Open Innovation Seminar 2008 - Mesa 3 - Ary Plonski - Anprotec/PGT-USP

2.221 visualizações

Publicada em

Apresentação do Prof. Ary Plonski para o Open Innovation Seminar 2008

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.221
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
204
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
48
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Open Innovation Seminar 2008 - Mesa 3 - Ary Plonski - Anprotec/PGT-USP

  1. 1. 16 de junho de 2008 – São Paulo/SP Guilherme Ary Plonski Anprotec / PGT-USP Mesa 3 – Empreendedorismo e oportunidades trazidas pelo Open Innovation Pannel 3 – Entrepreneurship and opportunities brought by Open Innovation Open Innovation Seminar 2008 – Allagi
  2. 2. Empreendedorismo: Oportunidades Trazidas pela Inovação Aberta Guilherme Ary Plonski
  3. 3. 1. Nova divisão social do trabalho de inovação? a) Geografia países; regiões b) Motivação não só $; Gaia c) Abrangência mais setores d) Atores > 3; complexidade e) Governança difusa f) Políticas 3ª geração (cf. OCDE) g) PPP ambigüidades h) Relações ambivalências i) Papéis cadeias de conhecimento/valor
  4. 4. Something new under the sun Innovation, long the preserve of technocratic elites, is becoming more open Oct 11th 2007, Special Report, From The Economist print edition Business innovation Don't laugh at gilded butterflies Rather than chasing wonder new products, big companies should focus on making lots of small improvements & & Apr 22nd 2004 Inovação aberta From The Economist print edition Democratização da inovação Riqueza das redes 21.03.2005 Comunidades [tb. Informais] ...
  5. 5. 2. Nova compreensão: desafio coletivo ? • De (...) como os empreendedores podem contribuir nos programas de inovação radical das grandes empresas. • Para (...) como sistemas de geração de empreendimentos inovadores em coordenação com empresas consolidadas e outros agentes. podem valorizar a inovação como eixo estruturante do desenvolvimento sustentável* * econômico, ambiental, social e cultural
  6. 6. Inspiração: Inovação & Empreendedorismo São as duas faces de uma mesma moeda daí Empreendedorismo inovador
  7. 7. Sistemas de Geração de Empreendimentos Inovadores 2007
  8. 8. Facts & Figures Incubadoras 400 Parques Tecnológicos 6300 empresas • 1500 graduadas 10 em operação • 2800 incubadas • 2000 associadas 50+ projetos Faturamento ca. R$ 2 bi/ano 250 empresas
  9. 9. CGEE Notícias número 12 | fevereiro 2008 “Por exemplo, 12 a 13% das empresas participantes e das empresas contempladas são incubadas ou apoiadas por parques tecnológicos participantes. Indiretamente, o dado é uma avaliação da pertinência e relevância do sistema de incubadoras e parques tecnológicos – as micro e pequenas empresas de base tecnológica não representam 12% do universo das empresas que inovam no País.” Entrevista com Luis M.R. Fernandes, Presidente da FINEP
  10. 10. Sistema(s) de Promoção de Empreendimentos Inovadores - Reposicionamento Promoção da Cultura do Empreendedorismo & Inovação Incubação de Empresas orientadas para a geração e uso intenso de tecnologia Incubação de Empresas orientadas para o Desenvolvimento Local e Setorial Crescimento de Empresas em Ambientes de Inovação com Foco Regional e/ou Setorial Plataformas (Institucionais, Estratégicas e Operacionais) para promover o Empreendedorismo Inovador nas regiões, temas e setores prioritários para o país.
  11. 11. Mecanismo para Movimentar CERNE – Centro de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos “EPICENTRO” de um processo de Desenvolvimento Baseado nos modelos de sucesso dos SBDCs e BICs Novo Portfólio de Produtos e Serviços Foco em Indicadores e Performance Efeito Multiplicador / Amplificador
  12. 12. AÇÕES TÍPICAS Incubar Empresas Integrar/Conectar Residentes Incubar Iniciativas de Empresas não Empreendedorismo Residentes Abrigar Pontos Apoiar Avançados de CERNE Empresas Parceiros Graduadas Promover Apoiar a Cultura do Empresas de Apoiar Empreendedorismo APLs Empreendedores Potenciais
  13. 13. Plano de Ação 2007 - 2010 Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional
  14. 14. Um novo programa de apoio ao processo de criação e desenvolvimento de empresas inovadoras foi recentemente concebido pela FINEP, no qual recursos não-reembolsáveis, na forma de subvenção econômica, serão contratados diretamente por incubadoras credenciadas pela FINEP. O Programa Primeira Empresa Inovadora (PRIME) será implementado em 2008. 5 mil novas empresas inovadoras
  15. 15. Reunião de Orientação Estratégica do Projeto 22 de Abril de 2008 Brasília
  16. 16. Novo olhar: deselitização* da inovação ? * termo veiculado pelo Prof. Antonio Barros de Castro

×