O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Lectio divina misericórdia(16)

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
Lectio Divina/Leitura Orante
Lectio Divina/Leitura Orante
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 32 Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Anúncio

Semelhante a Lectio divina misericórdia(16) (20)

Mais de Alexandre Panerai (20)

Anúncio

Mais recentes (20)

Lectio divina misericórdia(16)

  1. 1. COMPROMISSOS das CNSECOMPROMISSOS das CNSE 1.Esforço de Oração (leitura bíblica, meditação ou oração interior, regra de vida) 2. Reunião mensal 3. Vida de Grupo 4. Retiro Anual
  2. 2. O QUE É LECTIO DIVINA?O QUE É LECTIO DIVINA? É a leitura orante da Bíblia que ajuda a conhecer a Palavra de Deus, Sua vontade, para produzir frutos do Evangelho e deixar-nos envolver no plano amoroso do Pai. Conhecer a Palavra de Deus é conhecer o próprio Cristo.
  3. 3. Como surgiu? No século XII, o monge Guigo II estava trabalhando no mosteiro com uma escada na mão e pedia a Deus que lhe sugerisse um instrumento que o ajudasse a subir até Ele.
  4. 4. Sobre isso, ele escreveu: “Apresentaram improvisadamente à minha reflexão quatro degraus espirituais, ou seja: 1) a leitura; 2) a meditação; 3) a oração; 4) e a contemplação”.
  5. 5. 1º Degrau – Leitura (Lectio): O que o texto diz? 1. Leia lentamente o texto, ao menos duas vezes.
  6. 6. 2. Ainda não é hora de tentar tirar uma mensagem para sua vida. Apenas tente compreender o que o texto poderia significar na época em que foi escrito.
  7. 7. 3. Tente reconstruir o texto: Quem são as pessoas que aparecem no texto e qual é a situação de cada uma? De acordo com o texto, qual é o papel de cada uma e quais seriam seus sentimentos? Aparece algum conflito no texto? Como é resolvido? Qual é o rosto de Deus no texto?
  8. 8. 2º Degrau – Meditação (Meditatio): O que o texto me diz? 1. Destaque os versículos que foram mais fortes para você (sem tentar interpretá-los).
  9. 9. 2. Atualize o texto comparando a situação da época com a situação atual e procure perceber o que tudo isso tem a ver com a sua/nossa vida de cristão.
  10. 10. 3º Degrau – Oração (Oratio): O que o texto me faz dizer a Deus? 1. Tudo o que foi lido e1. Tudo o que foi lido e meditado émeditado é transformado em umatransformado em uma conversa orante comconversa orante com Deus.Deus.
  11. 11. 2. A oração é o instante no qual se é convidado a falar com Deus através do louvor, do agradecimento, do pedido, da súplica, do oferecimento, do pedido de perdão dirigido a ele: “Senhor, eu te peço… Eu te louvo e agradeço meu Deus…”. Dialogar diretamente com Deus: tenha “um trato de amizade com aquele que sabemos que nos ama” (Santa Teresa). É necessário silêncio...
  12. 12. 4º Degrau – Contemplação (Contemplatio) Contemplar é ver a vida com os olhos da fé. É sentir, quase intuitivamente, a presença da Santíssima Trindade ao nosso lado. Veja sua vida concreta com o olhar iluminado pelo Espírito Santo. Não se trata de pensar “o que fazer”, mas de como irá seguir Jesus a partir desse texto? É a primazia do ser sobre o fazer. Este último será o resultado de um novo ser humano: discípulo missionário de Jesus Cristo.
  13. 13. Este último será o resultado de um novo ser humano: discípulo missionário de Jesus Cristo.
  14. 14. ATENÇÃO Este método é fascinante, mas exigente. Não supõe saber ou ter grandes estudos, mas requer dedicação e escuta atenta à Palavra de Deus. Se alguém ler o texto bíblico sem seguir o método orante, dificilmente entenderá os quatro degraus. Nada de resultados imediatos e não dar tempo para escutar o Senhor. É preciso muita humildade e deixar o Senhor falar.
  15. 15. Papa Francisco: Misericórdia: “É fonte de alegria, serenidade e paz, é a palavra que revela o mistério da Santíssima Trindade. É o ato último e supremo pelo qual Deus vem ao nosso encontro. É a lei fundamental que mora no coração de cada pessoa quando vê com olhos sinceros o irmão que encontra no caminho da vida. É o caminho que une Deus e o homem...”.
  16. 16. JESUS: O ROSTO DA MISERICÓRDIA “Jesus Cristo é o rosto da misericórdia do Pai. O Pai, « rico em misericórdia »    mandou o seu Filho, nascido da Virgem Maria, para nos revelar, de modo definitivo, o seu amor. Com a sua palavra, os seus gestos e toda a sua pessoa, Jesus de Nazaré revela a misericórdia de Deus”. Ele nos convida a percorrer o caminho do Evangelho, sendo “MISERICORDIOSOS COMO O PAI”.
  17. 17. OBRAS DE MISERCÓRDIA corporais e espirituais. “A pregação de Jesus apresenta-nos estas obras de misericórdia, para podermos perceber se vivemos ou não como seus discípulos”.
  18. 18. REPARAÇÃO:REPARAÇÃO: EIS NOSSAEIS NOSSA VOCAÇÃOVOCAÇÃO
  19. 19. REPARAÇÃO: EIS NOSSA VOCAÇÃO! (2X) Obras de misericórdia Que nascem do coração No entardecer da vida Elas nos julgarão
  20. 20. Alimentar quem tem fome E saciar quem tem sede Dar de vestir ao irmão Eis nossa vocação!
  21. 21. E acolher o estrangeiro E visitar os enfermos E libertar os cativos E sepultar os mortos
  22. 22. REPARAÇÃO: EIS NOSSA VOCAÇÃO!(2X) Obras de misericórdia Que nascem do coração No entardecer da vida Elas nos julgarão
  23. 23. Aconselhar o indeciso E ensinar quem não sabe E corrigir o irmão Eis nossa vocação!
  24. 24. E consolar os aflitos E perdoar as ofensas E suportar os difíceis Orar por vivos e mortos
  25. 25. REPARAÇÃO: EIS NOSSA VOCAÇÃO! (2X)

×