Apresentacaoalessandrolemes 12810990406481-phpapp02

98 visualizações

Publicada em

Short text about SAs Competence Center

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
98
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentacaoalessandrolemes 12810990406481-phpapp02

  1. 1. Alessandro Lemes da SilvaAlessandro Lemes da Silva Brasileiro, casado, 40 anos e pai de uma filha com mais de 15 anos de experiência em tecnologia da informação dos quais 9 anos em soluções de Data Warehousing, Business Intelligence e Business Analytics; especialista em programação SAS e soluções de alta complexidade e grandes volumes de dados.
  2. 2. Formação AcadêmicaFormação Acadêmica Pós-Graduado em Gerenciamento de Projetos (PMI Methodology) - FundaçãoVanzolini – USP – São Paulo, 2004   Graduado em MATEMÁTICA - Universidade de Mogi das Cruzes, 2002   Administração de Empresas - Universidade de Mogi das Cruzes, 1998 Cursos ExtracurricularesCursos Extracurriculares SAS Base course I, II and III Fast Track SAS Administration Enterprise Guide using SAS DI to Build Data Marts from Enterprise Data Sources SemináriosSeminários SAS Global Forum 2009 – Washington, D.C GUSAS Brasil 2007/2008/2009 – São Paulo
  3. 3. Experiência ProfissionalExperiência Profissional Principais Empresas BancoVotorantim Grupo Santander Brasil HP - Hewlett Packard – Cidade do México CASAS PERNAMBUCANAS VivoTelecomunicações Grupo ACCOR (Chile, Colômbia e México) Principais Atividades Coordenação de Pessoas Desenvolvimento de planos de projetos visando prazo, custo e recursos Implantação de processos para gerência de mudança, configurações, incidentes e problemas Desenvolvimento de arquitetura de dados SAS Desenvolvimento de projetos de Credit Score Participação em projetos de Marketing, CRM e Balenced Score Cards Modelagem de dados, especificação funcional Uso de outras ferramentas como PL/SQL, Microstrategy e OWB Participação em grandes projetos para camada de ETL e OLAP, nessa última com utilização de recursos de portais e cubos de atualização instatânea
  4. 4. CASO DE SUCESSOCASO DE SUCESSO Centro de Governança SAS – Grupo SantanderCentro de Governança SAS – Grupo Santander Infra-estrutura adequadaInfra-estrutura adequada Maturidade daMaturidade da SustentaçãoSustentação Convergência dos ambientesConvergência dos ambientes Criação de Base SAS Corporativa Dashboard de Controle de Qualidade de Dados Criação Metadados SAS Definição padrões e regras de programação Implementação de SQA de ambiente SAS Definição de metodologia para desenvolvimento de soluções Governança dosGovernança dos dadosdados Best Practices Implementação de infra-estrutura para o ambiente do CEG-SAS Definição de processos e Slas e monitoramento para maximização de recursos e controle do ambiente. Internalização deInternalização de ProcessosProcessos Internalização de Processos criticos maduros e estruturados Atendimento em primeiro nível às necessidades do dia a dia qto a utilização das ferramentas SAS Interação com a Produban qto a necessidades de infra-estrutura ou disponibilidade de ambientes Medições e Indicadores de qualidade e atendimento
  5. 5. CASO DE SUCESSOCASO DE SUCESSO Centro de Governança SAS – Grupo SantanderCentro de Governança SAS – Grupo Santander Escopo Sustentar o Grupo Santander nas implementações já realizadas em SAS Definir papéis para projetos, infra-estrutura, segurança e gestão de ativos Apoiar na integração dos bancos Santander e Real com infra-estrutura necessária que garantam um ambiente analítico íntegro e performático Internalizar os processos críticos em responsabilidade das áreas de negócio Definir, comunicar e revisar normas e fluxos de processos que auxiliem no atendimento das demandas corretivas, evolutivas e eventuais dos usuários Estabelecer um modelo de desenvolvimento de projetos SAS sob melhores práticas e aderente ao modelo já estabelecido no Santander Brasil
  6. 6. CASO DE SUCESSOCASO DE SUCESSO Resultados AlcançadosResultados Alcançados Criação de equipe de dia-a-dia para suporte às implementações já realizadas em SAS com apoio à problemas (abends), melhorias e atendimento ao usuário Segregação de atividades em conjunto com a equipe de infra-estrutura e segurança da informação e normais para avaliação anual do licenciamento SAS em conjunto com a área de gestão de ativos Desenvolvimento e aplicação do plano de integração tecnológica entre Santander e Real para o ambiente analítico SAS com ações de Capacity Plan, mapeamento de processos nas áreas de negócio e garantia da execução dos serviços com balanceamento dos servidores SAS Internalizado processos críticos ao negócio como PDD, Eficiência de canais de cobrança, Modelos de Behavior e extratores de variáveis preditivas para modelos estatísticos em riscos cartões, varejo e solvência. Foi estabelecido uma arquitetura de dados que permitiu o início da federação dos dados em SAS, eliminando redundância, aumentando a segurança da informação com base na distribuição cooperativa.
  7. 7. CASO DE SUCESSOCASO DE SUCESSO Resultados AlcançadosResultados Alcançados Criação de equipe de dia-a-dia para suporte às implementações já realizadas em SAS com apoio à problemas (abends), melhorias e atendimento ao usuário Segregação de atividades em conjunto com a equipe de infra-estrutura e segurança da informação e normais para avaliação anual do licenciamento SAS em conjunto com a área de gestão de ativos Desenvolvimento e aplicação do plano de integração tecnológica entre Santander e Real para o ambiente analítico SAS com ações de Capacity Plan, mapeamento de processos nas áreas de negócio e garantia da execução dos serviços com balanceamento dos servidores SAS Internalizado processos críticos ao negócio como PDD, Eficiência de canais de cobrança, Modelos de Behavior e extratores de variáveis preditivas para modelos estatísticos em riscos cartões, varejo e solvência. Foi estabelecido uma arquitetura de dados que permitiu o início da federação dos dados em SAS, eliminando redundância, aumentando a segurança da informação com base na distribuição cooperativa.

×