II ENCONTRO CIENTÍFICO DO IESC
Universidade Estadual de Alagoas
Desafios e Perspectivas da Formação Continuada

PIBID/PEDA...
Introdução

A aprendizagem acontece por meio da educação formal e não
formal, desde que a criança viva experiências que l...
Introdução

 De acordo com Polity, (2001). A dificuldade de aprendizagem
pode apresentar um leque amplo de causas que man...
Objetivo
 Investigar as dificuldades de aprendizagem que estão
presentes em alunos do primeiro ano de uma escola pública
...
Metodologia
 Trata-se de um estudo bibliográfico e de campo, com uma
abordagem de natureza qualitativa.
 Os dados descri...
Resultados e discussões
 Apontaram que a maioria dos alunos possuem dificuldades de
aprendizagem, observamos que essas di...
Resultados e discussões
 Um aluno que tem dificuldade em aprender e se mostra
agressivo e carente, ele relatou que “ ao c...
Intervenções
 Dialogo constante com as crianças.
Intervenções
 Dialogo constante com as crianças.
 Uso do laboratório de informática;
Intervenções
 Laboratório de aprendizagem:
 Uso de brinquedos pedagógicos, feitos com material
alternativo ou não;
Intervenções
 Contação de histórias.
Conclusão
 É de suma importância que os indivíduos passem valorizar o
“educar e cuidar’’, família e professor busquem sol...
Referências
CAMPOS, D. M. de. S. Psicologia da aprendizagem. Petrópolis: Vozes, 1986.
CARVALHO, M. do. C.B. de. O lugar da...
OBRIGADA !
www.pibidpedagogiauneal.blogspot.com.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PIBID/Pedagogia: Um estudo das dificuldades de aprendizagem de alunos do primeiro ano de uma escola pública estadual do município de Arapiraca-AL

942 visualizações

Publicada em

A aprendizagem acontece por meio da educação formal e não formal, desde que a criança viva experiências que lhe permitam construir conhecimento, transformar seu meio e resolver situações problemáticas.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
942
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
52
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PIBID/Pedagogia: Um estudo das dificuldades de aprendizagem de alunos do primeiro ano de uma escola pública estadual do município de Arapiraca-AL

  1. 1. II ENCONTRO CIENTÍFICO DO IESC Universidade Estadual de Alagoas Desafios e Perspectivas da Formação Continuada PIBID/PEDAGOGIA: UM ESTUDO DAS DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM DE ALUNOS DO PRIMEIRO ANO DE UMA ESCOLA PÚBLICA ESTADUAL DO MUNICÍPIO DE ARAPIRACA – AL Amanda Magalhães Barbosa-UNEAL Elizete Santos Balbino-UNEAL Kyvia Camila Pinheiro dos Santos-UNEAL Ruth Kesia Silva Nogueira-UNEAL
  2. 2. Introdução A aprendizagem acontece por meio da educação formal e não formal, desde que a criança viva experiências que lhe permitam construir conhecimento, transformar seu meio e resolver situações problemáticas. Conforme Campos (1997 apud CRUZ; STEFANINI, 2005) os termos mais utilizados na escola são dificuldade e problemas de aprendizagem. A dificuldade de aprendizagem refere-se a alguma desordem na aprendizagem geral da criança e provém de fatores reversíveis.
  3. 3. Introdução  De acordo com Polity, (2001). A dificuldade de aprendizagem pode apresentar um leque amplo de causas que manifestamse na prática; também muito diversa na forma evolutiva, está intimamente relacionada com o sistema familiar, educacional e social no qual o sujeito está inserido.
  4. 4. Objetivo  Investigar as dificuldades de aprendizagem que estão presentes em alunos do primeiro ano de uma escola pública estadual do município de Arapiraca com faixa etária de seis e sete anos.  E analisar como os aspectos emocionais podem estar relacionados às dificuldades de aprendizagem.
  5. 5. Metodologia  Trata-se de um estudo bibliográfico e de campo, com uma abordagem de natureza qualitativa.  Os dados descritivos obtidos através de uma relação sustentada entre pesquisador e participantes no ambiente educacional.  Contamos com participação de quatorze alunos e uma professora.
  6. 6. Resultados e discussões  Apontaram que a maioria dos alunos possuem dificuldades de aprendizagem, observamos que essas dificuldades consistem na incapacidade de aprender a ler, escrever e calcular, e devido a isso os alunos preferem se isolar e/ou utilizam a agressividade física e verbal para serem dispensados das atividades.  Quando refletimos sobre o porquê do “não aprender’’ vários agentes nos aparece como: a falta de incentivo familiar, afeto, e meios que possibilitem a presença da criança na escola.
  7. 7. Resultados e discussões  Um aluno que tem dificuldade em aprender e se mostra agressivo e carente, ele relatou que “ ao chegar a sua casa chuta o poste, para descarregar a raiva’’ de acordo com informações da professora e do mesmo em conversas informais com as bolsistas, diz que o padrasto é violento e não permite uma relação afetiva entre os dois, o aluno sofre a omissão da mãe e a ausência de um pai.  Situações essas causam prejuízos na formação integral da criança, desde o lado emocional ao comportamento, aprendizagem e a convivência com as demais pessoas.
  8. 8. Intervenções  Dialogo constante com as crianças.
  9. 9. Intervenções  Dialogo constante com as crianças.  Uso do laboratório de informática;
  10. 10. Intervenções  Laboratório de aprendizagem:  Uso de brinquedos pedagógicos, feitos com material alternativo ou não;
  11. 11. Intervenções  Contação de histórias.
  12. 12. Conclusão  É de suma importância que os indivíduos passem valorizar o “educar e cuidar’’, família e professor busquem soluções, e que ambos comprometam-se para cumprir cada um o seu papel, para que assim sejamos capazes de formar cidadãos, ciente de valores e deveres para com a sociedade.  Por fim, entendemos que a utilização de novas práticas pedagógicas, metodologias diversificadas com propostas de intervenções podem contribuir de forma significativa no aprendizado da criança, solucionando assim, suas dificuldades.
  13. 13. Referências CAMPOS, D. M. de. S. Psicologia da aprendizagem. Petrópolis: Vozes, 1986. CARVALHO, M. do. C.B. de. O lugar da família na política social. In: CARVALHO, M. do.C.B. de (Org.). A família contemporânea em debate. São Paulo: Cortez editora, 2002. CRUZ, S. A. B.; STEFANINI, M. C. B. Dificuldades de Aprendizagem dos alunos do ensino fundamental: intervenções do professor. Disponível em: <http://redalyc.uaemex.mx/pdf/684/68480112.pdf>. Acesso em: 13 de Out. 2012. JOSÉ, E. da A; COELHO, M. T. Problemas de aprendizagem. 12ª Ed. São Paulo: Editora Ática, 2008. POLITY, E. Dificuldades de aprendizagem e a família: Construindo novas narrativas. São Paulo: Vetor, 2001.
  14. 14. OBRIGADA ! www.pibidpedagogiauneal.blogspot.com.br

×