Terroristas islâmicos - Prof. Altair Aguilar

650 visualizações

Publicada em

História

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Terroristas islâmicos - Prof. Altair Aguilar

  1. 1. Terroristas Islâmicos
  2. 2. Introdução • Terrorismo islâmico (em árabe: ‫إرهاب‬ ‫إسالمي‬, traduzindo ʾirhāb ʾislāmī ), também conhecido como terrorismo islamita ou terrorismo jihadista, é uma forma de terrorismo religioso cometida por extremistas islâmicos com o propósito de atingir variadas metas políticas ou religiosas. O terrorismo islâmico foi identificado como tendo ocorrido em locais do Oriente Médio, África, Europa, Ásia Meridional(incluindo Índia e Paquistão, Sudeste Asiático, e nos Estados Unidos, desde pelo menos a década de 1970.
  3. 3. • Organizações terroristas islâmicas se envolveram em táticas que incluem ataques suicidas, sequestros, sequestros de aviões e vêm recrutando novos membros através da Internet.
  4. 4. História • Alguns estudiosos, como Mark Burgess, do Center for Defense Information, traçam as raízes do terrorismo islâmico aos Assassinos, do século XI, uma ordem do xiismo ismaelita que tinha como alvo oponentes políticos e religiosos que se interpunham à ideologia sectária do grupo.
  5. 5. • Ao propor uma continuidade entre as manifestações medievais e modernas do terrorismo islâmico, Burgess identifica um motivo subjacente comum a ambos, mais especificamente uma lealdade a um imperativo divino, bem como táticas semelhantes, tais como a procura consciente do martírio. O surgimento do terrorismo islâmico moderno tem suas raízes no século XIX.
  6. 6. • O movimento wahhabista, um movimento fundamentalista árabe que foi formado no século XVIII, visava estabelecer um grande grupo de seguidores durante o período, e gradualmente inspirou outros movimentos fundamentalistas durante o século seguinte.
  7. 7. • Diversas ondas de movimentos terroristas de motivação política surgidos na Europa durante o século XIX (como o Narodnaya Volya, a Irmandade Republicana Irlandesa e a Federação Revolucionária Armênia) e no início do século XX (como o IRÃ e o Irgun) serviram como inspiração e modelo para os militantes islamitas no decorrer do século XX.
  8. 8. • Durante a Guerra Fria, os Estados Unidos e o Reino Unido apoiaram a ascensão de grupos fundamentalistas no Oriente Médio e na Ásia Meridional como forma de se opor à expansão soviética na região e como forma de enfraquecer movimentos nacionalistas anti-ocidentais em alguns países.
  9. 9. Perfis • O psiquiatra forense e ex-oficial do United States Foreign Service, Marc Sageman, fez um "estudo intensivo dos dados biográficos de 172 participantes da jihad" em seu livro Understanding Terror Networks. Sageman concluiu que as redes sociais, os "laços estreitos de família e amizade", e não os distúrbios emocionais e comportamentais gerados pela "pobreza, trauma, loucura ou ignorância", teriam inspirado jovens muçulmanos alienados a empreender jihad e matar outras pessoas.
  10. 10. Principais grupos islâmicos • Al Qaeda: grupo fundamentalista islâmico que possui financiadores para o desenvolvimento de ataques em diferentes pontos do planeta, além disso, detém ramificações da organização, configurando assim como uma atitude globalizada. Esse grupo surgiu no Oriente Médio, porém os ataques ocorrem nessa região e em outros pontos do planeta.
  11. 11. • Hamas (Movimento de Resistência Islâmica): grupo que atua em locais próximos à fronteira entre a Palestina e Israel que busca a formação do Estado Palestino através de atentados com homens bomba e outras modalidades.
  12. 12. • Jihad Islâmico da Palestina: desenvolve suas práticas em Israel, em áreas ocupadas pela Jordânia e Líbano.
  13. 13. • Hizbollah (Partido de Deus): desenvolve-se no Líbano, com participantes nos Estados Unidos, Europa, Ásia, África e América do Sul.
  14. 14. • Al Jihad: age no Egito, busca implantar um Estado Islâmico, possui ligação no Afeganistão, Paquistão, Iêmen, Sudão, Líbano e Reino Unido.
  15. 15. conclusão • Terrorismo é um método de repressão que usa de uma forma violenta e ilegal contra pessoas ou patrimônios, para atingir governos e alcançar objetivos políticos e religiosos. • O terrorismo islâmico também conhecido como terrorismo islamita, é também religioso praticado por aqueles cujas motivações estão enraizadas nas suas interpretações do Islão.

×