FACULDADES INTEGRADAS DE TAQUARA          CURSO DE GESTÃO DA QUALIDADEVARIÁVEIS QUE PODEM CONTRIBUIR PARA DIMINUIR A VIDA ...
2                       Máquina Extrusão para Forros de PVC           Variáveis que contribuem para redução da vida útil d...
3    Falta de limpeza na ferramenta ( Variável Interveniente ) – Diminui o fluxo dematerial derretido, baixa qualidade do ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Variáveis produto

166 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
166
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Variáveis produto

  1. 1. FACULDADES INTEGRADAS DE TAQUARA CURSO DE GESTÃO DA QUALIDADEVARIÁVEIS QUE PODEM CONTRIBUIR PARA DIMINUIR A VIDA ÚTIL DE UM PRODUTO Alex Rosa Prof. Carlos Fernando Jung Disciplina: Gestão da Tecnologia Taquara, Novembro de 2012.
  2. 2. 2 Máquina Extrusão para Forros de PVC Variáveis que contribuem para redução da vida útil do Produto. Matéria Prima ( Variável Moderadora ) – Quando a matéria prima é de baixaqualidade, pode conter impurezas que danificam a rosca de compressão do material,pois os componentes químicos não amolecem nas temperaturas de trabalho,carbonizando o material e a rosca. Máquina mal nivelada ( Variável Interveniente ) – Como no processo é essencial quese tenha o alinhamento entre a máquina e seus periféricos para que o forro sejaproduzido, caso esta etapa do processo não seja verificada constantemente, o produtopode sair torto, não podendo ser utilizado o mesmo para venda, tendo que ser moído ereaproveitado na máquina o que diminui a vida útil da ferramenta. Temperatura fora do padrão exigido pelo fabricante ( Variável Controle ) – Atemperatura de aquecimento do canhão e da ferramenta tem de estar conformeespecificação do fabricante da matéria prima, sob pena de não haver derretimentocorreto da mesma e por conseqüência, após o empastamento da matéria prima, ocorre odesarme do motor principal, o que leva ao travamento de operação e conseqüentedesgaste dos equipamentos elétricos.
  3. 3. 3 Falta de limpeza na ferramenta ( Variável Interveniente ) – Diminui o fluxo dematerial derretido, baixa qualidade do forro, cria fissuras na ferramenta, aumenta oesforço do motor de extrusão e danifica o servo-acionamento do motor. Circulação da água de Resfriamento fora do padrão entre cinco e 7 graus (Variávelde Controle ) – o calibrador/modelador não consegue moldar o forro que sai comimperfeições, provoca sobreaquecimento na geladeira, danificando o sistema deresfriamento do calibrador. Bomba de vácuo sem fluxo de água ( Variável de Controle ) – interrompe todo oprocesso, pois não cria o vácuo necessário par que o forro se molde nas paredes docalibrador, além de danificar por completo a bomba. Torre da água de resfriamento com nível baixo ( Variável de Controle ) – Nãorefrigera a caixa de redução do motor da extrusora, gera pane de fluxo podendodanificar a caixa de redução por aquecimento excessivo e para o processo da máquinapor completo. Falta de limpeza filtro de saída da ferramenta ( Variável Interveniente ) – gera baixofluxo de material carbonizando a rosca, desperdício do material que carbonizado nãopode mais ser aproveitado. Falta de aterramento na máquina ( Variável de Controle ) – Gera choques poreletricidade estática, dificultando o trabalho dos operadores.

×