Aula 2

229 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
229
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 2

  1. 1. AULA 2 - Prática situadaParte 1 – tempo estimado: entre 15 e 20 minutosInicia-se com a prática de transferência:Discussão em grupo: Pede-se aos alunos que apresentem o conteúdo encontrado sobre oautor e. e. cummings e exponham os resultados obtidos promovendo discussãoentre eles. Aquele(s) que ministrar(em) esta aula, neste momento, deverão terverificado com antecedencia, o material exposto pelos alunos desde a dataanterior e durante a discussão, os mesmos deverão estar atentos a mesmapara que possam complementa-la com informações não citadas do autor. Sobre Cummings: Edward Estlin Cummings foi poeta, pintor, ensaista edramaturgo americano. Durante sua carreira foi principalmente poeta e éconsiderado por Augusto de Campos como um dos maiores inovadores dalinguagem da poesia e da literatura do século XX. Cummings possuia um estiloincomum de escrita que era utilizado na maior parte de seus poemas, quepoderiam ser: o uso de letras maíusculas e minusculas de maneira nãoortodoxa, a pontuação variante (o que muitas vezes surpreendia leitoresdesavidos que acabavam não conseguindo compreender a sua essencia),entre outros recursos. Seu primeiro livro foi publicado em 1923, quando o surrealismo (generoeste que ficou marcado pela preocupação em desenvolver uma revolução deconteúdo) começou a se estabelecer como vanguarda predominante e emborao momento fosse outro, cummings começou a se aprofundar em formas maisconstrutivistas. Mesmo assim, cummings sofreu muita rejeição com os seuspoemas nos Estados Unidos da América, mesmo os mais inovadores. Foisomente a partir de 1950 que o autor começa a se reerguer devido aomovimento da poesia concreta que possuiu grande repercussão mundial e ocitou como um de seus percussores. Embora cummings possuia afinidade com as vanguardas positivas doinicio do século XX e de seu estilo não usual, parte de seu trabalho é mais
  2. 2. tradicioanal, seguindos as estruturas de sonetos e versos livres em poesia eprosa. Em muitos de seus textos, Cummings usa como pano de fundo o amore a natureza. Durante toda a sua vida, Cummings publicou mais de 900 poemas, duasnovelas, diversos ensaios e tambem inumeros desenhos, quadros e pinturas.Segue abaixo uma pequena lista com alguns dos livros e pinturas do autor:Livros  “The enormous room” - Livro publicado em 1923;  “Him” – Livro publicado em 1927 ;  “Eimmi” - Livro publicado em 1933;  “Santa Claus” – Livro publicado em 1946;  “95 poems” – Último livro de cummings publicado ainda enquanto estava vivo em 1958;Quadros  Street scene;  Stripper;  The book;  Self portrait; Ao término desta discussão, fazer as seguintes perguntas para osalunos:1 – Como vocês percebem a influência de e. e. cummings na obra do Augustode Campos?2 – Qual impressão vocês têm do poema do e. e. cummings?Parte 2 – tempo estimado: 10 a 15 minutos Neste momento, levando em consideração as respostas dos alunos, oprofessor iniciará a leitura crítica do poema de cummings, entregue na aulaanterior, que segue a seguir:
  3. 3. l(a le af fa ll s) one l iness Este poema, possui uma palavra (loneliness-solidão) e uma frase (a leaffalls – uma folha cai). No decorrer de sua leitura, percebe-se que é formado por20 letras e 2 sinais gráficos, o parenteses no verso 1 e no 6 verso. Existe apresença de 4 vogais com 8 ocorrencias – 3 letras “a”, 3 letras “e”, 1 letra “i” e 1letra “o” – e de 4 consoantes com 12 ocorrencias – 5 letras “l”, 3 letras “s”, 2letras “f” e 2 letras “n”. Segundo Augusto de Campos (1986, pág 25) “ ... é comesse mínimo arsenal que cummings projeta sobre nós, uma das mais densasimagens de solidão que se conhecem ...”. Pode-se observar que tanto a palavra “loneliness” quanto a frase “a leaffalls”, possui a mesma quantidade de palavras. Quanto a sua estrutura, estetexto é organizado em “grupos de linhas”, termos estes utilizados pelo própriocummings, alternando-se sempre entre estrófres com 1 verso e estrófres com 3versos e assim por diante, encerrando com a seguinte combinação deestrófres: 1 3
  4. 4. 1 3 1 Pode ser observado que na sua versão original, que cummings inseredentro da palavra “loneliness” a frase “a leaf falls” isolando assim o “l” inicial de“loneliness” de suas demais partes. Observa-se também que, com exceção do ultimo verso, todos os versoscontem no máximo 3 sinais gráficos (letras e parenteses), ou caracteres. Outroitem importante a ser ressaltado, é que cummings trabalhou muito com o ícone“l” como sendo o numeral, ou dando a ilusão de ser, ou como a letra. Esteefeito torna-se mais evidente em textos antigos datilografados nas antigasmáquinas de escrever, no qual se observar com atenção o número 1 e l sãomuito parecidos. De acordo com Augusto de Campos (1986, pág 26),Cummings utiliza um recorte de linhas para simbolizar o movimento da folha aocair, iniciando este processo na primeira linha com a letra “l” e passando pelo“f” de leaf e o “f” de falls até cair e pousar no chão, ou no último verso, onde seencontra a maior palavra de todo o texto. l(a le af fa ll s) one l iness
  5. 5. Pode-se concluir portanto que, cummings indicou a forte solidãoapresentada por Augusto de Campos, pelo uso das letras “l” não apenas comovogais mas também como numerais, pela presença do número “1” escritos devárias formas, como: o númeral, o artigo indefinido “a”, a palavra “one” dentrode “loneliness” isolada na sétima estrofe, na própria estruturalização do poemacom a sequência de versos em estrofes sendo de estrófes com 1 verso eestrófres com 3 versos. Uma vez realizada a leitura crítica do poema, será apresentado aosalunos uma pequena apresentação de slides (feito em power point) mostrandoa relação de cummings com Augusto de campos e como ele influenciouAugusto na tradução dos poemas de cummings. (apresentação de 5 a 7minutos).A aula será encerrada com o agradecimento aos alunos e o convite para queos mesmos continuem participando do blog.ReferenciasCUMMINGS, E.E. 40 Poemas. São Paulo; SP, Brasiliense, 1986.

×