SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
PRÉ-UNIVERSITÁRIO SAMORA MACHEL
Química
Profª Alda Ernestina
3ª Lista de exercícios - Classificação, propriedades e transformações da matéria
1. Considere as substâncias e suas respectivas
densidades à temperatura ambiente:
Há maior massa em um litro de:
a) ácido sulfúrico que em dois litros de tolueno.
b) tolueno que em dois litros de acetona.
c) acetona que em dois litros de tolueno.
d) ácido sulfúrico que em três litros de acetona.
e) tolueno que em dois litros de ácido sulfúrico.
2. Observe os seguintes fatos:
I. Uma pedra de naftalina deixada no armário.
II. Uma vasilha com água deixada no freezer.
III. Uma vasilha com água deixada no fogo.
IV. O derretimento de um pedaço de chumbo quando
aquecido.
A esses fatos estão relacionados corretamente os
seguintes fenômenos:
a) I – sublimação; II – solidificação; III – evaporação;
IV – fusão.
b) I – sublimação; II – solidificação; III – fusão;
IV – evaporação.
c) I – fusão; II – sublimação; III – evaporação;
IV – solidificação
d) I – evaporação; II – solidificação; III – fusão;
IV – sublimação.
3. (UFU-MG) Indique a alternativa que correlaciona,
corretamente,
os materiais abaixo como sendo (a) mistura ou
(b) substância pura.
I. Bicarbonato de sódio.
II. Gasolina.
III. Ar atmosférico.
IV. Água do mar
a) I (b); II (a); III (a); IV (b)
b) I (a); II (a); III (a); IV (a)
c) I (b); II (b); III (b); IV (b)
d) I (b); II (a); III (a); IV (a)
e) I (a); II (b); III (b); IV (a)
4. (Unitau-SP) Misturas azeotrópicas são:
a) misturas heterogêneas com ponto de fusão
constante.
b) misturas homogêneas ou ligas de ponto de fusão
constante.
c) líquidos ou ligas de ponto de fusão constante.
d) soluções líquidas de ponto de ebulição constante.
e) líquidos de ponto de ebulição variável.
5. (Vunesp) Em um laboratório, foi encontrado um
frasco, sem identificação,
contendo um pó branco cristalino. Aquecendo
este pó com taxa constante de fornecimento de calor,
foi obtida a seguinte curva de aquecimento:
Pode-se afirmar que o pó branco encontrado é:
a) uma substância simples.
b) uma substância composta.
c) uma mistura de cristais com tamanhos diferentes.
d) uma mistura de duas substâncias.
6. (UFPR) Considere os seguintes sistemas:
I. gelo, água e óleo.
II. água com gás e gelo.
III. gelo, óleo, salmoura e granito.
O número de fases de cada um é, respectivamente:
a) I – 3; II – 3; III – 6
b) I – 4; II – 2; III – 4
c) I – 3; II – 3; III – 4
d) I – 2; II – 2; III – 5
7. (Mackenzie-SP) Considere os fenômenos:
I. A queima de fogos de artifício
II. A água entrando em ebulição
III. O escurecimento de um objeto de cobre
IV. A efervescência de um comprimido em água
São fenômenos químicos:
a) I, II, III e IV.
b) I, II e III, somente.
c) I, III e IV, somente.
d) II e IV, somente.
8. (FEI-SP) São transformações físicas e químicas,
respectivamente:
a) a evaporação da água e a fusão do chumbo.
b) a formação da ferrugem e a obtenção de sal nas
salinas.
c) a fotossíntese e as chuvas.
d) a evaporação da água e a formação de ferrugem.
9. (UFPE) Em quais das passagens destacadas a
seguir está ocorrendo transformação química?
1. “O reflexo da luz nas águas onduladas pelos
ventos lembrava-lhe os cabelos de seu amado”.
2. “A chama da vela confundia-se com o brilho nos
seus olhos”.
3. “Desolado, observava o gelo derretendo em
seu copo e ironicamente comparava-o ao seu
coração”.
4. “Com o passar dos tempos começou a sentir-se
como a velha tesoura enferrujando no fundo da
gaveta”.
Estão corretas apenas:
a) 1 e 2.
b) 2 e 3.
c) 2 e 4.
d) 3 e 4.
10. (Mackenzie-SP) Para se separar os componentes
de uma mistura heterogênea formada por um líquido
e um sólido, deve-se fazer uma:
a) destilação fracionada.
b) condensação.
c) filtração simples.
d) titulação.
e) destilação simples.
11. (UFSM-RS) Num acampamento, todo o sal de
cozinha foi derramado
na areia. As pessoas recuperaram o sal realizando,
sucessivamente, as operações de:
a) dissolução, filtração, evaporação.
b) fusão, decantação, sublimação.
c) liquefação, filtração, vaporização.
d) adição de água, destilação.
e) diluição, sedimentação, vaporização.
12. Mackenzie-SP
Uma técnica usada para limpar aves cobertas por
petróleo consiste em pulverizá-las com limalha de
ferro. A limalha que fica impregnada de óleo é,
então,
retirada das penas das aves por um processo
chamado de:
a) decantação.
b) peneiração.
c) separação magnética
d) centrifugação.
10. Com relação ao tipo de mistura e processo de
separação. Associe a coluna I com a coluna II.
I. II.
A. Ferro e areia ( ) decantação
B. Água e querosene ( ) sublimação
C. Sal e naftalina ( ) centrifugação
D. Sangue ( ) separação magnética
11. (FASP) Considere uma substância cuja fórmula
é H3PO4. Essa substância é composta por:
a) 2 elementos. c) 8 elementos.
b) 3 elementos. d) 4 elementos.
12. (FEI-SP) Qual das alternativas abaixo contém
somente substâncias simples?
a) H2O, HCl, CaO.
b) H2O, Au, K.
c) H2O, Cl2, K.
d) Au, Fe, O2.
e) H2, Cl2, NaCl.
13. (UFRGS-RS) Açúcar comum (sacarose) e café
passado, tão comuns em nosso dia-a-dia, são
exemplos, respectivamente, de:
a) substância pura e mistura homogênea.
b) substância composta e mistura heterogênea.
c) substância simples e mistura homogênea.
d) substância pura e mistura heterogênea.
14. (Mackenzie-SP) À temperatura ambiente, uma
substância simples sólida, uma substância composta
gasosa e uma solução podem ser representadas,
respectivamente, por:
a) Fe, NaCl e CO.
b) H2, NH3 e NaCl.
c) O2, CO2 e C (grafite).
d) Hg, KI e H2SO4 (diluído).
e) Au, CO2 e água mineral.
15. (Unisa-SP) Em qual das seqüências a seguir
estão representados um elemento, uma substância
simples e uma substância composta,
respectivamente?
a) H2, Cl2, O2.
b) H2, Ne, H2O.
c) N, HI, He.
d) H2O, O2, H2.
e) Cl, N2, HCl.
16. Classifique as substâncias a seguir como simples
ou compostas:
a) HCl
b) O2
c) N2
d) H2SO4
e) NaCl
f) O3
17. Considere a tabela de pontos de fusão e ebulição das
substâncias a seguir, a 1 atm de pressão:
A 50°C, encontram-se no estado líquido:
a) cloro e flúor c) flúor e bromo
b) cloro e iodo d) bromo e mercúrio
18. Observe os fatos abaixo:
I) Uma pedra de naftalina deixada no armário.
II) Uma vasilha com água deixada no freezer.
III) Uma vasilha com água deixada no sol.
IV) O derretimento de um pedaço de chumbo quando
aquecido.
Nesses fatos estão relacionados corretamente os seguintes
fenômenos:
a) I. Sublimação; II. Solidificação; III. Evaporação; IV.
Fusão.
b) I. Sublimação; II. Sublimação; III. Evaporação; IV.
Solidificação.
c) I. Fusão; II. Sublimação; III. Evaporação; IV.
Solidificação.
d) I. Evaporação; II. Solidificação; III. Fusão; IV.
Sublimação.
19. (UFV-MG) A naftalina, nome comercial do
hidrocarboneto naftaleno, é utilizada em gavetas e
armários para proteger tecidos, papéis e livros do ataque
de traças e outros insetos. Assim como outros compostos,
a naftalina tem a propriedade de passar do estado sólido
para o gasoso sem fundir-se. Esse fenômeno é chamado
de:
a) liquefação.
b) sublimação.
c) combustão.
d) ebulição.
20. Quando um corpo apresenta volume constante e forma
variável, podemos dizer que ele está no estado:
a) sólido.
b) gasoso.
c) líquido.
d) cristalino.
21. (UFMG) A alternativa que não envolve reação
química é:
a) caramelização do açúcar.
b) combustão da lenha.
c) explosão da dinamite.
d) precipitação da chuva.
22. No gráfico adiante, de mudança de fase de
agregação de uma substância, provocada pelo
aumento de temperatura, o nome correto das
transformações ocorridas nos intervalos X e Y são:
a) solidificação e condensação.
b) fusão e ebulição.
c) liquefação e vaporização.
d) sublimação e sublimação
23. Observe o gráfico a seguir:
Assinale a verdadeira (V) ou falsa (F) em cada
afirmativa a seguir.
( ) O gráfico representa a curva de aquecimento de
uma mistura eutética.
( ) A temperatura de fusão do sistema é variável.
( ) O sistema tem mais de uma fase no instante t2.
( ) A temperatura de ebulição do sistema é constante.
24. Classifique cada um dos fenômenos abaixo,
como físicos ou químicos:
a) sublimação da naftalina em uma gaveta
b) chama acesa na trempe do fogão
c) queima do carvão em uma churrasqueira
d) vapor saindo de um ferro a vapor
e) derretimento de uma pedra de gelo
25. A densidade absoluta da gasolina é de 0,7 g/cm3
.
Qual o volume ocupado por 420 g de gasolina?
26. Um béquer contendo 400 cm3 de um líquido
com densidade de 1,85 g/ cm3 pesou 884 g. Qual a
massa do béquer vazio?
27. Calcule a densidade do mercúrio, sabendo que
1360 gramas ocupam o volume de 100 cm3
.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Exercícios funções inorgânicas
Exercícios funções inorgânicasExercícios funções inorgânicas
Exercícios funções inorgânicasLeonardo Carneiro
 
Ligações Químicas
Ligações QuímicasLigações Químicas
Ligações QuímicasKátia Elias
 
Lista de exercícios ligações químicas
Lista de exercícios   ligações químicasLista de exercícios   ligações químicas
Lista de exercícios ligações químicasProfª Alda Ernestina
 
Introdução às leis da termodinâmica
Introdução às leis da termodinâmicaIntrodução às leis da termodinâmica
Introdução às leis da termodinâmicaHelder Guerreiro
 
Química Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - IntroduçãoQuímica Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - IntroduçãoRicardo Stefani
 
Cinetica quimica
Cinetica quimicaCinetica quimica
Cinetica quimicaLiana Maia
 
Termoquímica 2015 exercicios ii unidade
Termoquímica 2015 exercicios ii unidadeTermoquímica 2015 exercicios ii unidade
Termoquímica 2015 exercicios ii unidadeJunior Dou
 
Lista de exercícios i de química orgânica pdf
Lista de exercícios i de química orgânica   pdfLista de exercícios i de química orgânica   pdf
Lista de exercícios i de química orgânica pdfKarol Maia
 
Funções orgânicas slide
Funções orgânicas slideFunções orgânicas slide
Funções orgânicas slideJoelson Barral
 
avaliação 9 ano química
avaliação 9 ano químicaavaliação 9 ano química
avaliação 9 ano químicadaianafrs
 
Lista de exercício (termodinâmica) com gabarito
Lista de exercício (termodinâmica) com gabaritoLista de exercício (termodinâmica) com gabarito
Lista de exercício (termodinâmica) com gabaritohainner2
 

Mais procurados (20)

Exercícios funções inorgânicas
Exercícios funções inorgânicasExercícios funções inorgânicas
Exercícios funções inorgânicas
 
Ligações Químicas
Ligações QuímicasLigações Químicas
Ligações Químicas
 
Leis ponderais
Leis ponderaisLeis ponderais
Leis ponderais
 
Lista de exercícios ligações químicas
Lista de exercícios   ligações químicasLista de exercícios   ligações químicas
Lista de exercícios ligações químicas
 
Introdução a Quimica orgânica
Introdução a Quimica orgânicaIntrodução a Quimica orgânica
Introdução a Quimica orgânica
 
Hidrocarbonetos
HidrocarbonetosHidrocarbonetos
Hidrocarbonetos
 
Lista de exercicios sais
Lista de exercicios    saisLista de exercicios    sais
Lista de exercicios sais
 
Introdução às leis da termodinâmica
Introdução às leis da termodinâmicaIntrodução às leis da termodinâmica
Introdução às leis da termodinâmica
 
Química Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - IntroduçãoQuímica Orgânica I - Introdução
Química Orgânica I - Introdução
 
Cinetica quimica
Cinetica quimicaCinetica quimica
Cinetica quimica
 
Termoquímica 2015 exercicios ii unidade
Termoquímica 2015 exercicios ii unidadeTermoquímica 2015 exercicios ii unidade
Termoquímica 2015 exercicios ii unidade
 
Lista de exercícios i de química orgânica pdf
Lista de exercícios i de química orgânica   pdfLista de exercícios i de química orgânica   pdf
Lista de exercícios i de química orgânica pdf
 
Aula funções oxigenadas
Aula  funções oxigenadasAula  funções oxigenadas
Aula funções oxigenadas
 
Aula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódicaAula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódica
 
Funções orgânicas slide
Funções orgânicas slideFunções orgânicas slide
Funções orgânicas slide
 
avaliação 9 ano química
avaliação 9 ano químicaavaliação 9 ano química
avaliação 9 ano química
 
Ligações covalentes
Ligações covalentesLigações covalentes
Ligações covalentes
 
Lista de exercício (termodinâmica) com gabarito
Lista de exercício (termodinâmica) com gabaritoLista de exercício (termodinâmica) com gabarito
Lista de exercício (termodinâmica) com gabarito
 
Reações químicas
Reações químicasReações químicas
Reações químicas
 
Geometria molecular
Geometria molecularGeometria molecular
Geometria molecular
 

Destaque

Aula 02 transformações físicas e químicas - 1º ano - com tarefas mínimas da...
Aula 02   transformações físicas e químicas - 1º ano - com tarefas mínimas da...Aula 02   transformações físicas e químicas - 1º ano - com tarefas mínimas da...
Aula 02 transformações físicas e químicas - 1º ano - com tarefas mínimas da...Alpha Colégio e Vestibulares
 
Lista de exercícios grandezas químicas
Lista de exercícios   grandezas químicasLista de exercícios   grandezas químicas
Lista de exercícios grandezas químicasProfª Alda Ernestina
 
Resumo tabela periódica e propriedades periódicas
Resumo  tabela periódica e propriedades periódicasResumo  tabela periódica e propriedades periódicas
Resumo tabela periódica e propriedades periódicasProfª Alda Ernestina
 
Resumo classificação, propriedades e transformações da matéria
Resumo   classificação, propriedades e transformações da matériaResumo   classificação, propriedades e transformações da matéria
Resumo classificação, propriedades e transformações da matériaProfª Alda Ernestina
 
Resumo conceitos fundamentais e teorias atomicas
Resumo   conceitos fundamentais e teorias atomicasResumo   conceitos fundamentais e teorias atomicas
Resumo conceitos fundamentais e teorias atomicasProfª Alda Ernestina
 
Lista de exercícios de química revisão
Lista de exercícios de química   revisãoLista de exercícios de química   revisão
Lista de exercícios de química revisãoProfª Alda Ernestina
 
Aula 03 estudo do àtomo
Aula 03 estudo do àtomoAula 03 estudo do àtomo
Aula 03 estudo do àtomoColegio CMC
 
Aula 8 fenômenos físicos e químicos - 2014
Aula 8   fenômenos físicos e químicos - 2014Aula 8   fenômenos físicos e químicos - 2014
Aula 8 fenômenos físicos e químicos - 2014profNICODEMOS
 
9º ano - 1ºbimestre - Fenômenos físicos e químicos
9º ano - 1ºbimestre - Fenômenos físicos e químicos9º ano - 1ºbimestre - Fenômenos físicos e químicos
9º ano - 1ºbimestre - Fenômenos físicos e químicosCarolina Suisso
 
CFQ: Transformações Físicas e Transformações Químicas
CFQ: Transformações Físicas e Transformações QuímicasCFQ: Transformações Físicas e Transformações Químicas
CFQ: Transformações Físicas e Transformações Químicas7F
 
CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3Maiquel Vieira
 
Lista de exercícios hidrocarbonetos
Lista de exercícios   hidrocarbonetosLista de exercícios   hidrocarbonetos
Lista de exercícios hidrocarbonetosProfª Alda Ernestina
 
Características do átomo
Características do átomoCaracterísticas do átomo
Características do átomoRegina de Castro
 
Atividade recuperação 4° bim
Atividade recuperação 4° bimAtividade recuperação 4° bim
Atividade recuperação 4° bimRegina de Castro
 

Destaque (20)

Aula 02 transformações físicas e químicas - 1º ano - com tarefas mínimas da...
Aula 02   transformações físicas e químicas - 1º ano - com tarefas mínimas da...Aula 02   transformações físicas e químicas - 1º ano - com tarefas mínimas da...
Aula 02 transformações físicas e químicas - 1º ano - com tarefas mínimas da...
 
Resumo grandezas químicas
Resumo     grandezas químicasResumo     grandezas químicas
Resumo grandezas químicas
 
Resumo ligações químicas
Resumo   ligações  químicasResumo   ligações  químicas
Resumo ligações químicas
 
Lista de exercícios grandezas químicas
Lista de exercícios   grandezas químicasLista de exercícios   grandezas químicas
Lista de exercícios grandezas químicas
 
Resumo tabela periódica e propriedades periódicas
Resumo  tabela periódica e propriedades periódicasResumo  tabela periódica e propriedades periódicas
Resumo tabela periódica e propriedades periódicas
 
Resumo classificação, propriedades e transformações da matéria
Resumo   classificação, propriedades e transformações da matériaResumo   classificação, propriedades e transformações da matéria
Resumo classificação, propriedades e transformações da matéria
 
Resumo conceitos fundamentais e teorias atomicas
Resumo   conceitos fundamentais e teorias atomicasResumo   conceitos fundamentais e teorias atomicas
Resumo conceitos fundamentais e teorias atomicas
 
Lista de exercícios de química revisão
Lista de exercícios de química   revisãoLista de exercícios de química   revisão
Lista de exercícios de química revisão
 
Aula 03 estudo do àtomo
Aula 03 estudo do àtomoAula 03 estudo do àtomo
Aula 03 estudo do àtomo
 
Aula 8 fenômenos físicos e químicos - 2014
Aula 8   fenômenos físicos e químicos - 2014Aula 8   fenômenos físicos e químicos - 2014
Aula 8 fenômenos físicos e químicos - 2014
 
9º ano - 1ºbimestre - Fenômenos físicos e químicos
9º ano - 1ºbimestre - Fenômenos físicos e químicos9º ano - 1ºbimestre - Fenômenos físicos e químicos
9º ano - 1ºbimestre - Fenômenos físicos e químicos
 
Física e química introdução
Física e química introduçãoFísica e química introdução
Física e química introdução
 
Fenômenos
FenômenosFenômenos
Fenômenos
 
CFQ: Transformações Físicas e Transformações Químicas
CFQ: Transformações Físicas e Transformações QuímicasCFQ: Transformações Físicas e Transformações Químicas
CFQ: Transformações Físicas e Transformações Químicas
 
CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
 
Quimica 9 ano_prof_roberto
Quimica 9 ano_prof_robertoQuimica 9 ano_prof_roberto
Quimica 9 ano_prof_roberto
 
Lista de exercícios hidrocarbonetos
Lista de exercícios   hidrocarbonetosLista de exercícios   hidrocarbonetos
Lista de exercícios hidrocarbonetos
 
Exercícios átomos
Exercícios átomosExercícios átomos
Exercícios átomos
 
Características do átomo
Características do átomoCaracterísticas do átomo
Características do átomo
 
Atividade recuperação 4° bim
Atividade recuperação 4° bimAtividade recuperação 4° bim
Atividade recuperação 4° bim
 

Semelhante a Lista de exercícios classificação, propriedades e transformações da matéria

Introducao a quimica 1º ano
Introducao a quimica 1º anoIntroducao a quimica 1º ano
Introducao a quimica 1º anoHugo Cruz Rangel
 
Ômega - Módulo 1.pdf
Ômega - Módulo 1.pdfÔmega - Módulo 1.pdf
Ômega - Módulo 1.pdfAderitoCavele
 
1ª lista química - revisão geral - uno
1ª lista   química - revisão geral - uno1ª lista   química - revisão geral - uno
1ª lista química - revisão geral - unoOswaldo Stanziola
 
Exercícios - ref. Aulas 1 a 5
Exercícios - ref. Aulas 1 a 5Exercícios - ref. Aulas 1 a 5
Exercícios - ref. Aulas 1 a 5Maiquel Vieira
 
Apostila oficial quimica propriedades
Apostila oficial quimica  propriedadesApostila oficial quimica  propriedades
Apostila oficial quimica propriedadesSantos Raimundo
 
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-anoRicardo Araujo
 
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp011exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01mauricio1537
 
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp011exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01mauricio1537
 
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemasConceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemasRodrigo Sampaio
 
145 093513 reacoes_inorganicasagamenon
145 093513 reacoes_inorganicasagamenon145 093513 reacoes_inorganicasagamenon
145 093513 reacoes_inorganicasagamenonAndrey Luiz
 
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3Maiquel Vieira
 
Aula de química pelo carranca concursos.
Aula de química pelo carranca concursos.Aula de química pelo carranca concursos.
Aula de química pelo carranca concursos.DanielJackson205520
 
Recuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bimRecuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bimblogprofbento
 
Exercícios 2º ano 1ºb
Exercícios 2º ano 1ºbExercícios 2º ano 1ºb
Exercícios 2º ano 1ºbblogprofbento
 

Semelhante a Lista de exercícios classificação, propriedades e transformações da matéria (20)

Aspectos macroscópicos da matéria
Aspectos macroscópicos da matériaAspectos macroscópicos da matéria
Aspectos macroscópicos da matéria
 
Material do 1º plantão de química v2
Material do 1º plantão de química v2Material do 1º plantão de química v2
Material do 1º plantão de química v2
 
Exercícios - aula 01 (1º ano Poliedro)
Exercícios -  aula 01 (1º ano Poliedro)Exercícios -  aula 01 (1º ano Poliedro)
Exercícios - aula 01 (1º ano Poliedro)
 
Introducao a quimica 1º ano
Introducao a quimica 1º anoIntroducao a quimica 1º ano
Introducao a quimica 1º ano
 
Ômega - Módulo 1.pdf
Ômega - Módulo 1.pdfÔmega - Módulo 1.pdf
Ômega - Módulo 1.pdf
 
1ª lista química - revisão geral - uno
1ª lista   química - revisão geral - uno1ª lista   química - revisão geral - uno
1ª lista química - revisão geral - uno
 
Exercícios - ref. Aulas 1 a 5
Exercícios - ref. Aulas 1 a 5Exercícios - ref. Aulas 1 a 5
Exercícios - ref. Aulas 1 a 5
 
Apostila oficial quimica propriedades
Apostila oficial quimica  propriedadesApostila oficial quimica  propriedades
Apostila oficial quimica propriedades
 
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
 
Revisão 1º ano
Revisão 1º anoRevisão 1º ano
Revisão 1º ano
 
Lista 2 2014
Lista 2   2014Lista 2   2014
Lista 2 2014
 
Ciencias prova 9-ano
Ciencias prova 9-anoCiencias prova 9-ano
Ciencias prova 9-ano
 
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp011exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
 
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp011exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
1exerciciciostreinamentomaiquelaula1a3 130416155705-phpapp01
 
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemasConceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
 
145 093513 reacoes_inorganicasagamenon
145 093513 reacoes_inorganicasagamenon145 093513 reacoes_inorganicasagamenon
145 093513 reacoes_inorganicasagamenon
 
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
 
Aula de química pelo carranca concursos.
Aula de química pelo carranca concursos.Aula de química pelo carranca concursos.
Aula de química pelo carranca concursos.
 
Recuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bimRecuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bim
 
Exercícios 2º ano 1ºb
Exercícios 2º ano 1ºbExercícios 2º ano 1ºb
Exercícios 2º ano 1ºb
 

Mais de Profª Alda Ernestina

Seminario didático de pesquisa - Mestrado
Seminario didático de pesquisa - MestradoSeminario didático de pesquisa - Mestrado
Seminario didático de pesquisa - MestradoProfª Alda Ernestina
 
Apresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-Corrente
Apresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-CorrenteApresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-Corrente
Apresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-CorrenteProfª Alda Ernestina
 
Apresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de Doutorado
Apresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de DoutoradoApresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de Doutorado
Apresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de DoutoradoProfª Alda Ernestina
 
Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...
Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...
Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...Profª Alda Ernestina
 
Apresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificação
Apresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificaçãoApresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificação
Apresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificaçãoProfª Alda Ernestina
 
Exame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos Naturais
Exame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos NaturaisExame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos Naturais
Exame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos NaturaisProfª Alda Ernestina
 
Aula - Via biossintética do Acetato-Malonato
Aula - Via biossintética do Acetato-MalonatoAula - Via biossintética do Acetato-Malonato
Aula - Via biossintética do Acetato-MalonatoProfª Alda Ernestina
 
Exercícios - Reações orgânicas eliminação, substituição e oxidação
Exercícios - Reações orgânicas  eliminação, substituição e oxidação  Exercícios - Reações orgânicas  eliminação, substituição e oxidação
Exercícios - Reações orgânicas eliminação, substituição e oxidação Profª Alda Ernestina
 
Reações de oxidação em compostos orgânicos
Reações de oxidação em compostos orgânicosReações de oxidação em compostos orgânicos
Reações de oxidação em compostos orgânicosProfª Alda Ernestina
 
Resumo - reações de adição na química orgânica
Resumo - reações de adição na química orgânicaResumo - reações de adição na química orgânica
Resumo - reações de adição na química orgânicaProfª Alda Ernestina
 
Lista de exercícios ácido-base e reações de adição
Lista de exercícios   ácido-base e reações de adiçãoLista de exercícios   ácido-base e reações de adição
Lista de exercícios ácido-base e reações de adiçãoProfª Alda Ernestina
 
Exercicios reações de eliminação
Exercicios reações de eliminaçãoExercicios reações de eliminação
Exercicios reações de eliminaçãoProfª Alda Ernestina
 
Exercicios reações de substituição
Exercicios   reações de substituiçãoExercicios   reações de substituição
Exercicios reações de substituiçãoProfª Alda Ernestina
 
Exercícios de revisão reações orgânicas
Exercícios  de revisão   reações orgânicasExercícios  de revisão   reações orgânicas
Exercícios de revisão reações orgânicasProfª Alda Ernestina
 
Acidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânicaAcidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânicaProfª Alda Ernestina
 
Lista de exercicios reações químicas
Lista de exercicios   reações químicasLista de exercicios   reações químicas
Lista de exercicios reações químicasProfª Alda Ernestina
 

Mais de Profª Alda Ernestina (20)

Seminário didático - Doutorado
Seminário didático - Doutorado  Seminário didático - Doutorado
Seminário didático - Doutorado
 
Seminario didático de pesquisa - Mestrado
Seminario didático de pesquisa - MestradoSeminario didático de pesquisa - Mestrado
Seminario didático de pesquisa - Mestrado
 
Apresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-Corrente
Apresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-CorrenteApresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-Corrente
Apresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-Corrente
 
Apresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de Doutorado
Apresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de DoutoradoApresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de Doutorado
Apresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de Doutorado
 
Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...
Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...
Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...
 
Apresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificação
Apresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificaçãoApresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificação
Apresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificação
 
Exame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos Naturais
Exame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos NaturaisExame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos Naturais
Exame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos Naturais
 
Aula - Via biossintética do Acetato-Malonato
Aula - Via biossintética do Acetato-MalonatoAula - Via biossintética do Acetato-Malonato
Aula - Via biossintética do Acetato-Malonato
 
Exercícios - Reações orgânicas eliminação, substituição e oxidação
Exercícios - Reações orgânicas  eliminação, substituição e oxidação  Exercícios - Reações orgânicas  eliminação, substituição e oxidação
Exercícios - Reações orgânicas eliminação, substituição e oxidação
 
Aula - Reações de polimerização
Aula - Reações de polimerizaçãoAula - Reações de polimerização
Aula - Reações de polimerização
 
Reações de polimerização
Reações de polimerização Reações de polimerização
Reações de polimerização
 
Reações de oxidação em compostos orgânicos
Reações de oxidação em compostos orgânicosReações de oxidação em compostos orgânicos
Reações de oxidação em compostos orgânicos
 
Resumo - reações de adição na química orgânica
Resumo - reações de adição na química orgânicaResumo - reações de adição na química orgânica
Resumo - reações de adição na química orgânica
 
Lista de exercícios ácido-base e reações de adição
Lista de exercícios   ácido-base e reações de adiçãoLista de exercícios   ácido-base e reações de adição
Lista de exercícios ácido-base e reações de adição
 
Exercicios reações de eliminação
Exercicios reações de eliminaçãoExercicios reações de eliminação
Exercicios reações de eliminação
 
Exercicios reações de substituição
Exercicios   reações de substituiçãoExercicios   reações de substituição
Exercicios reações de substituição
 
Exercícios de revisão reações orgânicas
Exercícios  de revisão   reações orgânicasExercícios  de revisão   reações orgânicas
Exercícios de revisão reações orgânicas
 
Acidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânicaAcidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânica
 
Lista de exercicios revisão
Lista de exercicios   revisãoLista de exercicios   revisão
Lista de exercicios revisão
 
Lista de exercicios reações químicas
Lista de exercicios   reações químicasLista de exercicios   reações químicas
Lista de exercicios reações químicas
 

Último

HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfSandra Pratas
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturaPizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturagomescostamma
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...MANUELJESUSVENTURASA
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfSandra Pratas
 

Último (20)

HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturaPizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
 

Lista de exercícios classificação, propriedades e transformações da matéria

  • 1. PRÉ-UNIVERSITÁRIO SAMORA MACHEL Química Profª Alda Ernestina 3ª Lista de exercícios - Classificação, propriedades e transformações da matéria 1. Considere as substâncias e suas respectivas densidades à temperatura ambiente: Há maior massa em um litro de: a) ácido sulfúrico que em dois litros de tolueno. b) tolueno que em dois litros de acetona. c) acetona que em dois litros de tolueno. d) ácido sulfúrico que em três litros de acetona. e) tolueno que em dois litros de ácido sulfúrico. 2. Observe os seguintes fatos: I. Uma pedra de naftalina deixada no armário. II. Uma vasilha com água deixada no freezer. III. Uma vasilha com água deixada no fogo. IV. O derretimento de um pedaço de chumbo quando aquecido. A esses fatos estão relacionados corretamente os seguintes fenômenos: a) I – sublimação; II – solidificação; III – evaporação; IV – fusão. b) I – sublimação; II – solidificação; III – fusão; IV – evaporação. c) I – fusão; II – sublimação; III – evaporação; IV – solidificação d) I – evaporação; II – solidificação; III – fusão; IV – sublimação. 3. (UFU-MG) Indique a alternativa que correlaciona, corretamente, os materiais abaixo como sendo (a) mistura ou (b) substância pura. I. Bicarbonato de sódio. II. Gasolina. III. Ar atmosférico. IV. Água do mar a) I (b); II (a); III (a); IV (b) b) I (a); II (a); III (a); IV (a) c) I (b); II (b); III (b); IV (b) d) I (b); II (a); III (a); IV (a) e) I (a); II (b); III (b); IV (a) 4. (Unitau-SP) Misturas azeotrópicas são: a) misturas heterogêneas com ponto de fusão constante. b) misturas homogêneas ou ligas de ponto de fusão constante. c) líquidos ou ligas de ponto de fusão constante. d) soluções líquidas de ponto de ebulição constante. e) líquidos de ponto de ebulição variável. 5. (Vunesp) Em um laboratório, foi encontrado um frasco, sem identificação, contendo um pó branco cristalino. Aquecendo este pó com taxa constante de fornecimento de calor, foi obtida a seguinte curva de aquecimento: Pode-se afirmar que o pó branco encontrado é: a) uma substância simples. b) uma substância composta. c) uma mistura de cristais com tamanhos diferentes. d) uma mistura de duas substâncias. 6. (UFPR) Considere os seguintes sistemas: I. gelo, água e óleo. II. água com gás e gelo. III. gelo, óleo, salmoura e granito. O número de fases de cada um é, respectivamente: a) I – 3; II – 3; III – 6 b) I – 4; II – 2; III – 4 c) I – 3; II – 3; III – 4 d) I – 2; II – 2; III – 5 7. (Mackenzie-SP) Considere os fenômenos: I. A queima de fogos de artifício II. A água entrando em ebulição III. O escurecimento de um objeto de cobre IV. A efervescência de um comprimido em água São fenômenos químicos: a) I, II, III e IV. b) I, II e III, somente. c) I, III e IV, somente. d) II e IV, somente.
  • 2. 8. (FEI-SP) São transformações físicas e químicas, respectivamente: a) a evaporação da água e a fusão do chumbo. b) a formação da ferrugem e a obtenção de sal nas salinas. c) a fotossíntese e as chuvas. d) a evaporação da água e a formação de ferrugem. 9. (UFPE) Em quais das passagens destacadas a seguir está ocorrendo transformação química? 1. “O reflexo da luz nas águas onduladas pelos ventos lembrava-lhe os cabelos de seu amado”. 2. “A chama da vela confundia-se com o brilho nos seus olhos”. 3. “Desolado, observava o gelo derretendo em seu copo e ironicamente comparava-o ao seu coração”. 4. “Com o passar dos tempos começou a sentir-se como a velha tesoura enferrujando no fundo da gaveta”. Estão corretas apenas: a) 1 e 2. b) 2 e 3. c) 2 e 4. d) 3 e 4. 10. (Mackenzie-SP) Para se separar os componentes de uma mistura heterogênea formada por um líquido e um sólido, deve-se fazer uma: a) destilação fracionada. b) condensação. c) filtração simples. d) titulação. e) destilação simples. 11. (UFSM-RS) Num acampamento, todo o sal de cozinha foi derramado na areia. As pessoas recuperaram o sal realizando, sucessivamente, as operações de: a) dissolução, filtração, evaporação. b) fusão, decantação, sublimação. c) liquefação, filtração, vaporização. d) adição de água, destilação. e) diluição, sedimentação, vaporização. 12. Mackenzie-SP Uma técnica usada para limpar aves cobertas por petróleo consiste em pulverizá-las com limalha de ferro. A limalha que fica impregnada de óleo é, então, retirada das penas das aves por um processo chamado de: a) decantação. b) peneiração. c) separação magnética d) centrifugação. 10. Com relação ao tipo de mistura e processo de separação. Associe a coluna I com a coluna II. I. II. A. Ferro e areia ( ) decantação B. Água e querosene ( ) sublimação C. Sal e naftalina ( ) centrifugação D. Sangue ( ) separação magnética 11. (FASP) Considere uma substância cuja fórmula é H3PO4. Essa substância é composta por: a) 2 elementos. c) 8 elementos. b) 3 elementos. d) 4 elementos. 12. (FEI-SP) Qual das alternativas abaixo contém somente substâncias simples? a) H2O, HCl, CaO. b) H2O, Au, K. c) H2O, Cl2, K. d) Au, Fe, O2. e) H2, Cl2, NaCl. 13. (UFRGS-RS) Açúcar comum (sacarose) e café passado, tão comuns em nosso dia-a-dia, são exemplos, respectivamente, de: a) substância pura e mistura homogênea. b) substância composta e mistura heterogênea. c) substância simples e mistura homogênea. d) substância pura e mistura heterogênea. 14. (Mackenzie-SP) À temperatura ambiente, uma substância simples sólida, uma substância composta gasosa e uma solução podem ser representadas, respectivamente, por: a) Fe, NaCl e CO. b) H2, NH3 e NaCl. c) O2, CO2 e C (grafite). d) Hg, KI e H2SO4 (diluído). e) Au, CO2 e água mineral. 15. (Unisa-SP) Em qual das seqüências a seguir estão representados um elemento, uma substância simples e uma substância composta, respectivamente? a) H2, Cl2, O2. b) H2, Ne, H2O. c) N, HI, He. d) H2O, O2, H2. e) Cl, N2, HCl. 16. Classifique as substâncias a seguir como simples ou compostas: a) HCl b) O2 c) N2 d) H2SO4 e) NaCl f) O3
  • 3. 17. Considere a tabela de pontos de fusão e ebulição das substâncias a seguir, a 1 atm de pressão: A 50°C, encontram-se no estado líquido: a) cloro e flúor c) flúor e bromo b) cloro e iodo d) bromo e mercúrio 18. Observe os fatos abaixo: I) Uma pedra de naftalina deixada no armário. II) Uma vasilha com água deixada no freezer. III) Uma vasilha com água deixada no sol. IV) O derretimento de um pedaço de chumbo quando aquecido. Nesses fatos estão relacionados corretamente os seguintes fenômenos: a) I. Sublimação; II. Solidificação; III. Evaporação; IV. Fusão. b) I. Sublimação; II. Sublimação; III. Evaporação; IV. Solidificação. c) I. Fusão; II. Sublimação; III. Evaporação; IV. Solidificação. d) I. Evaporação; II. Solidificação; III. Fusão; IV. Sublimação. 19. (UFV-MG) A naftalina, nome comercial do hidrocarboneto naftaleno, é utilizada em gavetas e armários para proteger tecidos, papéis e livros do ataque de traças e outros insetos. Assim como outros compostos, a naftalina tem a propriedade de passar do estado sólido para o gasoso sem fundir-se. Esse fenômeno é chamado de: a) liquefação. b) sublimação. c) combustão. d) ebulição. 20. Quando um corpo apresenta volume constante e forma variável, podemos dizer que ele está no estado: a) sólido. b) gasoso. c) líquido. d) cristalino. 21. (UFMG) A alternativa que não envolve reação química é: a) caramelização do açúcar. b) combustão da lenha. c) explosão da dinamite. d) precipitação da chuva. 22. No gráfico adiante, de mudança de fase de agregação de uma substância, provocada pelo aumento de temperatura, o nome correto das transformações ocorridas nos intervalos X e Y são: a) solidificação e condensação. b) fusão e ebulição. c) liquefação e vaporização. d) sublimação e sublimação 23. Observe o gráfico a seguir: Assinale a verdadeira (V) ou falsa (F) em cada afirmativa a seguir. ( ) O gráfico representa a curva de aquecimento de uma mistura eutética. ( ) A temperatura de fusão do sistema é variável. ( ) O sistema tem mais de uma fase no instante t2. ( ) A temperatura de ebulição do sistema é constante. 24. Classifique cada um dos fenômenos abaixo, como físicos ou químicos: a) sublimação da naftalina em uma gaveta b) chama acesa na trempe do fogão c) queima do carvão em uma churrasqueira d) vapor saindo de um ferro a vapor e) derretimento de uma pedra de gelo 25. A densidade absoluta da gasolina é de 0,7 g/cm3 . Qual o volume ocupado por 420 g de gasolina? 26. Um béquer contendo 400 cm3 de um líquido com densidade de 1,85 g/ cm3 pesou 884 g. Qual a massa do béquer vazio? 27. Calcule a densidade do mercúrio, sabendo que 1360 gramas ocupam o volume de 100 cm3 .