Finanças dos clubes brasileiros em 2015- Amir Somoggi

3.380 visualizações

Publicada em

Análise das finanças dos clubes brasileiros no exercício de 2015. Estudo realizado anualmente pelo consultor em marketing e gestão esportiva, Amir Somoggi.

Essa já é a 4a.edição do estudo.

Publicada em: Esportes
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.380
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
139
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
78
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Finanças dos clubes brasileiros em 2015- Amir Somoggi

  1. 1. Maio de 2016 Finanças dos clubes brasileiros em 2015 2015, o ano da virada? Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva • Aumento de receitas, que estavam estagnadas desde 2012. • Elevação dos custos com futebol. • Superávits, por conta dos descontos do PROFUT. • Redução das Dívidas.
  2. 2. 25,5% 29,7% -6,9% 33,6% 6,1% 11,6% 13,4% 26,3% 39,0% 1,3% -1,4% 19,0% 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2 Os 20 maiores clubes em receitas do Brasil apresentaram um faturamento conjunto de R$ 3,7 bilhões em 2015, uma evolução de 19% na comparação com 2014. O melhor resultado desde 2012. A metodologia do estudo considera sempre os 20 maiores clubes em receitas de cada ano. Receita total dos maiores clubes do Brasil Evolução anual das receitas- Em % Evolução da receita total – 20 maiores clubes brasileiros – Em R$ milhões Fonte: Análise Amir Somoggi Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva 652 818 1.061 988 1.320 1.400 1.563 1.773 2.240 3.114 3.155 3.112 3.732 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015
  3. 3. 34% 29% 26% 29% 22% 24% 29% 30% 36% 40% 31% 36% 38% 26% 30% 31% 23% 37% 27% 19% 16% 15% 14% 23% 14% 17% 9% 11% 15% 17% 12% 13% 14% 18% 18% 14% 15% 15% 14% 11% 9% 9% 11% 11% 13% 14% 14% 13% 11% 12% 14% 14% 7% 7% 6% 8% 8% 11% 12% 11% 8% 7% 10% 10% 10% 13% 14% 13% 12% 10% 13% 12% 11% 10% 14% 9% 11% 7% 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 Direitos de TV Transferências de Atletas Patrocínio e Publicidade Social e Amador Bilheteria Outras 3 Desde o grande salto em receitas em 2012, pelo novo contrato de TV, o faturamento dos clubes brasileiros ficou estagnado até 2014. Esse ano é a primeira vez que os clubes apresentaram um crescimento contundente nas receitas. O principal fator para desempenho foi o aumento das receitas com transferências de atletas, que passaram de R$ 406 milhões para R$ 661 milhões A representatividade das transferências foi de 14% das receitas em 2014 para 17% em 2015. Os recursos com jogadores cresceram + 63%. Os direitos de TV também cresceram e superaram R$ 1,4 bilhão,+27% e o clube social e sócio torcedor com um total de R$ 510 milhões +8%. Os patrocínios atingiram R$ 495 milhões +7% e a bilheteria R$ 352 milhões +14%. Receita total dos maiores clubes do Brasil Distribuição das fontes de receitas dos 20 clubes – Em % Fonte: Análise Amir Somoggi Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva
  4. 4. 4 Receita total dos maiores clubes do Brasil Fonte: Análise Amir Somoggi Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva RK Clubes Receita Total- Em R$ milhões Variação 2014-2015 Variação 2011-2015 2015 2015 2014 2013 2012 2011 Em % Em % 1 Cruzeiro 363,8 223,2 187,9 120,4 128,7 63% 183% 2 Flamengo 355,6 347,0 272,9 212,0 185,0 2% 92% 3 Palmeiras 351,5 244,1 181,2 244,6 148,1 44% 137% 4 São Paulo 330,9 253,4 364,7 284,1 226,1 31% 46% 5 Corinthians 298,4 258,2 316,0 358,5 290,5 16% 3% 6 Internacional 297,1 205,1 259,6 252,9 188,3 45% 58% 7 Atlético-MG 244,6 178,9 227,9 163,0 99,8 37% 145% 8 Grêmio 190,6 206,3 196,3 233,5 143,3 -8% 33% 9 Vasco da Gama 189,7 129,2 157,1 146,2 137,1 47% 38% 10 Fluminense 180,3 122,3 124,8 151,2 80,2 47% 125% 11 Santos 169,9 171,2 190,3 197,8 189,1 -1% -10% 12 Atlético-PR 158,0 138,8 102,3 212,8 65,5 14% 141% 13 Botafogo 121,0 163,4 181,5 122,8 58,9 -26% 105% 14 Bahia 89,3 75,8 64,5 66,6 36,9 18% 142% 15 Sport 87,6 60,8 51,4 79,8 46,9 44% 87% 16 Coritiba 85,7 87,3 96,7 86,8 66,5 -2% 29% 17 Goiás 70,3 62,6 55,5 53,1 18,5 12% 280% 18 Ponte Preta 53,8 22,4 45,6 30,1 16,3 140% 230% 19 Figueirense 47,6 41,9 23,4 41,0 40,7 14% 17% 20 Chapecoense 46,5 34,6 ND ND ND 34% ND
  5. 5. 141 107 92 78 66 61 58 40 31 27 19 14 Cruzeiro Palmeiras Internacional São Paulo Atlético-MG Vasco da Gama Fluminense Corinthians Ponte Preta Sport Atlético-PR Bahia 5 Receita total dos maiores clubes do Brasil Clubes com o maior crescimento nas receitas em 2015– Em R$ milhões Clubes com queda nas receitas em 2015– Em R$ milhões Fonte: Análise Amir Somoggi Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva -1 -2 -16 -42 Santos Coritiba Grêmio Botafogo
  6. 6. 142 109 94 60 52 37 37 18 16 16 13 12 12 11 11 5 5 5 5 4 Cruzeiro São Paulo Internacional Atlético-PR Corinthians Atlético-MG Fluminese Goiás Bahia Grêmio Palmeiras Ponte Preta Flamengo Santos Botafogo Vasco da Gama Sport Coritiba Figueirense Chapecoense 6 Receita total dos maiores clubes do Brasil Esses são os clubes que lideraram cada uma das principais fontes de receitas em 2015: Valores em R$ milhões Direitos de TV Transferências de Atletas Fonte: Análise Amir Somoggi Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva 133 128 122 114 104 88 86 84 80 73 67 54 49 47 38 35 31 28 25 24 Cruzeiro Flamengo Corinthians Atlético-MG Vasco da Gama Palmeiras Santos São Paulo Grêmio Internacional Fluminese Botafogo Bahia Sport Coritiba Goiás Atlético-PR Ponte Preta Chapecoense Figueirense
  7. 7. 87 44 43 29 25 18 16 16 14 13 11 10 8 6 4 4 3 3 1 85 70 67 36 35 35 28 22 21 20 16 10 9 8 7 7 7 6 3 3 Flamengo Palmeiras Corinthians Vasco da Gama Grêmio Internacional Fluminese Santos Cruzeiro São Paulo Atlético-MG Botafogo Sport Coritiba Figueirense Chapecoense Atlético-PR Bahia Ponte Preta Goiás 7 Receita total dos maiores clubes do Brasil Valores em R$ milhões Patrocínio e Publicidade *Cruzeiro inclui as receitas com sócio torcedor. *Corinthians não apresenta receitas de bilheteria. Fonte: Análise Amir Somoggi Clube Social e Esporte Amador Bilheteria Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva 68 68 47 46 44 29 25 24 23 23 22 19 19 19 8 7 7 5 4 Internacional Palmeiras Flamengo Grêmio São Paulo Corinthians Atlético-PR Vasco da Gama Fluminese Atlético-MG Coritiba Botafogo Cruzeiro Santos Sport Chapecoense Figueirense Bahia Goiás
  8. 8. 8 Participação das fontes de receitas Fonte: Análise Amir Somoggi Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva Participação sobre a receita total – Em % Direitos de TV Jogadores Patrocínios Sócios Bilheteria Outras Cruzeiro 37% 39% 6% 5% 12% 1% Flamengo 36% 3% 24% 13% 12% 11% Palmeiras 25% 4% 20% 19% 25% 7% São Paulo 25% 33% 6% 13% 9% 13% Corinthians 41% 17% 22% 10% 0% 10% Internacional 25% 32% 12% 23% 5% 3% Atlético-MG 46% 15% 7% 9% 10% 12% Grêmio 42% 8% 19% 24% 0% 7% Vasco da Gama 55% 3% 19% 13% 6% 5% Fluminese 37% 20% 15% 13% 9% 5% Santos 51% 6% 13% 11% 10% 9% Atlético-PR 19% 38% 4% 16% 4% 19% Botafogo 44% 9% 8% 16% 10% 12% Bahia 55% 18% 6% 6% 12% 4% Sport 53% 6% 11% 10% 15% 5% Coritiba 44% 6% 9% 25% 9% 6% Goiás 50% 26% 4% 6% 5% 10% Ponte Preta 53% 22% 5% 0% 5% 15% Figueirense 51% 10% 15% 14% 7% 4% Chapecoense 54% 8% 15% 15% 8% 0% Direitos de TV Jogadores Patrocínios Sócios Bilheteria Outras 38% 17% 14% 14% 10% 7% Média dos 20 times
  9. 9. 18,7% 27,9% 3,9% -0,7% 29,5% 24,8% 19,8% 28,4% 31,6% -1,5% 6,9% 17,6% 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 9 Receitas sem transferências de atletas Analisando o crescimento das receitas dos 20 clubes, sem o impacto das transferências dos atletas é possível ter uma visualização mais exata do crescimento operacional do mercado. Os clubes analisados viram suas receitas sem as transferências de atletas crescerem 18%, atingindo R$ 3,07 bilhões em 2015. Evolução da receita sem transferências de atletas- Em R$ milhões Evolução anual das receitas sem transferências - Em % Fonte: Análise Amir Somoggi Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva 483 573 732 761 756 978 1.220 1.462 1.877 2.471 2.435 2.602 3.071 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015
  10. 10. 10 Receitas sem transferências de atletas Fonte: Análise Amir Somoggi Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva RK Clubes Variação 2014-2015 Variação 2011-2015 2015 2015 2014 2013 2012 2011 Em % Em % 1 Flamengo 344,0 327,3 272,9 200,5 179,7 5% 91% 2 Palmeiras 339,0 182,8 175,1 238,3 135,3 85% 150% 3 Corinthians 246,5 217,2 246,9 324,7 230,8 13% 7% 4 São Paulo 222,0 212,4 216,8 237,8 201,9 5% 10% 5 Cruzeiro 221,7 197,6 163,2 96,8 99,1 12% 124% 6 Atlético-MG 208,0 177,3 161,8 151,2 77,1 17% 170% 7 Internacional 203,0 191,2 152,9 192,6 145,7 6% 39% 8 Vasco da Gama 184,5 124,7 125,4 115,5 131,2 48% 41% 9 Grêmio 174,5 168,0 171,5 196,3 133,8 4% 30% 10 Santos 159,1 125,5 127,8 170,5 152,3 27% 4% 11 Fluminense 143,8 116,6 110,4 100,0 62,0 23% 132% 12 Botafogo 110,2 135,8 130,2 87,5 44,2 -19% 150% 13 Atlético-PR 98,2 104,8 97,0 207,0 47,8 -6% 106% 14 Sport 82,5 60,8 ND ND ND 36% - 15 Coritiba 80,5 79,7 78,7 74,0 63,2 1% 27% 16 Bahia 73,4 67,6 58,0 57,8 36,5 9% 101% 17 Goiás 52,0 55,9 48,4 17,0 17,0 -7% 206% 18 Chapecoense 42,9 34,0 ND ND ND 26% - 19 Figueirense 42,9 37,1 18,9 38,9 35,5 16% 21% 20 Ponte Preta 42,1 14,3 45,6 30,1 11,2 195% 275% Receita sem atletas - R$ milhões
  11. 11. 411 540 692 728 934 1.059 1.192 1.340 1.635 1.929 2.401 2.412 2.692 652 818 1.061 988 1.320 1.400 1.563 1.773 2.240 3.114 3.155 3.112 3.732 63% 66% 65% 74% 71% 76% 76% 76% 73% 62% 76% 78% 72% 0% 55% - 500 1.000 1.500 2.000 2.500 3.000 3.500 4.000 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 Custos do Futebol Receita Total Indicador- % Custo Futebol 11 Custos do departamento de futebol Fonte: Análise Amir Somoggi Evolução dos Custos do Futebol em relação à receita total- Em R$ milhões Em 2015, os custos com futebol dos clubes analisados atingiram R$ 2,69 bilhões, crescimento de 11,6% em relação a 2014, quando os custos foram de R$ 2,41 bilhões. Em 2013 o futebol consumiu R$ 2,40 bilhões. Esse valor de 2015 representa 72% das receitas geradas. Em 2014 o indicador era de 78% e em 2013. foi de 76%. Desde 2003 os custos com futebol subiram 552%, enquanto as receitas 473%. A inflação acumulada do período foi de 120,28%. Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva
  12. 12. 12 Custos do departamento de futebol Fonte: Análise Amir Somoggi Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva *Internacional em 2015 inclui R$ 54,9 milhões em participações de direitos econômicos de jogadores. RK Clubes Variação 2014-2015 Variação 2011-2015 2015 2015 2014 2013 2012 2011 Em % Em % 1 Cruzeiro 306,4 193,5 157,5 99,3 88,8 58% 245% 2 São Paulo 273,6 235,5 248,1 189,6 145,9 16% 88% 3 Corinthians 250,3 238,5 248,2 233,3 197,4 5% 27% 4 Palmeiras 246,1 202,3 133,8 139,7 115,9 22% 112% 5 Internacional* 215,0 193,4 211,3 192,4 147,5 11% 46% 6 Grêmio 193,4 154,0 156,1 134,4 96,3 26% 101% 7 Santos 173,1 164,1 167,7 134,8 142,4 6% 22% 8 Atlético-MG 166,5 189,6 146,4 125,9 91,3 -12% 82% 9 Flamengo 147,0 169,9 180,0 ND 108,6 -13% 35% 10 Fluminense 130,1 81,4 82,0 76,3 64,2 60% 103% 11 Atlético-PR 107,5 82,1 89,9 71,4 55,6 31% 93% 12 Vasco da Gama 102,3 77,5 113,6 94,5 78,6 32% 30% 13 Botafogo 76,3 121,2 167,7 98,3 59,6 -37% 28% 14 Sport 58,2 50,9 45,6 45,8 37,3 14% 56% 15 Coritiba 54,7 71,4 65,5 61,9 50,3 -23% 9% 16 Bahia 47,8 62,6 60,3 53,8 39,0 -24% 22% 17 Chapecoense 41,1 30,2 ND ND ND 36% - 18 Ponte Preta 39,4 25,0 32,0 35,8 19,8 57% 98% 19 Figueirense 34,4 37,7 31,8 37,5 35,8 -9% -4% 20 Goiás 26,5 29,2 42,2 35,8 26,8 -9% -1% Custo do Departamento de Futebol-Em R$ milhões
  13. 13. 13 Custos do departamento de futebol O indicador máximo ideal dos custos do futebol sobre a receita é 70%. Fonte: Análise Amir Somoggi Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva RK Clubes 2015 2015 2014 2013 2012 2011 1 Goiás 38% 47% 76% 67% 145% 2 Flamengo 41% 49% 66% - 59% 3 Bahia 53% 83% 94% 81% 106% 4 Vasco da Gama 54% 60% 72% 65% 57% 5 Botafogo 63% 74% 92% 80% 101% 6 Coritiba 64% 82% 68% 71% 76% 7 Sport 66% 84% 89% 57% 80% 8 Atlético-PR 68% 59% 88% 34% 85% 9 Atlético-MG 68% 106% 64% 77% 91% 10 Palmeiras 70% 83% 74% 57% 78% 11 Fluminense 72% 67% 66% 50% 80% 12 Figueirense 72% 90% 136% 91% 88% 13 Internacional 72% 94% 81% 76% 78% 14 Ponte Preta 73% 112% 70% 119% 122% 15 São Paulo 83% 93% 68% 67% 65% 16 Corinthians 84% 92% 79% 65% 68% 17 Cruzeiro 84% 87% 84% 82% 69% 18 Chapecoense 88% 87% - - - 19 Grêmio 101% 75% 79% 58% 67% 20 Santos 102% 96% 88% 68% 75% Custos do futebol / Receita total- Em %
  14. 14. 25% 30% -7% 34% 6% 12% 13% 26% 39% 1% -1% 19% 31% 28% 5% 28% 13% 13% 12% 22% 18% 24% 0,5% 12% 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 Receita Total Custos do Futebol 14 Custos do departamento de futebol Evolução anual das receitas e dos custos com futebol - Em % Fonte: Análise Amir Somoggi Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva
  15. 15. 15 Superávits /Déficits do exercício Evolução dos superávits / déficits- Em R$ milhões Os clubes fecharam com uma melhora contundente, passando de déficits de R$ -612 milhões em 2014 para superávits de R$ 173 milhões em 2015. Essa profunda evolução está diretamente associada ao PROFUT. Os clubes receberam descontos, que se converteram em receitas financeiras, melhorando sensivelmente os números. O valor recebido como receitas financeiras e que atenuaram os déficits dos 20 clubes em 2015 foi de R$ 685 milhões. Sem estes descontos os déficits teriam chegado a R$-512 milhões. Nos últimos 2 anos, os 20 clubes tiveram perdas de mais de R$ 438 milhões, nos últimos 5 anos os déficits acumulados foram de R$ 1,2 bilhão e desde 2003, R$ 3 bilhões. Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva
  16. 16. 16 Superávits /Déficits do exercício Fonte: Análise Amir Somoggi Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva RK Clubes Acumulado 2015 2015 2014 2013 2012 2011 2011-2015 1 Flamengo 130,5 64,3 -19,5 -60,5 -12,4 102,4 2 Vasco da Gama 119,8 -13,6 -10,4 -0,1 4,6 100,3 3 Botafogo 108,8 -174,8 -74,0 -49,3 -166,6 -355,9 4 Atlético-PR 45,8 43,2 -6,5 122,8 -4,9 200,5 5 Bahia 34,2 -13,7 -113,1 -3,1 -18,5 -114,2 6 Fluminense 31,8 -7,1 -3,3 -3,7 -34,1 -16,5 7 Internacional 27,6 -49,1 -1,0 11,0 -23,4 -34,8 8 Goiás 25,5 15,1 -7,5 1,4 -18,3 16,2 9 Palmeiras 10,6 -27,7 -22,6 31,9 -22,8 -30,7 10 Chapecoense 2,8 0,1 ND ND ND 2,9 11 Figueirense 1,0 -8,3 -19,6 -7,8 -6,8 -41,5 12 Ponte Preta 0,5 -8,9 1,4 -16,8 -12,6 -36,6 13 Atlético-MG -11,9 -53,2 -22,5 -33,2 -36,1 -157,0 14 Coritiba -16,5 -42,9 -6,7 -9,0 -11,9 -87,0 15 Cruzeiro -25,8 -38,7 -22,8 -31,0 -13,1 -131,4 16 Sport -26,5 -8,6 -5,0 23,5 0,3 -16,3 17 Grêmio -37,6 -31,6 -56,8 28,2 -21,0 -118,8 18 São Paulo -72,5 -100,1 23,5 0,8 0,2 -148,1 19 Santos -78,2 -59,0 -40,6 14,6 7,4 -155,8 20 Corinthians -97,1 -97,0 1,0 7,5 5,3 -180,2 Superávits / Déficits do Exercício - Em R$ milhões
  17. 17. 17 Receitas x Despesas dos clubes Fonte: Análise Amir Somoggi Evolução da receita total, despesa total e superávits/ déficits dos 20 maiores clubes brasileiros Em R$ milhões Graças aos descontos obtidos com a adesão ao PROFUT, os clubes brasileiros apresentaram o maior superávit da história. Os resultados de 2015 seriam o segundo pior da história, somente atrás de 2014. A ajuda do Governo com o PROFUT encobriu o rombo financeiro. Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva 652 818 1.061 988 1.320 1.400 1.563 1.773 2.240 3.114 3.155 3.112 3.732 712 883 1.042 1.218 1.647 1.855 1.836 2.107 2.617 3.078 3.573 3.724 3.559 -60 -65 19 -229 -327 -455 -273 -334 -377 36 -418 -612 173 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 Receita Total Despesa Total Superávits/Déficits
  18. 18. 25% 30% -7% 34% 6% 12% 13% 26% 39% 1% -1% 19% 24% 18% 17% 35% 13% -1% 15% 24% 18% 16% 4% -4% 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 Receita Total Despesa Total 18 Receitas x Despesas dos clubes Fonte: Análise Amir Somoggi Evolução anual da receita total e despesa total dos 20 maiores clubes brasileiros Em % Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva
  19. 19. 10% 18% 15% 36% 24% 8% 19% 19% 25% 11% 19% -1% 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 19 Dívida total dos clubes Evolução das dívidas – 20 maiores clubes brasileiros - Em R$ bilhões As dívidas dos clubes analisados em 2015 atingiram R$ 6,37 bilhões, uma redução de mais de 1% em comparação com 2014. Desde 2003 as dívidas aumentaram 528%, muito acima da inflação do período que foi de 120,28%. Evolução anual das dívidas- Em % Fonte: Análise Amir Somoggi Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva 1,0 1,1 1,3 1,5 2,0 2,5 2,7 3,2 3,9 4,8 5,4 6,4 6,3 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015
  20. 20. 20 Dívida total dos clubes Fonte: Análise Amir Somoggi Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva RK Clubes Variação 2014-2015 Variação 2011-2015 2015 2015 2014 2013 2012 2011 Em % Em % 1 Botafogo 731,1 848,4 698,8 660,9 563,9 -14% 30% 2 Flamengo 579,3 697,9 757,4 803,7 355,5 -17% 63% 3 Atlético-MG 496,5 491,4 438,4 414,5 367,6 1% 35% 4 Vasco da Gama 467,6 596,5 571,8 430,0 422,6 -22% 11% 5 Fluminense 461,9 439,6 422,7 444,8 404,9 5% 14% 6 Corinthians 452,7 371,7 193,7 177,1 178,5 22% 154% 7 Grêmio 422,5 382,1 282,0 187,2 198,9 11% 112% 8 Santos 409,9 373,2 296,7 278,1 207,7 10% 97% 9 Palmeiras 409,7 332,7 311,8 324,5 240,5 23% 70% 10 São Paulo 359,4 341,0 250,7 273,4 158,5 5% 127% 11 Cruzeiro 290,0 252,9 199,9 143,0 120,3 15% 141% 12 Internacional 281,6 340,6 229,3 215,4 197,4 -17% 43% 13 Atlético-PR 248,3 233,4 118,3 - 4,1 6% 5893% 14 Coritiba 226,1 214,3 168,4 151,0 111,0 6% 104% 15 Bahia 181,1 216,0 167,8 61,2 58,4 -16% 210% 16 Ponte Preta 146,3 146,5 140,6 138,0 105,0 0% 39% 17 Sport 83,9 55,6 49,4 12,3 35,6 51% 136% 18 Figueirense 66,1 65,3 56,8 37,3 27,0 1% 144% 19 Goiás 56,2 80,1 96,3 80,4 79,9 -30% -30% 20 Chapecoense 2,2 1,3 1,3 ND ND 69% - Dívidas - Em R$ milhões
  21. 21. 210% 154% 144% 141% 136% 127% 112% 104% 97% 70% 63% 43% 41% 39% 35% 30% 14% 11% Bahia Corinthians Figueirense Cruzeiro Sport São Paulo Grêmio Coritiba Santos Palmeiras Flamengo Internacional IPCA Acumulado - 2011-2015 Ponte Preta Atlético-MG Botafogo Fluminense Vasco da Gama 21 Dívida total dos clubes Fonte: Análise Amir Somoggi Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva *Atlético-PR viu suas dívidas, que eram muito baixas crescerem 5.900% por conta da arena. Mas mesmo assim, o clube tem elevado superávit, graças as suas receitas financeiras. *Chapecoense – Ausência de dados de 2011. Evolução das dívidas X inflação acumulada – 2011 a 2015
  22. 22. 22 Relação dívida total sobre receita Fonte: Análise Amir Somoggi O resultado é uma evolução do pior índice da história registrado em 2014. Relação dívida total / receita total 20 maiores clubes brasileiros Os clubes conseguiram, graças ao aumento de receitas e redução das dívidas, melhorar a relação dívida / receita. Esse índice que na média dos 20 clubes era de 2,06 em 2014 caiu para 1,70 em 2015. Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva 1,53 1,34 1,23 1,52 1,55 1,80 1,74 1,82 1,72 1,55 1,70 2,06 1,70 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 Esse índice é de fundamental importância, pois mostra se o aumento do endividamento está sendo acompanhado por incremento de receitas. RK Clubes Dívida total / Receita total 2015 2015 2014 2013 2012 2011 1 Chapecoense 0,05 0,04 ND ND ND 2 Cruzeiro 0,80 1,13 1,06 1,19 0,93 3 Goiás 0,80 1,28 1,74 1,51 4,32 4 Internacional 0,95 1,66 0,88 0,85 1,05 5 Sport 0,96 0,91 0,96 0,15 0,76 6 São Paulo 1,09 1,35 0,69 0,96 0,70 7 Palmeiras 1,17 1,36 1,72 1,33 1,62 8 Figueirense 1,42 1,56 2,43 0,91 0,66 9 Corinthians 1,52 1,44 0,61 0,49 0,61 10 Atlético-PR 1,57 1,68 1,16 - 0,06 11 Flamengo 1,63 2,01 2,78 3,79 1,92 12 Bahia 2,03 2,85 2,60 0,92 1,58 13 Atlético-MG 2,03 2,72 1,92 2,54 3,68 14 Grêmio 2,22 1,86 1,44 0,80 1,39 15 Santos 2,41 2,18 1,56 1,41 1,10 16 Vasco da Gama 2,46 4,62 3,64 2,94 3,08 17 Fluminense 2,56 3,60 3,39 2,94 5,05 18 Coritiba 2,64 2,46 1,74 1,74 1,67 19 Ponte Preta 2,72 6,54 3,08 4,59 6,44 20 Botafogo 6,04 5,17 3,85 5,38 9,57
  23. 23. 23 Dívidas fiscais dos clubes Fonte: Análise Amir Somoggi Evolução da dívida total, dívidas fiscais e participação sobre o total- Em R$ bilhões As dívidas fiscais dos clubes analisados somaram R$ 2,2 bilhões, um aumento de mais de 2% em comparação com 2014. O PROFUT obrigou que clubes registrassem novos valores das dívidas com o Governo. Alguns clubes viram seus parcelamentos de impostos aumentarem, enquanto outros diminuíram os débitos. Em 5 anos as dívidas fiscais dos 20 clubes cresceram 49%. A participação das dívidas fiscais sobre o total cresceu em relação a 2014, mas caiu ao longo dos anos. Está claro que o endividamento dos clubes está subindo, muito em função de operarem de forma alavancada. Isso significa que os pesados empréstimos, os altos custos com os acordos trabalhistas, os débitos com os jogadores e outras dívidas pesam no total do endividamento das entidades. Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva 2,5 2,7 3,2 3,9 4,8 5,4 6,4 6,3 1,2 1,1 1,2 1,5 1,8 2,0 2,1 2,2 49% 40% 36% 39% 38% 38% 33% 35% 0% 55% - 1,0 2,0 3,0 4,0 5,0 6,0 7,0 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 Dívida Total Dívidas Fiscais Participação-%
  24. 24. 24 Dívidas fiscais dos clubes Fonte: Análise Amir Somoggi Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva RK Clubes Dívidas Fiscais- Em R$ milhões Variação 2014-2015 Variação 2011-2015 2015 2015 2014 2013 2012 2011 Em % Em % 1 Flamengo 265,1 354,6 377,1 400,2 257,5 -25% 3% 2 Botafogo 265,1 197,3 129,6 200,8 198,3 34% 34% 3 Atlético-MG 258,0 239,2 258,8 223,1 187,5 8% 38% 4 Corinthians 184,8 147,2 169,2 54,4 57,5 26% 221% 5 Vasco da Gama 173,9 247,5 218,1 109,8 85,2 -30% 104% 6 Fluminense 163,0 195,6 165,1 165,5 158,3 -17% 3% 7 Cruzeiro 156,8 63,8 50,4 59,8 45,0 146% 249% 8 Santos 128,4 100,9 98,2 96,4 94,2 27% 36% 9 Bahia 87,4 120,9 65,8 ND ND -28% - 10 Coritiba 87,1 66,9 58,5 55,8 48,9 30% 78% 11 Internacional 84,8 125,9 124,4 124,2 122,7 -33% -31% 12 São Paulo 82,4 59,0 60,5 62,8 60,8 40% 35% 13 Grêmio 82,1 95,2 95,3 89,9 87,8 -14% -6% 14 Palmeiras 67,7 63,4 46,4 49,0 49,1 7% 38% 15 Sport 51,1 26,4 43,6 11,5 11,6 94% 341% 16 Ponte Preta 24,2 19,8 16,8 16,3 12,8 22% 89% 17 Goiás 23,2 27,3 13,3 11,6 11,5 -15% 101% 18 Figueirense 21,8 16,1 13,9 10,5 ND 35% - 19 Atlético-PR 11,7 1,0 3,3 3,4 - 1094% - 20 Chapecoense 1,3 1,1 1,2 ND ND 13% -
  25. 25. Clubes por Unidade da Federação Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva Distribuição dos recursos dos clubes por Unidade da Federação em 2015. Em R$ milhões Em % Fonte: Análise Amir Somoggi Receitas Custo com Futebol Superávits /Déficits Dívidas SP 1.204 982 -237 1.778 RJ 847 456 391 2.240 MG 608 473 -38 786 RS 488 408 -10 704 PR 244 162 29 474 SC 134 105 4 84 Outros (BA e PE) 177 106 8 265 Receitas Custo com Futebol Dívidas SP 33% 36% 28% RJ 23% 17% 35% MG 16% 18% 12% RS 13% 15% 11% PR 7% 6% 7% SC 4% 4% 1% Outros (BA e PE) 5% 4% 4%
  26. 26. 351 331 298 170 1.151 Palmeiras São Paulo Corinthians Santos Total 26 Clubes de SP- Em 2015-R$ Milhões Receitas Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva Palmeiras 2014 2015 Evolução Jogadores 61,3 12,5 -80% Cotas de TV 80,6 88,4 10% Patrocínio e Publicidade 17,0 69,8 312% Social e Amador 42,7 68,2 60% Bilheteria 23,2 87,2 276% Licenciamento de marca 6,2 5,8 -7% Outras 13,1 19,6 50% São Paulo 2014 2015 Evolução Jogadores 40,9 108,8 166% Cotas de TV 77,9 84,1 8% Social e Amador 37,5 44,5 19% Bilheteria 20,7 29,5 42% Estádio 27,7 22,8 -18% Patrocínio e Publicidade 22,5 19,9 -12% Licenciamento de marca 16,7 16,9 1% Outras 9,3 4,4 -53% Corinthians 2014 2015 Evolução Jogadores 41,1 51,9 26% Cotas de TV 108,7 122,2 12% Patrocínio e Publicidade 63,7 66,6 5% Social e Amador 28,5 28,8 1% Bilheteria 6,9 0,0 -100% Premiações, Fiel torcedor e loterias 9,3 28,8 208% Santos 2014 2015 Evolução Jogadores 45,8 10,8 -76% Cotas de TV 61,7 86,1 40% Patrocínio e Publicidade 29,4 22,3 -24% Social e Amador 15,4 18,6 20% Bilheteria 10,9 17,6 61% Outras 8,1 14,5 79%
  27. 27. 274 250 246 173 943 São Paulo Corinthians Palmeiras Santos Total 11 -73 -78 -97 -237 Palmeiras São Paulo Santos Corinthians Total 453 410 410 359 1.632 Corinthians Santos Palmeiras São Paulo Total 27 Clubes de SP- Em 2015-R$ Milhões Custos com futebol Superávits / Déficits Dívidas Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva
  28. 28. 28 Clubes do RJ- Em 2015-R$ Milhões Receitas Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva Flamengo 2014 2015 Evolução Cotas de TV 115,1 127,9 11% Patrocínio e Publicidade 79,9 85,5 7% Social e Amador 74,7 76,5 2% Bilheteria 40,1 43,7 9% Jogadores 19,7 11,6 -41% Outras 17,5 10,4 -41% 356 190 180 121 847 Flamengo Vasco da Gama Fluminense Botafogo Total Vasco da Gama 2014 2015 Evolução Cotas de TV 72,9 104,4 43% Patrocínio e Publicidade 22,1 36,0 63% Social e Amador 11,8 24,3 105% Bilheteria 10,7 10,6 -1% Jogadores 4,5 5,2 16% Outras 7,3 9,2 26% Fluminense 2014 2015 Evolução Cotas de TV 61,3 67,3 10% Patrocínio e Publicidade 14,2 27,5 94% Social e Amador 20,0 23,3 16% Bilheteria 6,9 15,8 130% Jogadores 5,7 36,5 546% Outras 14,3 9,9 -31% Botafogo 2014 2015 Evolução Cotas de TV 48,6 53,5 10% Patrocínio e Publicidade 38,0 10,1 -73% Social e Amador 8,9 19,0 115% Bilheteria 20,8 12,6 -39% Jogadores 27,6 10,8 -61% Outras 19,6 15,0 -23%
  29. 29. 731 579 468 462 2.240 Botafogo Flamengo Vasco da Gama Fluminense Total 130 120 109 32 391 Flamengo Vasco da Gama Botafogo Fluminense Total 147 130 102 76 456 Flamengo Fluminense Vasco da Gama Botafogo Total 29 Clubes do RJ- Em 2015-R$ Milhões Custos com futebol Dívidas Superávits Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva
  30. 30. 364 245 608 Cruzeiro Atlético-MG Total 30 Clubes de MG- Em 2015-R$ Milhões Receitas Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva Cruzeiro 2014 2015 Evolução Jogadores 25,6 142,1 456% Cotas de TV 66,3 133,4 101% Patrocínio e Publicidade 21,8 21,3 -2% Social e Amador 16,7 18,8 13% Bilheteria 85,8 43,3 -49% Outras 7,0 4,9 -30% Atlético-MG 2014 2015 Evolução Jogadores 1,6 36,7 2123% Cotas de TV 80,4 113,7 41% Patrocínio e Publicidade 22,8 16,3 -28% Social e Amador 19,0 23,0 21% Bilheteria 29,6 24,8 -16% Outras 25,5 30,1 18%
  31. 31. 306 167 473 Cruzeiro Atlético-MG Total 290 497 786 Cruzeiro Atlético-MG Total -26 -12 -38 Cruzeiro Atlético-MG Total 31 Clubes de MG- Em 2015-R$ Milhões Custos com futebol Déficits Dívidas Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva
  32. 32. 297 191 488 Internacional Grêmio Total 32 Clubes do RS- Em 2015-R$ Milhões Receitas Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva Grêmio 2014 2015 Evolução Transferências de jogadores 38,3 15,8 -59% Cotas de TV 59,7 79,9 34% Patrocinio e Publicidade 41,5 35,4 -15% Sócios 50,7 45,5 -10% Bilheteria 0,9 0,5 -44% Royalties 15,1 13,5 -11% Internacional 2014 2015 Evolução Transferências de jogadores 30,3 94,1 210% Cotas de TV 58,3 73,2 26% Patrocinio e Publicidade 33,9 35,2 4% Sócios 59,0 68,5 16% Bilheteria 12,2 16,1 32% Royalties 3,2 4,5 40% Outras 8,2 5,6 -32%
  33. 33. 28 -38 -10 Internacional Grêmio Total 215 193 408 Internacional* Grêmio Total 33 Clubes do RS- Em 2015-R$ Milhões Custos com futebol Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva Superávits / Déficits *Internacional inclui R$ 54,9 milhões de participação de direitos econômicos de jogadores 282 423 704 Internacional Grêmio Total Dívidas
  34. 34. 158 86 244 Atlético-PR Coritiba Total 34 Clubes do PR- Em 2015-R$ Milhões Receitas Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva Atlético-PR 2014 2015 Evolução Jogadores 33,9 59,8 76% Cotas de TV 36,9 30,8 -16% Patrocínio e Publicidade 13,5 7,0 -48% Sócios 25,0 25,0 0,2% Bilheteria 3,7 5,8 57% Arena 3,8 5,3 42% Outras 38,0 24,3 -36% Coritiba 2014 2015 Evolução Jogadores 7,6 5,1 -33% Cotas de TV 34,7 38,0 9% Patrocínio e Publicidade 13,3 7,9 -41% Sócios 21,2 21,8 3% Bilheteria 6,1 7,8 28% Outras 4,3 5,1 18%
  35. 35. 248 226 474 Atlético-PR Coritiba Total 46 -16 29 Atlético-PR Coritiba Total 107 55 162 Atlético-PR Coritiba Total 35 Clubes do PR- Em 2015-R$ Milhões Custos com futebol Dívidas Superávits / Déficits Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva
  36. 36. 48 46 40 134 Figueirense Chapecoense Joinville Total 36 Clubes de SC- Em 2015-R$ Milhões Receitas Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva Chapecoense 2014 2015 Evolução Jogadores 0,5 3,6 582% Cotas de TV 16,6 25,1 51% Patrocínio e Publicidade 5,3 7,0 33% Sócios 6,6 7,2 8% Bilheteria 3,6 3,5 -2% Outras 2,0 0,1 -95% Figueirense 2014 2015 Evolução Jogadores 4,8 4,7 -3% Cotas de TV 18,5 24,1 30% Patrocínio e Publicidade 7,8 7,2 -8% Sócios 6,2 6,7 9% Bilheteria 3,1 3,1 1% Outras 1,5 1,8 19% Joinville 2014 2015 Evolução Jogadores 0,5 0,5 2% Cotas de TV 6,1 17,3 182% Patrocínio e Publicidade 5,8 5,5 -5% Sócios 7,9 9,5 21% Bilheteria 2,3 3,8 66% Outras 5,6 3,7 -34%
  37. 37. 66 16 2 84 Figueirense Joinville Chapecoense Total 3 1 -0,3 4 Chapecoense Figueirense Joinville Total 41 34 29 105 Chapecoense Figueirense Joinville Total 37 Clubes de SC- Em 2015-R$ Milhões Custos com futebol Superávits / Déficits Dívidas Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva
  38. 38. 38 Contato Amir Somoggi Consultor de marketing e gestão esportiva com mais de 15 anos de experiência em projetos de planejamento estratégico, estruturação de estratégias de marketing e comunicação, branding, patrocínios, viabilidade econômico-financeira e desenvolvimento de business plan. Profundo estudioso da Football Industry da Europa e sua aplicabilidade ao mercado brasileiro de futebol. Projetos de consultoria para clubes, patrocinadores, agências e investidores, com foco em estratégias de marketing e viabilidade econômico-financeira de projetos. Email- amir18amir@hotmail.com Celular - 11 99749-2233 Facebook- Amir Somoggi Twitter - @amirsomoggi Amir Somoggi Marketing e Gestão Esportiva

×