Apostila de osteologia dos mmss e mmii (1)

10.576 visualizações

Publicada em

0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.576
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
237
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apostila de osteologia dos mmss e mmii (1)

  1. 1. OSSOS DO MEMBRO SUPERIOROs ossos dos membros superiores podem ser divididos em quatro segmentos: Cintura Escapular - Clavícula e Escápula Braço - Úmero Antebraço - Rádio e Ulna Mão - Ossos da Mão
  2. 2. CLAVÍCULA A clavícula forma a porção ventral da cintura escapular. É um osso longocurvado como um “S” itálico, situado quase que horizontalmente logo acima daprimeira costela. Articula-se medialmente com o manúbrio do esterno elateralmente com o acrômio da escápula. Tem duas extremidades, duas faces eduas bordas. Diáfise Borda Anterior Borda Posterior Face Superior - convexa Face Inferior - plana e apresenta o sulco subclávio Epífises Epífise Medial - esternal e mais volumosa Epífise Lateral - acromial e mais achatadaA clavícula articula-se com dois ossos: escápula e esterno. Clavícula - Vista Superior Fonte: SOBOTTA, Johannes. Atlas de Anatomia Humana. 21ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.
  3. 3. Clavícula - Vista Inferior Fonte: SOBOTTA, Johannes. Atlas de Anatomia Humana. 21ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000. ESCÁPULA É um osso par, chato bem fino podendo ser translúcido em certos pontos.Forma a parte dorsal da cintura escapular. Tem a forma triangular apresentando duas faces, três bordas e trêsângulos. Faces Face Dorsal Espinha da Escápula - Separa as fossas supra e infra-espinhal Acrômio - Localiza-se na extremidade da espinha Fossa Supra-Espinhosa - É côncava e lisa, localizada acima da espinha Fossa Infra-Espinhosa - É côncava e localiza-se abaixo da espinha Face Costal Fossa Subscapular Bordas Borda Superior Incisura Escapular - Incisura semi-circular localizada na porção lateral e é formada pela base do processo coracóide Processo Coracóide - Processo curvo e espesso próximo ao colo da escápula Borda Lateral Borda Medial
  4. 4. Ângulos Ângulo Inferior - Espesso e áspero Ângulo Superior - Fino, liso e arredondado Ângulo Lateral - É ampliado em um processo espesso. Entra na articulação do ombro Cavidade Glenóide - É uma escavação da escápula que se articula com o úmero Tubérculo Supra-Glenoidal - Localiza-se acima da cavidade glenóide Tubérculo Infra-Glenoidal - Localiza-se abaixo da cavidade glenóide A escápula articula-se com dois ossos: úmero e clavícula. Escápula - Vista AnteriorFonte: SOBOTTA, Johannes. Atlas de Anatomia Humana. 21ed. Rio de Janeiro: GuanabaraKoogan, 2000.
  5. 5. Escápula - Vista PosteriorFonte: SOBOTTA, Johannes. Atlas de Anatomia Humana. 21ed. Rio de Janeiro: GuanabaraKoogan, 2000. Escápula - Vista Lateral Fonte: SOBOTTA, Johannes. Atlas de Anatomia Humana. 21ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.
  6. 6. ÚMERO É o maior e mais longo osso do membro superior. Articula-se com a escápulana articulação do ombro e com o rádio e a ulna na articulação do cotovelo.Apresenta duas epífises e uma diafíse. Epífise Proximal Cabeça do Úmero - Articula-se com a cavidade glenóide da escápula Tubérculo Maior - Situa-se lateralmente à cabeça e ao tubérculo menor Tubérculo Menor - Projeta-se medialmente logo abaixo do colo Colo Anatômico - Forma um ângulo obtuso com o corpo Colo Cirúrgico Sulco Intertubercular - Sulco profundo que separa os dois tubérculos Epífise Distal Tróclea - Semelhante a um carretel. Articula-se com a ulna Capítulo - Eminência lisa e arredondata. Articula-se com o rádio Epicôndilo Medial - Localiza-se medialmente à tróclea. Epicôndilo Lateral - Pequena eminência tuberculada. Localizado lateralmente ao capítulo Fossa Coronóide - Pequena depressão que recebe processo coronóide da ulna na flexão do antebraço Fossa Radial - Pequena depressão Fossa do Olécrano - Depressão triangular profunda que recebe o olécrano na extensão do antebraço Sulco do Nervo Ulnar - Depressão localizada inferiormente ao epicôndilo medial Diáfise Tuberosidade Deltoídea - Elevação triangular áspera para inserção do músculo deltóide Sulco do Nervo Radial - Depressão oblíqua ampla e rasa O úmero articula-se com três ossos: a escápula, o rádio e a ulna.
  7. 7. Úmero - Vista Anterior e PosteriorFonte: SOBOTTA, Johannes. Atlas de Anatomia Humana. 21ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan,2000.
  8. 8. RÁDIO É o osso lateral do antebraço. É o mais curto dos dois ossos do antebraço.Articula-se proximalmente com o úmero e a ulna e distalmente com os ossos docarpo e a ulna. Apresenta duas epífises e uma diáfise. Epífise Proximal Cabeça - É cilíndrica e articula-se com o capítulo do úmero Cavidade Glenóide - Articula-se com o capítulo (úmero) Colo do Rádio - Porção arredondada, lisa e estrangulada localizada abaixo da cabeça Tuberosidade Radial - Eminência localizada medialmente, na qual o tendão do bíceps se insere Epífise Distal Incisura Ulnar - Face articular para a ulna Incisura Cárpica - É côncava, lisa e articula-se com o osso escafóide e semilunar Processo Estilóide - Projeção cônica Diáfise Apresenta três bordas e três faces. Bordas Borda Interóssea Borda Anterior Borda Dorsal Faces Face Anterior Face Dorsal Face Lateral O rádio articula-se com quatro ossos: o úmero, a ulna, o escafóide e osemilunar.
  9. 9. Rádio - Vistas Anterior, Posterior e MedialFonte: SOBOTTA, Johannes. Atlas de Anatomia Humana. 21ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan,2000.
  10. 10. ULNA É o osso medial do antebraço. Articula-se proximalmente com o úmero e orádio e distalmente apenas com o rádio. É um osso longo que apresenta duasepífises e uma diáfise. Epífise Proximal Olécrano - Eminência grande que forma a ponta do cotovelo Incisura Troclear - Grande depressão formada pelo olécrano e o processo coronóide e serve para articulação com a tróclea do úmero Processo Coronóide - Projeta-se da parte anterior e proximal do corpo da ulna Incisura Radial - Articula-se com a cabeça do rádio Tuberosidade Ulnar Epífise Distal Cabeça da Ulna - Eminência articular arredondada localizada lateralmente Processo Estilóide - Localizado mais medialmente e é mais saliente (não articular) Diáfise Apresenta três bordas e três faces. Bordas Borda Interóssea Borda Anterior Borda Dorsal Faces Face Anterior Face Dorsal Face Medial A ulna articula-se com dois ossos: o úmero e o rádio.
  11. 11. Ulna - Vistas Anterior, Posterior e LateralFonte: SOBOTTA, Johannes. Atlas de Anatomia Humana. 21ed. Rio de Janeiro: GuanabaraKoogan, 2000.
  12. 12. MÃO A mão se divide em: carpo, metacarpo e falanges. Ossos do Carpo São oito ossos distribuídos em duas fileiras: proximal e distal. Fileira Proximal: Escáfoide, Semilunar, Piramidal e Pisiforme Fileira Distal: Trapézio, Trapezóide, Capitato e Hamato Ossos do Metacarpo É contituído por 5 ossos metacarpianos que são numerados no sentido látero-medial em I, II, III, IV e V e correspondem aos dedos da mão. Consideradosossos longos, apresentam uma epífise proximal que é a base, uma diáfise (corpo)e uma epífise distal que é a cabeça. Ossos dos Dedos da Mão Apresentam 14 falanges: Do 2º ao 5º dedos: 1ª falange (Proximal) 2ª falange (Média) 3ª falange (Distal) Polegar: 1ª falange (Proximal) 2ª falange (Distal)
  13. 13. Mão - Vista AnteriorFonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000. Mão - Vista PosteriorFonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.
  14. 14. Mão - Ossos do CarpoFonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.
  15. 15. OSSOS DO MEMBRO INFERIOR O membro inferior tem função de sustentação do peso corporal, locomoção,tem a capacidade de mover-se de um lugar para outro e manter o equilíbrio. Osmembros inferiores são conectados ao tronco pelo cíngulo do membro inferior(ossos do quadril e sacro). A base do esqueleto do membro inferior é formado pelos dois ossos doquadril, que são unidos pela sínfise púbica e pelo sacro. O cíngulo do membroinferior e o sacro juntos formam a PELVE ÓSSEA. Os ossos dos membros inferiores podem ser divididos em quatro segmentos: Cintura Pélvica - Ilíaco (Osso do Quadril) Coxa - Fêmur e Patela Perna - Tíbia e Fíbula Pé - Ossos do Pé
  16. 16. ILÍACO (OSSO DO QUADRIL) O membro inferior é especializado para sustentar o peso do corpo e alocomoção, a capacidade de mover-se de um lugar para outro e manter oequilíbrio, a condição de estar uniformemente balanceado. Os membros inferiorsão conectados ao tronco pelo cíngulo do membro inferior (ossos do quadril esacro). O esqueleto do membro inferior é formado pelos dois ossos do quadril,unidos na sínfise púbica e no sacro. O cíngulo do membro inferior e o sacrojuntos formam a PELVE ÓSSEA. O Ilíaco é um osso plano, chato, irregular, par e constituído pela fusão detrês ossos: Ílio - 2/3 superiores Ísquio - 1/3 inferior e posterior (mais resistente) Púbis - 1/3 inferior e anterior O osso apresenta duas faces, quatro bordas e quatro ângulos. Faces Face Externa Asa Ilíaca - linha glútea posterior, linha glútea anterior e linha glúteainferior Cavidade do Acetábulo - grande cavidade articular constituída pela uniãodos três ossos do quadril: ílio, ísquio e púbis. O acentábulo apresenta asseguintes estruturas: face semilunar, fossa do acetábulo e incisura do acetábulo Forame Obturatório - grande abertura arredondada localizada entre oísquio e o púbis Face Interna Fossa Ilíaca - face grande, lisa e côncava. Face Auricular. Linha Arqueada - divide o ílio em corpo e asa. Bordas Borda Superior Crista Ilíaca - dividida em: lábio externo e interno e uma linhaintermediária
  17. 17. Borda Anterior Espinha Ilíaca Ântero-Superior Espinha Ilíaca Ântero-Inferior Eminência Iliopectínea - ponto de união do ílio com o púbisBorda Posterior Espinha Ilíaca Póstero-Superior Espinha Ilíaca Póstero-Inferior Incisura Isquiática Maior - superior à espinha isquiática Espinha Isquiática - eminência triangular fina e pontiaguda Incisura Isquiática Menor - inferior à espinha isquiática Túber Isquiático - grande saliência dilatadaBorda Inferior Ramo do Isquiopúbico - união do ísquio com o púbisÂngulos Ântero-Superior: Espinha ilíaca ântero-superior Póstero-Superior: Espinha ilíaca póstero-superior Póstero Inferior: Túber isquiátco Ântero-Inferior: PúbisO Ilíaco se articula com três ossos: sacro, fêmur e o ilíaco do lado oposto.
  18. 18. Ilíaco - Vista LateralFonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000. Ilíaco - Vista MedialFonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.
  19. 19. FÊMUR O fêmur é o mais longo e pesado osso do corpo. O fêmur consiste em umadiáfise e duas epífises. Articula-se proximalmente com o osso do quadril edistalmente com a patela e a tíbia. Epífise Proximal Cabeça do Fêmur - é lisa e arredondada Fôvea da Cabeça do Fêmur - localiza-se na cabeça do fêmur Colo Anatômico - liga a cabeça com o corpo Trocanter Maior - eminência grande, irregular e quadrilátera localizada na borda superior do fêmur Trocanter Menor - localiza-se posteriormente na base do colo. É uma eminência cônica que pode variar de tamanho Linha Intetrocantérica - se dirige do trocânter maior para o trocânter menor na face anterior Crista Intetrocantérica - crista proeminente localizada na face posterior, correndo numa curva oblíqua do topo do trocânter maior para o menor Epífise Distal Face Patelar - articula-se com a patela Côndilo Medial - articula-se com a tíbia medialmente Condilo Lateral - articula-se com a tíbia lateralmente Fossa Intercondilar - localiza-se entre os côndilos Epicôndilo Medial - proeminência áspera localizada medialmente ao côndilo medial Epicôndilo Lateral - proeminência áspera localizada lateralmente ao côndilo lateral Corpo Linha Áspera - localiza-se na face posterior do fêmur. Distalmente, a linha áspera se bifurca limitando a superfície poplítea e proximalmente se trifurca em: linha glútea, linha pectínea e linha espiral. O fêmur se articula com três ossos: o ilíaco, a patela e a tíbia.
  20. 20. Fêmur - Vista AnteriorFonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000. Fêmur - Vista PosteriorFonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.
  21. 21. PATELA A patela é um osso pequeno e triangular, localizado anteriormente àarticulação do joelho. É um osso sesamóide. É dividida em: base (larga esuperior) e ápice (pontiaguda e inferior). Articula-se somente com o fêmur. Face Anterior É convexa Face Posterior Apresenta uma área articular lisa e oval Borda Proximal - é espessa e pode ser chamada de BASE Borda Medial - é fina e converge distalmente Borda Lateral - é fina e converge distalmente A patela articula-se com o fêmur. Patela - Vista Anterior e Posterior Fonte: SOBOTTA, Johannes. Atlas de Anatomia Humana. 21ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.
  22. 22. TÍBIA Exceto pelo fêmur, a tíbia é o maior osso no corpo que suporta peso. Estálocalizada no lado ântero-medial da perna. Apresenta duas epífises e uma diáfise.Articula-se proximalmente com o fêmur e a fíbula e distalmente com o tálus e afíbula. Epífise Proximal Côndilo Lateral - eminência que articula com o côndilo lateral do fêmur Côndilo Medial - eminência que articula com o côndilo medial do fêmur Eminência Intercondilar - localiza-se entre os dois côndilos Tuberosidade da Tíbia - grande elevação oblonga que se insere o ligamento patelar Fóvea Fibular - local da tíbia que articula com a fíbula (lateral à tuberosidade da tíbia) Epífise Distal Maléolo Medial - processo piramidal Fossa para o Tálus - articula-se com o tálus Incisura Fibular - local de articulação com a fíbula Corpo Borda Anterior - crista (mais proeminente) Borda Medial - lisa e arredondada Borda Lateral - crista interóssea (fina e proeminente) Face Posterior - apresenta a linha do músculo sóleo Face Lateral - mais estreita que a medial Face Medial - lisa, convexa e larga A tíbia articula-se com três ossos: fêmur, fíbula e tálus.
  23. 23. Tíbia - Vistas Anterior, Lateral e Posterior Fonte: SOBOTTA, Johannes. Atlas de Anatomia Humana. 21ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000. FÍBULA A fina fíbula situa-se póstero-lateralmente à tíbia e serve principalmentepara fixação de músculos. Não possui função de sustentação de peso. Articula-secom a tíbia (proximalmente e distalmente) e o tálus distalmente. Epífise Proximal Cabeça da Fíbula - forma irregular. Face Articular para a Tíbia - face plana que articula-se com o côndilo lateral da tíbia. Epífise Distal Maléolo Lateralexpanção distal da fíbula. Face Articular para o Tálus.
  24. 24. Corpo (Diáfise) Borda Anterior - espessa e áspera. Borda Interóssea - crista interóssea. Borda Posterior - inicia no ápice e termina na borda posterior do maléolo lateral. Face Medial - estreita e plana. Constitui o intervalo entre as bordas anterior e interóssea. Face Lateral - é convexa e localiza-se entre as bordas anterior e posterior. Face Posterior - entre as bordas posterior e interóssea. A fíbula articula-se com dois ossos: tíbia e tálus. Fíbula - Vistas Lateral e MedialFonte: SOBOTTA, Johannes. Atlas de Anatomia Humana. 21ed. Rio de Janeiro: GuanabaraKoogan, 2000.
  25. 25. OSSOS DO PÉ O pé se divide em: tarso, metatarso e falanges. Ossos do Tarso São em número de 7 divididos em duas fileiras: proximal e distal. Fileira Proximal: Calcâneo (túber do calcâneo) e Tálus (tróclea) Fileira Distal: Navicular, Cubóide, Cuneiforme Medial, CuneiformeIntermédio (Médio) e Cuneiforme Lateral Metatarso É contituído por 5 ossos metatarsianos que são numerados no sentido medialpara lateral em I, II, III, IV e V e correspondem aos dedos do pé, sendo o Idenominado hálux e o V mínimo. Considerados ossos longos. Apresentam umaepífise proximal que é a base e uma epífise distal que é a cabeça. Dedos do Pé Apresentam 14 falanges: Do 2º ao 5º dedos: 1ª falange (Proximal) 2ª falange (Média) 3ª falange (Distal) Hálux: 1ª falange (Proximal) 2ª falange (Distal)
  26. 26. Pé - Vista DorsalFonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000. Pé - Vista PlantarFonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.

×