Atividade de Filosofia -1º, 2º e 3º ano - IV bimestre

10.906 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.906
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
159
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atividade de Filosofia -1º, 2º e 3º ano - IV bimestre

  1. 1. Centro de Ensino Urbano Rocha Imperatriz, ____ de dezembro de 2014. Aluno (a) _________________________________________________________ n° ________ Professora: Mary Alvarenga Série: 1º ano Turma: A Verificação de Filosofia 1. Com relação à autonomia e à liberdade, assinale a opção correta. a) Para Kant, a liberdade é a dependência do querer da causalidade fenomênica e a sua capacidade de determinar-se pela pura razão, isto é, em desobediência à lei moral. b) Para Sartre, porque a essência precede a existência, o homem é totalmente livre, sendo tal qual ele projetou ser. c) Tendo em vista a liberdade de pensamento e de ação, um indivíduo pode pensar mal do outro sem razão suficiente, mas não pode suspeitar. d) Para Hegel, a liberdade é a autodeterminação da subjetividade, que implica uma vontade livre não apenas em si (no sentido geral), mas para si (no sentido individual). 2. A filosofia é entendida como uma ciência universal que procura a razão mais fundamental, ou seja, as causas primeiras de todas as coisas. Com relação ao conhecimento e às ciências, em confronto com a filosofia, é correto afirmar que: a) O mito, tanto na Grécia antiga como atualmente, encerra o sentido da filosofia, que é dar uma explicação para tudo, mesmo que, para isso, tenha que construir ideias fantasiosas e irracionais. b) A filosofia serve-se também do senso comum para intuir explicações sobre a realidade, mas com ele não se confunde. c) A filosofia é a ciência que fundamenta as opiniões dos indivíduos, não importando se elas são ilógicas ou inconsequentes. d) Tanto a filosofia como a teologia são conhecimentos causais, racionais, teóricos, universais e teleológicos. 3. O sujeito ético-moral é somente aquele que preencher os seguintes requisitos: a) ser consciente de si, mas não precisa reconhecer a existência dos outros como sujeitos éticos iguais a si. b) saber o que faz, conhecer as causas e os fins de sua ação, o significado de suas intenções e de suas atitudes e a essência dos valores morais. c) não precisa controlar interiormente seus impulsos, suas inclinações e suas paixões, deixando-as fluir livremente. d) ser responsável, mas não precisa reconhecer-se como autor da sua própria ação nem avaliar os efeitos e as consequências dela sobre si e sobre os outros. 4. Moral (do latim mos, moris, "costume"): conjunto de normas livre e conscientemente adotadas que visam a organizar as relações das pessoas na sociedade, tendo em vista o bem e o mal; conjunto dos costumes e valores de uma sociedade, com caráter normativo (regras do comportamento das pessoas em grupo). É CORRETO afirmar que: a) o estudo da moral deixa de ser uma questão de cunho filosófico passando a ser objeto de estudo da teologia. b) através da reflexão crítica, o sujeito tende a colocar a moral e os valores vigentes em questão, questionando-os e criticando-os. c) a moral não estabelece regras para a vivência em sociedade.
  2. 2. d) a moral se reduz a um conjunto de normas, regras e valores que são adquiridas através da herança e recebidas pela tradição. 5. Há muita coisa em comum entre os animais irracionais e os seres humanos. O instinto bionatural rege nossas necessidades com as mesmas leis que rege as necessidades de qualquer ser vivo da natureza. Entretanto, somos de fato seres diferentes dos animais comuns. Mas, o que diferencia o ser humano dos outros seres vivos? As alternativas abaixo respondem a esta pergunta. Julgue-as com sim ou não. a) a capacidade de relacionar inteligentemente dados. sim b) a cultura, ou seja, costumes, tradições e conhecimentos. sim c) o hábito de comer e beber todos os dias. não d) a linguagem elaborada e inteligível. Sim 6. Se o homem é infeliz, insatisfeito e escravizado a preconceitos, velhas crenças e ideias, opiniões alheias, carente de si mesmo e dos outros, ele: a) é incapaz de viabilizar uma sociedade livre e justa. b) é capaz de viver a liberdade e a solidariedade de maneira honesta c) é capaz de consolidar relacionamentos verdadeiros d) tem o coração aberto para a realidade e resolver os problemas com segurança e tranquilidade. 7. A vida é sempre um processo de dar e receber amor, em todos os aspectos. Então, a força que une o mundo e tudo o que nele existe. A força que estabiliza, harmoniza, equilibra e acomoda e que está sempre em atividade por todo o universo, chama-se: a) Medo b) Preconceito c) Amor d) Ciência 8. Piaget considera 4 períodos no processo evolutivo da espécie humana que são caracterizados “por aquilo que o indivíduo consegue fazer melhor” no decorrer das diversas faixas etárias ao longo do seu processo de desenvolvimento. São eles: a) sensório motor, simbólico, operações concretas e operações formais. b) operações concretas, operações formais e abstratas c) simbólico, operações concretas, indiretas e abstratas d) Sensório motor, simbólico, formais e analistas 9. O que é ser livre para você? _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ 10. O que é ser ético? _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ Que neste Natal e em todos os dias do próximo ano, possamos fazer de Jesus nosso melhor amigo, pois Ele é o maior motivo do Natal e da nossa existência. Feliz Natal!!
  3. 3. Centro de Ensino Urbano Rocha Imperatriz, ____ de dezembro de 2014. Aluno (a) _________________________________________________________ n° ________ Professora: Mary Alvarenga Série: 2º ano Turma: A Verificação de Filosofia 1. Determinadas ações humanas são objeto de valoração. São consideradas justas ou injustas certas ou erradas, boas ou más. O ato de valorar é sempre praticado pelo sujeito moral. Em relação ao universo dos valores, é correto afirmar que: a) a coragem, a beleza, a justiça são valores cujo conteúdo, para os homens de um mesmo país ou região, não muda através dos tempos. b) os valores morais provêm, antes de tudo, da cultura ou do grupo a que pertence o indivíduo. c) os valores existem apenas no plano da razão, já que o porquê ou a origem deles é geralmente sabido pelos indivíduos. d) os juízos morais de valor dizem o que algo é (bom ou mau, feio ou bonito), simplesmente, e não como algo deve ser. e) os valores dependem exclusivamente da avaliação de cada indivíduo, que julga por si mesmo o mundo ao redor, a despeito do que pensam ou julgam outros indivíduos. 2. Juízo de fato e juízo de valor são atitudes que contrastam uma a outra. Em relação ao assunto é correto afirmar que: a) Juízo de fato são aqueles que dizem que algo é ou existe, e que dizem o que as coisas são, como são e por que são. b) juízos de fato são proposições que formamos com base no material da realidade, ou seja, coisas que julgamos a respeito do que está posto ao nosso redor, das coisas que existem, dos objetos materiais. c) Juízo de valor são normativos e se referem ao que algo deve ser; Como devem ser os bons sentimentos, as boas intenções, as boas ações, os nossos comportamentos decisões, etc d) Os juízos de valor não tratam de objetos materiais, mas sim de questões relacionadas às ações humanas, ou seja, a questões morais e éticas. 3. Relacione as colunas. Moral Sujeito moral Ética É aquele que age bem ou mal na medida em que acata ou transgride as regras morais admitidas em determinada época ou por um grupo de pessoas. Conjunto de regras que determinam o comportamento dos indivíduos em um grupo social é universal. É a reflexão sobre as noções e princípios que fundamentam a vida moral, é a minha prática é individual.
  4. 4. 4. Falando de caráter histórico e social da moral, marque a opção que o conceitua. a) O comportamento moral varia de acordo com o tempo e lugar conforme as exigências das condições nas quais as pessoas organizam-se ao estabelecerem as formas de relacionamento e as práticas de trabalho. b) Os princípios morais como a honestidade, a bondade, o respeito, a virtude, etc., determinam o sentido moral de cada indivíduo. c) As regras definidas pela moral regulam o modo de agir das pessoas, sendo uma palavra relacionada com a moralidade e com os bons costumes. d) Todas as alternativas estão certas. 5. Estudando a liberdade do sujeito moral aprendemos que a moral ao mesmo tempo em que é um conjunto de regras de como deve ser o comportamento dos indivíduos de um grupo, é também a livre e consciente aceitação das normas. O ato só é moral se passar pela aceitação pessoal da norma. Marque a opção que corresponde a liberdade do sujeito moral. a) Para que você seja um adulto independente existe a regra de ter que estudar, porém você ainda não assimilou tal importância e só o faz pressionado por seus pais ou professores. b) Você como aluno conhecendo as regra de ter que estudar o faz sem o controle dos seus pais ou professores. c) Você conhece as regras tem consciência de sua importância, porém em determinadas situações olha para os lados e se ninguém estiver lhe vendo age contrário a regra. d) Todas as alternativas. 6. Estudamos no tópico desejo e vontade que, o que caracteriza o agir humano é a capacidade de antecipação ideal do desejo a ser alcançado. Por isso o ato moral é um ato voluntário, ou seja, um ato de vontade que decide realizar o fim proposto. Relacione as colunas. 1) Agir humano 2) Desejo 3) Vontade 4) Seguir o impulso do desejo ( 1) É a capacidade de antecipação ideal do resultado a ser alcançado. ( 3) Consiste no poder de reflexão que antecede a realização ou não do desejo. ( 4) É a negação da moral e da possibilidade de qual quer vida em sociedade. (2) Não resulta de uma escolha, porque surge em nós com toda a sua força e exigência de realização. 7. A palavra “ética” tem origem em dois termos gregos que, pela falta de uma letra em língua portuguesa para designar como fonemas distintos o “e” longo e o “e” curto são referidos como “ethos”. Os sentidos que mais bem expressam os significados destes termos são: a) Finalidade e Dever. b) Costumes e Normas. c) Bem e Dever. d) Caráter, modo de ser de uma pessoa.
  5. 5. 8. O que é ser livre para você? _____________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ 9. O que é ser ético? _____________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ 10. “Eduquem as crianças e não será necessário castigar os homens”. Essa frase de Pitágoras aponta que: a) O conhecimento como meio de conscientização do ser humano para a valorização e o respeito ao outro tem sido largamente praticado por todos. b) Indica que o individuo educado e esclarecido não precisa da punição do estado, através dos seus aparelhos repressores como a polícia. c) Que já é uma realidade a educação de qualidade no Brasil. d) Os que só por meio do castigo e da repressão é possível educar o homem. Que neste Natal e em todos os dias do próximo ano, possamos fazer de Jesus nosso melhor amigo, pois Ele é o maior motivo do Natal e da nossa existência. Feliz Natal!!
  6. 6. Centro de Ensino Urbano Rocha Imperatriz, ____ de dezembro de 2014. Aluno (a) _________________________________________________________ n° ________ Professora: Mary Alvarenga Série: 3º ano Turma: A Verificação de Filosofia 1. A filosofia é entendida como uma ciência universal que procura a razão mais fundamental, ou seja, as causas primeiras de todas as coisas. Com relação ao conhecimento e às ciências, em confronto com a filosofia, é correto afirmar que: a) o mito, tanto na Grécia antiga como atualmente, encerra o sentido da filosofia, que é dar uma explicação para tudo, mesmo que, para isso, tenha que construir ideias fantasiosas e irracionais. b) a filosofia serve-se também do senso comum para intuir explicações sobre a realidade, mas com ele não se confunde. c) a filosofia é a ciência que fundamenta as opiniões dos indivíduos, não importando se elas são ilógicas ou inconsequentes. d) tanto a filosofia como a teologia são conhecimentos causais, racionais, teóricos, universais e teleológicos. 2. A filosofia não procura respostas prontas e acabadas, porém levantar questionamentos. Assim esse levantar de questionamentos tem como objetivo: a) Levar o individuo o questionamento ingênuo como o das crianças b) Formar pessoas briguentas e desajustadas c) Formar cidadão com senso critica e conscientes do seu papel social d) Criar pessoas neuróticas que a tudo criticam sem fundamentos lógicos 3. A evolução humana é prova de que usamos com racionalidade perfeita nossas culturas a recriamos a cada dia. Usamos as mãos para evoluir nossos instrumentos tecnológicos; a nossa inteligência para conhecer cada vez mais o universo. Somos capazes de transformar o universo e fazer dele uma morada fantástica. Ás vezes, usamos essa capacidade para transformar nosso cotidiano num inferno. A evolução cultural é a característica mais evidente do ser humano. Mas, a pergunta por que o ser humano evoluiu e evolui? Pode ser respondida de várias maneiras. Assinale o item que responde corretamente a questão acima: a) Porque ele vive em sociedade como as abelhas ou as formigas. b) Porque ele se percebeu capaz de criar, inventar, transformar e descobrir. c) Porque ele é inteligente e tem cérebro. d) Porque ele é capaz de manipular objetos, pois tem um polegar opositor. 4. A palavra democracia vem do grego “demos” e “Kratia”, de “Krátos”. Analise os itens abaixo e assinale a alternativa INCORRETA, ou seja, que NÃO faz parte da democracia. a) O ideal democrático, existe desde a antiguidade. b) A democracia teve origem na Grécia antiga em Atenas. c) Democracia significa soberania popular, onde o cidadão não possui direitos iguais. d) Na democracia o poder originar-se do povo e através dela o direito à cidadania.
  7. 7. 5. Ao acúmulo de conhecimento e experiência das gerações, que propiciaram o avanço tecnológico em várias áreas da atividade humana, denominamos de: a) História b) Cultura c) Ciências d) Razão 6. Escolha a ÚNICA alternativa que completa a seguinte frase “quando as pessoas, por causa do progresso tecnológico, interferem nos costumes, nas tradições, na forma de comunicar, mudando o rosto do mundo...”: a) Confirmam que cultura e tecnologia jamais andam juntas. b) Estão criando novas culturas e recriando as existentes. c) Estão destruindo o cosmos porque as coisas não podem ser mudadas. d) Demonstram que o progresso tecnológico não altera a cultura. 7. A filosofia não procura respostas prontas e acabadas, porém levantar questionamentos. Assim esse levantar de questionamentos tem como objetivo: a) Levar o individua o questionamento ingênuo como o das crianças b) Formar pessoas briguentas e desajustadas c) Formar cidadão com senso critico e conscientes do seu papel social d) Criar pessoas neuróticas que a tudo criticam sem fundamentos lógicos 8. O ensino de Filosofia deve propiciar as pessoas a possibilidade da reflexão. Sobre o conceito de reflexão, é CORRETO afirmar que se trata de: a) operação discursiva do pensamento que consiste em encadear logicamente juízos e deles tirar uma conclusão. b) operação lógica em que, de dados singulares suficientemente enumerados, inferimos uma verdade universal. c) ato do conhecimento que se volta sobre si mesmo, tomando como objetivo seu próprio ato. d) ato de influenciar as pessoas por meio da comunicação de massa. 9. Com respeito à correlação entre senso comum e ciência, assinale a opção correta. a) O senso comum é o conhecimento que ajuda a nos situarmos no cotidiano, para compreendê-lo agir sobre ele. b) Trata-se de um conjunto de crenças, já que esse conhecimento quase sempre recebemos pela tradição oral, de modo espontâneo e não crítico. c) A ciência é objetiva (baseia-se em fatos, e é reversível), é racional. O senso comum satisfaz-se com o imediato e o aparente e submete o conhecimento adquirido (através da observação ocasional) a superstições, fé, dogmas, não recorrendo assim à lógica/razão. d) Todas as alternativas estão corretas.
  8. 8. 10. Com base nas características relativas aos valores cognitivos da ciência, associe as colunas abaixo. 1. Imparcialidade 2. Neutralidade 3. Autonomia ( 1) é a concepção de que as teorias são corretamente aceitas apenas em virtude de manifestarem os valores cognitivos. ( 3) refere-se as condições independentes das investigações, porque, segundo se espera as investigações científicas deveriam estar isentas de pressões externas. ( 2) o conhecimento científico é neutro quando não atende a nenhum outro valor particular, ou seja, os valores morais e sociais não deveriam influenciar diretamente os cientistas. Que neste Natal e em todos os dias do próximo ano, possamos fazer de Jesus nosso melhor amigo, pois Ele é o maior motivo do Natal e da nossa existência. Feliz Natal!!

×