Experiências Nazistas - Prof. Altair Aguilar.

1.795 visualizações

Publicada em

História

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.795
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
73
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Experiências Nazistas - Prof. Altair Aguilar.

  1. 1. Experiências Nazistas
  2. 2. Os campos de concentração da Segunda Grande Guerra não eram apenas locais onde os judeus trabalhavam até a morte.
  3. 3. Nesses locais foram feitos experimentos médicos dignos de filmes de terror
  4. 4. Não é preciso ser um gênio da História para saber que a 2ª Guerra Mundial foi um período traumático para a humanidade. Milhares de pessoas foram levadas para os campos de concentração.
  5. 5. Cerca de 350 médicos realizavam essas experiências. Entre eles:
  6. 6. “Anjo da Morte”
  7. 7. Colocaram em prática inúmeros experimentos científicos, usando os prisioneiros como cobaias.
  8. 8. Veja a seguir, as piores e mais temíveis experiências médicas realizadas na época do Nazismo:
  9. 9. Congelamento
  10. 10. As vítimas, algumas vezes com termômetros inseridos no ânus, eram submergidas em água semi congelada ou expostas nuas no gelo para calcular a resistência máxima do ser humano ao frio. Mesmo após a morte por hipotermia, os experimentos continuavam: eram testados métodos de reanimação.
  11. 11. Dissecação de vivos Para tentar identificar alterações físicas, pessoas mestiças foram dissecadas ainda com vida.
  12. 12. Pressão Outros experimentos cruéis foram os testes de pressão
  13. 13. A fim de saber a altitude segura para os soldados, os médicos nazistas submetiam os presos à testes de pressão onde perdiam a consciência ou morriam com horrorosas convulsões por excessiva pressão intracraniana. De 200 vítimas, 80 morreram durante os experimentos e os demais foram executados.
  14. 14. Água do mar Um grupo de 90 ciganos foi deixado em uma câmara, recebendo apenas pouco alimento e água do mar. De tão desidratados, eles eram vistos lambendo os azulejos recém-lavados no desespero de absorver qualquer resquício de água potável.
  15. 15. FOME Milhares de prisioneiros, inclusive muitas crianças, foram deixados sem alimento em testes de subnutrição.
  16. 16. ESTERILIZAÇÃO
  17. 17. Sem que os prisioneiros soubessem, eles foram submetidos a radiação e ficavam completamente estéreis. Foi a melhor forma que os médicos nazistas encontraram, chegando a esterilizarem mais de 400 mil.
  18. 18. Algumas vítimas foram expostas a radiação direta em seus órgãos genitais, o que gerava dor extrema e queimaduras. Os que não morriam de imediato eram executados, pois os machucados os deixava inúteis para o trabalho.
  19. 19. Testes com gêmeos
  20. 20. Mengele foi o maior expoente nesse assunto. Tratava gêmeos de uma forma melhor que os demais. Depois os levava para experimentos absurdos.
  21. 21. Tentou gerar gêmeos siameses interligando seus vasos sanguíneos assim como alterar a cor dos olhos injetando pigmentos diretamente nos globos oculares. Dos mais de 1.500 gêmeos, somente 183 sobreviveram.
  22. 22. veneno
  23. 23. Para registrar a reação do corpo humano a alguns compostos, assim como tentar achar o antídoto, prisioneiros foram envenenados. Os que não morreram após convulsões e outros efeitos foram mortos para análise. O mesmo foi feito com o gás mostarda, que causa queimaduras horríveis, e injeções de óleo em crianças, que posteriormente tinham os órgão levados para análise.
  24. 24. estilhaços
  25. 25. A Dra. Herta Oberheuser, famosa pelo seu sadismo e responsável por algumas das piores mortes nos campos de concentração, inseria nas vítimas pregos, cacos de vidro, serragem e lascas de madeira para simular as condições de luta entre os soldados.
  26. 26. doencas
  27. 27. Com a finalidade de se encontrar a cura da malária, tifo, tuberculose, febre amarela, febre tifoide e hepatite, milhares de presos foram deliberadamente infectados com as doenças. 90% faleceu, sendo que muitos ainda eram dissecados vivos para que os médicos pudessem ver a doença se espalhando pelo corpo.
  28. 28. Os campos de concentração guardam segredos que jamais serão contados. Além das experiências médicas, os prisioneiros sofriam abusos, escravidão, destruição familiar, mortes injustificáveis e outros absurdos.
  29. 29. Alguns médicos chegavam a ter abajures feitos de pele humana e chinelos feito de cabelo dos presos. Uma tragédia com mais de 6 milhões de vítimas que sujou a história da humanidade e que jamais será esquecida...
  30. 30. Prof. Altair Aguilar Obrigado.

×