O que é a Economia
Criativa?
No mundo inteiro se fala que a ‘economia criativa’ tem um lugar importante na crescente
econo...
No complexo mundo do início do século XXI
enfrentamos desafios difíceis tais como a polarização e
a desigualdade econômica...
Classificação dos
Segmentos Criativos
Referência internacional para pesquisa em indústrias criativas, o estudo da ONU
para...
Características Gerais
A Economia Criativa contempla as dinâmicas culturais,
sociais e econômicas construídas a partir do ...
Políticas Culturais e princípios da Economia Criativa
Diversidade Cultural - A Economia Criativa no Brasil se constitui a ...
SECRETARIA DA ECONOMIA CRIATIVA
DO MINISTÉRIO DA CULTURA
Eixos de Atuação
O MERCADO CRIATIVO
PIB do Núcleo Criativo e participação no PIB, países selecionados - 2011
O MERCADO CRIATIVO
Profissionais e Remuneração – Top 10 Profissões mais numerosas do núcleo criativo
O MERCADO CRIATIVO
Profissionais e Remuneração – Remuneração média por segmento do núcleo criativo
O MERCADO CRIATIVO POR ESTADO
O MERCADO CRIATIVO POR ESTADO
O CAMINHO PARA O MERCADO CRIATIVO
5 dicas para
empreender na
economia criativa
Passo 1:
Tenha um
propósito
Passo 2:
Tire sua idéia
do papel
Passo 3:
Crie um Protótipo
Passo 4:
Use métricas
Passo 5:
CAPACITE-SE!
O MERCADO CRIATIVO - EXEMPLOS
O PORTOMÍDIA
O PORTOMÍDIA – CENTRO DE EMPREENDEDORISMO
E TECNOLOGIA DE ECONOMIA CRIATIVA
Suas ações são baseadas em 4 eixos:
1. Empreen...
ANIMAÇÃO É PRIMEIRA CRIA DO PORTOMÍDIA
Incubada do Portomídia lançará DVD Infantil com músicas autorais
FONTE: http://jcon...
Fonte : Revista Exame - Cidades 30/04/2014 por Vicente Vilardaga, de
Recife é o novo polo da
Economia criativa
Fonte : Revista Exame - Cidades 30/04/2014 por Vicente Vilardaga, de
Recife é o novo polo da economia criativa
Com um aero...
A escolha de Recife não se deu apenas por conveniência da Fiat, que está erguendo uma nova fábrica de veículos
em Goiana, ...
Desde sua fundação, no século 16, a “terra dos mascates”, como eram conhecidos os comerciantes portugueses
que atuavam na ...
Oportunidades para centralizar e receber grandes investimentos
Geograficamente estamos bem localizados em relação a outras...
INCENTIVOS FISCAIS E FONTES DE
FINANCIAMENTO
A Prefeitura do Recife sancionou, no final do ano passado, a Lei Municipal 17.762/2011, que autoriza a expansão do Porto
D...
CNPQ
* Chamada CNPQ/MCTI/SEPIN 12/2014 - Programa Start-Up Brasil
apoiar projetos de Pesquisa, Desenvolvimento Tecnológico...
CNPQ
Chamada Pública MCTI/SETEC/CNPq Nº 54/2013 - RHAE Pesquisador na Empresa
Apoiar projetos de pesquisa científica e tec...
Algumas Fontes de Recursos :
Agência Nacional de Cinema ANCINE ( www.ancine.gov.br )
Edital de 1,2 Bilhão de Reais
O progr...
» CT - VERDE-AMARELO Fundo Verde-Amarelo (universidade-empresa)
Incentivar a implementação de projetos de pesquisa científ...
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014

328 visualizações

Publicada em

Pesquisa sobre Mercado Criativo em Pernambuco e no Brasil

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
328
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O mercado criativo - Equipe de PÓS-GRADUAÇÃO INOVAPE 2014

  1. 1. O que é a Economia Criativa? No mundo inteiro se fala que a ‘economia criativa’ tem um lugar importante na crescente economia global. Mas há quinze anos, os termos ‘economia criativa’ e ‘indústrias criativas’ sequer existiam. De onde surgiram? São realmente tão novas? A resposta é ‘sim’ e ‘não’. As ‘indústrias culturais’ são tão antigas quanto a humanidade.
  2. 2. No complexo mundo do início do século XXI enfrentamos desafios difíceis tais como a polarização e a desigualdade econômica. Por isso, é essencial desenvolver estratégias adequadas para dar rédea solta ao potencial criativo em geral e responder assim aos desafios culturais, econômicos, sociais e tecnológicos que afrontamos. Neste contexto, o conceito da economia criativa tornou-se cada vez mais importante no mundo como a principal ligação entre a cultura, a economia e a tecnologia. (NEWBIGIN, John. A economia criativa: um guia introdutório. In: Série Economia Criativa e Cultural. Londres: British Council, 2010)
  3. 3. Classificação dos Segmentos Criativos Referência internacional para pesquisa em indústrias criativas, o estudo da ONU para o tema (UNCTAD, 2010), classificou 13 segmentos da Economia Criativa • Arquitetura & Engenharia; • Artes; • Artes Cênicas; • Biotecnologia; • Design; • Expressões Culturais; • Filme & Vídeo; • Mercado Editorial; • Moda; • Música; • Pesquisa & Desenvolvimento; • Publicidade, Software; e • Computação & Telecom
  4. 4. Características Gerais A Economia Criativa contempla as dinâmicas culturais, sociais e econômicas construídas a partir do ciclo de criação, produção, distribuição/circulação/difusão e consumo/fruição de bens e serviços oriundos dos setores criativos, cujas atividades produtivas têm como processo principal um ato criativo gerador de valor simbólico, elemento central da formação do preço, e que resulta em produção de riqueza cultural e econômica.
  5. 5. Políticas Culturais e princípios da Economia Criativa Diversidade Cultural - A Economia Criativa no Brasil se constitui a partir da dinamica de valorização, proteção e promoção da diversidade de expressões culturais para chegar a um potencial de crescimento. Sustentabilidade - Utilizar recursos naturais e tecnológicos para gerar ganhos contudo de forma a criar condições de vida humanizantes. Ou seja, fortalecer o desenvolvimento da Cultura pelo viés econômico de forma a garantir a sustentação da cadeia produtiva (social, ambiental, e econômica) Inovação - Abordar novos elementos seja no reconhecimento de oportunidades, a formulação de novos serviços, processos ou produtos como também em empreender e assumir riscos no processo de desenvolvimento. Ter um olhar critico e e um pensamento estratégico Inclusão Social - Por o Brasil ser um pais de contrastes sociais, a perspectiva se volta a inclusão produtiva da população
  6. 6. SECRETARIA DA ECONOMIA CRIATIVA DO MINISTÉRIO DA CULTURA Eixos de Atuação
  7. 7. O MERCADO CRIATIVO PIB do Núcleo Criativo e participação no PIB, países selecionados - 2011
  8. 8. O MERCADO CRIATIVO Profissionais e Remuneração – Top 10 Profissões mais numerosas do núcleo criativo
  9. 9. O MERCADO CRIATIVO Profissionais e Remuneração – Remuneração média por segmento do núcleo criativo
  10. 10. O MERCADO CRIATIVO POR ESTADO
  11. 11. O MERCADO CRIATIVO POR ESTADO
  12. 12. O CAMINHO PARA O MERCADO CRIATIVO 5 dicas para empreender na economia criativa
  13. 13. Passo 1: Tenha um propósito
  14. 14. Passo 2: Tire sua idéia do papel
  15. 15. Passo 3: Crie um Protótipo
  16. 16. Passo 4: Use métricas
  17. 17. Passo 5: CAPACITE-SE!
  18. 18. O MERCADO CRIATIVO - EXEMPLOS O PORTOMÍDIA
  19. 19. O PORTOMÍDIA – CENTRO DE EMPREENDEDORISMO E TECNOLOGIA DE ECONOMIA CRIATIVA Suas ações são baseadas em 4 eixos: 1. Empreendedorismo: Incubação de negócios criativos e comunicação direta com clusters de TIC; 2. Educação: Capacitação para desenvolver competências e habilidades técnicas; 3. Experimentação: Oferece recursos de ponta, para materialização dos resultados; 4. Exibição: Exibição do resultado por meio de galeria de Artes Digitais, onde o público e o cliente visualiza o produto de maneira mais completa Iniciado em 2013, o Portomídia atua nos segmentos de MULTIMÍDIA, GAMES, CINEMA, DESIGN, MÚSICA E FOTOGRAFIA
  20. 20. ANIMAÇÃO É PRIMEIRA CRIA DO PORTOMÍDIA Incubada do Portomídia lançará DVD Infantil com músicas autorais FONTE: http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/tecnologia/noticia/2013/11/20/animacao-e-primeira-cria-do- portomidia-106108.php O diferencial do DVD Bita e os animais, voltado para crianças até 6 anos, é a forma com que é apresentado o mundo dos animais para a criançada. Através da música e da animação, é possível ensinar aos pequenos sobre o hábitat dos animais, que é apresentado pelo personagem principal do enredo, Bita. “O diferencial é que somos a primeira empresa do Norte/Nordeste a produzir conteúdo audiovisual para todo o Brasil e a América Latina”, diz o diretor da Mr. Plot, o administrador e designer Felipe Almeida.
  21. 21. Fonte : Revista Exame - Cidades 30/04/2014 por Vicente Vilardaga, de Recife é o novo polo da Economia criativa
  22. 22. Fonte : Revista Exame - Cidades 30/04/2014 por Vicente Vilardaga, de Recife é o novo polo da economia criativa Com um aeroporto eficiente, uma robusta rede de banda larga e o foco voltado para o mercado global, a velha terra dos mascates se tornou uma das melhores cidades do país para fazer negócios Infraero Aeroporto de Guararapes: eleito pelos usuários como o melhor do Brasil em 2013 São Paulo - No início do mês, o grupo Fiat Chrysler anunciou a instalação de um centro de tecnologia automotiva em Recife. O imóvel de uma antiga tecelagem, desativada há 20 anos, foi cedido para a montadora pelo governo de Pernambuco para abrigar o empreendimento, que exigirá investimentos de 500 milhões de reais e empregará 1 000 pessoas, entre engenheiros, técnicos e outros profissionais. O centro de pesquisa deve ser inaugurado em dois anos, mas a divisão de desenvolvimento de software começa a funcionar em breve, com 35 funcionários, em uma casa no Porto Digital, como é conhecido o polo de tecnologia da informação da cidade, localizado no bairro do Recife Antigo. O novo centro de tecnologia trabalhará em sintonia com outros núcleos de pesquisa e desenvolvimento da Fiat no mundo, colocando Recife no mapa global da engenharia automotiva. “O que quero da indústria é a inteligência”, diz o prefeito, Geraldo Julio. “Enquanto as fábricas produzem na região metropolitana, a inovação fica na capital.”
  23. 23. A escolha de Recife não se deu apenas por conveniência da Fiat, que está erguendo uma nova fábrica de veículos em Goiana, na região metropolitana. Segundo a pesquisa da consultoria Urban Systems, Recife tem hoje a melhor infraestrutura do Brasil para negócios, além de excelente capital humano. Tanto em telecomunicações como em transporte, Recife leva vantagem sobre outras grandes cidades brasileiras. Conta, por exemplo, com um porto e um aeroporto em seu perímetro urbano. Em um levantamento feito pela Proteste Associação de Consumidores em 2013, o aeroporto de Guararapes foi considerado o melhor entre os 14 mais movimentados do país e o único que recebeu a classificação “bom”. Teve avaliação positiva em sinalização, banheiros e lugares para sentar (recebeu notas baixas em procedimentos de segurança e acesso por transporte coletivo, apesar de ser bem localizado e contar com uma estação de metrô). No setor de telecomunicações, a rede de banda larga fixa de Recife está muito acima dos padrões brasileiros. Cerca de 35% da população tem acesso a conexões com velocidade acima de 12 megabits por segundo, enquanto a média nacional é 9%. A rede de fibra óptica atende o Centro de Convenções de Pernambuco, que há três anos recebe a Campus Party,
  24. 24. Desde sua fundação, no século 16, a “terra dos mascates”, como eram conhecidos os comerciantes portugueses que atuavam na época em Recife, mostrou sua vocação para comércio e serviços. Logo a cidade se firmou como um polo de distribuição de mercadorias, com forte atividade alfandegária. Mais de 400 anos depois, essa vocação comercial e burocrática foi redirecionada para a economia criativa — expressão cunhada pelo consultor britânico John Howkins para se referir ao uso do conhecimento como principal insumo produtivo. E o grande impulso para essa virada foi a fundação, em 2000, do Porto Digital, que criou na cidade um novo ambiente de negócios, orientado para o mercado global. O parque tecnológico nasceu com três empresas e 46 pessoas — hoje são 230 companhias e 7 000 funcionários. Nesse grupo há startups e muitas micro e pequenas empresas, mas também algumas grandes, como as multina- cionais Microsoft, IBM e Accenture. No total, o faturamento do Porto Digital supera 1 bilhão de reais por ano. “Não houve um único ano em nossa história que tivemos perda líquida de empresas”, afirma Francisco Saboya, diretor-superintendente do Porto Digital. Até 2020, a meta é ter 20 000 pessoas trabalhando no local.
  25. 25. Oportunidades para centralizar e receber grandes investimentos Geograficamente estamos bem localizados em relação a outras capitais
  26. 26. INCENTIVOS FISCAIS E FONTES DE FINANCIAMENTO
  27. 27. A Prefeitura do Recife sancionou, no final do ano passado, a Lei Municipal 17.762/2011, que autoriza a expansão do Porto Digital até o bairro de Santo Amaro e determina a extensão de incentivo fiscal na redução do ISS para o desenvolvimento do setor da indústria criativa (cinema, produção audiovisual, design, fotografia, games e multimídia). Com isso, a região de Santo Amaro também passa a ser contemplada com os benefícios fiscais voltados para as empresas que se instalam no território do Porto Digital, que passou a incorporar ao seu território o Quadrilátero da Rua da Aurora, composto pela área delimitada entre a Rua da Aurora, Av. Mário Melo, Av. Cruz Cabugá e Avenida Norte. Porto Desembarca em Santo Amaro – O Porto Digital promoveu neste ano três edições do Porto Desembarca em Santo Amaro, série de debates sobre as Perspectivas dos setores de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e Economia Criativa depois da expansão do Porto Digital para o bairro de Santo Amaro, Aspectos Práticos da Lei 17.762/2011 e Perspectivas urbanísticas e de mobilidade para os Bairros do Recife e Santo Amaro após a expansão do Porto Digital. Clique aqui para ver como foi a 1ª edição, aqui para ver como foi a 2ª e aqui para saber o que aconteceu durante o 3º encontro. PORTOMÍDIA - Com o objetivo de contribuir para a consolidação do ecossistema de Economia Criativa do Recife, já encontra-se em fase de instalação pelo Porto Digital, o PORTOMÍDIA. Este projeto tem como principal objetivo a estruturação de empreendimentos nascentes de Economia Criativa, mais especificamente nas seguintes áreas: design, jogos digitais, multimídia, cine-vídeo-animação, música e fotografia que façam uso intensivo de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e do Design. Como primeiro passo para a instalação do PORTOMÍDIA foi lançamento no último mês de junho o edital para o processo seletivo da incubadora do PORTOMÍDIA - Centro de Empreendedorismo e Tecnologias da Economia Criativa do parque tecnológico. Para baixar o edital, clique aqui. Lei Municipal 17.762/2011 – Clique aqui para ver a Cartilha da Expansão do Porto Digital que contém um resumo da legislação que expande o território do Porto Digital para Santo Amaro, incorpora as atividades de Economia Criativa no Porto Digital e concede benefícios para empresas de TIC e Economia Criativa e com a Lei 15.563/91, que estabelece os respectivos serviços sobre os quais se aplica o ISS. Lei Municipal 17.244/06 - Clique aqui para ver a legislação original que estabelece benefícios fiscais para empresas de TIC do Porto Digital, e que foi modificada pela lei 17.762/2011, incluindo o território de Santo Amaro e os setores de Economia Criativa. Lei Municipal 15.563/91 - Clique aqui para ver a legislação referente ao Código Tributário Municipal do Recife.
  28. 28. CNPQ * Chamada CNPQ/MCTI/SEPIN 12/2014 - Programa Start-Up Brasil apoiar projetos de Pesquisa, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação de empresas emergentes, com até 4 (quatro) anos de constituição, doravante determinadas de startups, que desenvolvam software, hardware e serviços de tecnologias da informação ou ainda que se proponham a utilizar software, hardware e/ou serviços de TI como elementos do seu esforço de inovação. Este apoio será efetuado por meio da concessão de bolsas de fomento ao desenvolvimento tecnológico de acordo com as necessidades relativas às atividades apontadas por cada projeto. ● CHAMADA CNPQ/MCTI/SEPIN 12/2014 - PROGRAMA START-UP BRASIL ● CHAMADA CNPQ/MCTI/SEPIN 12/2014 - PROGRAMA START-UP BRASIL Inscrições: ● 28/05/2014 a 14/07/2014 ● 15/09/2014 a 24/10/2014
  29. 29. CNPQ Chamada Pública MCTI/SETEC/CNPq Nº 54/2013 - RHAE Pesquisador na Empresa Apoiar projetos de pesquisa científica e tecnológica que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico do País, por meio da inserção de mestres ou doutores em empresas privadas, atendendo aos objetivos da Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação 2012-2015 (ENCTI 2012-2015 - http://www.mct.gov.br/upd_blob/0218/218981.pdf ) e às prioridades da política industrial - Plano Brasil Maior (PBM - http://www.brasilmaior.mdic.gov.br). Serão aceitas propostas de projetos de desenvolvimento tecnológico de produtos ou processos que visem ao aumento da competitividade das empresas por meio de: inovação; adensamento tecnológico e dinamização das cadeias produtivas; incremento - compatível com o setor de atuação - dos gastos empresariais com atividades de pesquisa e desenvolvimento tecnológico; atendimento à relevância regional; e cooperação com instituições científicas e tecnológicas. ● FAIXA A - Projetos Iniciais ● FAIXA A - Projetos Iniciais ● FAIXA A - Projetos Iniciais ● FAIXA B - Projetos em Andamento ● FAIXA B - Projetos em Andamento ● FAIXA B - Projetos em Andamento Inscrições: ● 01/11/2013 a 20/12/2013 ● 28/04/2014 a 25/07/2014 ● 22/09/2014 a 07/11/2014
  30. 30. Algumas Fontes de Recursos : Agência Nacional de Cinema ANCINE ( www.ancine.gov.br ) Edital de 1,2 Bilhão de Reais O programa BRASIL DE TODAS AS TELAS resultará em: Desenvolvimento de 450 projetos para cinema e TV, incluindo o estímulo para 54 núcleos de criação em todas as regiões do país; Digitalização de 100% do parque exibidor de cinema.
  31. 31. » CT - VERDE-AMARELO Fundo Verde-Amarelo (universidade-empresa) Incentivar a implementação de projetos de pesquisa científica e tecnológica cooperativa entre universidades, centros de pesquisa e o setor produtivo; estimular a ampliação dos gastos em P&D realizados por empresas; apoiar ações e programas que reforcem e consolidem uma cultura empreendedora e de investimento de risco no país (Lei 10.168/00, alterada pela Lei 10.332/01 e Decreto nº 4.195/02). » FUNTTEL Fundo para o desenvolvimento tecnológico das telecomunicações A gestão deste Fundo está no âmbito do Ministério das Comunicações. Seu objetivo é o de buscar inovação tecnológica em telecomunicações, acesso a recursos de capital para pequenas e médias empresas de base tecnológica no setor de telecomunicações, capacitação de recursos humanos em tecnologia e pesquisa aplicada às telecomunicações (Lei 10.052/00). » CT - INFO Fundo setorial para a tecnologia da informação Fomentar projetos estratégicos de pesquisa e desenvolvimento em tecnologia da informação para as empresas brasileiras do setor de informática (Lei 10.176/01; Lei nº 11.077/04 e Decreto nº 5.906/06).

×