Aula 2 zoo i

553 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Aula 2 zoo i

  1. 1. UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ – UECECENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA – CECITECCURSO DE LICENCIATURA PLENA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICASDISCIPLINA: ZOOLOGIA DE INVERTEBRADOS SEMESTRE: IVPROF. ALEXANDRE LOPES ANDRADE ZOOLOGIA I Tauá/Ceará 2012
  2. 2. Sistemática• Ciência dedicada a inventariar e descrever a biodiversidade e compreender as relações filogenéticas entre os organismos.• Inclui a taxonomia e também a filogenia.
  3. 3. Taxonomia• Ciência da descoberta, descrição e classificação das espécies e grupo de espécies, com suas normas e princípios• Táxon (plural taxa, em latim) = unidade taxonômica , essencialmente associada a um sistema de classificação• Ex: um reino é um táxon, um gênero é um táxon, etc.
  4. 4. Sistemas de Classificação•Período descritivo•Período de Sistematização
  5. 5. a)Período descritivo• Aristóteles (séc. IV a.C.)• Teofrastto (300 a.C.): “Relato de Plantas” (árvores, arbustos e ervas)• Alberto Magno (1193) “Sobre os animais”
  6. 6. Idade média: herbalistas• Otto Brunfels: “Ilustrações vivas de plantas”• Hieronymus Bock: “Novo livro das plantas”• Leonhard Fuchs: “A História Natural das Plantas”
  7. 7. Descrições
  8. 8. b) Período de Sistematização- Sistemas artificiais• Andrea Caesalpinus (1519- 1603): “De Plantis”• Estabelecimento das bases para a organização de um sistema de classificação
  9. 9. • Guillaume Rondelet (1507-1566): “Livro dos Peixes Marinhos”(em latim) traduzido para “A história completa dos peixes”.
  10. 10. • John Ray (1628- 1705) “Historia Plantarum”• Tournefort (1656- 1708) “Institutiones Rei Herbariae” • Karl Linné (1707- 1778): “Sistema Naturae”; “Genera Plantarum”; “Species Plantarum”
  11. 11. -1753. Species Plantarum- 1758. 10ª Ed. Systema Naturae» Incluiu plantas e animais» Uso consistente do sistema binomial.» Primeira regulamentação para a Nomenclatura Zoológica» Data oficial: 1 de janeiro de 1758»Sistema hierárquico de classificação
  12. 12. Nomenclatura• O sistema atual de nomenclatura de Lineu:• é binomial, composto por nomes escritos em latim, ou latinizados;• o primeiro nome refere-se ao gênero e deve ter a inicial com letra maiúscula, ex.: Canis• o segundo nome é o epíteto específico e deve ser escrito com inicial minúscula, ex.: familiaris• Canis familiaris = cão doméstico.• Os nomes científicos devem ter grafia diferenciada no texto: negrito, itálico ou grifado
  13. 13. Amaryllis belladonna Epíteto genérico Epíteto específico
  14. 14. Evolução• A origem e o impacto do pensamento evolutivo
  15. 15. Introdução• Noção de um mundo dinâmico- antigos gregos.• Empédocles (490 a. C.) - teorizou sobre a evolução dos seres vivos.
  16. 16. Platão (427 a. C.) • εiδos - a verdadeira realidade é uma forma ou idéia essencial permanente e imutável.Platão: “O que observamos é uma imitação da essência real”.
  17. 17. Duas linhas principais de pensamento:• Fixistas –consideram que as espécies, uma vez surgidas, se mantiveram inalteradas ao longo do tempo.• Evolucionistas –consideram as espécies atuais o resultado de lentas e sucessivas transformações sofridas por espécies que já existiam no passado.
  18. 18. • Hipótese da geração espontânea: originalmente apresentada por Aristóteles (384 a. C.), por sua vez, influenciado por Platão.• No século XVII acreditava-se que muitos tipos de seres vivos poderiam ser gerados de matéria inanimada. Receita de J.B.Van Helmont, em meados do século XVII
  19. 19. “Se colocarmos roupa íntima cheia de suor com trigo numrecipiente com uma grande abertura, ao cabo de vinte dias ocheiro se altera, e o fermento, surgindo da roupa íntima epenetrando por meio das cascas de trigo, transforma o trigo emratos”. Jan van Helmont, Ortus Medicinae, de 1667.
  20. 20. • Redi: “Experiências sobre a geração de insetos” (1668). Afirmou que larvas que apareciam na matéria em putrefação eram introduzidas de fora.
  21. 21. Needham X Spallanzani
  22. 22. Pensamento evolutivo• Biogênese: a vida se origina de outra forma pré-existente.• Com o surgimento das primeiras idéias transformistas, a questão deixou de ser o fato de existir ou não evolução, passando a ser o mecanismo dessa evolução.
  23. 23. JEAN BAPTISTE LAMARCK (1744-1829) Apresentou sua teoria, na qual apareciam as primeiras idéias de origem das espécies, mas estas eram restritas a determinados grupos de animais e plantas, que no princípio eram derivados de diferentes eventos de geração espontânea. Um ambiente em mudança altera as necessidades de um organismo que responde alterando seu comportamento usando mais alguns órgãos do que outros. Uso e Desuso alteram a morfologia que é transmitida para a geração seguinte (Herança dos caracteres adquiridos)
  24. 24. Mecanismos evolutivos propostos por Lamarck
  25. 25. • Weismann em 1880 fez um experimento que contestou a Lei do uso e desuso de Lamarck. Observe o desenho e comente como ele conduziu a experiência.
  26. 26. Teoria evolucionista de Darwin • Propõe a ancestralidade comum a todos os organismos vivos. • Possibilidade de se reconstruir a história da vida.
  27. 27. • 1831- viagem no Beagle.• Observação e coleta de animais e plantas.• Forneceu evidências de que todas as coisas vivas são descendentes de um ancestral comum.
  28. 28. • Em setembro de 1835, o Beagle chegou às Ilhas Galápagos, onde Darwin constatou a existência de espécies de árvores, tartarugas e aves diferentes em cada ilha.
  29. 29. A teoria evolutiva moderna:contribuição da genética, sistemática e paleontologia • Dobzansky: “Genetics and the Origin of Species” (1937)- elementos teóricos da genética de populações e dados sobre a variação genética.

×