Intercâmbio Interescolar - Cartas B - Prof. Joaquim Kuelen

590 visualizações

Publicada em

Troca de cartas entre alunos de escolas diferentes.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
590
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
208
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Intercâmbio Interescolar - Cartas B - Prof. Joaquim Kuelen

  1. 1. Meu bairro: os bairros comentados são os bairros dasescolas onde os alunos vivem: Guajuviras, Mato Grande e Fátima.
  2. 2. Meu bairro: o embate entre as facilidades na digitação e a preguiça de desenhar algumas frases é feroz. A tecnologia dá de goleada nas cartas. Aos poucos os correspondentes vão passando seus e-mails e tirando corpo fora do intercâmbio.
  3. 3. Time do coração
  4. 4. A história sempre começa com a disputa entre pais, tios, avós,padrinhos que tentam seduzir o ente novo na família que acaba dechegar e começa a descobrir que é gente após sair das fraldas. Há .também quem não tenha time e nem ligue para futebol.
  5. 5. • Time do cor ação Assunto fre quente em toda segunda-f eira: é ine vitável não comentar sobr e esta paixão que é atre lada à cul tura br asi l ei ra. nacional. comentar sobre esta paixão que é atrelada à cultura Assunto frequente em toda segunda-feira: é inevitável não Time do coração
  6. 6. Na carta à esquerda, a menina é gremista, por isso a bordaé tricolor, mas a caneta é vermelha. Na carta à direita, omenino diz que não quer nada, mas relata que ganharauma camiseta em seu aniversário.
  7. 7. Baseado num texto muito em voga, todos os alunostentaram se encaixar nas várias tipologias bem humoradas do texto “Que tipo de estudante você é?” A seguir, também provocaram seus receptores com a mesma pergunta.
  8. 8. Vocação: como é bom sonhar alto, melhor ainda quando setem incentivo familiar. A letra deste futuro estudante de direito é muito bonita, sinal de quem lhe cobrou muito a sua caligrafia. E estes empurrõezinhos diários se transformarão em gestos altruistas no campo da lei.
  9. 9. O que importa é que foi feito. O grande desafio de escrever qualquer tipo de redação é ignorar o poder dedescrever o que pensa.Língua portuguesa após educação física é um agito só. Otempo passa. Um período de 45 minutos voa como se fossem segundos. Faltam10 minutos para o recreio! E aí vem o produto final da elaboração entregue tal qual um rascunho.

×