O bom atendimento não termina quando o paciente vai embora

1.537 visualizações

Publicada em

Palestra ministrada durante o Curso Cleber Godinho, em outubro de 2012

Publicada em: Marketing
1 comentário
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.537
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
119
Comentários
1
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O bom atendimento não termina quando o paciente vai embora

  1. 1. O bom atendimento não termina quando o paciente vai embora 16º Curso Cleber Godinho de Lentes de Contato 14 de outubro de 2012- Belo Horizonte Alice Selles Mestre em Administração de Empresas e Desenvolvimento Empresarial; Diretora da SBAO - Sociedade Brasileira de Administração em Oftalmologia; DiretoraSelles & Henning Comunicação Integrada. Alice da Selles
  2. 2. O que é bom atendimento? • Atender no horário marcado? • Oferecer boas instalações? • Conseguir bons resultados? • Ser simpático com a clientela? • Todos os itens acima? • Nenhum deles? Alice Selles
  3. 3. Quem decide o que é bom atendimento?
  4. 4. Quem decide o que é bom atendimento em sua clínica? O PACIENTE Alice Selles
  5. 5. Entendendo o que é qualidade para os pacientes: Expectativas Alice Selles Experiências anteriores Qualidade esperada
  6. 6. Dimensões da satisfação do paciente Serviço aquém das expectativas Serviço equivalente às expectativas Paciente satisfeito Serviço além das expectativas Alice Selles Paciente insatisfeito Paciente encantado
  7. 7. Por que buscar superar as expectativas dos pacientes? •Pacientes satisfeitos criam menos problemas; •Pacientes satisfeitos divulgam a clínica para outras pessoas; •Pacientes satisfeitos tornam o trabalho mais ágil. Alice Selles
  8. 8. A satisfação acontece apenas quando o paciente está na clínica? NÃO A satisfação começa antes do atendimento e se concretiza bem depois que ele deixou o consultório. Alice Selles
  9. 9. Antes Marcação • Atendimento telefônico Alice Selles Marcação • Internet
  10. 10. Durante Recepção • Atendimento pessoal • Sala de espera • Tempo de espera Alice Selles Atendimento • Médico • Outros membros da equipe
  11. 11. Depois Comunicação sistemática Avaliação dos serviços • Telefone • E-mail • Pesquisa de satisfação • Reconhecimento Alice Selles Agradecimento pelas indicações
  12. 12. Vamos fazer uma autoavaliação? o Você gostaria de receber o atendimento que sua clínica oferece? o Como você acredita que seja o SEU atendimento? o Gostaria de recebê-lo? Alice Selles
  13. 13. Sistematizando o atendimento Rotina para pacientes que não procuram a clínica há mais de um ano Rotina para novos pacientes Rotina para pacientes atuais Alice Selles
  14. 14. Novos pacientes Aferir a satisfação com o primeiro atendimento Alice Selles Verificar se compreendeu as instruções recebidas Acompanhar agendamento de retornos
  15. 15. Pacientes atuais Acompanhar agendamento de retornos Alice Selles Informar sobre novidades nos serviços oferecidos Cumprimentar em datas festivas
  16. 16. Pacientes que abandonaram o tratamento Monitorar a falta de agendamento de retorno Identificar o motivo da evasão Oferecer resposta, caso o motivo tenha sido alguma insatisfação com o serviço Lembrar a importância do tratamento Alice Selles
  17. 17. Lembre-se: o paciente fidelizado é mais econômico e menos trabalhoso para o serviço do que buscar um novo paciente Alice Selles
  18. 18. Suponha que você e mais duas pessoas estão trabalhando em uma plantação de feijão, onde cada um ganha o salário correspondente ao seu dia de trabalho.
  19. 19. O trabalho funciona da seguinte maneira: em fila, você cava o buraco, o segundo joga a semente e o terceiro integrante tapa o buraco. Cada integrante deste grupo se preocupa apenas em realizar a sua tarefa, nada entendendo da importância do trabalho dos outros, “é cada um por si”.
  20. 20. Um certo dia o segundo membro da equipe faltou ao trabalho por motivo de saúde, porém a atividade continuou. Você cavava o buraco, o segundo não jogou a semente (pois havia faltado), mas o terceiro tapava o buraco e assim prossegue o dia inteiro...
  21. 21. Alguma semelhança com o trabalho em sua clínica?
  22. 22. O segredo do atendimento de qualidade, está nas pessoas, está nas equipes!
  23. 23. Alice Selles

×