1
GÊNEROS TEXTUAIS E EDUCAÇÃO INICIALDO PROFESSOR DE LÍNGUA INGLESA: UMLEVANTAMENTO BIBLIOGRÁFICORayane Isadora Lenharo (Alu...
INTRODUÇÃO• Contexto mais amplo: Projeto GênerosTextuais e Educação Inicial do Professor deLíngua Inglesa (GENTEDIPLI)• Gr...
OBJETIVOS• Delinear um panorama das pesquisas querelacionam gêneros textuais e formação inicialdo professor de inglês;• Id...
PRESSUPOSTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS• Interacionismo Sociodiscursivo (ISD);• Estudo dos textos e sua contribuição para odese...
GÊNEROS TEXTUAIS• “Tipos relativamente estáveis de enunciados”(BAKHTIN, 1992, p.297)• “Formas verbais de ação social relat...
GÊNEROS TEXTUAIS• “Megainstrumento, uma configuraçãoestabilizada de vários subsistemas semióticos(...) permitindo agir efi...
GÊNEROS TEXTUAIS• Ensino com base em gêneros:- PCN para língua materna (1998)- DCE para língua estrangeira – Paraná (2008)...
GÊNEROS E FORMAÇÃO• Escassez de trabalhos que relacionam os doistópicos;• Em 2002, Cristovão discutiu a falta deinvestigaç...
METODOLOGIA• Pesquisa de resumos em 9 periódicosnacionais (qualis A1 e A2) e revista Signum(qualis B1), além do número tem...
METODOLOGIA - Periódicos• Busca de palavras-chave no título dostrabalhos em portais online e manualmente.- Gêneros textuai...
PERGUNTAS DE PESQUISAa) Quais pesquisas já foram realizadas sobreessa temática?b) Quais as características dessas pesquisa...
TÍTULO/TÍTULO/AUTORAUTOROBJETIVOOBJETIVO REFERENCIALREFERENCIALTEÓRICOTEÓRICOMETODOLOGIAMETODOLOGIA RESULTADOSRESULTADOS P...
RESULTADOS• Total de trabalhos encontrados: 7• Cinco pesquisas possuem objetivos semelhantes(relacionadas à elaboração/apl...
RESULTADOS• Quatro não apresentam referencial teórico-metodológico de forma clara;• Duas se fundamentam no ISD;• Uma se ba...
DISCUSSÃO• Segundo as Diretrizes para Formação deProfessores (2002), a formação deve incluir:- o desenvolvimento de compet...
CONCLUSÃO• Necessidade de se desenvolverem pesquisasque abordem gêneros textuais e formação:A relação está sendo ignorada ...
CONCLUSÃO• Ausência de dados claros e de relevância nosresumos;• Dificuldade na busca de pesquisas em algunsportais online...
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS• BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso. In_____. Estética da criação verbal. Trad. Por M. E. G.Gom...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

GÊNEROS TEXTUAIS E EDUCAÇÃO INICIAL DO PROFESSOR DE LÍNGUA INGLESA: UM LEVANTAMENTO BIBLIOGRÁFICO

4.843 visualizações

Publicada em

Texto apresentado durante a aula de Vera Lucia Lopes Cristovão, em aula do PPGEL - UEL - 2013

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.843
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.498
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
40
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

GÊNEROS TEXTUAIS E EDUCAÇÃO INICIAL DO PROFESSOR DE LÍNGUA INGLESA: UM LEVANTAMENTO BIBLIOGRÁFICO

  1. 1. 1
  2. 2. GÊNEROS TEXTUAIS E EDUCAÇÃO INICIALDO PROFESSOR DE LÍNGUA INGLESA: UMLEVANTAMENTO BIBLIOGRÁFICORayane Isadora Lenharo (Aluna de Iniciação Científica/PROIC)Vera Lúcia Lopes Cristovão (Orientadora)
  3. 3. INTRODUÇÃO• Contexto mais amplo: Projeto GênerosTextuais e Educação Inicial do Professor deLíngua Inglesa (GENTEDIPLI)• Grupo de pesquisa Linguagem e Educação -UEL
  4. 4. OBJETIVOS• Delinear um panorama das pesquisas querelacionam gêneros textuais e formação inicialdo professor de inglês;• Identificar o construto teórico-metodológicodos trabalhos; e• Analisar como as pesquisas retratam aabordagem de gêneros na formação inicial.
  5. 5. PRESSUPOSTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS• Interacionismo Sociodiscursivo (ISD);• Estudo dos textos e sua contribuição para odesenvolvimento humano;• Contexto social é elemento fundamentalanterior à análise textual (BRONCKART 2006;2008).
  6. 6. GÊNEROS TEXTUAIS• “Tipos relativamente estáveis de enunciados”(BAKHTIN, 1992, p.297)• “Formas verbais de ação social relativamenteestáveis realizadas em textos situados emcomunidades de práticas sociais e emdomínios discursivos específicos”(MARCUSCHI, 2002, p.26)
  7. 7. GÊNEROS TEXTUAIS• “Megainstrumento, uma configuraçãoestabilizada de vários subsistemas semióticos(...) permitindo agir eficazmente numa classebem definida de situações de comunicação.”(SCHNEUWLY; DOLZ, 2004, p.28)
  8. 8. GÊNEROS TEXTUAIS• Ensino com base em gêneros:- PCN para língua materna (1998)- DCE para língua estrangeira – Paraná (2008);• Pesquisadores da Universidade de Genebra(SCHNEUWLY; DOLZ, 2004) sobre o modelodidático de gênero;• Possibilita o desenvolvimento de capacidadese habilidades de uma forma contextualizada.
  9. 9. GÊNEROS E FORMAÇÃO• Escassez de trabalhos que relacionam os doistópicos;• Em 2002, Cristovão discutiu a falta deinvestigação na área;• Os estudos se ocupavam apenas da análise dodesenvolvimento de capacidades de linguagempelos alunos, da conceituação de gênero e domodo como ensiná-lo (MACHADO; LOUSADA,2010).
  10. 10. METODOLOGIA• Pesquisa de resumos em 9 periódicosnacionais (qualis A1 e A2) e revista Signum(qualis B1), além do número temático (nº40)do periódico Letras (UFSM);• Dados organizados em um quadro com basena sistematização presente em Gamero (2011)e Quevedo-Camargo e Ramos (2008);• Ocorreu durante os meses de maio e junho de2011.
  11. 11. METODOLOGIA - Periódicos• Busca de palavras-chave no título dostrabalhos em portais online e manualmente.- Gêneros textuais / Gêneros do discurso(discursivos)- Formação / Educação InicialPERIÓDICOPERIÓDICO QUALISQUALIS PERÍODOPERÍODO Nº DE TRABALHOSNº DE TRABALHOSENCONTRADOSENCONTRADOSLinguagem emLinguagem em(Dis)curso(Dis)cursoA2 2000 - 2011 (Abril) 2
  12. 12. PERGUNTAS DE PESQUISAa) Quais pesquisas já foram realizadas sobreessa temática?b) Quais as características dessas pesquisas?c) Quais são as relações entre gêneros textuais eformação do professor de inglês naspesquisas levantadas?
  13. 13. TÍTULO/TÍTULO/AUTORAUTOROBJETIVOOBJETIVO REFERENCIALREFERENCIALTEÓRICOTEÓRICOMETODOLOGIAMETODOLOGIA RESULTADOSRESULTADOS PERIÓDICOPERIÓDICO1) Gêneros1) GênerosTextuais,Textuais,MaterialMaterialDidático eDidático eFormação deFormação deProfessores.Professores.CRISTOVÃOCRISTOVÃO(2005)(2005)Apresentaruma análiseinicial doprocesso deelaboração deatividadesdidáticas emtorno degênerostextuais em umprojeto deextensão com aparticipação deprofessorescolaboradorese alunos-professores.A base teórica emetodológica dotrabalho se centrano interacionismosociodiscursivo(BRONCKART,1999; DOLZ &SCHNEUWLY,1998) e nasconsideraçõesdessa correnteteórica dapsicologia sobreaprendizagem decapacidades delinguagem (DOLZ &SCHNEUWLY,1998).Interacionismosóciodiscursivo(BRONCKART,1999; DOLZ &SCHNEUWLY,1998).Alémde uma avaliaçãopreliminar deuma primeiraunidade didáticaelaborada pelosparticipantes doreferido projeto,os resultadospretendemapontar para anecessáriadiscussão darelação entreelaboração dematerial didáticoe a formação/odesenvolvimentoprofissional dossujeitosenvolvidos.Signuma) Quais pesquisas foram encontradas?
  14. 14. RESULTADOS• Total de trabalhos encontrados: 7• Cinco pesquisas possuem objetivos semelhantes(relacionadas à elaboração/aplicação desequências didáticas – SDs);• Uma discute representações de futurosprofessores;• Última analisa artigos de opinião produzidos porprofessores em formação e construçãoidentitária a partir deles.b) Características das pesquisas
  15. 15. RESULTADOS• Quatro não apresentam referencial teórico-metodológico de forma clara;• Duas se fundamentam no ISD;• Uma se baseia na perspectiva sóciohistóricocultural (Linguística Sistêmico Funcional);• Resultados claros em todas as pesquisas, comexceção de duas (uma chega a não apontarnenhum resultado).b) Características das pesquisas
  16. 16. DISCUSSÃO• Segundo as Diretrizes para Formação deProfessores (2002), a formação deve incluir:- o desenvolvimento de competências;- a coerência entre o que se aprende no cursode licenciatura e a prática esperada em salade aula;- o envolvimento com a pesquisa sobre ensinoe aprendizagem.c) Qual a relação entre gênero eformação nas pesquisas levantadas?
  17. 17. CONCLUSÃO• Necessidade de se desenvolverem pesquisasque abordem gêneros textuais e formação:A relação está sendo ignorada por aquelesque pesquisam na área, ou os próprios cursosde formação de professores estão relegandoum papel secundário ao ensino de gêneros nagrade curricular dos alunos-professores?
  18. 18. CONCLUSÃO• Ausência de dados claros e de relevância nosresumos;• Dificuldade na busca de pesquisas em algunsportais online;• Muitas pesquisas mencionam o uso degêneros textuais na formação inicial mas nãoapontam a relação direta entre os dois.
  19. 19. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS• BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso. In_____. Estética da criação verbal. Trad. Por M. E. G.Gomes. São Paulo: Martins Fontes, 1992 [1953].• BRONCKART, J. P. Atividade de linguagem, discurso e desenvolvimento humano. Campinas:Mercado de Letras, 2006.• _____. O agir nos discursos: das concepções teóricas às concepções dos trabalhadores.Campinas: Mercado de Letras, 2008.• GAMERO, R. Identidade profissional do professor de inglês: um levantamento dedissertações e teses de 1985 a 2009. In: Simone Reis; Klaas Van Veen; Telma Gimenez. (Org.)Identidade de professores de línguas. 1 ed. Londrina: EDUEL, 2011, v.1, p. 83-103.• MACHADO, A.R.; LOUSADA, E. G. A apropriação de gêneros textuais pelo professor: emdireção ao desenvolvimento pessoal e à evolução do “métier”. Linguagem em (Dis)curso,Palhoça, SC, v. 10, n. 3, p. 619-633, set./dez. 2010.• MARCUSCHI, L. A. Gêneros textuais: definição e funcionalidade. In DIONÍSIO, Â. etal. Gêneros textuais e ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2002.• QUEVEDO-CAMARGO, G.; RAMOS, S. M. Reconsiderando pesquisas sobre a identidadeprofissional do professor de língua inglesa no contexto brasileiro. Acta Scientiarium:Language and Culture, Maringá, v.30, n.2, 2008. p. 189-196.• SCHNEUWLY, B.; DOLZ, J. Gêneros orais e escritos na escola. Campinas: Mercado de Letras,2004.

×