Furos de Reportagem Alexandre Oltramari revista VEJA

335 visualizações

Publicada em

Alexandre Oltramari foi editor da revista Veja por 13 anos. Como jornalista investigativo marcou sua trajetória com diversos furos de reportagem. Dentre eles, destaca-se a matéria que mostrou, com documentos. a ligação entre Marcos Valério e o PT, no caso do Mensalão; e a revelação que Severino Calvanti, então presidente da Câmara dos Deputados, recebia uma mesada de dono do restaurante para manter estabelecimento funcionando no prédio do Congresso.
Alexandre Oltramari hoje trabalha no Escritório de Comunicação e Marketing +55 e participou da coordenação de campanhas eleitorais, como a que elegeu o governador Marconi Perillo, em 2010. Foi o coordenador da campanha de Washington Luiz para prefeito de São Luís em 2012 e participou da pré-campanha de Aécio Neves para presidente da República.

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
335
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Furos de Reportagem Alexandre Oltramari revista VEJA

  1. 1. ALEXANDRE OLTRAMARI FUROS DE REPORTAGEM ANO: 2005 6 de julho de 2005: Alexandre Oltramari mostra documentos que revelam ligação entre Marcos Valério e o os presidente e tesoureiro do PT, Genoíno e Delúbio Soares 7 de setembro de 2005: Alexandre Oltramari descobre que Severino Cavalcanti recebia, como presidente da Câmara, uma mesada de R$ 10 mil para manter estabelecimento funcionando no prédio do Congresso

×