananal. Na década passada, a Fazenda Formiga foi transformada no Hotel Fazenda Casa Grande - retornando assim às origens:- "antiga casa de pouso dos Bandeirantes". Restaurada, a casa mantém ainda hoje seu estilo e sua característica “bandeirística” que encanta a seus hóspedes ao oferecer-lhes resquícios de um nobre passado.
  8. 8. Fazenda Três Barras  Em 1822 hospedou o príncipe D. Pedro em suas viagem à São Paulo que culminou com o grito do Ipiranga. Hoje, sem o esplendor de outrora, mas ainda muito bonita, transformou-se em Hotel- Fazenda; Hotel Fazenda Três Barras. Conserva ainda muito do seu passado, como por exemplo, o aposento duplo usado pelo Príncipe D. Pedro, com os móveis da época. Neste aposento dormiu também Juscelino K. de Oliveira quando Presidente da República, numa visita à Bananal. O restante da casa (parte interna) sofreu modificações. Localizada a 6 km da sede.
  9. 9. Aspectos Econômicos: Atividade Econômica de Bananal  A região de Bananal foi a primeira rota do ouro, depois do café e viveu dias de abundância retratados no seu patrimônio histórico. A este aspecto somam se as características Geográficas regionais que permitem muitos roteiros para os amantes da natureza como as 43 cachoeiras e grutas da Serra da Bocaina. Lúcia conta que a prefeitura de Bananal tinha interesse no desenvolvimento do turismo local e para isto buscou a parceria da Secretaria de Cultura do estado e do Sebrae- SP. “O papel do Sebrae foi fundamental, eu participei desde a primeira oficina para o desenvolvimento do turismo que os técnicos do Sebrae realizaram em Bananal e, quando foi criado o Comtur, fui convidada para assumir a presidência” conta.  Em Bananal, o Sebrae-SP participou da criação da diretoria de turismo, ligada à Associação Comercial e Industrial local, ampliando em100% o quadro de associados, que hoje conta com cerca de 70 empresas. Foi através desta diretoria de turismo que foi viabilizada a inauguração do Centro de Recepção ao Turista. O Sebrae-SP realizou oficinas de planejamento estratégico, reuniões de acompanhamento, um curso Saber Empreender e consultorias para qualidade no atendimento a clientes.
  10. 10. Resumo:  A economia é baseada nas grandes fazendas de café (só lembrando que o ciclo do café acabou junto com a escravidão a uns bons anos atrás) como diz a propaganda da Vanguarda "A cidade parou no tempo". Há uma velharia que ainda está em pé não sei como, que é a tal da "Pharmácia Popular", que parece mais um museu, a farmácia (com PH) mais antiga do Brasil em funcionamento, e o povo daqui ainda se orgulha de ter uma velharia daquela em pé ocupando lugar do que poderia ser alguma coisa para a cidade crescer. O turismo também caracteriza a economia de Bananal.
  11. 11. Estrutura econômica no passado:  A cidade de Bananal em 1950 era muito pobre, sem avanços tecnológicos, com isso dificultava a vida das pessoas naquela cidade. Com os avanços tecnológicos do dia a dia a renda de Bananal cresceu bastante aumentando 56°/° dos recursos econômicos, tanto rural quanto urbano.
  12. 12. Antes Depois
  13. 13. FIM!

×