Da Lei do Trabalho

142 visualizações

Publicada em

Estudo realizado no Grupo Espírita ALVORADA DA PAZ - GEAP com base no Livro LEIS MORAIS DA VIDA - Joanna de Ângelis Divaldo Franco.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
142
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Da Lei do Trabalho

  1. 1. Layout do título Subtítulo Livro Joanna de Ângelis Divaldo Franco A benção do trabalho Trabalho de ultima hora Bens materiais Fracasso e responsabilida de Considerando o arrependimento Tranquilida de
  2. 2. Layout do título e conteúdo com lista • Adicione seu primeiro marcador aqui • Adicione seu segundo marcador aqui • Adicione seu terceiro marcador aqui Por trabalho só se devem entender as ocupações materiais? Não; o Espírito trabalha, assim como o corpo. Toda ocupação útil é trabalho. O Livro dos Espíritos 67
  3. 3. Layout do título e conteúdo com gráfico 0 1 2 3 4 5 6 Categoria 1 Categoria 2 Categoria 3 Categoria 4 Série 1 Série 2 Série 3 Abençãodotrabalho Sob pretexto algum te permitas O trabalho é, , o mais eficiente antidoto contra o mal, porquanto conquista valores incalculáveis com que o Espírito corrige as imperfeições e disciplina a vontade.
  4. 4. Layout de conteúdo de duas partes com tabela • Primeiro marcador aqui • Segundo marcador aqui • Terceiro marcador aqui Grupo 1 Grupo 2 Classe 1 82 95 Classe 2 76 88 Classe 3 84 90 Trabalho de ultima hora A pretexto de cansaço ou necessidade urgente de repouso, não postergues do trabalho que agora te chega, na Vinha do Senhor. Convidado à Seara do Senhor, não examines dificuldades.
  5. 5. Layout de conteúdo de duas partes com SmartArt • Primeiro marcador aqui • Segundo marcador aqui • Terceiro marcador aqui Meta Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Bens materiais Todas as concessões da vida rendem juros conforme a direção e a aplicação que se lhes deem... Os bens materiais ensejam o progresso e devem fomentá-lo, porquanto a própria evolução humana impõe necessidades que os
  6. 6. Fracasso e responsabilidade Muito cômodo atribuir-se o insucesso das realizações a outrem, transferindo responsabilidades. Outras criaturas afirmam após a queda: “os espíritos infelizes ganharam a batalha, após a insistência e a perseguição que eu não mais aguentava.”
  7. 7. Considerando o arrependimento O arrependimento sempre se manifesta na consciência em débito para com a vida. Em qualquer circunstancia, poupa-te desde hoje ao impositivo escravizante que surpreenderá amanhã. Talvez tenha sido convidado a errar, para exercitar o arrependimento, quando ontem tenha apontado, Julgado de maneira inconsequente.
  8. 8. Tranquilidade Quando existe harmonia interior os ruídos de fora Não ecoam perturbadoramente. Se condicionas a tua tranquilidade a lugares, pessoas, e fatores externos, submetes-te, apenas, ao anestésico para o lazer dos sentidos. Um espírito tranquilo não se atemoriza nem se enfada, não se rebela, porquanto pacificado vibra em energias constante de otimismo perene.
  9. 9. Quando existe harmonia interior os ruídos de fora não ecoam perturbadoramente.

×