Capítulo IV Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira

1.798 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Capítulo IV Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira

  1. 1. Sermão Santo António aos Peixes CAPÍTULO IV
  2. 2. Capítulo IV
  3. 3. Capítulo IV – Primeira repreensão  Vieira repreende os peixes em geral, criticando neles comportamentos condenáveis nos homens. Defeito dos peixes Comemse uns aos outros Representação simbólica Homens dominam, oprimem e exploram os seus semelhantes Prática Antropofagia social práticas de opressão e exploração são metaforicamente atos de canibalismo
  4. 4. Capítulo IV Defeito dos peixes Peixes grandes comem os pequenos Representação simbólica Homens mais ricos e poderosos subjugam vulneráveis e desfavorecido s Prática Como se dominam os mais frágeis, a injustiça e a desumanidade de quem oprime e explora são maiores. Atualidade: empresários sem escrúpulos exploram trabalhadores; políticos prepotentes; discriminação das raças.
  5. 5. Capítulo IV Esta realidade escandaliza Santo Agostinho Para ensinar aos homens, através da sua pregação, aludiu aos peixes. Padre António Vieira Prega aos peixes e ilustra os seus ensinamentos com casos dos homens.
  6. 6. Capítulo IV Segunda repreensão Ignorância e cegueira causas da morte de muitos peixes Os peixes são facilmente enganados pela ignorância e pela cegueira, que não os deixa perceber que o pedaço de pano atado ao anzol se trata de um isco que, se morderem, conduzi-los-á à morte. Os homens cometem o mesmo engano. Pela vaidade de pertencer a uma Ordem, que funciona como um indicador de uma determinada posição na hierarquia social.
  7. 7. Capítulo IV  Apreciação do procedimento humano  a vaidade humana.  Atitudes dos homens e dos peixes com a conduta de Santo António:   Os homens (pela vaidade) e os peixes (pela ignorância e pela cegueira) eram facilmente pescados. Santo António abandonou as vaidades e, com as suas roupas simples e as suas palavras, “pescou muitos homens para o bom caminho”.

×