O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Penalidades contra fornecedores e o respeito ao duplo grau de jurisdição na ausência de previsão em ato normativo interno
Penalidades contra fornecedores e o respeito ao duplo grau de jurisdição na ausência de previsão em ato normativo interno
Penalidades contra fornecedores e o respeito ao duplo grau de jurisdição na ausência de previsão em ato normativo interno
Penalidades contra fornecedores e o respeito ao duplo grau de jurisdição na ausência de previsão em ato normativo interno
Penalidades contra fornecedores e o respeito ao duplo grau de jurisdição na ausência de previsão em ato normativo interno
Penalidades contra fornecedores e o respeito ao duplo grau de jurisdição na ausência de previsão em ato normativo interno
Penalidades contra fornecedores e o respeito ao duplo grau de jurisdição na ausência de previsão em ato normativo interno
Penalidades contra fornecedores e o respeito ao duplo grau de jurisdição na ausência de previsão em ato normativo interno
Penalidades contra fornecedores e o respeito ao duplo grau de jurisdição na ausência de previsão em ato normativo interno
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Penalidades contra fornecedores e o respeito ao duplo grau de jurisdição na ausência de previsão em ato normativo interno

161 visualizações

Publicada em

Este parecer de procurador federal esclarece quem deve aplicar a penalidade em face de fornecedor e a quem deve ser dirigido o recurso, quando não há ato normativo interno que o discipline.

Publicada em: Direito
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

×