Kp300 pma r0

386 visualizações

Publicada em

Capacitação de equipes para apoiar Plano Estratégico da empresa

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
386
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Kp300 pma r0

  1. 1. Clique para editar o estilo do título mestreESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  2. 2. Técnicas Gerenciais PMAPlano de Metas e Ações
  3. 3. Objetivos 1. Apresentar Estrutura do Plano Estratégico da Finetornos 2. Compreender Estrutura do PMA setorial 3. Capacitar gestores e equipes para manutenção do PMAESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA 3
  4. 4. Introdução Diversos Enfoques PNQ Sink & Tuttle • Eficácia • Processos Organizacionais • Inovação • Clientes e Mercado • Qualidade • Fornecedores • Financeiro Prêmio • Eficiência • Produtividade • Produtos Nacional da • Lucratividade ou GQT • Pessoas • Qualidade Qualidade Orçamentabilidade • Custo • Qualidade de Vida • Atendimento BSC • Moral ISO 9000:2000 • Financeiro • Segurança • Produtos • Clientes • Auditoria • Processos • Processos • Aprendizado e crescimento • Satisfação do ClienteESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  5. 5. Introdução Modelo de Excelência da Gestão - MEG  Aplicação de Fundamentos de Excelência reconhecidos e utilizados mundialmente e Critérios do Rumo à Excelência da Rede de Prêmios da FNQ  Possibilita a visão sistêmica da Organização;  Foco na realização de resultados;  Promoção da cooperação interna;  Comprometimento das pessoas que compõem a força de trabalho;  Compartilhamento das informações internas;  Identificação de seus pontos fortes e oportunidades para melhoria;  Medição e identificação do seu desempenho, inclusive perante os referenciais;  Capacitação interna para se auto-avaliar;ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  6. 6. O caminho para a excelência Nível de Maturidade Classe Estado da Arte MundialExcelênciaRumo a Implementando as práticas deExcelência gestãoCompromisso com a Excelência EsforçoESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  7. 7. Fundamentos X Critérios de Excelência CONHECIMENTO SOBRE O CLIENTE E O MERCADOESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
  8. 8. Desdobramento do Plano de Negócios Estratégico • Missão, visão, políticas e objetivos estratégicos MEG BSC Gerencial • Desdobramento dos objetivos estratégicos das metas dos setores PMA Operacional • Procedimentos operacionais e planos de ação KPIESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  9. 9. Plano de NegóciosESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  10. 10. Painel de BordoESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  11. 11. Como alinhar objetivosESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
  12. 12. Gestão Estratégica • Se o negócio pode ser comparado a uma partida de futebol, a equipe que colocar em campo os melhores profissionais, e fizer com que eles joguem em harmonia, acabará vencedora! • Este deve ser o papel do Gestor : Difundir a nova visão da empresa. Juntos, definir lista de atitudes que constituirão os novos valores da empresa, as diretrizes pelas quais a companhia pautará seu dia-a-dia. • Exemplos: – "Atenderemos imediatamente às solicitações dos clientes". – "Só liberaremos um produto quando ele não tiver defeito algum". – “Não aceitar erros, não gerar erros e não passar erros adiante.”ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA 1
  13. 13. Pra onde vamos ? Plano de Metas e AçõesESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA 1
  14. 14. Etapas do PMA 1. Elaboração de cenários e tendências 2. Definição do negócio 3. Definição das prioridades e concentrações 4. Estabelecimento dos resultados contratados 5. Descrição das estratégicas e táticas 6. Definição da organização 7. Elaboração do orçamento 8. Acompanhamento 9. Avaliação e Reconhecimento 10. Novo Ciclo PMAESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA 1
  15. 15. Ambiente IntranetESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  16. 16. Etapa 1 PMA Elaboração de cenários e tendências • A Análise SWOT é uma ferramenta utilizada para fazer análise de cenário (ou análise de ambiente), sendo usado como base para gestão e planejamento estratégico de uma corporação, empresa ou departamento, mas podendo, devido a sua simplicidade, ser utilizada para qualquer tipo de análise de cenário.ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  17. 17. Cenários e tendências Análise SWOTO termo S W O T é oriundo do idioma inglês Forças (Strengths) Fraquezas (Weaknesses) Oportunidades (Opportunities) Ameaças (Threats)ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
  18. 18. Cenários e tendências Questões Potenciais a Considerar FORÇAS INTERNAS FRAQUEZAS INTERNAS POTENCIAIS POTENCIAIS• recursos financeiros abundantes • falta de orientação estratégica• nome de marca bem conhecido • recursos financeiros limitados• n 1 do setor • pouco investimento em pesquisa e• economias de escala desenvolvimento• tecnologia própria • linha de produtos muito limitada• processos patenteados • distribuição limitada• custos mais altos (matérias-primas ou • custos mais baixos (matérias-primas ou processos) processos)• imagem da companhia/produto/marca • produtos ou tecnologia desatualizados respeitada • problemas operacionais internos• talento gerencial elevado • problemas políticos internos• melhor habilidade de marketing • imagem de mercado fraca• produto de qualidade superior • pouca habilidade de marketing• alianças com outras empresas • alianças com empresas fracas• boa capacidade de distribuição • habilidades gerenciais limitadas• empregados comprometidos • empregados mal treinados ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA 1
  19. 19. Cenários e tendências Questões Potenciais a Considerar OPORTUNIDADES EXTERNAS AMEAÇAS EXTERNAS POTENCIAIS POTENCIAIS• rápido crescimento do mercado • entrada de concorrentes estrangeiros• empresas rivais são complacentes • introdução de novos produtos substitutos• mudança nas necessidades/gestos do • ciclo de vida do produto em declínio consumidor • mudança nas necessidades/gestos do consumidor• abertura de mercados externos • declínio da confiança do consumidor• revés de empresa rival • empresas rivais adotam novas estratégias• novas descobertas de produtos • maior regulamentação governamental• boom econômico • queda na atividade econômica• desregulamentação governamental • mudança na política do Banco Central• nova tecnologia • nova tecnologia• mudanças demográficas • mudanças demográficas• outras empresas buscam alianças • barreiras no comercio exterior• grande alteração de marca • fraco desempenho de empresa aliada• queda nas vendas de produto substituto • tumulto na politica internacional• mudança nos métodos de distribuição • enfraquecimento da taxa de cambio da moeda ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  20. 20. SWOTESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  21. 21. Resultados Análise SWOT Fatores Críticos • Fatores críticos – são aspectos externos e internos tanto da área como da empresa que quando potencializados ou eliminados garantem o sucesso do resultado desejado; • Gestão de Risco – é um processo formal usado para identificar os riscos e oportunidades, em uma organização, estimar o impacto potencial desses eventos e fornecer um método para tratar esses impactos, para reduzir as ameaças até um nível aceitável ou para alcançar as oportunidades. – não se trata de eliminar os riscos, mas Gerenciar os Riscos envolvidos em todas as atividades, para maximizar as oportunidades e minimizar os efeitos adversos. • Plano de Contingência – Conjunto de medidas que minimizam interrupções na operação da empresa, estabelecendo rotinas preventivas de manutenção nos principais sistemas/equipamento/serviços e a definição de meios redundantes/alternativos que permitam seu pronto restabelecimento.ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  22. 22. RiscosESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  23. 23. Etapa 2 PMA Definição do negócio • O negócio define a essência de uma atividade empreendedora, aquilo que dá sentido à existência de uma área e que faz diferença para o negócio da empresa como um todo. Define o escopo de atuação na organização através : – Da identificação de seus clientes (usuários dos serviços ou produtos); – Das necessidades básicas dos clientes; – De como ser uma solução para os clientes; – De quais funcionalidades ou produtos serão oferecidos aos clientes. • Exemplos de definição de negócio: – De um supervisor de portaria: elevar a imagem da empresa através do pronto atendimento às necessidades de pessoas (clientes, visitantes, colaboradores) em trânsito na empresa; – De um supervisor de produção: atender o volume de produção necessário com a qualidade, custos e prazos adequados.ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA 2
  24. 24. Etapa 3 PMA Definição das prioridades e concentrações • As prioridades e concentrações refletem o foco de atuação que levará a empresa à posição estratégica desejada. – O que contribui para o negócio e deve ser mantido ou fortalecido; – O que não contribui e deve ser eliminado; – O que deve ser implementado para assegurar a continuidade em condições melhores • Exemplos de prioridades e concentrações (recomenda-se que sejam escritas na forma substantivada): – De um supervisor de portaria: atendimento ao público, segurança da empresa e conforto dos visitantes; – De um gerente da manufatura: desenvolvimento de programa de treinamento para soldadores; – De um supervisor de manutenção: acompanhamento periódico e preventivo das máquinas com maior índice de falhas.ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA 2
  25. 25. ObjetivosESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  26. 26. Exemplo Definição do negócio SGQ 2009 • O processo SGQ tem como objetivo: – Implantação e Manutenção do Sistema de Gestão da Qualidade Interpretar requisitos associados a normas de qualidade exigidas, fornecendo à Direção informações necessárias para tomada de decisões e suporte ao Planejamento Estratégico da empresa; Planejar estrutura e atividades do SGQ de forma a atender requisitos identificados – Administração do SGQ Manter controles efetivos sobre rotinas administrativas e atividades do setor em contato com Clientes Internos e Externos; – Determinar focos de atuação para Recursos Humanos Identificar e determinar as diretrizes de treinamentos, dando suporte a sua eficácia e aperfeiçoamento contínuo como parte da visão estratégica da empresa para capacitação e retenção de nosso quadro profissional: – Avaliação dos Programas Atuar como consultoria interna na implantação de novos programas, observando o alinhamento de suas diretrizes àquelas definidas ao SGQ,ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA 2
  27. 27. Etapa 4 PMA Resultados contratados • Os resultados contratados garantem a eficácia do negócio e representam as metas vinculadas às prioridades e concentrações. • Podem ser qualitativos ou quantitativos, mas todos os resultados devem ser específicos, mensuráveis, atingíveis, relevantes e temporais (com prazo determinado).ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA 2
  28. 28. Desdobramento dos IndicadoresESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  29. 29. Etapa 5 PMA Estratégia e Táticas • Estabelecer estratégicas e táticas significa definir caminhos (como fazer) que possibilitem alcançar os resultados contratados. • Os seus responsáveis dentro da organização devem ser claramente identificados. • Considerar fatores críticos, apoios requeridos, disponibilidade de recursos, e previstas ações que maximizem as forças e minimizem fraquezas. (ver Riscos) • As estratégias podem e devem ser mudadas ou adaptadas sempre que necessário (ciclo PDCA).ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA 3
  30. 30. PMAESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  31. 31. Exemplo PMA MNT 2006 Prioridades e Peso Peso Peso Indicador de Respon Resultados contratados Estratégias e Táticas Suporte concentrações Grupo Item Final desempenho sável - Identificar todos Equipamentos a serem Identificar e planejar todas controlados pela MPT - Lista de Equipamentos atividades para programa - Revisar Planos de Manutenção de todos Controlados; Equipamentos, identificando atividades e - Ficha de PCP; MPT ; Daniel; 40% 20% periodicidade; Equipamentos/ Plano de Lideres Renata - Compilar Planos de forma e elaborar um Manutenção; Setor Plano Mestre que permita visualizar todas as - Plano Mestre META: 02/2006 atividades previstas ; (calendário anual) - Manter registro de 100% das atividades Controlar programa realizadas - Indicador Pardas Manutenção Corretiva e - Manter históricos de manutenção pro Manutenção Corretiva · Implantação e buscar informações equipamento; - Relatórios MNT Manutenção do necessárias para análise 40% 20% - Manter relatórios de Análise Crítica das Corretiva Daniel; - Programa de atividades terceirizadas, controlando garantia Renata 50% crítica do MPT - Controle Revisão dos serviços; Manutenção planos MPT - Atualizar Planos de MPT prevenindoProdutiva/Preventiva/ META 01/2006 reincidência falhas observadas relatório MNT - Diário de Equipamento Corretiva Corretiva; - Definir critério de amostragem das atividades MPT; Manter práticas da empresa - Calendário - Manter relatórios de Análise Crítica das adequadas aos Amostragem/Auditoria atividades avaliadas; Procedimentos - Relatórios de Avaliação - Manter cronograma atualizado Lideres Equipamemto; Documentados Mensalmente; Daniel; Setor 20% 10% - Cronogramas de MPT; Manter pontualidade em - Manter registro de 100% das atividades Renata Operado - Indicador apontamentos 100% ações planejadas; realizadas ; res MPT; - Identificar e registrar atividades não - Registros RNCs; META: 03/2006 realizadas; - Relatórios RACP; - Manter diretoria e equipe informadas do andamento das ações; ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA 3
  32. 32. Etapa 6 PMA Organização • A estrutura organizacional é a força motriz para fazer acontecer o PMA e deve ser adaptada para estratégia. • As fronteiras departamentais devem ser superadas e a estrutura organizacional ajustada conforme necessidade. • Além do organograma funcional da área, identificar suportes diretos nas áreas de interface.ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  33. 33. ResponsabilidadesESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  34. 34. Mapeamento Processos Almoxarifado Compras Recebimento Verificar Procedimento Fornecimento de Recebimento F2 de Materiais F3 Início Procedimento de Recebimento de Não Sim Fornecimento Solicitação de Matéria Prima? Sim Cliente? Matéria-Prima - Comercial Receber Necessidade Material Regular? Não Material Regular? Sim de Material F3 Analisar Requisição de Solicitação Sim Não Materiais F2 Não Preencher RIR Solicitação de Solicitar Autorização da F3 Solicitar Dados Compras Área Solicitante para Solicitar Autorização da Item Material para Recebimento do Material Área Solicitante para RIR Não Cadastrado? Cadastro F3 Recebimento do Material F3 F3 F3 Gerar Cotação Sim F2 Direção Aprova? Haverá Não Cotação F1 Adequação? Cadastrar Material Autorizado? Sim F3 Autorizado? Sim Não Verificar Saldo no Sim Liberar Não Estoque Não Transportadora / F3 Realizar Pesquisa Liberar Entregador de Mercado Sim Devolver Material e Nota Transportadora / F3 Fiscal à Transportadora / Entregador Devolver Material e Nota F2 Entregador F3 Fiscal à Transportadora / Entregador Reunir Produto e Separar Material Saldo Preencher ROP ROP Nota Fiscal na Área Sim F3 Disponível? Fomulário de Recebimento F3 Questionário Auto- Nota Fiscal Avaliação For. Fim Não Preencher Fim Avaliar Procedimento Reunir Produto e Procedimento Documento Fornecedor Atualizar Estoque Sim Não Fornecedor de Inspeção de Nota Fiscal na Área de Inspeção de F3 Aprovado? F3 F2 / F5 Materiais de Recebimento Materiais Solicitação de Compras F4 F3 F4 Atualizar Lista de Nota Fiscal Fornecedores F2 Controlar Saídas Enviar do Estoque Lista de Documento Fornecedores Inspeção OK? Insumo/ Inspeção OK? F3 Não Subcontrato Não F3 F4 Subontrato? F4 Solicitação de Compras Identificar e Segregar Enviar Material/ Sim Materiais na Área Não Documentação para Enviar Documento Enviar Material e Conforme Área para Fornecedor Documentação F3 F3 F2 Documentação para Almoxarifado Cotação Material F4 Abrir RNC e Comunicar Nota Fiscal Insumo PCP/Compras Receber Proposta F3 / F4 Fornecedor RNC Fim F2 Negociar Termos do Pedido ROP F2 Sim Analisar Proposta Procedimento Autorizado? F2 Gerar Ordem de de Devolução Não F6 Armazenar e Sim Compra de Materiais Atualizar Estoque Proposta Controlar Material F2 F3 ROP F3 Ordem de Compra Proposta Aceita? Enviar Dados da Solicitar Autorização OC para Fim Sim Não Diretoria Recebimento F2 F2 Dados OC Sim Identificar e Enviar Material e Documentação Renegociar Proposta / OC Enviar OC para para Almoxarifado Alterar Fornecedor Não Autorizada? Fornecedor F4 F2 F1 F2 Ordem de Dar a Entrada na NF Nota Fiscal Compra e Preencher IQ do Fornecedor F3 /ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  35. 35. Etapa 7 PMA Orçamento • Os líderes responsáveis por um Setor devem conhecer seu orçamento. – Estrutura de custos e despesas – Principais insumos – Histórico de valores, tendências e sazonalidades • Qualquer investimento deve ser precedido de análise criteriosa da real necessidade e do retorno que o mesmo proporcionará à organização.ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  36. 36. Etapa 8 PMA Acompanhamento• A definição das Metas (EsMART) • Informar e Treinar• Estabelecer Método de trabalho • Definir Coleta de dados. • Executar !• Erros freqüentes • Fazer sem planejar • Erros freqüentes • Definir Metas e não definir • Definir o que fazer e não Métodos para atingi-las preparar pessoal que deve • Imobilismo no planejar Passo 1. Passo 2. executar (Pensar muito e não agir!) Planejar Desenvolver • Não identificar possíveis obstáculos a execução (Plan) (Do)• Quando eficaz, consolidar o resultado: • Manter e Padronizar a Passo 4. Passo 3. Estratégia Avaliar/ Checar• Quando não eficaz • Investigar as causas; Atuar (Act) (Check) • Confrontar os resultados com as • Revisar Estratégia e/ou Metas; metas (semanal)• Erros freqüentes • Erros freqüentes • Fazer, checar e não consolidar • Fazer e não checar • Parar após UMA volta • Falta de definição dos meios de avaliaçãoESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  37. 37. Etapa 8 PMA AcompanhamentoESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  38. 38. Etapa 9 PMA Avaliação • A consolidação da avaliação dos resultados obtidos ocorrem semestralmente. (calendário RAC) • O reconhecimento da contribuição de indivíduos e equipes deve balizar implantação de programa de remuneração variável vinculada ao grau de realização alcançado dos resultados contratados. • Desta forma, a gestão por resultados é fortalecida concretizando a concepção de parceria entre acionistas, administração e colaboradores.ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  39. 39. Etapa 9 PMA Avaliação e Reconhecimento Tendência: 3 valores consecutivos crescentes ou decrescentes Nível: Atingimento do índice proposto na Meta Observações: Explanações sobre o resultado ou sérieESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  40. 40. Etapa 9 PMA Avaliação e ReconhecimentoESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
  41. 41. Etapa 10 PMA Ciclo do PMA SETEMBRO a Novembro a ABRIL OUTUBRO OUTUBRO Dezembro Revisão Plano Atualização PMA RAC 1º Semestre RAC 2º Semestre Negócios Revisão Metas Avaliação Parcial Avaliação Final Definição Metas Desdobramento PMA Ciclo PMA Próximo Ano Estratégias Promoção Preparação para Aprovação Avaliação Equipe ajustes Próximo Período OrçamentoESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA
  42. 42. Discutir!ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA 4
  43. 43. Verificação Objetivos 1. Apresentar Estrutura do Plano Estratégico da Finetornos 2. Compreender Estrutura do PMA setorial 3. Capacitar gestores e equipes para manutenção do PMAESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA 4
  44. 44. Agenda Dezembro/2012 S T Q Q S 17 18 19 20 21 Samanta Ricardo Rodrigo Ferreira Andresa Juliana Luiz Fernando Maurício Rodrigo Bignardi Breno AgnezESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA FINETORNOS E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO Atualizado em 10/12 ESCRITA DA MESMA

×