Associação Cultural Vila Flores (abril 2015)

399 visualizações

Publicada em

Apresentação da Associação Cultural Vila Flores para os alunos de Arquitetura e Urbanismo na PUCRS.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Associação Cultural Vila Flores (abril 2015)

  1. 1. + Associação Cultural Vila Flores
  2. 2. + Diretrizes: 1. Arte e Cultura 2. Educação 3.Empreendedorismo 4. Regeneração Urbana
  3. 3. + 1. Arte e Cultura Espetáculos, exposições e apresentações de artistas e grupos de diferentes áreas: n Artes Cênicas (Teatro, Dança, Circo) n Artes Visuais e Audiovisual n Música n Gastronomia n Artesanato
  4. 4. + 2. Educação Projetos em parceria. Exemplo: Oficinas da ONG Mulher em Construção.
  5. 5. + 3. Empreendedorismo Arquitetura Design Fomento à Economia Criativa e Produção Local. Artes Visuais e Audiovisual Moda Música Produção de Eventos Teatro Tecnologia
  6. 6. + 3. Empreendedorismo 20 empreendimentos/coletivos criativos residentes no Vila Flores:
  7. 7. + 3. Empreendedorismo
  8. 8. + 4. Regeneração Urbana Atividades focadas na discussão e na prática dos seguintes temas: §  Patrimônio Histórico, Ambiental e Cultural; §  Arquitetura e Urbanismo; §  Engajamento da comunidade; §  Gestão de Resíduos; §  Placemaking e prototipagem; §  As “novas economias”; §  Transformação social e urbana através da Arte e da Cultura.
  9. 9. + 4. Regeneração Urbana Principais aspectos encontrados nos clusters enquanto estratégias de regeneração urbana: §  Interação entre a gestão pública (implantação de infraestruturas e criação de órgãos de articulação entre os agentes) e a iniciativa privada (grandes investimentos, compra de terrenos, reformas de edifícios de valor histórico, cultural ou arquitetônico); §  Articulação entre os diversos agentes dentro de um cluster, podendo ser realizada por meio da criação de uma entidade, associação ou agência de caráter privado, que receba a responsabilidade de gestão do projeto; §  Presença de universidades e centros de pesquisa de porte, pois atraem empresários, estudantes, mão-de-obra especializada e pessoas criativas, talentos que contribuem para a qualificação, reinvenção e inovação da região; §  Participação da comunidade no processo de elaboração de diretrizes urbanísticas, bem como do projeto urbano via exposições, debates públicos e workshops. Trecho da Dissertação de Mestrado da arquiteta Claudia Titton,“Reestruturação Produtiva e Regeneração Urbana: o caso do IV Distrito de Porto Alegre”.Páginas 47 e 48.
  10. 10. + 4. Regeneração Urbana Desafio “Questiona-se, porém, sobre as reais possibilidades desses projetos beneficiarem as populações locais através da geração de empregos e do atendimento às necessidades habitacionais, de equipamentos e de infraestrutura, evitando consequências excludentes, já que vantagens e lucros encaixados nos fluxos internacionais não implicam, necessariamente, ganhos na esfera local.” Trecho da Dissertação de Mestrado da arquiteta Claudia Titton,“Reestruturação Produtiva e Regeneração Urbana: o caso do IV Distrito de Porto Alegre”.Página 55.

×