QUEM MANDA AGORA SÃO
OS REIS
As monarquias europeias
FEUDALISMO
Uma de suas características era que
embora existisse reis e imperadores, quem
mandava no território sob sua in...
MONARQUIA
É um governo de
rei ou Imperador
com cargo
hereditário.
O fortalecimento do
poder real ocorreu
de maneiras
varia...
MONARQUIAS NACIONAIS
• Assim eram chamadas as monarquias por
formarem uma administração que reunia
vários domínios feudais...
BURGUESIA
A formação da monarquia europeia é associado ao
crescimento da burguesia que apoiou os rei para
expandir sua at...
A FORMAÇÃO NÃO FOI PACÍFICA
A formação da monarquia não foi algo fácil. Houve
muitas guerras que envolveram interesses di...
2. O PODER ABSOLUTO DOS
REIS
• O poder dos reis aumentou tanto que passou a ser
chamado de absolutismo.
a vontade do rei estava acima da vontade
popula...
Absolutismo Inglês.
• Existiu na Inglaterra nos séculos XVI e XVII e
chegou ao fim com revoltas que impediram o
poder tota...
Absolutismo inglês
OS PAPAS
Por temer as revoltas camponesas que assolava a Europa, não se
opuseram ao absolutismo. Mas em alguns casos, com...
ABSOLUTISMO NA FRANÇA
A França foi o reino onde o absolutismo mais prosperou.
Com a dinastia de Bourbon, o poder dos rei...
.
AUTORES QUE DEFENDERAM O
ABSOLUTISMO.
Jacques Bossuet Jean bodin
• Maquiavel foi um diplomata e historiador
italiano, que defendia que o monarca
deveria utilizar de qualquer meio – lícito...
THOMAS HOBBES
• Hobbes foi um matemático e filósofo
inglês, que discorreu sobre a natureza
humana e a necessidade de gover...
Jacques Bossuet
• Bossuet foi um bispo e teólogo francês
que criou o argumento que o governo
era divino e os reis recebiam...
• Bodin foi um jurista francês, membro do Parlamento e professor de
Direito, que defendia que a soberania é um poder perpé...
A ETIQUETA NA CORTE
FRANCESA
Etiqueta refere-se a um conjunto de normas de
conduta em uma sociedade ou grupo social. Trata-se
de regras sobre como agi...
O luxo que cercou os reis absolutistas
franceses foi muito grande em
contraste com a maioria da população
que viviam péssi...
A partir do
renascimento é que se
começa a utilizar
como artigo de luxo,
garfos e lenços. Luís
XIV foi o primeiro a
ter u...
PALÁCIO DE VERSALHES
 - O Palácio de Versalhes é uma construção imponente e luxuosa
situada na cidade de Versalhes (subúr...
Palácio de Versalhes
VISITA AO REI
Nobres de regiões mais distantes procuravam
sempre visitar o rei, essa era uma ocasião para as
pessoas most...
COMO VIVIAM NO PALÁCIO?
As pessoas que viviam no palácio disputavam a
participação em cerimônias que aos nossos olhos
era...
A ECONOMIA NOS TEMPOS
DO ABSOLUTISMO
MERCANTILISMO: Eras a forma como os governos
administravam suas riquezas.
Uma das características desse período foi a bu...
AS COLÔNIAS
Países europeus começaram a manter colônias em outros
continentes com o objetivo de dominar novas terras e
pr...
Metais
Outra característica do absolutismo foi a busca de metais
preciosos com ouro e prata. Isso ficou conhecido como
me...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Quem manda-agora-sao-os-reis (1)

282 visualizações

Publicada em

Quem manda agora são os reis.
1.As monarquias europeias
2.O poder absoluto dos reis
3.autores que defendem o absolutismo
4.A etiqueta na corte francesa
5.A economia nos tempos do absolutismo

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
282
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Quem manda-agora-sao-os-reis (1)

  1. 1. QUEM MANDA AGORA SÃO OS REIS
  2. 2. As monarquias europeias
  3. 3. FEUDALISMO Uma de suas características era que embora existisse reis e imperadores, quem mandava no território sob sua influência eram os senhores feudais. As características das antigas sociedades feudais se modificaram entre os séculos XII e XIV.
  4. 4. MONARQUIA É um governo de rei ou Imperador com cargo hereditário. O fortalecimento do poder real ocorreu de maneiras variadas. Grandes governos monárquicos se formaram em: Portugal, França, Inglaterra, Espanha, etc.
  5. 5. MONARQUIAS NACIONAIS • Assim eram chamadas as monarquias por formarem uma administração que reunia vários domínios feudais, com leis, moedas e um idioma em comum. • formaram instituições administrativas cuja função era organizar a sociedade com o controle das forças e das leis.
  6. 6. BURGUESIA A formação da monarquia europeia é associado ao crescimento da burguesia que apoiou os rei para expandir sua atividade comercial. Eles queriam um governo mais forte que diminuísse a grande influência da nobreza feudal. Com o enfraquecimento dos poderes locais o comércio se expandiria pois seria fácil a circulação por diferentes territórios.
  7. 7. A FORMAÇÃO NÃO FOI PACÍFICA A formação da monarquia não foi algo fácil. Houve muitas guerras que envolveram interesses diversos. Muitos nobres resistiram a qualquer tentativa de centralização enquanto outros colaboraram no processo, desde que mantivessem sua posição social. Ou seja, permanecer em seus terras sem pagar impostos e exercendo poder sobre os camponeses.
  8. 8. 2. O PODER ABSOLUTO DOS REIS
  9. 9. • O poder dos reis aumentou tanto que passou a ser chamado de absolutismo. a vontade do rei estava acima da vontade popular. • Apesar de ser absoluto o poder do rei poderia ser limitado por tradições, costumes ou interesses. ABSOLUTISMO
  10. 10. Absolutismo Inglês. • Existiu na Inglaterra nos séculos XVI e XVII e chegou ao fim com revoltas que impediram o poder total do rei. estabeleceram uma monarquia parlamentar, isto é, com representantes da nobreza e burguesia inglesa. • Um exemplo de absolutismo inglês e o rei Henrique VII, que como vimos teve força para formar a igreja anglicana em oposição a igreja católica.
  11. 11. Absolutismo inglês
  12. 12. OS PAPAS Por temer as revoltas camponesas que assolava a Europa, não se opuseram ao absolutismo. Mas em alguns casos, como na Inglaterra, foi algo ruim para a igreja. A própria reforma protestante ocorreu num contexto em que a autoridade da igreja estava sendo questionada em todo o continente. Em outras situações , a igreja Católica conseguiu apoio dos reis ,que promoveram a expansão do catolicismo isso foi o caso de Portugal e Espanha que expandiram o catolicismo fortalecendo a inquisição e impedindo o avanço protestantes em seu território.
  13. 13. ABSOLUTISMO NA FRANÇA A França foi o reino onde o absolutismo mais prosperou. Com a dinastia de Bourbon, o poder dos reis alcançou grande força e só chegou ao fim com as crises que resultaram numa revolução que levou a morte o último rei dessa dinastia, Luís XVI. No reinado de Luís XVI, o poder do rei atingiu seu auge. Em seu período a economia francesa teve grande crescimento e o reino conseguiu uma posição privilegiada na Europa. Ele foi apelidado de Rei sol. Sua frase mais conhecidas é: O Estado sou eu.
  14. 14. . AUTORES QUE DEFENDERAM O ABSOLUTISMO. Jacques Bossuet Jean bodin
  15. 15. • Maquiavel foi um diplomata e historiador italiano, que defendia que o monarca deveria utilizar de qualquer meio – lícito ou não – para manter o controle do seu reino. A frase que resume suas ideias é: “Os fins justificam os meios”. A Itália foi uma das últimas regiões unificadas na Europa (1870). Obra: O Príncipe Nicolau Maquiavel
  16. 16. THOMAS HOBBES • Hobbes foi um matemático e filósofo inglês, que discorreu sobre a natureza humana e a necessidade de governos e sociedades. Dizia que o ser humano, no estado natural, é cruel e vingativo, necessitando de um governo forte e centralizado para manter o seu controle. A frase que resume suas ideias é: “O homem é o lobo do homem”. Obra: Leviatã
  17. 17. Jacques Bossuet • Bossuet foi um bispo e teólogo francês que criou o argumento que o governo era divino e os reis recebiam o seu poder de Deus. Assim, desobedecer a autoridade real seria considerado um pecado mortal. Um dos reis que se valeu de suas ideias foi o monarca absolutista Luís XIV. Obra: Política tirada da Sagrada Escritura
  18. 18. • Bodin foi um jurista francês, membro do Parlamento e professor de Direito, que defendia que a soberania é um poder perpétuo e ilimitado. Sendo assim , as únicas limitações do soberano eram a lei divina e a lei natural. Bodin usava de argumento religioso para justificar o poder do rei, da mesma forma que Bossuet. • Obra: Seis livros da República Jean Bodin
  19. 19. A ETIQUETA NA CORTE FRANCESA
  20. 20. Etiqueta refere-se a um conjunto de normas de conduta em uma sociedade ou grupo social. Trata-se de regras sobre como agir, por exemplo ao comer, ao conversar ao se vestir, etc. É uma maneira de ser reconhecido com pertencente a um grupo social. No tempo do absolutismo, a etiqueta foi uma prática importante para diferenciar a nobreza cortesã, ligada ao rei, do restante da população.
  21. 21. O luxo que cercou os reis absolutistas franceses foi muito grande em contraste com a maioria da população que viviam péssimas condições. Uma das modas lançadas por Luís XIV foi o uso de perucas elaboradas. Acredita-se que o uso de perucas, pelo rei era em função de sua calvície. O fato é que o uso de perucas indicavam uma posição de destaque na sociedade.
  22. 22. A partir do renascimento é que se começa a utilizar como artigo de luxo, garfos e lenços. Luís XIV foi o primeiro a ter uma grande coleção de lenços, e a partir daí mais pessoas começaram a utilizar essa peça.
  23. 23. PALÁCIO DE VERSALHES  - O Palácio de Versalhes é uma construção imponente e luxuosa situada na cidade de Versalhes (subúrbio de Paris - França).  - O palácio começou ser construído nas primeiras décadas do século XVII. Em 1664, durante o governo de Luis XIV, foi finalizado.  - Foi utilizado como centro do poder real francês durante o absolutismo.  - Representava o grande poder econômico e político da realeza francesa nos séculos XVII e XVIII.  - Possui 700 quartos, 2 mil janelas e mais de 1000 lareiras. O parque que envolve o palácio têm, aproximadamente, 700 hectares.
  24. 24. Palácio de Versalhes
  25. 25. VISITA AO REI Nobres de regiões mais distantes procuravam sempre visitar o rei, essa era uma ocasião para as pessoas mostrarem sua posição social, por meio de roupas elaboradas, cheias de babados, perucas, pinturas no rosto e hábitos requintados. A dança era uma das formas de parecer nobre, e falar com eloquência devia impressionar. As mulheres também participavam dessa sociedade de luxo, com roupas impressionantes. Enfim, tudo se torna um espetáculo entre nobre principalmente em Versalhes.
  26. 26. COMO VIVIAM NO PALÁCIO? As pessoas que viviam no palácio disputavam a participação em cerimônias que aos nossos olhos eram ridículas. Exemplo: Assistir às refeições do rei. As bebidas eram entregues com muita cerimônia, e havia palavras decoradas para tornar o momento bastante solene. O momento do rei dormir e acordar eram acompanhados por muitas pessoas. O luxo na vida da corte foi uma marca das monarquias absolutistas.
  27. 27. A ECONOMIA NOS TEMPOS DO ABSOLUTISMO
  28. 28. MERCANTILISMO: Eras a forma como os governos administravam suas riquezas. Uma das características desse período foi a busca do controle da economia pelo governo.
  29. 29. AS COLÔNIAS Países europeus começaram a manter colônias em outros continentes com o objetivo de dominar novas terras e procurar meios para adquirir mais riquezas. Os europeus que iam para as colônias trabalhavam para conseguir produtos agrícolas para serem vendidos na Europa. O comércio não era totalmente livre pois podiam vender somente para o país que dominava a colônia. Ex: O que se produzia no Brasil só podia ser comercializado por portugueses. Os pesquisadores chamam essa prática de monopólio comercial.
  30. 30. Metais Outra característica do absolutismo foi a busca de metais preciosos com ouro e prata. Isso ficou conhecido como metalismo. O ouro e prata adquirido eram utilizados para preparar moedas, comprar terras, garantir recursos para pagar despesas do governo. Também eram utilizadas para decorar Igrejas e palácios. Quem mais se destacou neste contexto foi a Inglaterra. Buscavam uma balança comercial favorável: Exportar mais e importar menos.

×