A
Ambiente- O meio ambiente, comumente chamado apenas de ambiente, envolve todas as coisas vivas e não vivas que ocorrem n...
Água Potável- Não tem cor, nem cheiro, é transparente tem algumas substancias dissolvidas, o que dão um sabor agradável.
Á...
Barbatana dorsal- A barbatana dorsal fica em cima do peixe. Também abana a água mas é com pouca força.
Barbatanas peitorai...
Comportamento alimentar- São os processos de procurar e capturar ou colher o seu alimento que constituem o comportamento a...
Classe- É um dos grupos taxonómicos.
D
Dente incisivos- São cortantes e fazem preensão e corte dos alimentos.
Dente canino...
Escamas-Escamassão estruturas em forma deplaca achatada, que sedispõeno tegumento como uma armadura protetora. Estão prese...
Filo- É um dos grupos taxonómicos.
Família- É um dos grupos taxonómicos.
Filtração- É um processo para retirar as substânc...
H
Habitat- O conceito de habitat é, normalmente, usado em referência a uma ou mais espécies, no sentido de estabelecer os ...
Insetívoros-Animal que come insetos.
L
Limbo- É a lâmina da folha, possuiuma grande área que facilita as trocas de gases c...
N
Nós- É uma formação de algumas plantas.
Nervura- Feixe vascular, por vezes saliente, formado pelos vasos condutores das ...
Ovovíparos-Ovovivíparos são animais que retém os ovos dentro do corpo. Algumas cobras, tubarão e escorpião fazem isso. Par...
Planta xerófila- Um organismo xerófilo é um organismo adaptado à vida num meio seco e com pouca umidade.
Poluição- Poluiçã...
Quintina- Os insetos possuem o corpo revestido porquintina, substância resistente e impermeável que tem função protetora.
...
Rizoma- Um tipo de caule que cresce horizontalmente.
Reino- É um dos grupos taxonómicos.
Reflorestamento-Reflorestamento é...
T
Tronco- Tipo de caule.
Tubérculo-. Parte grossa de um caule que cresce debaixo da terra. A batata é o melhor exemplo de ...
Glossário de ciência
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Glossário de ciência

291 visualizações

Publicada em

Espero que gostem

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Glossário de ciência

  1. 1. A Ambiente- O meio ambiente, comumente chamado apenas de ambiente, envolve todas as coisas vivas e não vivas que ocorrem na Terra, ou alguma região dela, que afetam os ecossistemas e a vida dos humanos. É o conjunto de condições, leis, influências e infraestrutura de ordem física, química e biológica, que permite, abriga e rege a vida em todas as suas formas. Articulação- As articulações dos animais são muito importantes porque sem eles não conseguiam por exemplo voar. Ave- Animal com penas e põe ovos. Ave de rapina- Ave caracterizada pelo seu bico curvo e pelas unhas fortes.
  2. 2. Água Potável- Não tem cor, nem cheiro, é transparente tem algumas substancias dissolvidas, o que dão um sabor agradável. Água Salobra- Contém substâncias excessiva de substâncias dissolvidas que lhe dão um sabor desagradável, e por vezes fica turva. B Biodiversidade-Biodiversidade é a diversidade da natureza viva. Então, biodiversidade compreende a totalidade de variedade de formas de vida que podemos encontrar na Terra (plantas, aves, mamíferos, insetos, micro-organismos...). Biosfera-Biosfera significa esfera da vida. São as condições ambientais em que se processaa vida animal e vegetal da terra. É a camada do globo terrestre habitada pelos seres vivos. Contém o solo, o ar, a água, a luz, o calor e os alimentos, que fornecem condições necessárias para o desenvolvimento da vida. Barbatana anal- A barbatana anal fica ao pé do ânus de um peixe isso significa também que não serve para nadar. Barbatana caudal- A barbatana caudal permite que o peixe nade, empurrando a água para um lado e para o outro. Quanto mais depressa o peixe abanar a barbatana caudal mais depressa nada.
  3. 3. Barbatana dorsal- A barbatana dorsal fica em cima do peixe. Também abana a água mas é com pouca força. Barbatanas peitorais- Aa barbatanas peitorais situam-se ao pé do peito do peixe. Também abanam a água mas com pouca força. Barbatanas ventrais- As barbatanas ventrais fica ao pé da barbatana anal. São duas e também abanam a água com pouca força. Bainha- É uma expansão da base do pecíolo, que se insere no caule. C Concha univalve- Concha formada por uma única valva, pelo que não existe ligamento. Concha bivalve- Concha formada por 2 valvas. Camuflagem- disfarce para os animais para, se protegerem dos predadores. Carnívoro- Animal que se alimenta de carne.
  4. 4. Comportamento alimentar- São os processos de procurar e capturar ou colher o seu alimento que constituem o comportamento alimentar de cada espécie animal. Caule-O caule é o órgão que estabelece uma ligação entre a raiz e as e as folha e cresceem sentido oposto áraiz. Serve de suporteaos ramos, às folhas, às flores e aos frutos. É através de caule que circulam as substâncias indispensáveis ao desenvolvimento da planta. Coife- Perfura a terra para ajudar a raiz. Colmo- É um tipo de caule. Caulóide- São muitos delgados, são curtos em alguns musgos e, noutros, mais alongados. Célula- São as unidades estruturais e funcionais dos organismos vivos. As maiorias dos organismos, tais como as bactérias, são unicelulares (consistem em uma única célula). Outros organismos, tais como os seres humanos, são pluricelulares. C Citoplasma- Componente gelatinoso que rodeia o núcleo da célula. Classificação- A inclusão dos seres vivos em grupos taxonómicos.
  5. 5. Classe- É um dos grupos taxonómicos. D Dente incisivos- São cortantes e fazem preensão e corte dos alimentos. Dente canino- São aguçados e têm como principal função de rasgar os alimentos. Dente molar- Com pontas aguçadas, saliências arredondadas ou pregas, são essencialmente trituradores. Dissolução- Dissolução é quando adicionamos qualquer substância na água e ela dissolve-se. Decantação-É um processopara retirar as substâncias em depósito da água. Desinfeção-É um processoparaeliminar os micróbios da água, através de produtos químicos, compor exemplo o cloro e a lixivia. E
  6. 6. Escamas-Escamassão estruturas em forma deplaca achatada, que sedispõeno tegumento como uma armadura protetora. Estão presentes em peixes, répteis e aves. Entrenós- O entre-nó aparece em caules. Entre-nó é a parte que fica entre dois nós. Espique- Caule lenhoso das plantas. Espécie- É um dos grupos taxonómicos. Frugívoro- Animal que come fruta. Filóides- Os Filóides partem do Caulóide. São verdes, nascem muito próximos uns dos outros e de tamanho reduzido.
  7. 7. Filo- É um dos grupos taxonómicos. Família- É um dos grupos taxonómicos. Filtração- É um processo para retirar as substâncias em suspensão da água. G Granívoros-Animal que come sementes: milhos, grão… Gemas-Dá origem a novas folhas, flores e frutos. Grupos taxonómicos-São conjuntos, numa sequência ordenada, de seres vivos que apresentam semelhanças entre si. Género- É um dos grupos taxonómicos.
  8. 8. H Habitat- O conceito de habitat é, normalmente, usado em referência a uma ou mais espécies, no sentido de estabelecer os locais e as condições ambientais onde o estabelecimento de populações desses organismos é viável. Por exemplo, o habitat da truta são os cursos de água bem oxigenados e com baixa salinidade das zonas temperadas. Herbívoro- Animal que se alimenta de plantas. Hidrosfera- Hidrosfera é o sistema formado pelas águas que podemos encontrar na superfície ou subsolo do nosso planeta. Hidrosfera- É o conjunto de todas as massas de água existentes na terra. I Inseto- animal invertebrado (animal sem ossos). Maioria são pequenos e têm asas.
  9. 9. Insetívoros-Animal que come insetos. L Limbo- É a lâmina da folha, possuiuma grande área que facilita as trocas de gases com o ar, necessárias para a fotossíntesee respiração. M Membrana alar- A membrana alar do morcego é uma prega da pele que liga os ossosalongados dos dedos da mão aos lados do corpo, aos membros posteriorese á cauda. É rígida, leve e impermeável ao ar, funciona como uma asa e é acionada por fortes musculos peitorais. Membra interdigital- A rã desloca-se facilmente na água, nadando, devido á sua forma e á membrana que tem entre os dedosda pata posterior.
  10. 10. N Nós- É uma formação de algumas plantas. Nervura- Feixe vascular, por vezes saliente, formado pelos vasos condutores das folhas. O Omnívoro- Animal que come tudo como por exemplo o homem. Ovíparo- Que se reproduz por meio de ovos.
  11. 11. Ovovíparos-Ovovivíparos são animais que retém os ovos dentro do corpo. Algumas cobras, tubarão e escorpião fazem isso. Para o embrião, a grande vantagem é de estar protegido dentro do corpo da mãe. Mas ele depende das reservas nutritivas do ovo para crescer. Há um certo custo energético para a Fêmea, pois ela tem que carregar o ovo. No entanto, ela não é responsável por nutrir este embrião. Ordem- É um dos grupos taxonómicos. P Piscívoro- Animal que se alimenta de peixe. Prato- É um tipo de caule que aparece na cebola. Também se pode chamar Disco do Bolbo. Pecíolo-É a haste que sustenta o limbo, deve ser firme, mas flexível para não quebrar com a força do vento. Por dentro do pecíolo também passam os vasos condutores. Planta hidrófila- Hidrófitas ou macrófitas aquáticas são quaisquer plantas que vivem com uma porção de sua parte vegetativa permanentemente imersa em água.
  12. 12. Planta xerófila- Um organismo xerófilo é um organismo adaptado à vida num meio seco e com pouca umidade. Poluição- Poluição da água é a contaminação composta por elementos que podem ser prejudiciais aos seres vivos e plantas, assim como a atividade humana. O resultado desta contaminação traduz-se em água poluída. Poluente- Algo com capacidade para poluir: o óleo pode ser um grande poluente quando derramado em lugares indevidos como alguns oceanos. Pele nua- A pele da rã é nua e nela é produzido um liquido viscoso que a mantém húmida e que, em algumas espécies, afugenta os inimigos. Predador- Animal que ataca outro (presa) para se alimentar. Penas- As aves possuem a pele revestida de penas que, além de manterem constante a temperatura do corpo, lhe facilitam a locomoção. Pelos- A pele dos mamíferos é revestida por pelos que permitem manter constante temperatura do corpo e ajudam a confundi-los com o ambiente. Q
  13. 13. Quintina- Os insetos possuem o corpo revestido porquintina, substância resistente e impermeável que tem função protetora. R Regime alimentar- O conjunto de alimentos que um animal consome. Ruminação- Segunda mastigação, após reduzir o alimento do estômago á boca. Raiz- É o órgão que liga a planta ao solo e pelo qual ela absorve as substâncias que necessita para o seu desenvolvimento. Raiz aprumada- Se a planta tem uma raiz principal grossa e outras raízes mais finas que saem da principal. Raiz fasciculada- Se a planta não têm uma raiz principal mas têm muitas raízes de tamanho idêntico, fazendo lembrar um feixe. Rizoide- Parecem uns delicados pelos que fixam os musgos ao suporte. Raiz tuberosa- a planta tem raízes muito grossas (porque contêm substâncias de reserva).
  14. 14. Rizoma- Um tipo de caule que cresce horizontalmente. Reino- É um dos grupos taxonómicos. Reflorestamento-Reflorestamento é uma ação ambiental, a vegetação removida pelas forças da natureza (incêndios, porexemplo) ou ações humanas (queimadas, exploração de madeira, expansão de áreas agrícolas, queimadas). S Solução- Quando adicionamos uma substância na e dissolve-se chamamos ao chamamos a este fenómeno solução. Solvente- Numa solução o componente em maior quantidade é o solvente. Soluto- Numa solução o componente em menor quantidade é o soluto.
  15. 15. T Tronco- Tipo de caule. Tubérculo-. Parte grossa de um caule que cresce debaixo da terra. A batata é o melhor exemplo de tubérculo. O tubérculo armazena alimentos, em geral amido, para a planta. Apresenta pequenas folhas escamosas e gemas minúsculas conhecidas como olhos. Esses olhos brotam, dando origem a novas plantas, que retiram seu alimento do tubérculo, até que as próprias raízes e folhas se formem. Z Zona pilosa- Absorve sais minerais e outras substâncias. Zona de crescimento- Permite a planta crescer. Zona de ramificação- Equilibra a planta.

×