LIKES
ESSE
PRESIDENTE
MERECE?
INTERNET
QUANTOS
CAMPEÕES DE POSTS Muitos governos postam muito conteúdo todos os dias. Mas ...
SUPER / DEZEMBRO 201444 SUPER / DEZEMBRO 2014 45
QUEMUSAMENOS?GOVERNOSQUETÊMPRESENÇAONLINE,MASQUENÃOSABEMMUITOOQUEFAZER.
A...
SUPER / DEZEMBRO 201446 SUPER / DEZEMBRO 2014 47
COMOELESUSAM?ÉMUITAPROPAGANDA.MASTAMBÉMTEMFORMASORIGINAISDEINTERAÇÃO.
CRI...
1ºRANKINGSUPERDEACESSIBILIDADEPRESIDENCIAL COMO FOI FEITO
APENAS OK
15 PAÍSES
NEM O MÍNIMO
73 PAÍSES
TRAGÉDIA
11 PAÍSES
 1...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

SI_341_InfoRedesSociais_Final

104 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
104
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

SI_341_InfoRedesSociais_Final

  1. 1. LIKES ESSE PRESIDENTE MERECE? INTERNET QUANTOS CAMPEÕES DE POSTS Muitos governos postam muito conteúdo todos os dias. Mas poucos interagem com a população. E, quando o fazem, é de maneira esporádica. Veja nas próximas páginas a quantidade de posts semanais e de interações com o público. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 Ao longo de seis meses, a SUPER seguiu nas redes sociais os governantes dos cem países mais ricos do mundo. Acom- panhamos presidentes, primeiros- -ministros, reis, xeques e afins para fazer um levanta- mento inédito sobre como é a relação de cada governo com as mídias sociais. Entre prestações de contas, campa- nhas eleitorais, muita propa- ganda, micos e algumas selfies, veja o que esses líderes andam postando. QUEMUSAMAIS?GOVERNOSQUELEVAMREDESSOCIAISASÉRIO. ELEITOREIROSA proximidade de eleições (e o resultado) muda a postura de governos na internet. POTÊNCIAS DIGITAISEles têm muitos perfis oficiais com milhões de seguidores e apostam em vídeos, conteúdo multimídia e infográficos. ÍNDIA Empossado em maio, Narendra Modi reativou os perfis do governo, abandonados pelo antecessor. ARGÉLIA Reeleito em abril, Abde- laziz Bouteflika largou o Twitter. Perfis falsos ironizam seu extenso mandato de 15 anos. CHILE Eleita em 2013, Michelle Bachelet fez bastante campanha nas redes sociais. Em 2014, elas foram postas de lado. CAMARÕES O presidente Paul Biya está ativo no Facebook desde a eleição de 2011. Caso raro para alguém no poder há 32 anos. COLÔMBIA ARGENTINA ESTADOSUNIDOS BRASIL MÉXICO REPÚBLICADOMINICANA ISRAEL REINOUNIDO PARAGUAI ÍNDIA CHINA BÉLGICA ESTÔNIA ESPANHA GUATEMALA COSTARICA VENEZUELA BRASIL As manifestações de 2013 fizeram Dilma Rousseff levar redes sociais a sério. A criação do Gabinete Digital tornou a comu- nicação da presidenta com a população mais maciça: com 14 contas, o governo é recordista mundial. Tem perfil no Tumblr e até no SlideShare.  DESTAQUE  TUMBLR Planalto Tem reportagens e perfis sobre brasileiros notáveis.  DESTAQUE  INSTAGR AM The White House Muita descontração de Obama e equipe na Casa Branca.  DESTAQUE  VINE Élysée Além do Brasil, é o único país a usar a rede de microvídeos para mostrar a agenda do presidente.  DESTAQUE  LINKEDIN David Cameron Que tal incluir o primeiro- -ministro em sua rede de contatos?  DESTAQUE INSTAGR AM Cristina Kirchner A presi- denta ostenta fotos com a área VIP do mundo, do papa Fran- cisco a Fidel Castro. ESTADOS UNIDOS O Twitter de Barack Obama, essencial na eleição de 2008, é um dos maiores do mundo. A foto da reeleição (o abraço em Michelle Obama), é uma das mais curtidas da história do Facebook. As outras contas não têm o mesmo peso global. HOJE, EU INTEGREI A CAMPANHA POR UMA ÍNDIA LIMPA.” NARENDRA MODI (FACEBOOK, 2/10) P O STO U U MA FOTO S UA VAR R EN D O A R UA PAR A D IV U LG AR U MA CAM PAN HA Q U E C O NVI DA “ 1 B I LHÃO D E I N D IAN O S PAR A C R IAR U MA Í N D IA LI M PA”. FO I O P O ST D E P O LÍTI C O MAI S P O PU L AR D O AN O : 2 , 4 M I LH Õ ES D E C U RTI DAS E 141 M I L C O M PARTI LHAM ENTO S . REINO UNIDO É dos poucos governos que têm uma posição oficial de não responder mensagens via redes sociais, apesar de ter vários perfis, incluindo um no Audioboom, com playlists e discursos. FRANÇA O governo aposta em vídeo, especialmente no Dailymotion, rede francesa concorrente do YouTube.  DESTAQUE NEGATIVO  INSTAGR AM Peña Nieto Em meio à crise política e social do país, o presidente posta fotos da família feliz – e é detonado nos comentários. MÉXICO Pouco criativo, abusa das fotos e vídeos de eventos inaugurais. ARGENTINA No Twitter presi- dencial, infográficos para falar de planos de governo. No Google Plus, posts com um caráter mais pessoal, como fotos da juventude e do cachorro. 19 DOS 100 PAÍSES AVALIADOS tiveram eleições em 2014. EDIÇÃO Felipe van Deursen DESIGN Flávio Pessoa REPORTAGEM Renata Miranda, Carol Castro, Nathan Fernandes, Roberto Maxwell, Sasha Yakovleva, Kamila El Hage e Felipe van Deursen ILUSTRAÇÃO Gabriela Namie e Jun Ioneda ATUALIZAÇÕES POR SEMANA INTERAÇÕES POR SEMANA  8 REDES   10 REDES   10 REDES   14 REDES   11 REDES   13 REDES  40 20
  2. 2. SUPER / DEZEMBRO 201444 SUPER / DEZEMBRO 2014 45 QUEMUSAMENOS?GOVERNOSQUETÊMPRESENÇAONLINE,MASQUENÃOSABEMMUITOOQUEFAZER. ABAN- DONA- DOSEles largaram o Twitter. E se esque- ceram de deletar a conta. PORTUGAL Com a crise econô- mica, redes sociais foram abandonadas. O governo eliminou sites de ministérios “para poupar o seu dinheiro”. SÍRIA Assolado pela guerra civil desde 2011, o país não só não tem nenhuma rede social do governo Bashar al-Assad como o site oficial está fora do ar. é o tempo que o presi- dente Islam Karimov está sem postar. UZBEQUISTÃO 39MESES sem novidades na conta do governo. NIGÉRIA 17MESES sem nada do premiê Fredrik Reinfeldt. Posts são documentos levados a sério na política de transpa- rência sueca. Isso trava a atualização nas redes. SUÉCIA 3MESES GUATEMALA No Twitter, o governo pede a opinião sobre a política de drogas. Mas, com só 0,4% da popu- lação seguindo, ele tem poucas respostas. MENÇÃO HONROSA GRÉCIA O governo não usa o Facebook, apesar de 72% da população estar lá. Especialistas dizem que é para evitar prováveis ofensas virtuais. EGITO Em crise política há quatro anos, o país teve eleições em 2014, vencidas por Abdel Fattah el-Sisi. O governo não tem redes sociais. NA PIORPaíses agravados por crise ou guerra. design Layouts toscos e templates confusos. navegação Menus e canais desorgani- zados. programação Links quebrados ou errados. 100+RICOS A ANÁLISE A lista das maiores economias segundo o Banco Mundial engloba os cinco continentes. Europa tem mais países (34). Oceania, menos (2). Ao todo, 99 países têm site oficial do governo no ar e 91 usam pelo menos uma rede social para se comunicar e prestar contas à população. 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 RESTRITIVOSA relação entre a censura na internet e a presença dos governos nas redes sociais. 45 PRESIDENTES 35 PRIMEIROS- MINISTROS 8 PRIMEIRAS- MINISTRAS 3 PRESIDENTAS 2 REIS 2 XEQUES 2 EMIRES 1 SULTÃO 1 AIATOLÁ 1 CONSELHO FEDERAL DAMOS AS BOAS- -VINDAS A PESSOAS DE VERDADE AO NOSSO PERFIL. #NOBOTS” MARIANO RAJOY, PRIMEIRO- -MINISTRO ESPANHOL (TWITTER, 5/9). O GOVERNO GANHOU MILHARES DE SEGUIDORES FANTASMAS, CRIADOS POR PROGRAMAS CHAMADOS BOTS. ACREDITA-SE QUE TENHA SIDO UM ATAQUE DE DESAFETOS DE RAJOY, IMPOPULAR DEVIDO À CRISE ECONÔMICA NO PAÍS. Mapa digital #failErros simplórios de sites de governos. ANGOLA Tem ícones para redes sociais. Mas os links dão apenas a mensagem de “em construção”, típica de sites velhos. 1 PAQUISTÃO O site do governo tem visual vintage dos anos 90. A navegação é pouco intuitiva. 5 FINLÂNDIA Esqueceram texto falso no site do governo. Os e-mails dos ministros aparecem como sobrenome.nome@ vnk.fi. Sério. 2 SUDÃO Há links para redes sociais, mas eles não funcionam e ainda fecham abas do nave- gador repentinamente. 6 IRLANDA No site do primeiro- -ministro, ao clicar no ícone do Facebook, você descobre que a conta do premiê nem existe. 3 TUNÍSIA O site do primeiro presidente eleito democraticamente divulga perfis que não existem. 7 LUXEMBURGO Ícones das redes servem para divulgar o site, não para segui-las. 4 TAILÂNDIA Não há links para os sites dos minis- térios nem uma identidade visual comum entre eles. 8 2 3 5 4 1 8 EMIRADOSÁRABESUNIDOS CROÁCIA KUWAIT COSTADOMARFIM CHILE ESLOVÊNIA TUNÍSIA ROMÊNIA LETÔNIA REPÚBLICATCHECA OMÃ SÉRVIA CAMARÕES ALEMANHA AUSTRÁLIA GANA INDONÉSIA FRANÇA EQUADOR ELSALVADOR PERU CINGAPURA BAREIN FILIPINAS JORDÂNIA POLÔNIA ITÁLIA CAZAQUISTÃO COREIADOSUL QUÊNIA PANAMÁ CANADÁ JAPÃO 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 6 7 EUA, CHINA, ÍNDIA e REINO UNIDO estão na lista de inimigos da internet, da ONG Repórteres Sem Fronteiras. Mas seus governos estão todo dia postando nas redes sociais. CUBA e IRÃ também estão na lista de inimigos, mas raramente usam o Facebook, apesar de terem contas oficiais. ZERO OU QUASE MÉDIO MUITO POUCO SITUAÇÃO DE MUDANÇA POSTS EM TODAS AS REDES SOCIAIS CENSURA OU VIGILÂNCIA 40 20 FAL A MUITO (MAIS DE 25 POSTS SEMANAIS) FAL A MÉDIO (15 A 25 POSTS SEMANAIS) FAL A POUCO (4 A 15 POSTS SEMANAIS) FAL A MUITO POUCO OU NADA (MENOS DE 4 POSTS SEMANAIS) O mapa mostra o nível de censura ou vigilância na internet. Se na CHINA, ARÁBIA SAUDITA e IRÃ há censura governamental, nos EUA, ÍNDIA e REINO UNIDO existe um rígido controle do tráfego na internet, medidas tomadas para o combate ao terror, por exemplo. Ou à pedofilia. Fonte: Opennet Initiave, um projeto organizado por diversos institutos e universidades para monitorar práticas de vigilância e censura na internet. Único que responde a quase todos os comentários relevantes em suas páginas.
  3. 3. SUPER / DEZEMBRO 201446 SUPER / DEZEMBRO 2014 47 COMOELESUSAM?ÉMUITAPROPAGANDA.MASTAMBÉMTEMFORMASORIGINAISDEINTERAÇÃO. CRIATIVOSGovernos que apostam em usos específicos para cada rede social. REDES NACIONAISEles adotam serviços locais, seja por adap- tação cultural ou restrição à liberdade. WEBCELEBRIDADESCampeões de selfies e situações inusitadas no Instagram e Flickr. FILIPINAS Tumblr, Storify e Scribd Os dois primeiros focam na prestação de serviços, princi- palmente em momentos de crise, como na passagem do tufão Haiyan, em 2013. No Scribd, o cidadão pode acessar gratuitamente docu- mentos oficiais e atas de reuniões do governo. CATAR GRÉCIA TRINIDADETOBAGO AZERBAIDJÃO PAQUISTÃO LÍBANO HOLANDA CHIPRE HUNGRIA CUBA TAILÂNDIA BELARUS SUÍÇA SUDÃO NIGÉRIA ESLOVÁQUIA PORTUGAL 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 QUÊNIA Soundcloud Tem discursos e coletivas de imprensa, medida para promover a cultura de transpa- rência nesse que é um dos países mais corruptos do mundo. REPÚBLICA DOMINICANA YouTube Em vez de discursos, o governo aposta em uma grade com diversos progra- metes semanais. Twitter, de bicicleta no Facebook. O primeiro-ministro Matteo Renzi é informal em todas as redes sociais. 4 BÉLGICA Elio di Rupo, premiê até outubro, desfilava com sua gravata borboleta, posava com Shakira, bebia cerveja e divulgava o que ouvia no Spotify, como Muse. 5 NORUEGA Erna Solberg, a primeira-ministra, faz selfies com as amigas e gosta de coração com as mãos. 6 COSTA RICA O presidente Luís Solís posta fotos das árvores e dos quadros de casa. Já seu antecessor publicou o discurso de saída inteiro – em dezenas de posts seguidos no Twitter. 7 EQUADOR O presidente Rafael Correa participou da campanha #somosto- dosmacacos. CHINA Xinhua, Renmin, Tensen e Sina São redes chinesas. O Sina surgiu em 2009, após o banimento das redes sociais ocidentais. Com 500 milhões de usuários, é uma das maiores do mundo. JAPÃO Mixi e Line O Mixi, um Facebook japonês, é uma das redes mais usadas no país. O Line é uma espécie de WhatsApp. O governo o usa para lançar campanhas voltadas aos jovens. COREIA DO SUL me2day e Pandora.tv Quando Facebook e Twitter adotaram o sistema de escrita coreano para tentar conquistar o país, a liderança das redes locais foi ameaçada. A me2day, na qual o governo tinha conta, fechou em junho. CAZAQUISTÃO Mobli A rede de fotos Mobli é mais popular no país que o Instagram. E seu maior inves- tidor é o empresário casaque Kenges Rakishev. 1 DINAMARCA A primeira-ministra Helle Thorning- -Schmidt ficou famosa por uma selfie com Barack Obama. Seu perfil tem uma porção de outras fotos do tipo. 2 TRINIDAD E TOBAGO A primeira-ministra Kamla Persad- -Bissessar costuma postar amenidades, como fotos do aniversário. 3 ITÁLIA De camiseta no USAR ENERGIA NUCLEAR PARA FINS PACÍFICOS É UM DESAFIO APLICADO A TODA A HUMANIDADE.” SHINZO ABE, PRIMEIRO-MINISTRO JAPONÊS (YOUTUBE, 10/4). C O M O D ESASTR E NA U S I NA D E FU KU S H I MA , EM 20 11 , O G OVER N O C R I O U PER FI S EM I N G LÊS PAR A AC ELER AR A D IV U LG AÇÃO D E I N FO R MAÇ Õ ES . O S ERVI Ç O D EU TÃO C ERTO Q U E H O J E O T WIT TER EM I N G LÊS É MAI S ATUALIZ AD O Q U E O EM JAP O N ÊS . INTERA- TIVOSOutras formas de contato, além das redes sociais. RÚSSIA Organiza vídeoconfe- rências anuais com o presidente Vladimir Putin. AZERBAIDJÃO Lançou uma versão do site oficial para crianças e um aplicativo com notícias do país. ÁUSTRIA Tem aplicativos para serviços ao cidadão e para dicas culturais. Muito além do Face32 redes sociais 442 perfis foram analisados. Twitter é o campeão. FLICKR 38 CONTAS SOUNDCLOUD 6CONTAS LINKEDIN 9CONTAS REDES COM 3 CONTAS REDES COM 1 CONTA REDES COM 2 CONTAS INSTAGRAM 26 CONTAS GOOGLE PLUS 26 CONTAS FACEBOOK 109 CONTAS (76 PAÍSES) TWITTER 121 CONTAS (84 PAÍSES) NORUEGA TURQUIA LUXEMBURGO ÁFRICADOSUL MALÁSIA LITUÂNIA UZBEQUISTÃO IRAQUE IÊMEN RÚSSIA UCRÂNIA FINLÂNDIA MARROCOS URUGUAI IRLANDA DINAMARCA 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 TURQUIA O site do governo é focado em prestação de serviços e atendimento à população. MAIORES PERFIS (EM MILHÕES DE SEGUIDORES) 1 Twitter EUA (Obama) 50 2 Facebook EUA 43 3 Facebook Índia 24 4 Tensen China 12 5 Renmin China 10 6 Sina China 9 7 Facebook Turquia 7 8 Twitter Indonésia 6 9 Twitter EUA (Casa Branca) 5,5 10 Xinhua China 5 18 Twitter Brasil 3 YOUTUBE 7 2 CONTAS 40 20 1 4 5 6 2 3 7  SINA   LINE   MIXI   ME2DAY   MOBLI  PANDORA.TV  E OS OUTROS? Sem posts 83 PORTUGAL 8 4 ETIÓPIA 85 SUÉCIA 86 ÁUSTRIA 87 NOVA ZEL ÂNDIA 88 SRI L ANK A 89 TANZ ÂNIA 90 ARGÉLIA 91 IR Ã Sem redes sociais 92 VIETNÃ 93 BANGL ADESH 94 TURCOMENISTÃO 95 BULGÁRIA 96 ANGOL A 97 AR ÁBIA SAUDITA 98 EGITO 99 SÍRIA 100 BOLÍVIA
  4. 4. 1ºRANKINGSUPERDEACESSIBILIDADEPRESIDENCIAL COMO FOI FEITO APENAS OK 15 PAÍSES NEM O MÍNIMO 73 PAÍSES TRAGÉDIA 11 PAÍSES  1   HOLANDA   2   REINO UNIDO   3   SUÉCIA   4   AUSTRÁLIA   5   BÉLGICA   6   COSTA DO MARFIM   7   ARÁBIA SAUDITA   8   BRASIL   9   CAMARÕES   10   COLÔMBIA   11   FRANÇA   12   KUWAIT   13   NOVA ZELÂNDIA   14   OMÃ   15   ESPANHA   89   CAZAQUISTÃO   90   COSTA RICA   91   ESTÔNIA   92   GUATEMALA   93   PERU   94   REPÚBLICA TCHECA   95   UCRÂNIA   96   ARGENTINA   97   PAQUISTÃO   98   PARAGUAI   99   VIETNÃ   100  SÍRIA  Para testar a acessibi- lidade de cada um dos cem gover- nantes, a SUPER criou um ranking inédito. Mandamos a mesma mensagem, ao mesmo tempo, para todos eles. Veja quem respondeu. SUPER / DEZEMBRO 2014 49SUPER / DEZEMBRO 201448 2. Disparo A MENSAGEM FOI ENVIADA ÀS 9H (horário local) em um dia que não foi feriado em nenhum dos cem países: 11 de agosto. Por conta dos fusos horários, o período de envio durou 18 horas ininterruptas. Envio (horário de Brasília) PRIMEIRO : Nova Zelândia (18h, 10/11) ÚLTIMOS: México e El Salvador (12h, 11/11) modo de envio nos sites do poder executivo 3. Pontuação FORAM AVALIADOS: 50 VIA FORMULÁRIO FALE CONOSCO 40 VIA E-MAIL 10 FALHA NO ENVIO 1. Mensagem REDIGIMOS O MESMO TEXTO para os cem governos avaliados, na língua oficial de cada um. Ele explicava o ranking e fazia uma única pergunta: “qual a importância de um gover- nante ser acessível?”, que podia ser respondida da forma como o governo quisesse (tuíte, via Skype ou um e-mail padrão, por exemplo). 32 IDIOMAS USADOS INGLÊS É O MAIS COMUM: 19 PAÍSES a notificação de recebimento da mensagem; b respostas; c tempo entre o envio e o recebimento das respostas. Governantes que notificaram que a mensagem foi ao menos recebida. Poucos responderam de fato. Eles não informam que a mensagem foi recebida. É impossível falar com eles na internet. Único sem site nem rede social, não pontuou. O único e-mail no site da presidência é do webmaster. Muitos posts, poucas respostas Potências como EUA, FRANÇA E REINO UNIDO estão em muitas redes, mas os sites do governo têm pouca abertura para comunicação. GOVERNOS LATINO- -AMERICANOS sabem que o povo adora uma rede social, então investem pesado. Mas são pouco acessíveis. O governo do BRASIL é o maioral no uso de redes sociais. Mas não conseguimos uma resposta da presidenta no site do Planalto. HOLANDA E SUÉCIA são discretos nas redes sociais, mas demons- traram mais atenção quando foram contatados. O único governo que respondeu por e-mail e retornou ligações, interessado no ranking. Mas, por questões de agenda, o primeiro-ministro Mark Rutte não pôde nos atender. 24 PT Redigiram mensagens personalizadas agradecendo, mas não quiseram responder. 15 PT Mensagem padrão de agradecimento, dizendo que retorna- riam. Mas sumiram. 12 PT Confirmação de recebimento padrão, agradecendo a mensagem. 11 PT Não confirmou recebi- mento. Mas agradeceu o convite 34 dias depois. 7,5 PT  16   ÁFRICA DO SUL   17   ALEMANHA   18   ANGOLA   19   ARGÉLIA   20   ÁUSTRIA   21   AZERBAIDJÃO   22   BANGLADESH   23   BAREIN   24   BELARUS   25   BOLÍVIA   26   BULGÁRIA   27   CANADÁ   28   CATAR   29   CHILE   30   CHINA   31   CHIPRE   32   CINGAPURA   33   COREIA DO SUL   34   CROÁCIA   35   CUBA   36   DINAMARCA   37   EGITO   38   EL SALVADOR   39   EMIRADOS ÁRABES UNIDOS   40   EQUADOR   41   ESLOVÁQUIA   42   ESLOVÊNIA   43   ESTADOS UNIDOS   44   ETIÓPIA   45   FILIPINAS   46   FINLÂNDIA   47   GANA   48   GRÉCIA   49   HUNGRIA   50   IÊMEN   51   ÍNDIA   52   INDONÉSIA   53   IRÃ   54   IRAQUE   55   IRLANDA   56   ISRAEL   57   ITÁLIA   58   JAPÃO   59   JORDÂNIA   60   LETÔNIA   61   LÍBANO   62   LITUÂNIA   63   LUXEMBURGO   64   MALÁSIA   65   MARROCOS   66   MÉXICO   67   NIGÉRIA   68   NORUEGA   69   PANAMÁ   70   POLÔNIA   71   PORTUGAL   72   QUÊNIA   73   REPÚBLICA   DOMINICANA   74   ROMÊNIA   75   RÚSSIA   76   SÉRVIA   77   SRI LANKA   78   SUDÃO   79   SUÍÇA   80   TAILÂNDIA   81   TANZÂNIA   82   TRINIDAD E TOBAGO   83   TUNÍSIA   84   TURCOMENISTÃO   85   TURQUIA   86   URUGUAI   87   UZBEQUISTÃO   88   VENEZUELA  Se você fosse cidadão desses países, ficaria no vácuo ao escrever para o governante. 0 PT Sem formulário Fale Conosco, e-mail ou telefone no site e nas redes. -2 PT Erro no envio da mensagem e impos- sibilidade de outra forma de contato. -5 PT Fontes Andrew Ledford, pesquisador do Departamento de Sociologia da Universidade Princeton (EUA); Jan Nolin, especialista em redes sociais e professor da Universidade de Borås (Suécia); Joseph Kahne, professor da Mills College (EUA) e pesquisador de política participatória da Fundação MacArthur; Nuno Coimbra Mesquita, pesquisador da USP e membro do Research Committee de Comunicação Política (RC22) da Associação Internacional de Ciência Política (IPSA); Sérgio Praça, professor de Políticas Públicas da UFABC

×