Texto argumentativo

56 visualizações

Publicada em

Amone

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
56
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Texto argumentativo

  1. 1. • O desenvolvimento: – articula-se com a introdução; – integra referências concretas à obra do autor, recorrendo a citações de excertos e/ou títulos; – veicula juízos próprios apoiados em referências textuais. Nota ainda que: – deves ler, com muita atenção, o enunciado de forma a compreenderes claramente a tese aí formulada; – antes de redigires o teu texto, deves organizar a informação em forma de tópicos ou de esquema; – durante a redacção, deves identificar o tipo de relações lógicas existentes entre cada
  2. 2. uma das três partes do texto e entre as ideias que vais expor no desenvolvimento, de modo a seleccionares os articuladores do discurso que vão evidenciar esses nexos, – convencionalmente, o tempo utilizado neste tipo de texto é o presente do indicativo; – não podes fugir ao limite de palavras indicado. 2. Mecanismos de coesão do texto (conectores/articuladores do discurso) Como aprendeste em anos anteriores, os articuladores do discurso são conectores utilizados para fazer a ligação entre frases e parágrafos no texto. Do seu bom uso resulta uma maior coesão do texto. Os conectores pertencem a diversas classes de palavras: podem ser conjunções, advérbios, locuções adverbiais; podem, até, ser frases inteiras.
  3. 3. Recorda, na lista que se segue, alguns articuladores correctores mais frequentes: acordo com certeza, naturalmente, é evidente que, certamente, sem dúvida, ... adição/sequencialidade e, também, em primeiro lugar, num primeiro momento, antes de, além disso, em segundo lugar, em seguida, seguidamente, depois de, após, até que, simultaneamente, enquanto, quando, por fim, finalmente, em suma, ...
  4. 4. alternância fosse... fosse, ou (... ou), ora... ora, quer... quer, ... causa pois, pois que, visto que, já que, porque, dado que, uma vez que, por causa de, com efeito, ... consequência/conclusão por tudo isto, de modo que, de tal forma que, daí que, tanto... que, é por isso que, logo, em conclusão, ... incerteza talvez, provavelmente, é provável que, possivelmente, porventura, eventualmente, ... oposição mas, porém, todavia, contudo, no entanto, apesar de, não obstante, ainda que, apesar de, embora, mesmo que, por mais que, se bem que, ... modo como, conforme, também, tal como, assim como, deste modo, assim, … tempo e lugar antes, depois, então, dantes, hoje, em seguida, lá, cá, além, ali, aqui Texto retirado do manual Entre Margens 12.º ano, Porto Editora, 2005
  5. 5. alternância fosse... fosse, ou (... ou), ora... ora, quer... quer, ... causa pois, pois que, visto que, já que, porque, dado que, uma vez que, por causa de, com efeito, ... consequência/conclusão por tudo isto, de modo que, de tal forma que, daí que, tanto... que, é por isso que, logo, em conclusão, ... incerteza talvez, provavelmente, é provável que, possivelmente, porventura, eventualmente, ... oposição mas, porém, todavia, contudo, no entanto, apesar de, não obstante, ainda que, apesar de, embora, mesmo que, por mais que, se bem que, ... modo como, conforme, também, tal como, assim como, deste modo, assim, … tempo e lugar antes, depois, então, dantes, hoje, em seguida, lá, cá, além, ali, aqui Texto retirado do manual Entre Margens 12.º ano, Porto Editora, 2005

×