SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 60
Baixar para ler offline
Diretoria de Pesquisas




Contas Regionais do
 Brasil – 2005/2009

Coordenação de Contas Nacionais


                    frederico.cunha@ibge.gov.br
                    alessandra.poca@ibge.gov.br


                            Rio, 23/11/2011
Divulgaçõ
                 ções
Rotina de Divulgações do SCN/CONAC
Dia 17 de novembro - 2005/2009 definitivo
      -   revisão dos dados preliminares;
      -   incorporação das pesquisas;
      -   apresentação TRU (110 x 56)
      -   apresentação da CEI/CES;

Hoje - 23 novembro PIB Regional - 2005/2009

Dia 06 de dezembro
      SCT 2010 e três trimestres de 2011

Dia 14 de dezembro
          PIB dos Municípios - 2005/2009
Contas Regionais do Brasil
                                                       rgã
 Projeto de Contas Regionais é uma parceria com as Órgãos Estaduais
   Estatí                                            Superintendê
de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e a Superintendência
da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA
                               SEPLAN - RO
                                                      SEPLAG - SE
                               SEPLAN - AC
                                                      SEI - BA
  O projeto foi iniciado       SEPLAN - AM
                                                      FJP - MG
  em 1996 com a                SEPLAN - RR
  participaçã
           ção
  participação de cerca                               IJSN - ES
                               IDESP - PA
  de16 estados.                                       CEPERJ - RJ
                               SEPLAN - AP
                                                      SEADE - SP
  Desde 2006 todas as          SEPLAN - TO
  27 Unidades da                                      IPARDES - PR
                               IMESC - MA
  Federaçã
        ção
  Federação participam                                SPG - SC
  deste projeto.               CEPRO - PI
                                                      FEE - RS
                               IPECE - CE
                                                      SEMAC - MS
                               IDEMA - RN
                                                      SEPLAN - MT
                               IDEME - PB
                                                      SEGPLAN - GO
                               CONDEPE/FIDEM - PE
                                                      CODEPLAN - DF
                                SEPLANDE - AL
econô
                 Principais fatos econômicos de 2009


Apó
Após crescer 4,7%, em média, durante o período de 2004 a
                       mé              perí
2007 e expandir 5,2% em 2008, o Produto Interno Bruto - PIB
da economia brasileira teve, em 2009, queda de - 0,3% em
relaçã
    ção
relação ao ano anterior.

Embora suas origens remontem ao ano de 2007, foi em
setembro de 2008 que a crise financeira se aprofundou e
adquiriu escala mundial, seus efeitos foram vistos ao longo
de todo o ano de 2009.

                                   trê
O PIB nacional registrou queda nos três primeiros trimestres
de 2009, retomando trajetória de crescimento apenas no
                      trajetó
último trimestre do ano. Ao longo de todo o ano de 2009, o
                                         evoluçã
                                               ção
desempenho do PIB foi influenciado pela evolução da crise
econô                                        visí
econômica internacional, cujos efeitos foram visíveis, em
                                              econô
maior ou menor grau, em todas as atividades econômicas e
            Federaçãção.
unidades da Federação.
econô
                Principais fatos econômicos de 2009

O cenário externo de crise trouxe implicações para a política
  cená                            implicaçõ
                                         ções        polí
econô                                                       sé
econômica no Brasil. Ao longo de 2009, implantou-se uma série
                          monetá
de iniciativas nos campos monetário e fiscal com o objetivo de
incentivar a demanda agregada da economia.

Às medidas monetárias de enfrentamento à crise somaram-se
            monetá
                                                adoçã
                                                   ção
outras no campo fiscal, com destaque para a adoção de impostos
  contribuiçõ
           ções
e contribuições sociais (IPI, PIS e COFINS) reduzidos para diversos
produtos, a desoneração das importações de bens de capital e a
            desoneraçã
                     ção        importaçõ
                                        ções
expansã
expansão dos investimentos dos Governos e empresas estatais.
Participação
 Participação e volume das atividades no VAB - 2007/2008/2009
          çã



                                                         Participação                        volume
                                                                               Dif
                Atividades Econômicas                                         09/08
                                                       2007 2008 2009                 2007 2008 2009

Agropecuária                                            5,6   5,9       5,6    -0,3    4,8     6,1    -3,1
 Agricultura, silvicultura e exploração florestal       3,8   4,0       3,8    -0,2    6,6     7,3    -5,0
 Pecuária e pesca                                       1,7   1,9       1,8    -0,1    1,0     3,6     1,0

Indústria                                              27,8 27,9 26,8          -1,1    5,3     4,1    -5,6
 Indústria extrativa mineral                            2,3  3,2  1,8          -1,4    3,7     3,5    -3,2
 Indústria de transformação                            17,0 16,6 16,6           0,0    5,6     3,0    -8,7
 Construção                                             4,9  4,9  5,3           0,3    4,9     7,9    -0,7
 Prod. Dist. Eletric. Gás, Água, Esgoto e Limp. Urb.    3,6  3,1  3,1           0,0    5,4     4,5     0,9
econô
              Principais fatos econômicos de 2009


Agropecuá
Agropecuária 2009
O valor adicionado bruto da Agropecuária apresentou
                             Agropecuá
reduçã
     ção                         comparaçã
                                         ção
redução de 3,1% em volume, em comparação ao ano de
                                                   sé
2008, a primeira queda observada ao longo da nova série
ajustada, iniciada em 1995. Esse fraco desempenho pode
                                       produçã
                                             ção
ser explicado, em parte, pela queda de produção e
produtividade de alguns produtos da lavoura, decorrente
    condiçõ climá
          ções
das condições climáticas no ano de 2009 e pelas
               cená
incertezas no cenário internacional.
econô
Principais fatos econômicos de 2009
econô
              Principais fatos econômicos de 2009


Construção
Construção Civil 2009
       çã
No entanto, embora a Pesquisa Industrial Mensal (PIM-PF)
indique que em 2009 ocorreu uma queda no volume de
produçãção                               Construçã
                                                ção
produção dos principais insumos para a Construção Civil ,
            nã               reduçãção
a atividade não apresentou redução mais significativa do
          produçã
                ção           utilizaçã
                                     ção
ritmo de produção devido a utilização do estoque de
             construçã
                     ção                      perí
materiais de construção acumulado durante o período
anterior de altas taxas de crescimento.
econô
             Principais fatos econômicos de 2009

Transformação
Transformação 2009
          çã
                                            indú
Em 2009 o resultado de -8,7% em volume da indústria de
transformaçãção
transformação é o pior resultado desde 1995, primeiro ano
         retropolada.
da serie retropolada.
                            indú         transformaçã
                                                   ção
A última queda no volume da indústria de transformação
foi em 1999.
                           també
A queda na demanda externa também contribuiu para o
                       Indú
desempenho negativo da Indústria em 2009.
econô
                Principais fatos econômicos de 2009

 Transformação
 Transformação 2009
           çã
                               també
A queda na demanda externa também contribuiu para o
desempenho negativo da Indústria em 2009. As exportações de
                          Indú                 exportações
                                                      çõ
produtos industriais recuaram 12,2% em volume em 2009, com
destaque para a redução nas exportações de máquinas e
                 reduçã
                      ção     exportaçõ
                                      ções  má
equipamentos (-38,1%), aeronaves (-24,8%), ferro gusa e ferro-
                 miné
ligas (-43,1%) e minério de ferro (-12,6%).

    exportaçõ
           ções    automó      caí
As exportações de automóveis caíram 38,1% mas, nesse caso, a
queda na demanda externa foi compensada pelo aumento da
demanda interna impulsionada pelas medidas de incentivo
                               (reduçã
                                    ção
adotadas pelo governo federal (redução do IPI e aumento do
cré
crédito), que permitiram que o volume do Valor Adicionado Bruto
             "Automó                    utilitá
da atividade "Automóveis, camionetas e utilitários" permanecesse
está
estável em 2009, com um crescimento de 0,2%.
econô
               Principais fatos econômicos de 2009

Transformação
Transformação 2009
          çã
              "Eletrodomé
As atividades "Eletrodomésticos" (6,6%), "Perfumaria, higiene e
limpeza" (5,3%) e "Alimentos e bebidas" (0,4%), com desempenho
fortemente relacionado ao consumo das Famílias, foram
                                          Famí
                               sustentaçã
                                        ção
beneficiadas pelas medidas de sustentação do consumo,
apresentando crescimento em volume em 2009.
econô
               Principais fatos econômicos de 2009

Serviç
Serviços 2009
                           preç bá
O valor adicionado bruto a preços básicos das atividades de
Serviç                        variaçã
                                   ção
Serviços apresentou em 2009 variação positiva em volume de
2,1%, acima da média da economia (-0,3%), porém com
               mé                          poré
crescimento menor do que o de 4,9% observado em 2008,
        já
quando já havia ocorrido queda sobre o ano anterior (2007).
                   serviç
O crescimento dos serviços em 2009 é pior resultado deste grupo
                                    serviç
de atividades desde 2001, quando os serviços cresceram 1,9%.
           variaçõ
                ções                                   Serviç
As maiores variações positivas foram nas atividades de Serviços
Domé                   Intermediaçã
                                  ção
Domésticos (9,0%) e de Intermediação Financeira e Seguros
(7,8%).
econô
               Principais fatos econômicos de 2009

Serviç
Serviços 2009 - Comércio
                Comé
A atividade do Comércio teve, em 2009, variação de -1%, em
               Comé                      variaçã
                                              ção
                                               reduçã
                                                   ção
contraste aos 6,1% registrados em 2008. Esta redução contribuiu
       variaçã
            ção                 participaçã
                                         ção
para a variação negativa da sua participação no valor adicionado
    Serviç
dos Serviços, que saiu de 18,9% em 2008 para 18,5% em 2009.

Os segmentos de comércio de veículos, produtos farmacêuticos e
                   comé        veí                 farmacê
de ambulantes/feirantes, mais associados ao consumo final das
famí              variaçõ
                       ções
famílias, tiveram variações de volume positivas, em linha com o
                                                 cré
crescimento da massa salarial, maior acesso ao crédito e
aumento do nível de emprego.
              ní
econô
                Principais fatos econômicos de 2009

Serviç
Serviços 2009 - Comércio
                Comé
Já o comércio atacadista/varejista, de maior peso na atividade do
     comé
Comé
Comércio, apresentou queda, contrapondo os aumentos
registrados nos produtos mais correlacionados ao consumo das
famí     (comé
famílias (comércio varejista, alimentos, artigos de uso pessoal e
domé          reduçõ
                   ções                 comé
doméstico) às reduções verificadas no comércio atacadista. Vale
observar que o comércio de tecidos, vestuário e calçados, ainda
               comé                   vestuá      calç
                                    famí                 reduçã
que mais voltado ao consumo das famílias, apresentou redução ção
em 2009.
Crescimento em volume do PIB
            2009
Regiõ
Desempenho em volume das Regiões em 2009

 Part.% no PIB
                    Regiões      Volume
 2008    2009
   5,1      5,0      Norte       -0,3%
  13,1    13,5     Nordeste       1,0%
  56,0    55,3      Sudeste      -1,0%
  16,6    16,5        Sul        -0,6%
   9,2      9,6   Centro-oeste    2,5%
  100      100       Brasil      -0,3%
Grupo dos estados que crescem
                 mé
        acima da média -0,3%
                                                                  Volume
Part.% no PIB        Estados          Volume         Atividade
                                                                   Ativ.

     0,6 %
                    Rondônia              7,3       CONST.CIVIL   23,0%

     0,6 %
                       Piauí              6,2    TRANSFORMAÇÃO    21,8%

          0,2 %      Roraima              4,6           APU        4,6%

     0,6 %
                     Sergipe              4,4           SIUP      20,3%

  4,1 %
                  Distrito Federal        4,0           APU        3,9%


                     1º    5º
                  Do 1º ao 5º estados de maior crescimento em
                            volume do PIB em 2009.
                                 participaçã
                                          ção
                         Soma da participação 6,1% do PIB.
Grupo dos estados que crescem
                 mé
        acima da média -0,3%
                                                                 Volume
Part.% no PIB    Estados          Volume         Atividade
                                                                  Ativ.

      0,2 %       Amapá               4,0           APU           4,5%

   0,4 %
                 Tocantins            3,8    TRANSFORMAÇÃO       21,5%

  2,4 %         Pernambuco            2,8       FINANCEIRO       13,5%

   1,8 %
                Mato Grosso           2,4    TRANSFORMAÇÃO       10,5%

     0,7 %
                  Alagoas             2,1           APU          4,6%


                   6º    10º
                Do 6º ao 10º de maior crescimento em volume do
                                 PIB em 2009.
                               participaçã
                                        ção
                       Soma de participação 5,5% do PIB .
Grupo dos estados que crescem
                         mé
                acima da média -0,3%
                                                                                   Volume
         Part.% no PIB            Estados         Volume        Atividade
                                                                                    Ativ.



10,9 %                          Rio de Janeiro        2,0     EXT.MINERAL           8,3%



            0,9 %                  Paraíba            1,6   TRANSFORMAÇÃO          12,5%


            0,9 %              Rio G. do Norte        1,5     AGRICULTURA          59,2%

              0,2 %                 Acre             1,2          APU               3,1%

                       11º    14º
                    Do 11º ao 14º de maior crescimento em volume do PIB em 2009.
                                       participaçã
                                                ção
                               Soma de participação 12,9 % do PIB.
Grupo dos estados que crescem
                     mé
            acima da média -0,3%
                                                                            Volume
Part.% no PIB            Estados         Volume         Atividade
                                                                             Ativ.

   2,6 %
                           Goiás             0,9     AGRICULTURA             6,9%

    1,1 %              Mato G. do sul        0,4          APU                2,6%

   2,0 %                   Ceará             0,0       COMÉRCIO              1,4%


4,0 %                  Santa Catarina       (0,1)   TRANSFORMAÇÃO           -8,0%

               15º    18º
            Do 15º ao 18º de maior crescimento em volume do PIB em 2009 .
                                participaçã
                                         ção
                        Soma de participação 9,8 % do PIB.


                      consideraçã
                               ção
        Levando-se em consideração o crescimento em volume e o peso, o
                                        mé
        grupo com desempenho acima da média, cresceu em torno de 2,0%
                     e representam 4,3% do PIB brasileiro.
Grupo dos estados que crescem
                           mé
                 abaixo da média -0,3%
                                                                             Volume
         Part.% no PIB       Estados         Volume         Atividade
                                                                              Ativ.

  6,7 %                     Rio G. do Sul       (0,4)    TRANSFORMAÇÃO       -10,0%


          4,2 %                Bahia             (0,6)   TRANSFORMAÇÃO        -6,4%




33,5 %




                             São Paulo          (0,8)    TRANSFORMAÇÃO       -9,9%

    5,9 %                      Paraná           (1,3)     AGRICULTURA        -18,0%


                     Do 19º ao 22º de maior crescimento em volume do PIB em 2009.
                        19º    22º
                                         participaçã
                                                  ção
                                 Soma de participação 50,2 % do PIB.
Grupo dos estados que crescem
                          mé
                abaixo da média -0,3%
                                                                            Volume
        Part.% no PIB        Estados        Volume          Atividade
                                                                             Ativ.

           1,2 %            Maranhão            (1,7)     AGRICULTURA       -23,0%

          1,5 %             Amazonas            (2,0)   TRANSFORMAÇÃO       -10,9%

          1,8 %                Pará             (3,2)   EXTRATIVA MINERAL   -12,6%


8,9 %                      Minas Gerais         (4,0)   EXTRATIVA MINERAL   -26,6%


          2,0 %           Espírito Santo        (6,7)   EXTRATIVA MINERAL   -34,1%

                       23º    27º
                    Do 23º ao 27º de maior crescimento em volume do PIB em 2009.
                                       participaçã
                                                ção
                               Soma de participação 15,5 % do PIB.

          Este grupo de estados que teve variação em volume abaixo da média,
                                         variaçã
                                              ção                     mé
          levando-se em consideração o volume e o peso, apresentou queda de
                         consideração
                                  çã
          - 1,5% em volume, e representam 65,7 % do PIB brasileiro.
Concentração Econô
Concentração Econômica 1995,
         çã
     2002, 2008 e 2009
Concentração econô
Concentração econômica: Participação das regiões no PIB
         çã             Participaçã
                                 ção     regiõ
                                                                 Entre

   1995                    2002                  2009           09/08
                                                                 EM %



                                                                      -0,7

  Sudeste        -2,4%   Sudeste        -1,4%
                                                Sudeste        -3,8%
   59,1%                  56,7%                  55,3%


                                                                       -0,0
                             SUL        -0,4%
                                                    SUL
                                                               0,3%
      SUL        0,7%       16,9%                  16,5%
     16,2%                                                              0,4
                         Nordeste               Nordeste
                                        0,5%                   1,5%
  Nordeste                                        13,5%
                 0,9%      13,0%
    12,0%                                                                0,4
                         C.oeste 8,8%   0,8%    C.oeste 9,6%   1,2%
  C.oeste 8,4%   0,4%

                                                 Norte 5,0%
                                                                        -0,1
  Norte 4,2%     0,5%     Norte 4,7%    0,3%                   0,8%


    40,9%                   43,3%                 44,7%
Concentração econô
Concentração econômica: Participação dos estados no PIB 2009
         çã             Participaçã
                                 ção

     Em 2009 cinco estados                                                                                                  Em 2008, o PIB
                                                                                                                             de SP passou
    concentravam 65,8 % (em                                                                                                pela primeira vez
                                                                                                                SP             a casa de 1
  2008, 66,2% ) do PIB brasileiro                                                                                           trilhã
                                                                                                                            trilhão de reais

                                  BA
                                                                                                               33,5%         (Em 2009 R$
                                                                                                                                    bilhõ
                                                                                                                            1.084 bilhões)
                                  4,2                     GO
                                                          2,6              RR
              SC                                                           0,2

              4,0
                                 PE                 AM                MT
                                                    1,5               1,8
                                 2,4
                                                                                 RO
                                                              PI                 0,6
        ES                                   CE               0,6




                                                                                                                                 32
                                                                                                                                 32
                                                                     TO

        2,1               PA                 2,0                    0,4
                                                                                   AC




                                                                                                                                   ,,3
                                                                                                                                     3%
                          1,8                           MA                        0,2
                                                                                                                      RJ




                                                                                                                                       %
                                                        1,2         RN
                                       MS
                    PB
                    0,9                1,1                          0,9
                                                              SE

                                DF
                                                   AL
                                                   07
                                                              0,6    AP
                                                                     0,2                                            10,9%
                                4,1
                                                                                                        PR
  34
  34




                                                                                                        5,9%
    ,,2
      2%%




                                                                                                               MG           RS
                                                                                        65

                                                                                                                           6,7%
                                                                                        65

    Enquanto isto, os outros 22 estados                                                                        8,9%
                                                                                          ,,8
                                                                                            8%%

       concentravam 34,2% apesar de
                      participaçã
                               ção
      terem ganhado participação em
     relaçã
         ção
     relação a 2008 (33,8% em 2008) ,                                                             Em 2009, 1% do PIB era igual a
                              Sã
     quase cabem dentro de São Paulo                                                                    R$ 32,4 bilhões
                                                                                                                bilhõ
Concentração econô
     Concentração econômica: Participação dos estados no PIB
              çã             Participaçã
                                      ção

  1995                                                                                                   2009
SP 37,3 %
                                                                 Outros 22                             SP 33,5 %
                    BA
                               GO
                                                                  30,1%
             SC  1995 RR
                   PE AM MT                                                                 BA
               São Paulo RO                                                                                 GO
                                                                                                                  RR
            ES       CE PI TO
                 37,3%
                PA
                       MA
                              AC                                                  SC      2009
                                                                                           PE    AM              MT
                                     RN
              PB        MS
                        1,1

                              AL
                                   SE AP                                               São Paulo   PI                 RO
                                                                                 ES           CE
                   DF
                                                                                         33,5%
                                                                                        PA                       TO
                                                                                                                      AC
                                                                                                        MA
                                                                                      PB        MS               RN
                                                                                                 1,1
                                                                                                            SE
                                                                                                       AL        AP
                                                                                           DF
      Outros 22                                       BA
                                                                      GO
                                                                            RR
       32,0%                                SC     2002
                                                    PE   AM MT
                                                São Paulo RO
                                           ES          CE PI TO
                                                  34,6%
                                                 PA
                                                         MA
                                                                AC
                                                                                           Outros 22
                                                PB        MS               RN
                                                                                            34,2%
                                                           1,1
                                                                      SE AP
               2002                                              AL
                                                     DF
             SP 34,6 %
1995                2002               2008             2009

                                                         2009/1995

 SP       -2,7       SP                SP                SP
                              -1,5               0,4              -3,8
37,3%               34,6%             33,1%             33,5%


          32 %




                              33 %




                                                33 %




                                                                32 %
            ,6




                                ,4




                                                  ,1




                                                                  ,3
  RJ                  RJ                 RJ               RJ
              0,4              -0,3              -0,4            -0,3
11,2%               11,6%              11,3%            10,9%


  MG     0,0          MG                MG               MG
                            0,7                -0,5               0,2
 8,6%                8,6%              9,3%             8,9%


  RS    0,1           RS                 RS              RS
                          -0,6                 0,1              -0,4
 7,1%                7,1%               6,6%            6,7%

  PR    0,3           PR                 PR               PR    0,2
 5,7%                6,0%   -0,1        5,9%   0,0       5,9%
1995           2002            2008            2009


 SP             SP              SP              SP
                                                         -3,8
37,3%          34,6%           33,1%           33,5%


                  RJ             RJ              RJ     -0,3
  RJ
                11,6%          11,3%           10,9%
11,2%


 MG              MG              MG              MG      0,2
8,6%            8,6%            9,3%            8,9%

  RS             RS              RS              RS
                                                        -0,4
 7,1%           7,1%            6,6%            6,7%

  PR              PR              PR             PR
 5,7%            6,0%            5,9%           5,9%    0,2


69,9%          68,0%            66,2%           65,8%    -4,1
        -1,9            -1,8            -0,4
1995                     2002                       2008                      2009

5 maiores 69,9%   -1,9%   5 maiores 68,0%    -1,8%    5 maiores 66,2%    -0,4%    5 maiores 65,8%   -4,1%

                                    Grupo do 6º ao 8º
   DF 4,4%                 BA 4,1%                      SC 4,1%                  BA 4,2%      6º    0,5%


   BA 3,7%                 DF 3,8%                      BA 4,0%                  DF 4,1%      7º    -0,4%

    SC 3,4%                SC 3,8%                       DF 3,9%                 SC 4,0%      8º    0,6%

                   0,1%                     0,3%                        0,3%
  TOTAL 11,6%             TOTAL 11,7%                TOTAL 12,0%                 TOTAL 12,3%        0,7%

                                  Grupo do 9º ao 12º
    PE 2,3%                  GO 2,5%                  GO 2,5%                    GO 2,6%       9º
                                                                                               9º    0,6%


   GO 2,0%                   PE 2,4%                   PE 2,3%                   PE 2,4%      10º
                                                                                              10º    0,1%

   ES 2,0%                   CE 2,0%                   ES 2,3%                   ES 2,1%      11°
                                                                                              11°    0,1%

   CE 1,9%                   ES 1,8%                   CE 2,0%                   CE 2,0%      12º
                                                                                              12º    0,1%


                  0,4%                      0,4%                        0,1%
 TOTAL 8,3%                TOTAL 8,7%                 TOTAL 9,1%                 TOTAL 9,2%         0,9%
Grupo           1995            2002            2008            2009         Dif 2009 - 1995
            º     º
     Total 1º ao 5º             69,9           68,0           66,2            65,8                (4,1)
            º     º
     Total 6º ao 8º             11,6           11,7           12,0            12,3                0,7
            º      º
     Total 9º ao 12º              8,3             8,7             9,1             9,2             0,9


 1995                    2002                       2008                      2009

                            Grupo do 13º ao 17º

 PA 1,6%                PA 1,7%                                            PA 1,8%       13º
                                                                                         13º      0,2%
                                                   PA 1,9%

AM 1,4%                 AM 1,5%                                            MT 1,8%        14º
                                                                                          14º     0,8%
                                                  MT 1,8%

MT 1,0%                 MT 1,4%                    AM 1,5%                 AM 1,5%        15º
                                                                                          15º     0,1%


MS 0,9%                 MA 1,0%                    MA 1,3%                 MA 1,2%        16º
                                                                                          16º     0,3%


MA 0,9%                 MS 1,0%                    MS 1,1%                 MS 1,1%        17º
                                                                                          17º     0,2%


               0,9%                     0,9%                       -0,1%
TOTAL 5,8%             TOTAL 6,7%              TOTAL 7,6%                  TOTAL 7,5%             1,6%
Grupo            1995                  2002            2008           2009         Dif 2009 - 1995
             º     º
      Total 1º ao 5º                 69,9              68,0             66,2          65,8                (4,1)
             º     º
      Total 6º ao 8º                 11,6              11,7             12,0          12,3                0,7
             º      º
      Total 9º ao 12º                 8,3                  8,7             9,1            9,2             0,9
              º      º
      Total 13º ao 17º                5,8                  6,7             7,6
                                                                           7,3            7,5
                                                                                          7,6             1,6
                                                                                                          1,79


   1995                      2002                                2008                     2009

                                Grupo do 18º ao 23º

 PB 0,73%                 PB 0,84%                         PB 0,85%                                      0,15%
                                                                                 PB 0,89%        18º
                                                                                                 18º

RN 0,70 %                 RN 0,83%                         RN 0,84%              RN 0,86%         19º
                                                                                                  19º    0,16%


 AL 0,66 %                AL 0,66%                         SE 0,64%              AL 0,66%         20º
                                                                                                  20º     0,0%


 SE 0,54%                 SE 0,64%                         AL 0,64%              RO 0,62%        21º
                                                                                                 21º     0,18%



 PI 0,51%                RO 0,53 %                    RO 0,59%                   SE 0,61%        22º
                                                                                                 22º     0,07%


RO 0,44 %                PI 0,50%                      PI 0,55%                   PI 0,59%       23º
                                                                                                 23º      0,08%

               0,41%                        0,12%                       0,11%
TOTAL 3,59%            TOTAL 4,00%                  TOTAL 4,12%                  TOTAL 4,23%            0,64%
Grupo             1995                 2002            2008            2009         Dif 2009 - 1995
             º     º
      Total 1º ao 5º                69,9              68,0            66,2            65,8                (4,1)
             º     º
      Total 6º ao 8º                11,6              11,7            12,0            12,3                0,7
             º      º
      Total 9º ao 12º                8,3                  8,7             9,1             9,2             0,9
              º      º
      Total 13º ao 17º               5,8                  6,7             7,6
                                                                          7,3             7,5
                                                                                          7,6             1,6
                                                                                                          1,79
              º      º
      Total 18º ao 23º               3,6                  4,0             4,1             4,2             0,6

 1995                      2002                             2008                     2009

                               Grupo do 24º ao 27º

TO 0,26 %                TO 0,38 %                   TO 0,43%                     TO 0,45%        24º
                                                                                                  24º     0,19%


 AP 0,21%                AP 0,22%                    AP 0,22%                     AP 0,23%        25º
                                                                                                  25º     0,02%

AC 0,18%                 AC 0,19%                    AC 0,22%                     AC 0,23%        26º
                                                                                                  26º     0,05%


RR 0,14%                 RR 0,16%                    RR 0,16%                     RR 0,17%        27º
                                                                                                  27º     0,03%



TOTAL 0,79%
               0,16%
                        TOTAL 0,95%
                                           0,09%
                                                    TOTAL 1,04%
                                                                          0,04%
                                                                                  TOTAL 1,08%           0,29%
Concentração econômica: Participação dos estados nas atividades (%).
Concentração econô
         çã             Participação
                                 çã
Concentração econômica: Participação dos estados nas atividades (%).
Concentração econô
         çã             Participação
                                 çã
Concentração econômica: Participação dos estados nas atividades (%).
Concentração econô
         çã             Participação
                                 çã
Concentração econômica: Participação dos estados nas atividades (%).
Concentração econô
         çã             Participação
                                 çã

           INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO                  Acum. Acum.
                                                                            Ranking
          Estados                                       95    09
                           1995   2002   2008   2009
 1   São Paulo             48,7   43,5   43,7   43,0    48,7    43,0    1    1         1    1
 2   Minas Gerais           8,5    8,9   10,7    9,6    57,2    52,6    3    3         2    2
 3   Rio Grande do Sul      9,3    9,3    8,0    8,9    66,5    61,5    2    2         3    3
 4   Paraná                 6,0    6,5    6,3    6,7    72,5    68,2    4    4         5    4
 5   Rio de Janeiro         5,9    6,3    6,7    6,6    78,4    74,8    5    5         4    5
 6   Santa Catarina         5,2    5,6    5,8    5,4    83,7    80,2    6    6         6    6
 7   Bahia                  2,6    3,9    3,2    4,2    86,2    84,4    7    7         7    7
 8   Amazonas               2,5    3,1    2,7    2,9    88,7    87,3    8    8         8    8
 9   Goiás                  1,3    1,8    2,1    2,5    90,0    89,8   13    9         9    9
10   Pernambuco             1,8    1,6    1,6    1,6    91,8    91,4    9   12        11   10
11   Ceará                  1,5    1,6    1,5    1,6    93,3    93,0   10   11        12   11
12   Espírito Santo         1,5    1,8    1,6    1,4    94,8    94,4   11   10        10   12
13   Mato Grosso            0,6    0,8    0,9    1,0    95,4    95,4   14   14        14   13
14   Pará                   1,3    1,2    1,3    0,9    96,7    96,3   12   13        13   14
15   Mato Grosso do Sul     0,5    0,5    0,5    0,6    97,2    96,9   15   17        15   15
16   Paraíba                0,4    0,5    0,5    0,6    97,6    97,5   20   16        16   16
17   Distrito Federal       0,4    0,5    0,5    0,5    97,9    98,0   19   19        18   17
18   Rio Grande do Norte    0,3    0,4    0,4    0,4    98,2    98,3   21   21        20   18
19   Alagoas                0,4    0,6    0,4    0,3    98,6    98,7   17   15        19   19
20   Sergipe                0,4    0,5    0,4    0,3    99,1    99,0   16   20        21   20
21   Maranhão               0,4    0,5    0,5    0,3    99,5    99,3   18   18        17   21
22   Piauí                  0,2    0,2    0,2    0,3    99,6    99,6   22   23        22   22
23   Rondônia               0,1    0,2    0,2    0,3    99,8    99,8   23   22        23   23
24   Tocantins              0,0    0,1    0,1    0,1    99,8    99,9   26   24        24   24
25   Amapá                  0,1    0,1    0,0    0,0    99,9    99,9   24   25        26   25
26   Acre                   0,0    0,0    0,0    0,0    99,9   100,0   27   27        25   26
27   Roraima                0,1    0,0    0,0    0,0   100,0   100,0   25   26        27   27
Concentração econômica: Participação dos estados nas atividades (%).
Concentração econô
         çã             Participação
                                 çã

                       SERVIÇOS                     Acum. Acum.
                                                                        Ranking
            Estados         1995 2002 2008    2009   95    09
 1   São Paulo               35,6 34,1 33,4    33,5   35,6  33,5    1    1         1    1
 2   Rio de Janeiro          13,4 13,1 11,6    11,7   49,0  45,2    2    2         2    2
 3   Minas Gerais             7,6  8,1  8,4     8,1   56,6  53,3    3    3         3    3
 4   Rio Grande do Sul        6,4  6,8  6,3     6,1   63,0  59,4    5    4         4    4
 5   Distrito Federal         6,9  5,6  5,7     5,7   69,9  65,2    4    5         6    5
 6   Paraná                   5,6  5,5  5,8     5,7   75,5  70,8    6    6         5    6
 7   Bahia                    3,6  3,8  3,9     4,1   79,1  74,9    7    7         7    7
 8   Santa Catarina           2,9  3,3  3,6     3,5   82,1  78,4    8    8         8    8
 9   Pernambuco               2,5  2,7  2,6     2,6   84,5  81,0    9    9         9    9
10   Goiás                    2,1  2,3  2,4     2,4   86,6  83,4   10   10        10   10
11   Ceará                    2,0  2,1  2,1     2,2   88,6  85,6   11   11        11   11
12   Espírito Santo           1,4  1,6  1,9     1,8   90,0  87,4   12   13        12   12
13   Pará                     1,3  1,6  1,7     1,8   91,3  89,2   13   12        13   13
14   Mato Grosso              1,0  1,2  1,5     1,5   92,3  90,6   15   14        14   14
15   Maranhão                 1,0  1,1  1,2     1,3   93,3  91,9   16   15        15   15
16   Amazonas                 1,1  1,0  1,2     1,2   94,4  93,1   14   16        16   16
17   Mato Grosso do Sul       0,9  1,0  1,1     1,1   95,2  94,2   17   17        17   17
18   Paraíba                  0,8  0,9  1,0     1,0   96,0  95,2   19   18        18   18
19   Rio Grande do Norte      0,8  0,9  0,9     1,0   96,8  96,2   18   19        19   19
20   Alagoas                  0,6  0,7  0,7     0,7   97,4  96,9   20   20        20   20
21   Piauí                    0,6  0,6  0,6     0,7   98,0  97,6   22   22        21   21
22   Sergipe                  0,6  0,6  0,6     0,6   98,6  98,2   21   21        22   22
23   Rondônia                 0,5  0,5  0,6     0,6   99,1  98,8   23   23        23   23
24   Tocantins                0,3  0,3  0,4     0,4   99,4  99,2   24   24        24   24
25   Amapá                    0,3  0,3  0,3     0,3   99,6  99,5   25   25        25   25
26   Acre                     0,2  0,2  0,3     0,3   99,8  99,8   26   26        26   26
27   Roraima                  0,2  0,2  0,2     0,2 100,0 100,0    27   27        27   27
Concentração econômica: Participação dos estados nas atividades (%).
Concentração econô
         çã             Participação
                                 çã

                      COMÉRCIO                     Acum. Acum.
                                                                       Ranking
            Estados        1995 2002 2008    2009   95    09
 1   São Paulo              39,5 34,0 31,2    31,9   39,5  31,9    1    1         1    1
 2   Minas Gerais            8,3  8,5  8,8     8,1   47,8  40,1    3    3         2    2
 3   Paraná                  6,7  8,2  7,7     8,1   54,4  48,2    5    4         5    3
 4   Rio de Janeiro         10,1 10,1  8,3     7,9   64,6  56,1    2    2         3    4
 5   Rio Grande do Sul       6,9  8,1  8,0     7,0   71,5  63,1    4    5         4    5
 6   Santa Catarina          3,7  4,0  5,0     4,9   75,1  68,0    7    6         6    6
 7   Bahia                   3,9  3,9  4,2     4,5   79,0  72,5    6    7         7    7
 8   Goiás                   2,5  2,9  3,1     3,4   81,5  75,8    9    8         8    8
 9   Pernambuco              2,3  2,6  2,5     2,5   83,8  78,3   10   10        10    9
10   Ceará                   2,6  2,6  2,4     2,4   86,4  80,7    8    9        11   10
11   Espírito Santo          1,6  1,7  2,3     2,4   88,0  83,1   11   12        12   11
12   Mato Grosso             1,1  1,4  2,5     2,3   89,1  85,4   15   14         9   12
13   Distrito Federal        1,3  1,8  2,2     2,0   90,4  87,4   14   11        13   13
14   Pará                    1,5  1,6  1,9     1,9   91,9  89,4   12   13        14   14
15   Maranhão                1,0  1,3  1,5     1,7   92,9  91,1   16   15        15   15
16   Amazonas                1,4  1,2  1,3     1,3   94,3  92,3   13   16        16   16
17   Mato Grosso do Sul      1,0  1,1  1,3     1,3   95,4  93,6   17   17        17   17
18   Rio Grande do Norte     0,9  0,8  1,0     1,2   96,2  94,8   18   18        19   18
19   Paraíba                 0,8  0,8  1,0     1,2   97,0  96,0   19   19        18   19
20   Alagoas                 0,5  0,6  0,7     0,9   97,5  96,8   22   22        21   20
21   Piauí                   0,6  0,6  0,7     0,7   98,1  97,6   20   21        20   21
22   Rondônia                0,4  0,4  0,7     0,7   98,6  98,3   23   23        22   22
23   Sergipe                 0,6  0,7  0,6     0,6   99,2  98,9   21   20        23   23
24   Tocantins               0,3  0,3  0,5     0,5   99,4  99,3   24   24        24   24
25   Amapá                   0,2  0,3  0,3     0,3   99,7  99,6   25   25        25   25
26   Acre                    0,2  0,2  0,2     0,2   99,8  99,8   27   26        26   26
27   Roraima                 0,2  0,2  0,1     0,2 100,0 100,0    26   27        27   27
Concentração econômica: Participação dos estados nas atividades (%).
Concentração econô
         çã             Participação
                                 çã

     ADMINISTRAÇAO, SAÚDE E EDUCAÇÃO PÚBLICAS E
                                                   Acum. Acum.
                 SEGURIDADE SOCIAL                                      Ranking
                                                    95    09
             Estados        1995 2002 2008 2009
 1    São Paulo              20,7 19,2 19,0 19,5    20,7    19,5    1    1         1    1
 2    Distrito Federal       15,7 13,7 13,7 14,1    36,5    33,6    2    3         2    2
 3    Rio de Janeiro         14,6 14,4 12,7 12,4    51,0    46,0    3    2         3    3
 4    Minas Gerais            7,3  8,3  8,2  7,8    58,4    53,8    4    4         4    4
 5    Rio Grande do Sul       5,6  5,9  5,7  5,5    64,0    59,3    5    5         5    5
 6    Bahia                   3,8  4,3  4,4  4,5    67,8    63,8    6    6         6    6
 7    Paraná                  3,7  4,1  4,1  4,0    71,5    67,8    7    7         7    7
 8    Pernambuco              3,5  3,6  3,6  3,6    75,0    71,5    8    8         8    8
 9    Ceará                   2,4  2,7  2,9  2,9    77,3    74,4   10   10        10    9
10    Santa Catarina          2,5  2,7  2,9  2,8    79,9    77,2    9    9         9   10
11    Pará                    1,9  2,2  2,3  2,4    81,7    79,6   13   11        12   11
12    Goiás                   2,1  2,2  2,3  2,1    83,8    81,7   11   12        11   12
13    Espírito Santo          2,0  1,6  1,9  1,8    85,7    83,5   12   14        13   13
14    Maranhão                1,4  1,5  1,7  1,8    87,1    85,4   17   16        15   14
15    Paraíba                 1,4  1,6  1,8  1,8    88,5    87,1   16   13        14   15
16    Amazonas                1,4  1,6  1,7  1,6    89,9    88,8   15   15        16   16
17    Mato Grosso             1,5  1,4  1,6  1,5    91,4    90,3   14   18        17   17
18    Rio Grande do Norte     1,4  1,4  1,5  1,5    92,7    91,8   18   17        18   18
19    Mato Grosso do Sul      1,1  1,1  1,4  1,3    93,8    93,2   20   19        19   19
20    Alagoas                 1,0  1,1  1,2  1,2    94,9    94,3   21   21        20   20
21    Rondônia                1,1  1,1  1,1  1,1    96,0    95,5   19   20        21   21
22    Piauí                   1,0  0,9  1,0  1,1    97,0    96,5   22   23        23   22
23    Sergipe                 0,9  1,0  1,1  1,0    98,0    97,5   23   22        22   23
24    Tocantins               0,5  0,6  0,7  0,7    98,4    98,3   26   25        25   24
25    Amapá                   0,7  0,7  0,7  0,7    99,1    99,0   24   24        24   25
26    Roraima                 0,4  0,5  0,5  0,5    99,5    99,5   27   26        26   26
27    Acre                    0,5  0,5  0,5  0,5   100,0   100,0   25   27        27   27
No caso da
  participaçã
           ção
  participação da
   Administraçã
              ção
   Administração
Pública na economia
   dos estados o
 ranking é inverso,
 estados com peso
 menor no PIB tem
       participaçã
                ção.
 maior participação.
Concentração econômica: Participação dos estados nas atividades (%).
Concentração econô
         çã             Participação
                                 çã


INTERMEDIAÇÃO FINANCEIRA, SEGUROS E PREVIDÊNCIA
                                                  Acum. Acum.
     COMPLEMENTAR E SERVIÇOS RELACIONADOS                              Ranking
                                                   95    09
            Estados        1995 2002 2008 2009
 1   São Paulo              50,5 47,7 51,1 50,4    50,5    50,4    1    1         1    1
 2   Rio de Janeiro         11,6 10,9  8,8  9,5    62,2    59,9    2    2         2    2
 3   Minas Gerais            5,0  6,3  6,2  6,6    67,2    66,5    5    4         3    3
 4   Paraná                  4,5  5,4  6,2  5,7    71,7    72,2    6    6         4    4
 5   Rio Grande do Sul       5,7  6,7  5,6  5,7    77,4    77,9    4    3         6    5
 6   Distrito Federal       11,0  5,8  5,8  5,4    88,4    83,2    3    5         5    6
 7   Santa Catarina          1,2  2,6  2,5  2,5    89,6    85,8   10    8         7    7
 8   Bahia                   2,6  2,7  2,2  2,4    92,2    88,2    7    7         8    8
 9   Pernambuco              1,8  1,7  1,7  1,8    94,0    89,9    8   10         9    9
10   Goiás                   1,2  1,5  1,6  1,6    95,1    91,6   11   11        10   10
11   Ceará                   1,3  1,7  1,4  1,5    96,5    93,0    9    9        11   11
12   Espírito Santo          0,5  0,9  1,1  1,1    97,0    94,2   12   12        12   12
13   Mato Grosso             0,5  0,9  0,9  0,8    97,5    95,0   13   13        13   13
14   Pará                    0,4  0,6  0,8  0,8    97,9    95,8   14   15        14   14
15   Mato Grosso do Sul      0,4  0,8  0,7  0,7    98,3    96,5   15   14        15   15
16   Maranhão                0,2  0,5  0,5  0,5    98,5    97,0   18   18        16   16
17   Paraíba                 0,2  0,5  0,4  0,5    98,7    97,5   20   16        18   17
18   Amazonas                0,3  0,4  0,5  0,5    99,0    97,9   17   20        17   18
19   Rio Grande do Norte     0,4  0,5  0,4  0,4    99,3    98,4   16   17        19   19
20   Sergipe                 0,1  0,4  0,4  0,4    99,5    98,7   21   19        20   20
21   Alagoas                 0,2  0,4  0,3  0,3    99,6    99,1   19   21        21   21
22   Piauí                   0,1  0,3  0,3  0,3    99,7    99,4   22   22        22   22
23   Rondônia                0,1  0,2  0,2  0,2    99,8    99,6   23   23        23   23
24   Tocantins               0,1  0,2  0,2  0,2    99,9    99,8   24   24        24   24
25   Acre                    0,0  0,1  0,1  0,1    99,9    99,8   26   25        25   25
26   Roraima                 0,0  0,0  0,1  0,1    99,9    99,9   27   27        26   26
27   Amapá                   0,1  0,1  0,1  0,1   100,0   100,0   25   26        27   27
PIB per capita
    2009
Participação
Participação % das Regiões na População e no PIB 2008/2009
         çã        Regiõ      Populaçã
                                    ção

                   Part.PIB         Part.População      Part PIB/Part Pop
   Regiões
                2008     2009       2008     2009        2008      2009
Norte              5,1       5,0       8,0        8,0     0,64      0,63
Nordeste          13,1      13,5      28,0       28,0     0,47      0,48
Sudeste           56,0      55,3      42,3       42,3     1,32      1,31
Sul               16,6      16,5      14,5       14,5     1,14      1,14
Centro-oeste       9,2       9,6       7,2        7,3     1,28      1,32



  Nas Regiões Sudeste, Sul e Centro-oeste a
  participação na geração do produto (PIB) é
  maior que a parcela da população. Esta razão
  torna seus PIBs per capitas maiores.
  No sentido contrário das regiões norte e
  nordeste.
Participação
Participação % das Regiões na População e no PIB 2008/2009
         çã        Regiõ      Populaçã
                                    ção

                   Part.PIB          Part.População    Part PIB/Part Pop
   Regiões
                2008     2009        2008     2009      2008      2009
Norte             5,1       5,0        8,0       8,0      0,64      0,63
Nordeste         13,1      13,5       28,0      28,0      0,47      0,48
Sudeste          56,0      55,3       42,3      42,3      1,32      1,31
Sul              16,6      16,5       14,5      14,5      1,14      1,14
Centro-oeste      9,2       9,6        7,2       7,3      1,28      1,32


                                    regiã
                                  A região centro-oeste passa a ter o
                                         melhor PIB per capita.

               regiõ
No entanto, as regiões nordeste e centro-
oeste foram as que melhoraram em relação a
                                    relação
                                        çã
média.
PIB per capita 2009 em R$

                         2009       Desvio   Desvio
 Unidade da Federação
                          R$        2008     2009
                                                      Estados
1 Distrito Federal      50.438,46     2,88     2,98    acima
2 São Paulo             26.202,22     1,53     1,55
3 Rio de Janeiro        22.102,98     1,35     1,31      mé
                                                      da média
4 Santa Catarina        21.214,53     1,27     1,25
5 Rio Grande do Sul     19.778,39     1,15     1,17
6 Espírito Santo        19.145,17     1,27     1,13
7 Mato Grosso           19.087,30     1,13     1,13
8 Paraná                17.779,11     1,06     1,05
  BRASIL                16.917,66     1,00     1,00
2009       Desvio   Desvio
             Unidade da Federação
                                      R$        2008     2009

              BRASIL                16.917,66     1,00     1,00
            9 Mato Grosso do Sul    15.406,96     0,89     0,91
           10 Amazonas              14.620,94     0,88     0,86
Estados    11 Goiás                 14.446,68     0,81     0,85
 abaixo    12 Minas Gerais          14.328,62     0,89     0,85
           13 Rondônia              13.455,56     0,75     0,80
   mé
da média   14 Roraima               13.270,47     0,74     0,78
           15 Amapá                 11.816,60     0,69     0,70
           16 Tocantins             11.277,70     0,64     0,67
           17 Acre                  10.687,45     0,62     0,63
           18 Sergipe                9.787,25     0,61     0,58
           19 Bahia                  9.364,71     0,52     0,55
           20 Pernambuco             8.901,93     0,50     0,53
           21 Rio Grande do Norte    8.893,90     0,51     0,53
           22 Pará                   7.859,19     0,50     0,46
           23 Ceará                  7.686,62     0,44     0,45
           24 Paraíba                7.617,71     0,43     0,45
           25 Alagoas                6.728,21     0,39     0,40
           26 Maranhão               6.259,43     0,38     0,37
           27 Piauí                  6.051,10     0,34     0,36
PIB per capita 2009 - Evolução dos Desvios
                            Evoluç

   Desvio 2002               Desvio 2005              Desvio 2007                Desvio 2009
Distrito Federal   3,07   Distrito Federal   2,96   Distrito Federal   2,81   Distrito Federal   2,98
São Paulo          1,58   São Paulo          1,54   São Paulo          1,57   São Paulo          1,55
Rio de Janeiro     1,38   Rio de Janeiro     1,38   Rio de Janeiro     1,33   Rio de Janeiro     1,31
Rio G. do Sul      1,20   Santa Catarina     1,25   Espírito Santo     1,24   Santa Catarina     1,25
Santa Catarina     1,19   Espírito Santo     1,19   Santa Catarina     1,23   Rio G. do Sul      1,17
Paraná             1,07   Rio G. do Sul      1,14   Rio G. do Sul      1,15   Espírito Santo     1,13
                          Paraná             1,06   Paraná             1,09   Mato Grosso        1,13
Espírito Santo     0,99
                                                    Mato Grosso        1,03   Paraná             1,05
Mato Grosso        0,95   Mato Grosso        1,15
Amazonas           0,87   Amazonas           0,89   Amazonas           0,90   Mato G. do Sul     0,91
Goiás              0,84   Minas Gerais       0,86   Minas Gerais       0,87   Amazonas           0,86
Mato G. do Sul     0,84   Mato G. do Sul     0,82   Mato G. do Sul     0,86   Goiás              0,85
Minas Gerais       0,82   Goiás              0,77   Goiás              0,80   Minas Gerais       0,85
Roraima            0,78   Roraima            0,70   Roraima            0,73   Rondônia           0,80
Amapá              0,74   Amapá              0,63   Rondônia           0,71   Roraima            0,78
Rondônia           0,64   Rondônia           0,72   Amapá              0,71   Amapá              0,70
Sergipe            0,60   Sergipe            0,59   Tocantins          0,62   Tocantins          0,67
Acre               0,56   Tocantins          0,60   Acre               0,61   Acre               0,63
Tocantins          0,55   Acre               0,57   Sergipe            0,60   Sergipe            0,58
Bahia              0,54   Bahia              0,56   Bahia              0,54   Bahia              0,55
Pernambuco         0,52   Rio G. do Norte    0,51   Rio G. do Norte    0,53   Pernambuco         0,53
Rio G. do Norte    0,51   Pernambuco         0,51   Pernambuco         0,51   Rio G. do Norte    0,53
Pará               0,47   Pará               0,48   Pará               0,48   Pará               0,46
Ceará              0,45   Ceará              0,43   Ceará              0,43   Ceará              0,45
Paraíba            0,42   Paraíba            0,40   Paraíba            0,42   Paraíba            0,45
Alagoas            0,40   Alagoas            0,40   Alagoas            0,41   Alagoas            0,40
Maranhão           0,31   Maranhão           0,36   Maranhão           0,36   Maranhão           0,37
Piauí              0,30   Piauí              0,32   Piauí              0,32   Piauí              0,36
CONTAS REGIONAIS DO BRASIL - referência 2002
       PRODUTO INTERNO BRUTO PER CAPITA DO BRASIL, POR GRANDES REGIÕES E UNIDADES DA FEDERAÇÃO - 1995 - 2009 - desvio em relação a média
                                                                    Desvio em relação a média
     1995       1996       1997       1998       1999       2000       2001       2002       2003       2004       2005       2006       2007       2008       2009
DF      3,82 DF    3,96 DF    3,79 DF    3,23 DF    2,98 DF    2,96 DF    2,81 DF    3,07 DF    2,98 DF    2,90 DF    2,96 DF    2,96 DF    2,81 DF    2,88 DF    2,98
SP     1,72 SP    1,69 SP    1,65 SP    1,63 SP    1,56 SP     1,54 SP    1,57 SP    1,58 SP    1,56 SP    1,51 SP    1,54 SP    1,54 SP    1,57 SP    1,53 SP    1,55
RJ     1,30 RJ    1,30 RJ    1,41 RJ    1,38 RJ    1,32 RJ     1,38 RJ    1,33 RJ    1,38 RJ    1,32 RJ    1,37 RJ    1,38 RJ    1,39 RJ    1,33 RJ    1,35 RJ    1,31
RS     1,16 RS    1,14 RS    1,16 RS    1,19 SC    1,24 SC     1,25 ES    1,24 RS    1,20 SC    1,24 MT    1,26 SC    1,25 SC    1,23 ES    1,24 SC    1,27 SC    1,25
ES     1,11 SC    1,13 SC    1,11 SC    1,18 RS    1,24 ES     1,19 SC    1,23 SC    1,19 RS    1,24 SC    1,25 ES    1,19 ES    1,20 SC    1,23 ES    1,27 RS    1,17
SC     1,10 ES    1,04 PR    1,06 PR    1,05 PR    1,15 MT     1,15 RS    1,15 PR    1,07 PR    1,15 RS    1,20 MT    1,15 RS    1,13 RS    1,15 RS    1,15 ES    1,13
PR     1,00 PR    1,00 ES    1,02 ES    1,02 MT    1,09 RS     1,14 PR    1,09 ES    0,99 MT    1,09 PR    1,13 RS    1,14 PR    1,04 PR    1,09 MT    1,13 MT    1,13
AM     0,91 AM    0,83 MG    0,80 MT    0,84 ES    0,99 PR     1,06 MT    1,03 MT    0,95 ES    0,99 ES    1,12 PR    1,06 MT    0,97 MT    1,03 PR    1,06 PR    1,05
AP     0,87 MG    0,83 AM    0,80 MS    0,82 MS    0,92 AM     0,89 AM    0,90 AM    0,87 MS    0,92 AM    0,90 AM    0,89 AM    0,93 AM    0,90 MG    0,89 MS    0,91
RR     0,82 AP    0,83 MT    0,79 AM    0,82 AM    0,85 MG     0,86 MG    0,87 GO    0,84 AM    0,85 MS    0,88 MG    0,86 MG    0,87 MG    0,87 MS    0,89 AM    0,86
MG     0,81 MS    0,76 MS    0,78 MG    0,81 GO    0,84 MS     0,82 MS    0,86 MS    0,84 GO    0,84 MG    0,87 MS    0,82 MS    0,83 MS    0,86 AM    0,88 GO    0,85
MS     0,75 RR    0,76 RR    0,78 RR    0,79 MG    0,84 GO     0,77 GO    0,80 MG    0,82 MG    0,84 GO    0,82 GO    0,77 GO    0,78 GO    0,80 GO    0,81 MG    0,85
MT     0,72 MT    0,74 AP    0,72 GO    0,77 RR    0,78 RO     0,72 RR    0,73 RR    0,78 RR    0,78 RR    0,69 RO    0,72 RR    0,72 RR    0,73 RO    0,75 RO    0,80
GO     0,72 GO    0,73 GO    0,71 AP    0,73 RO    0,69 RR     0,70 RO    0,71 AP    0,74 RO    0,69 RO    0,67 RR    0,70 AP    0,67 RO    0,71 RR    0,74 RR    0,78
AC     0,57 RO    0,60 RO    0,63 RO    0,61 AP    0,65 AP     0,63 AP    0,71 RO    0,64 AP    0,65 AP    0,66 AP    0,63 RO    0,66 AP    0,71 AP    0,69 AP    0,70
RO     0,56 SE    0,55 SE    0,53 SE    0,58 TO    0,61 TO     0,60 TO    0,62 SE    0,60 TO    0,61 TO    0,61 TO    0,60 SE    0,60 TO    0,62 TO    0,64 TO    0,67
SE     0,52 AC    0,52 AC    0,53 AC    0,56 SE    0,60 SE     0,59 AC    0,61 AC    0,56 SE    0,60 SE    0,59 SE    0,59 TO    0,57 AC    0,61 AC    0,62 AC    0,63
PE     0,48 BA    0,50 BA    0,51 TO    0,54 AC    0,56 AC     0,57 SE    0,60 TO    0,55 AC    0,56 AC    0,58 AC    0,57 AC    0,55 SE    0,60 SE    0,61 SE    0,58
BA     0,48 PE    0,50 PE    0,50 BA    0,51 BA    0,53 BA     0,56 BA    0,54 BA    0,54 BA    0,53 BA    0,54 BA    0,56 BA    0,55 BA    0,54 BA    0,52 BA    0,55
CE     0,45 RN    0,46 RN    0,47 PE    0,50 PE    0,50 RN     0,51 RN    0,53 PE    0,52 PE    0,50 PE    0,49 RN    0,51 RN    0,53 RN    0,53 RN    0,51 PE    0,53
PA     0,44 CE    0,45 CE    0,45 RN    0,49 RN    0,49 PE     0,51 PE    0,51 RN    0,51 RN    0,49 RN    0,49 PE    0,51 PE    0,51 PE    0,51 PE    0,50 RN    0,53
RN     0,43 PA    0,43 PA    0,43 PA    0,46 PA    0,47 PA     0,48 PA    0,48 PA    0,47 PA    0,47 PA    0,49 PA    0,48 PA    0,49 PA    0,48 PA    0,50 PA    0,46
TO     0,40 AL    0,40 TO    0,42 CE    0,43 CE    0,44 CE     0,43 CE    0,43 CE    0,45 CE    0,44 CE    0,43 CE    0,43 CE    0,44 CE    0,43 CE    0,44 CE    0,45
AL     0,39 TO    0,39 AL    0,39 PB    0,42 PB    0,42 PB     0,40 PB    0,42 PB    0,42 PB    0,42 AL    0,40 PB    0,40 PB    0,43 PB    0,42 PB    0,43 PB    0,45
PB     0,35 PB    0,37 PB    0,39 AL    0,39 AL    0,40 AL     0,40 AL    0,41 AL    0,40 AL    0,40 PB    0,39 AL    0,40 AL    0,41 AL    0,41 AL    0,39 AL    0,40
PI     0,30 PI    0,30 PI    0,30 MA    0,31 MA    0,33 MA     0,36 MA    0,36 MA    0,31 MA    0,33 MA    0,34 MA    0,36 MA    0,36 MA    0,36 MA    0,38 MA    0,37
MA     0,27 MA    0,30 MA    0,29 PI    0,30 PI    0,31 PI     0,32 PI    0,32 PI    0,30 PI    0,31 PI    0,31 PI    0,32 PI    0,33 PI    0,32 PI    0,34 PI    0,36
Crescimento em Volume
   Acumulado do PIB
    1995 - 2009
Crescimento em volume acumulado do PIB em % 1995-2009

                           Crescimento                      Crescimento                      Crescimento
Ordem       1995/2002      em Volume         2002/2009      em Volume         1995/2009      em Volume     Ordem
                            acumulado                        acumulado                        acumulado

 1º       Mato Grosso        56,4           Tocantins         52,6          Mato Grosso       135,3         1º
 2º        Amazonas          43,6          Mato Grosso        50,4           Amazonas         100,8         2º
 3º          Amapá           34,7             Amapá           47,4             Amapá           98,5         3º
 4º         Roraima          32,8              Piauí          46,4            Roraima          85,8         4º
 5º      Espírito Santo      30,4              Acre           45,7           Tocantins         85,7         5º
 6º           Goiás          26,6           Rondônia          45,6           Rondônia          83,8         6º
 7º        Rondônia          26,2           Maranhão          43,4              Acre           81,0         7º
 8º     Distrito Federal     25,1            Roraima          39,9              Goiás          71,5         8º
 9º     Rio G. do Norte      24,5           Amazonas          39,8         Espírito Santo      69,9         9º
10º     Mato G. do Sul       24,2            Sergipe          37,1        Distrito Federal     69,1        10º
11º           Acre           24,2             Goiás           35,4              Piauí          67,1        11º
12º          Paraná          23,8        Distrito Federal     35,1           Maranhão          64,4        12º
13º        Tocantins         21,7             Ceará           32,9            Sergipe          63,8        13º
14º     Santa Catarina       20,8              Bahia          32,7        Mato G. do Sul       63,7        14º
15º           Pará           20,7              Pará           32,2              Pará           59,6        15º
16º         Sergipe          19,5        Mato G. do Sul       31,9        Rio G. do Norte      55,1        16º
17º         Paraíba          17,1            Paraíba          31,6            Paraíba          54,2        17º
18º      Minas Gerais        16,1         Espírito Santo      30,3              Bahia          54,0        18º
19º           Bahia          16,0          Pernambuco         29,2             Paraná          52,1        19º
20º      Rio G. do Sul       15,0           São Paulo         28,4             Ceará           49,9        20º
              Brasil         14,9              Brasil         27,5        Santa Catarina       49,1        21º
21º        Maranhão          14,6            Alagoas          25,7          Pernambuco         48,0        22º
22º       Pernambuco         14,5        Rio G. do Norte      24,6              Brasil         46,5
Crescimento em volume acumulado do PIB em % 1995-2009

                           Crescimento                      Crescimento                      Crescimento
Ordem       1995/2002      em Volume         2002/2009      em Volume         1995/2009      em Volume     Ordem
                            acumulado                        acumulado                        acumulado

 1º       Mato Grosso        56,4           Tocantins         52,6          Mato Grosso       135,3         1º
 2º        Amazonas          43,6          Mato Grosso        50,4           Amazonas         100,8         2º
 3º          Amapá           34,7             Amapá           47,4             Amapá           98,5         3º
 4º
 5º
            Roraima
         Espírito Santo       Todos os estados
                             32,8
                             30,4
                                               Piauí
                                               Acre
                                                              46,4
                                                              45,7
                                                                              Roraima
                                                                             Tocantins
                                                                                               85,8
                                                                                               85,7
                                                                                                            4º
                                                                                                            5º
 6º
 7º
              Goiás
           Rondônia
                             26,6
                             26,2 regiã
                               da região norte
                                            Rondônia
                                            Maranhão
                                                              45,6
                                                              43,4
                                                                             Rondônia
                                                                                Acre
                                                                                               83,8
                                                                                               81,0
                                                                                                            6º
                                                                                                            7º
 8º
 9º
        Distrito Federal
        Rio G. do Norte       crescem acima da
                             25,1
                             24,5
                                             Roraima
                                            Amazonas
                                                              39,9
                                                              39,8
                                                                                Goiás
                                                                           Espírito Santo
                                                                                               71,5
                                                                                               69,9
                                                                                                            8º
                                                                                                            9º
10º     Mato G. do Sul       24,2            Sergipe          37,1        Distrito Federal     69,1        10º
11º           Acre           24,2 média em    Goiás           35,4              Piauí          67,1        11º
12º          Paraná          23,8        Distrito Federal     35,1           Maranhão          64,4        12º
13º        Tocantins          qualquer que seja
                             21,7             Ceará           32,9            Sergipe          63,8        13º
14º     Santa Catarina       20,8              Bahia          32,7        Mato G. do Sul       63,7        14º
15º           Pará           20,7   perí
                                  o período    Pará           32,2              Pará           59,6        15º
16º         Sergipe          19,5        Mato G. do Sul       31,9        Rio G. do Norte      55,1        16º
17º         Paraíba          17,1 analisado  Paraíba          31,6            Paraíba          54,2        17º
18º      Minas Gerais        16,1         Espírito Santo      30,3              Bahia          54,0        18º
19º           Bahia          16,0          Pernambuco         29,2             Paraná          52,1        19º
20º      Rio G. do Sul       15,0           São Paulo         28,4             Ceará           49,9        20º
              Brasil         14,9              Brasil         27,5        Santa Catarina       49,1        21º
21º        Maranhão          14,6            Alagoas          25,7          Pernambuco         48,0        22º
22º       Pernambuco         14,5        Rio G. do Norte      24,6              Brasil         46,5
Crescimento em volume acumulado do PIB em % 1995-2009

                           Crescimento                      Crescimento                      Crescimento
Ordem       1995/2002      em Volume         2002/2009      em Volume         1995/2009      em Volume     Ordem
                            acumulado                        acumulado                        acumulado

 1º       Mato Grosso        56,4           Tocantins         52,6          Mato Grosso       135,3         1º
 2º        Amazonas          43,6          Mato Grosso        50,4           Amazonas         100,8         2º
 3º          Amapá           34,7             Amapá           47,4             Amapá           98,5         3º
 4º         Roraima          32,8              Piauí          46,4            Roraima          85,8         4º
 5º      Espírito Santo      30,4              Acre           45,7           Tocantins         85,7         5º
 6º           Goiás          26,6           Rondônia          45,6           Rondônia          83,8         6º
 7º        Rondônia          26,2           Maranhão          43,4              Acre           81,0         7º
 8º     Distrito Federal     25,1            Roraima          39,9              Goiás          71,5         8º
 9º     Rio G. do Norte      24,5           Amazonas          39,8         Espírito Santo      69,9         9º
10º     Mato G. do Sul       24,2            Sergipe          37,1        Distrito Federal     69,1        10º
11º           Acre           24,2             Goiás           35,4              Piauí          67,1        11º
12º          Paraná          23,8        Distrito Federal     35,1           Maranhão          64,4        12º
13º        Tocantins         21,7             Ceará           32,9            Sergipe          63,8        13º
14º     Santa Catarina       20,8              Bahia          32,7        Mato G. do Sul       63,7        14º
15º           Pará           20,7              Pará           32,2              Pará           59,6        15º
16º         Sergipe          19,5        Mato G. do Sul       31,9        Rio G. do Norte      55,1        16º
17º         Paraíba          17,1            Paraíba          31,6            Paraíba          54,2        17º
18º      Minas Gerais        16,1         Espírito Santo      30,3              Bahia          54,0        18º
19º           Bahia          16,0          Pernambuco         29,2             Paraná          52,1        19º
20º      Rio G. do Sul       15,0           São Paulo         28,4             Ceará           49,9        20º
              Brasil         14,9              Brasil         27,5        Santa Catarina       49,1        21º
21º        Maranhão          14,6            Alagoas          25,7          Pernambuco         48,0        22º
22º       Pernambuco         14,5        Rio G. do Norte      24,6              Brasil         46,5
Crescimento em volume acumulado do PIB em % 1995-2009

                           Crescimento                      Crescimento                      Crescimento
Ordem       1995/2002      em Volume         2002/2009      em Volume         1995/2009      em Volume     Ordem
                            acumulado                        acumulado                        acumulado

 1º       Mato Grosso        56,4           Tocantins         52,6          Mato Grosso       135,3         1º
 2ºEntre 1995 e 2002, apenas 4 estados
           Amazonas          43,6          Mato Grosso        50,4           Amazonas         100,8         2º
 3º          Amapá           34,7             Amapá           47,4             Amapá           98,5         3º
 4º    regiã           tê
   da região nordeste têm desempenho
            Roraima          32,8              Piauí          46,4            Roraima          85,8         4º
 5º      Espírito Santo      30,4              Acre           45,7           Tocantins         85,7         5º
 6º           mé             26,6   sé
   acima da média. No entanto, na série
              Goiás                         Rondônia          45,6           Rondônia          83,8         6º
 7º
 8º
   de crescimento acumulado a partir de
           Rondônia
        Distrito Federal
                             26,2
                             25,1
                                            Maranhão
                                             Roraima
                                                              43,4
                                                              39,9
                                                                                Acre
                                                                                Goiás
                                                                                               81,0
                                                                                               71,5
                                                                                                            7º
                                                                                                            8º
  2002, apenas Alagoas e Rio G. do norte
 9º
10º
        Rio G. do Norte
        Mato G. do Sul
                             24,5
                             24,2
                                            Amazonas
                                             Sergipe
                                                              39,8
                                                              37,1
                                                                           Espírito Santo
                                                                          Distrito Federal
                                                                                               69,9
                                                                                               69,1
                                                                                                            9º
                                                                                                           10º
11º                    mé    24,2 sé
   crescem abaixo da média. Na série a
              Acre                            Goiás           35,4              Piauí          67,1        11º
12º          Paraná          23,8        Distrito Federal     35,1           Maranhão          64,4        12º
                  até      só21,7      nã
  partir de 1995 até 2009 só Alagoas não
13º        Tocantins                          Ceará           32,9            Sergipe          63,8        13º
14º     Santa Catarina       20,8              Bahia          32,7        Mato G. do Sul       63,7        14º
15º           Pará
                           mé
           cresce acima da média.
                             20,7              Pará           32,2              Pará           59,6        15º
16º         Sergipe          19,5        Mato G. do Sul       31,9        Rio G. do Norte      55,1        16º
17º         Paraíba          17,1            Paraíba          31,6            Paraíba          54,2        17º
18º      Minas Gerais        16,1         Espírito Santo      30,3              Bahia          54,0        18º
19º           Bahia          16,0          Pernambuco         29,2             Paraná          52,1        19º
20º      Rio G. do Sul       15,0           São Paulo         28,4             Ceará           49,9        20º
              Brasil         14,9              Brasil         27,5        Santa Catarina       49,1        21º
21º        Maranhão          14,6            Alagoas          25,7          Pernambuco         48,0        22º
22º       Pernambuco         14,5        Rio G. do Norte      24,6              Brasil         46,5
Crescimento em volume acumulado do PIB em % 1995-2009

                           Crescimento                      Crescimento                      Crescimento
Ordem       1995/2002      em Volume         2002/2009      em Volume         1995/2009      em Volume     Ordem
                            acumulado                        acumulado                        acumulado

 1º       Mato Grosso        56,4           Tocantins         52,6          Mato Grosso       135,3         1º
 2º        Amazonas          43,6          Mato Grosso        50,4           Amazonas         100,8         2º
 3º          Amapá           34,7             Amapá           47,4             Amapá           98,5         3º
 4º         Roraima          32,8              Piauí          46,4            Roraima          85,8         4º
 5º      Espírito Santo      30,4              Acre           45,7           Tocantins         85,7         5º
 6º           Goiás          26,6           Rondônia          45,6           Rondônia          83,8         6º
 7º        Rondônia          26,2           Maranhão          43,4              Acre           81,0         7º
 8º     Distrito Federal     25,1            Roraima          39,9              Goiás          71,5         8º
 9º     Rio G. do Norte      24,5           Amazonas          39,8         Espírito Santo      69,9         9º
10º     Mato G. do Sul       24,2            Sergipe          37,1        Distrito Federal     69,1        10º
11º           Acre           24,2             Goiás           35,4              Piauí          67,1        11º
12º          Paraná          23,8        Distrito Federal     35,1           Maranhão          64,4        12º
13º        Tocantins         21,7             Ceará           32,9            Sergipe          63,8        13º
14º     Santa Catarina       20,8              Bahia          32,7        Mato G. do Sul       63,7        14º
15º           Pará           20,7              Pará           32,2              Pará           59,6        15º
16º         Sergipe          19,5        Mato G. do Sul       31,9        Rio G. do Norte      55,1        16º
17º         Paraíba          17,1            Paraíba          31,6            Paraíba          54,2        17º
18º      Minas Gerais        16,1         Espírito Santo      30,3              Bahia          54,0        18º
19º           Bahia          16,0          Pernambuco         29,2             Paraná          52,1        19º
20º      Rio G. do Sul       15,0           São Paulo         28,4             Ceará           49,9        20º
              Brasil         14,9              Brasil         27,5        Santa Catarina       49,1        21º
21º        Maranhão          14,6            Alagoas          25,7          Pernambuco         48,0        22º
22º       Pernambuco         14,5        Rio G. do Norte      24,6              Brasil         46,5
Crescimento em volume acumulado do PIB em % 1995-2009

                           Crescimento                      Crescimento                      Crescimento
Ordem       1995/2002      em Volume         2002/2009      em Volume         1995/2009      em Volume     Ordem
                            acumulado                        acumulado                        acumulado

 1º       Mato Grosso        56,4           Tocantins         52,6          Mato Grosso       135,3         1º
 2º        Amazonas          43,6          Mato Grosso        50,4           Amazonas         100,8         2º
 3º          Amapá           34,7             Amapá           47,4             Amapá           98,5         3º
 4º                      regiã
                             32,8  tê
          Os estados da região Sul têm melhor
            Roraima                            Piauí          46,4            Roraima          85,8         4º
 5º      Espírito Santo      30,4              Acre           45,7           Tocantins         85,7         5º
 6º           Goiás         sé
           desempenho na série entre 1995 e
                             26,6           Rondônia          45,6           Rondônia          83,8         6º
 7º        Rondônia          26,2           Maranhão          43,4              Acre           81,0         7º
 8º
           2002. Nos anos entre 2002 e 2009
        Distrito Federal     25,1            Roraima          39,9              Goiás          71,5         8º
 9º
10º
         todos os estados cresceram abaixo da
        Rio G. do Norte
        Mato G. do Sul
                             24,5
                             24,2
                                            Amazonas
                                             Sergipe
                                                              39,8
                                                              37,1
                                                                           Espírito Santo
                                                                          Distrito Federal
                                                                                               69,9
                                                                                               69,1
                                                                                                            9º
                                                                                                           10º
11º      média. Na série 1995-2009 apenas RS
            dia. 
              Acre  sé       24,2             Goiás           35,4              Piauí          67,1        11º
12º          Paraná          23,8        Distrito Federal     35,1           Maranhão          64,4        12º
13º        Tocantins         21,7 mé
                 cresce abaixo da média.      Ceará           32,9            Sergipe          63,8        13º
14º     Santa Catarina       20,8              Bahia          32,7        Mato G. do Sul       63,7        14º
15º           Pará           20,7              Pará           32,2              Pará           59,6        15º
16º         Sergipe          19,5        Mato G. do Sul       31,9        Rio G. do Norte      55,1        16º
17º         Paraíba          17,1            Paraíba          31,6            Paraíba          54,2        17º
18º      Minas Gerais        16,1         Espírito Santo      30,3              Bahia          54,0        18º
19º           Bahia          16,0          Pernambuco         29,2             Paraná          52,1        19º
20º      Rio G. do Sul       15,0           São Paulo         28,4             Ceará           49,9        20º
              Brasil         14,9              Brasil         27,5        Santa Catarina       49,1        21º
21º        Maranhão          14,6            Alagoas          25,7          Pernambuco         48,0        22º
22º       Pernambuco         14,5        Rio G. do Norte      24,6              Brasil         46,5
Crescimento em volume acumulado do PIB em % 1995-2009

                           Crescimento                      Crescimento                      Crescimento
Ordem       1995/2002      em Volume         2002/2009      em Volume         1995/2009      em Volume     Ordem
                            acumulado                        acumulado                        acumulado

 1º       Mato Grosso        56,4           Tocantins         52,6          Mato Grosso       135,3         1º
 2º        Amazonas          43,6          Mato Grosso        50,4           Amazonas         100,8         2º
 3º          Amapá           34,7             Amapá           47,4             Amapá           98,5         3º
 4º         Roraima          32,8              Piauí          46,4            Roraima          85,8         4º
 5º      Espírito Santo      30,4              Acre           45,7           Tocantins         85,7         5º
 6º           Goiás          26,6           Rondônia          45,6           Rondônia          83,8         6º
 7º        Rondônia          26,2           Maranhão          43,4              Acre           81,0         7º
 8º     Distrito Federal     25,1            Roraima          39,9              Goiás          71,5         8º
 9º     Rio G. do Norte      24,5           Amazonas          39,8         Espírito Santo      69,9         9º
10º     Mato G. do Sul       24,2            Sergipe          37,1        Distrito Federal     69,1        10º
11º           Acre           24,2             Goiás           35,4              Piauí          67,1        11º
12º          Paraná          23,8        Distrito Federal     35,1           Maranhão          64,4        12º
13º        Tocantins         21,7             Ceará           32,9            Sergipe          63,8        13º
14º     Santa Catarina       20,8              Bahia          32,7        Mato G. do Sul       63,7        14º
15º           Pará           20,7              Pará           32,2              Pará           59,6        15º
16º         Sergipe          19,5        Mato G. do Sul       31,9        Rio G. do Norte      55,1        16º
17º         Paraíba          17,1            Paraíba          31,6            Paraíba          54,2        17º
18º      Minas Gerais        16,1         Espírito Santo      30,3              Bahia          54,0        18º
19º           Bahia          16,0          Pernambuco         29,2             Paraná          52,1        19º
20º      Rio G. do Sul       15,0           São Paulo         28,4             Ceará           49,9        20º
              Brasil         14,9              Brasil         27,5        Santa Catarina       49,1        21º
21º        Maranhão          14,6            Alagoas          25,7          Pernambuco         48,0        22º
22º       Pernambuco         14,5        Rio G. do Norte      24,6              Brasil         46,5
Apresentação pi bs regionais 2009 ibge
Apresentação pi bs regionais 2009 ibge
Apresentação pi bs regionais 2009 ibge

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação teleconferência 200910
Apresentação teleconferência 200910Apresentação teleconferência 200910
Apresentação teleconferência 200910
Tereosri
 
Economia brasileira-em-perpectiva-mar-abr12-alterado
Economia brasileira-em-perpectiva-mar-abr12-alteradoEconomia brasileira-em-perpectiva-mar-abr12-alterado
Economia brasileira-em-perpectiva-mar-abr12-alterado
Jose Aldemir Freire
 
Projeto prda art territ prod
Projeto prda   art territ prodProjeto prda   art territ prod
Projeto prda art territ prod
ws_mathues
 
Release ls 2 t08 final
Release ls 2 t08 finalRelease ls 2 t08 final
Release ls 2 t08 final
Embraer RI
 

Mais procurados (11)

Apresentação teleconferência 200910
Apresentação teleconferência 200910Apresentação teleconferência 200910
Apresentação teleconferência 200910
 
Economia brasileira-em-perpectiva-mar-abr12-alterado
Economia brasileira-em-perpectiva-mar-abr12-alteradoEconomia brasileira-em-perpectiva-mar-abr12-alterado
Economia brasileira-em-perpectiva-mar-abr12-alterado
 
Projeto prda art territ prod
Projeto prda   art territ prodProjeto prda   art territ prod
Projeto prda art territ prod
 
Release ls 2 t08 final
Release ls 2 t08 finalRelease ls 2 t08 final
Release ls 2 t08 final
 
02. panorama comex mg fev2012
02. panorama comex mg fev201202. panorama comex mg fev2012
02. panorama comex mg fev2012
 
Análise da arrecadação do icms 2007 2012
Análise da arrecadação do icms 2007   2012Análise da arrecadação do icms 2007   2012
Análise da arrecadação do icms 2007 2012
 
Release 3T01
Release 3T01Release 3T01
Release 3T01
 
Proposta parcelamento de nova gleba do PA Zumbi dos Palmares, Iaras, SP (INCR...
Proposta parcelamento de nova gleba do PA Zumbi dos Palmares, Iaras, SP (INCR...Proposta parcelamento de nova gleba do PA Zumbi dos Palmares, Iaras, SP (INCR...
Proposta parcelamento de nova gleba do PA Zumbi dos Palmares, Iaras, SP (INCR...
 
Indicadores da Economia Brasileira: Confiança e Expectativas
Indicadores da Economia Brasileira: Confiança e ExpectativasIndicadores da Economia Brasileira: Confiança e Expectativas
Indicadores da Economia Brasileira: Confiança e Expectativas
 
1 t2007
1 t20071 t2007
1 t2007
 
Relatório Coronavírus - 7 de maio
Relatório Coronavírus - 7 de maioRelatório Coronavírus - 7 de maio
Relatório Coronavírus - 7 de maio
 

Semelhante a Apresentação pi bs regionais 2009 ibge

Minerva Er 2 T09 Port
Minerva Er 2 T09 PortMinerva Er 2 T09 Port
Minerva Er 2 T09 Port
OrlandoNeto
 
Tereos apresentacao 1_t14_port
Tereos apresentacao 1_t14_portTereos apresentacao 1_t14_port
Tereos apresentacao 1_t14_port
Tereosri
 
Apresentação Abiquim
Apresentação AbiquimApresentação Abiquim
Apresentação Abiquim
FatoseDados
 
IV BTG Pactual Utilities Day CPFL Energia
IV BTG Pactual Utilities Day CPFL EnergiaIV BTG Pactual Utilities Day CPFL Energia
IV BTG Pactual Utilities Day CPFL Energia
CPFL RI
 

Semelhante a Apresentação pi bs regionais 2009 ibge (20)

Ministro Guido
Ministro GuidoMinistro Guido
Ministro Guido
 
Construindo as condições para a retomada do crescimento
Construindo as condições para a retomada do crescimentoConstruindo as condições para a retomada do crescimento
Construindo as condições para a retomada do crescimento
 
Minerva Er 2 T09 Port
Minerva Er 2 T09 PortMinerva Er 2 T09 Port
Minerva Er 2 T09 Port
 
Visao 65
Visao 65Visao 65
Visao 65
 
Iochpe-Maxion - Apresentação dos Resultados 2T09
Iochpe-Maxion - Apresentação dos Resultados 2T09Iochpe-Maxion - Apresentação dos Resultados 2T09
Iochpe-Maxion - Apresentação dos Resultados 2T09
 
Economia Brasileira - Indicadores de Performance Macroeconômica e Perpectivas...
Economia Brasileira - Indicadores de Performance Macroeconômica e Perpectivas...Economia Brasileira - Indicadores de Performance Macroeconômica e Perpectivas...
Economia Brasileira - Indicadores de Performance Macroeconômica e Perpectivas...
 
Tereos apresentacao 1_t14_port
Tereos apresentacao 1_t14_portTereos apresentacao 1_t14_port
Tereos apresentacao 1_t14_port
 
PIB TRIMESTRAL RS 2° trim. 2015
PIB TRIMESTRAL RS 2° trim. 2015PIB TRIMESTRAL RS 2° trim. 2015
PIB TRIMESTRAL RS 2° trim. 2015
 
Ine 18 jan2012
Ine 18 jan2012Ine 18 jan2012
Ine 18 jan2012
 
XIII Análise Ceplan
XIII Análise CeplanXIII Análise Ceplan
XIII Análise Ceplan
 
Fato Relevante: Plano de Negocios e Gestao - 2013-2017
Fato Relevante: Plano de Negocios e Gestao - 2013-2017Fato Relevante: Plano de Negocios e Gestao - 2013-2017
Fato Relevante: Plano de Negocios e Gestao - 2013-2017
 
Corecon
CoreconCorecon
Corecon
 
Indústria do Rio Grande do Sul: morte anunciada?
Indústria do Rio Grande do Sul: morte anunciada?Indústria do Rio Grande do Sul: morte anunciada?
Indústria do Rio Grande do Sul: morte anunciada?
 
Finanças, laudo iochpe trabalho final - cipolla, ebara e gimba
Finanças, laudo iochpe   trabalho final - cipolla, ebara e gimbaFinanças, laudo iochpe   trabalho final - cipolla, ebara e gimba
Finanças, laudo iochpe trabalho final - cipolla, ebara e gimba
 
A ECONOMIA EM ÉPOCA DE CRISE: Desafios e Propostas
A ECONOMIA EM ÉPOCA DE CRISE: Desafios e Propostas A ECONOMIA EM ÉPOCA DE CRISE: Desafios e Propostas
A ECONOMIA EM ÉPOCA DE CRISE: Desafios e Propostas
 
Apresentação Abiquim
Apresentação AbiquimApresentação Abiquim
Apresentação Abiquim
 
Emprego e Renda no Brasil Pós Crise
Emprego e Renda no Brasil Pós CriseEmprego e Renda no Brasil Pós Crise
Emprego e Renda no Brasil Pós Crise
 
IV BTG Pactual Utilities Day CPFL Energia
IV BTG Pactual Utilities Day CPFL EnergiaIV BTG Pactual Utilities Day CPFL Energia
IV BTG Pactual Utilities Day CPFL Energia
 
IV BTG Pactual Utilities Day - CPFL Energia
IV BTG Pactual Utilities Day - CPFL EnergiaIV BTG Pactual Utilities Day - CPFL Energia
IV BTG Pactual Utilities Day - CPFL Energia
 
Economia Brasileira em Perspectiva | 17ª Edição (Dez/2012)
Economia Brasileira em Perspectiva | 17ª Edição (Dez/2012)Economia Brasileira em Perspectiva | 17ª Edição (Dez/2012)
Economia Brasileira em Perspectiva | 17ª Edição (Dez/2012)
 

Mais de Jose Aldemir Freire

Síntese de indicadores sociais 2013
Síntese de indicadores sociais 2013Síntese de indicadores sociais 2013
Síntese de indicadores sociais 2013
Jose Aldemir Freire
 
Joacir 2013 palestra agricultura familiar no vale do açu rn
Joacir 2013 palestra agricultura familiar no vale do açu rnJoacir 2013 palestra agricultura familiar no vale do açu rn
Joacir 2013 palestra agricultura familiar no vale do açu rn
Jose Aldemir Freire
 
Brasil produção industrial junho 2013 ibge
Brasil produção industrial  junho 2013 ibgeBrasil produção industrial  junho 2013 ibge
Brasil produção industrial junho 2013 ibge
Jose Aldemir Freire
 
Perspectivas das Economias Mundial e Brasileira
Perspectivas das Economias Mundial e BrasileiraPerspectivas das Economias Mundial e Brasileira
Perspectivas das Economias Mundial e Brasileira
Jose Aldemir Freire
 
Apresentação tic 160513 às 1933 [modo de compatibilidade]
Apresentação tic 160513 às 1933 [modo de compatibilidade]Apresentação tic 160513 às 1933 [modo de compatibilidade]
Apresentação tic 160513 às 1933 [modo de compatibilidade]
Jose Aldemir Freire
 
Levantamento sistemático da produção agrícola janeiro 2013
Levantamento sistemático da produção agrícola   janeiro 2013Levantamento sistemático da produção agrícola   janeiro 2013
Levantamento sistemático da produção agrícola janeiro 2013
Jose Aldemir Freire
 

Mais de Jose Aldemir Freire (20)

Pnad contínua mensal brasil
Pnad contínua mensal   brasilPnad contínua mensal   brasil
Pnad contínua mensal brasil
 
ESTRUTURA AGRÁRIA E DESIGUALDADES INTERNAS NA AGRICULTURA FAMILIAR BRASILEIRA
ESTRUTURA AGRÁRIA E DESIGUALDADES INTERNAS NA AGRICULTURA FAMILIAR BRASILEIRA ESTRUTURA AGRÁRIA E DESIGUALDADES INTERNAS NA AGRICULTURA FAMILIAR BRASILEIRA
ESTRUTURA AGRÁRIA E DESIGUALDADES INTERNAS NA AGRICULTURA FAMILIAR BRASILEIRA
 
Brasil PIB 4 tri 2013
Brasil PIB 4 tri 2013Brasil PIB 4 tri 2013
Brasil PIB 4 tri 2013
 
Síntese de indicadores sociais 2013
Síntese de indicadores sociais 2013Síntese de indicadores sociais 2013
Síntese de indicadores sociais 2013
 
Joacir 2013 palestra agricultura familiar no vale do açu rn
Joacir 2013 palestra agricultura familiar no vale do açu rnJoacir 2013 palestra agricultura familiar no vale do açu rn
Joacir 2013 palestra agricultura familiar no vale do açu rn
 
Pib trimestral 2013 2
Pib trimestral 2013 2Pib trimestral 2013 2
Pib trimestral 2013 2
 
Avaliação microcrédito rural no Nordeste - Prof Joacir Aquino
Avaliação microcrédito rural no Nordeste - Prof Joacir AquinoAvaliação microcrédito rural no Nordeste - Prof Joacir Aquino
Avaliação microcrédito rural no Nordeste - Prof Joacir Aquino
 
Brasil produção industrial junho 2013 ibge
Brasil produção industrial  junho 2013 ibgeBrasil produção industrial  junho 2013 ibge
Brasil produção industrial junho 2013 ibge
 
Financiamento agricultura brasileira prof joacir aquino sober 2013
Financiamento agricultura brasileira prof joacir aquino sober 2013Financiamento agricultura brasileira prof joacir aquino sober 2013
Financiamento agricultura brasileira prof joacir aquino sober 2013
 
Perspectivas das Economias Mundial e Brasileira
Perspectivas das Economias Mundial e BrasileiraPerspectivas das Economias Mundial e Brasileira
Perspectivas das Economias Mundial e Brasileira
 
Pim pf abril 2013
Pim pf abril 2013Pim pf abril 2013
Pim pf abril 2013
 
Apresentação tic 160513 às 1933 [modo de compatibilidade]
Apresentação tic 160513 às 1933 [modo de compatibilidade]Apresentação tic 160513 às 1933 [modo de compatibilidade]
Apresentação tic 160513 às 1933 [modo de compatibilidade]
 
Pim pf brasil janeiro 2013
Pim pf brasil janeiro 2013Pim pf brasil janeiro 2013
Pim pf brasil janeiro 2013
 
Pib brasil 4º tri 2012
Pib brasil 4º tri 2012Pib brasil 4º tri 2012
Pib brasil 4º tri 2012
 
Levantamento sistemático da produção agrícola janeiro 2013
Levantamento sistemático da produção agrícola   janeiro 2013Levantamento sistemático da produção agrícola   janeiro 2013
Levantamento sistemático da produção agrícola janeiro 2013
 
Brasil: Produção Industrial 2012
Brasil: Produção Industrial 2012Brasil: Produção Industrial 2012
Brasil: Produção Industrial 2012
 
Pim pf outubro 2012 ibge
Pim pf outubro 2012 ibgePim pf outubro 2012 ibge
Pim pf outubro 2012 ibge
 
Perfil da empresa empreendedora brasileira
Perfil da empresa empreendedora brasileiraPerfil da empresa empreendedora brasileira
Perfil da empresa empreendedora brasileira
 
Lspa out 2012 e prognóstico de safra 2013
Lspa out 2012 e prognóstico de safra 2013Lspa out 2012 e prognóstico de safra 2013
Lspa out 2012 e prognóstico de safra 2013
 
PIM pf agosto 2012
PIM pf agosto 2012PIM pf agosto 2012
PIM pf agosto 2012
 

Apresentação pi bs regionais 2009 ibge

  • 1. Diretoria de Pesquisas Contas Regionais do Brasil – 2005/2009 Coordenação de Contas Nacionais frederico.cunha@ibge.gov.br alessandra.poca@ibge.gov.br Rio, 23/11/2011
  • 2. Divulgaçõ ções Rotina de Divulgações do SCN/CONAC Dia 17 de novembro - 2005/2009 definitivo - revisão dos dados preliminares; - incorporação das pesquisas; - apresentação TRU (110 x 56) - apresentação da CEI/CES; Hoje - 23 novembro PIB Regional - 2005/2009 Dia 06 de dezembro SCT 2010 e três trimestres de 2011 Dia 14 de dezembro PIB dos Municípios - 2005/2009
  • 3. Contas Regionais do Brasil rgã Projeto de Contas Regionais é uma parceria com as Órgãos Estaduais Estatí Superintendê de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e a Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA SEPLAN - RO SEPLAG - SE SEPLAN - AC SEI - BA O projeto foi iniciado SEPLAN - AM FJP - MG em 1996 com a SEPLAN - RR participaçã ção participação de cerca IJSN - ES IDESP - PA de16 estados. CEPERJ - RJ SEPLAN - AP SEADE - SP Desde 2006 todas as SEPLAN - TO 27 Unidades da IPARDES - PR IMESC - MA Federaçã ção Federação participam SPG - SC deste projeto. CEPRO - PI FEE - RS IPECE - CE SEMAC - MS IDEMA - RN SEPLAN - MT IDEME - PB SEGPLAN - GO CONDEPE/FIDEM - PE CODEPLAN - DF SEPLANDE - AL
  • 4. econô Principais fatos econômicos de 2009 Apó Após crescer 4,7%, em média, durante o período de 2004 a mé perí 2007 e expandir 5,2% em 2008, o Produto Interno Bruto - PIB da economia brasileira teve, em 2009, queda de - 0,3% em relaçã ção relação ao ano anterior. Embora suas origens remontem ao ano de 2007, foi em setembro de 2008 que a crise financeira se aprofundou e adquiriu escala mundial, seus efeitos foram vistos ao longo de todo o ano de 2009. trê O PIB nacional registrou queda nos três primeiros trimestres de 2009, retomando trajetória de crescimento apenas no trajetó último trimestre do ano. Ao longo de todo o ano de 2009, o evoluçã ção desempenho do PIB foi influenciado pela evolução da crise econô visí econômica internacional, cujos efeitos foram visíveis, em econô maior ou menor grau, em todas as atividades econômicas e Federaçãção. unidades da Federação.
  • 5. econô Principais fatos econômicos de 2009 O cenário externo de crise trouxe implicações para a política cená implicaçõ ções polí econô sé econômica no Brasil. Ao longo de 2009, implantou-se uma série monetá de iniciativas nos campos monetário e fiscal com o objetivo de incentivar a demanda agregada da economia. Às medidas monetárias de enfrentamento à crise somaram-se monetá adoçã ção outras no campo fiscal, com destaque para a adoção de impostos contribuiçõ ções e contribuições sociais (IPI, PIS e COFINS) reduzidos para diversos produtos, a desoneração das importações de bens de capital e a desoneraçã ção importaçõ ções expansã expansão dos investimentos dos Governos e empresas estatais.
  • 6. Participação Participação e volume das atividades no VAB - 2007/2008/2009 çã Participação volume Dif Atividades Econômicas 09/08 2007 2008 2009 2007 2008 2009 Agropecuária 5,6 5,9 5,6 -0,3 4,8 6,1 -3,1 Agricultura, silvicultura e exploração florestal 3,8 4,0 3,8 -0,2 6,6 7,3 -5,0 Pecuária e pesca 1,7 1,9 1,8 -0,1 1,0 3,6 1,0 Indústria 27,8 27,9 26,8 -1,1 5,3 4,1 -5,6 Indústria extrativa mineral 2,3 3,2 1,8 -1,4 3,7 3,5 -3,2 Indústria de transformação 17,0 16,6 16,6 0,0 5,6 3,0 -8,7 Construção 4,9 4,9 5,3 0,3 4,9 7,9 -0,7 Prod. Dist. Eletric. Gás, Água, Esgoto e Limp. Urb. 3,6 3,1 3,1 0,0 5,4 4,5 0,9
  • 7. econô Principais fatos econômicos de 2009 Agropecuá Agropecuária 2009 O valor adicionado bruto da Agropecuária apresentou Agropecuá reduçã ção comparaçã ção redução de 3,1% em volume, em comparação ao ano de sé 2008, a primeira queda observada ao longo da nova série ajustada, iniciada em 1995. Esse fraco desempenho pode produçã ção ser explicado, em parte, pela queda de produção e produtividade de alguns produtos da lavoura, decorrente condiçõ climá ções das condições climáticas no ano de 2009 e pelas cená incertezas no cenário internacional.
  • 9. econô Principais fatos econômicos de 2009 Construção Construção Civil 2009 çã No entanto, embora a Pesquisa Industrial Mensal (PIM-PF) indique que em 2009 ocorreu uma queda no volume de produçãção Construçã ção produção dos principais insumos para a Construção Civil , nã reduçãção a atividade não apresentou redução mais significativa do produçã ção utilizaçã ção ritmo de produção devido a utilização do estoque de construçã ção perí materiais de construção acumulado durante o período anterior de altas taxas de crescimento.
  • 10. econô Principais fatos econômicos de 2009 Transformação Transformação 2009 çã indú Em 2009 o resultado de -8,7% em volume da indústria de transformaçãção transformação é o pior resultado desde 1995, primeiro ano retropolada. da serie retropolada. indú transformaçã ção A última queda no volume da indústria de transformação foi em 1999. també A queda na demanda externa também contribuiu para o Indú desempenho negativo da Indústria em 2009.
  • 11. econô Principais fatos econômicos de 2009 Transformação Transformação 2009 çã també A queda na demanda externa também contribuiu para o desempenho negativo da Indústria em 2009. As exportações de Indú exportações çõ produtos industriais recuaram 12,2% em volume em 2009, com destaque para a redução nas exportações de máquinas e reduçã ção exportaçõ ções má equipamentos (-38,1%), aeronaves (-24,8%), ferro gusa e ferro- miné ligas (-43,1%) e minério de ferro (-12,6%). exportaçõ ções automó caí As exportações de automóveis caíram 38,1% mas, nesse caso, a queda na demanda externa foi compensada pelo aumento da demanda interna impulsionada pelas medidas de incentivo (reduçã ção adotadas pelo governo federal (redução do IPI e aumento do cré crédito), que permitiram que o volume do Valor Adicionado Bruto "Automó utilitá da atividade "Automóveis, camionetas e utilitários" permanecesse está estável em 2009, com um crescimento de 0,2%.
  • 12. econô Principais fatos econômicos de 2009 Transformação Transformação 2009 çã "Eletrodomé As atividades "Eletrodomésticos" (6,6%), "Perfumaria, higiene e limpeza" (5,3%) e "Alimentos e bebidas" (0,4%), com desempenho fortemente relacionado ao consumo das Famílias, foram Famí sustentaçã ção beneficiadas pelas medidas de sustentação do consumo, apresentando crescimento em volume em 2009.
  • 13. econô Principais fatos econômicos de 2009 Serviç Serviços 2009 preç bá O valor adicionado bruto a preços básicos das atividades de Serviç variaçã ção Serviços apresentou em 2009 variação positiva em volume de 2,1%, acima da média da economia (-0,3%), porém com mé poré crescimento menor do que o de 4,9% observado em 2008, já quando já havia ocorrido queda sobre o ano anterior (2007). serviç O crescimento dos serviços em 2009 é pior resultado deste grupo serviç de atividades desde 2001, quando os serviços cresceram 1,9%. variaçõ ções Serviç As maiores variações positivas foram nas atividades de Serviços Domé Intermediaçã ção Domésticos (9,0%) e de Intermediação Financeira e Seguros (7,8%).
  • 14. econô Principais fatos econômicos de 2009 Serviç Serviços 2009 - Comércio Comé A atividade do Comércio teve, em 2009, variação de -1%, em Comé variaçã ção reduçã ção contraste aos 6,1% registrados em 2008. Esta redução contribuiu variaçã ção participaçã ção para a variação negativa da sua participação no valor adicionado Serviç dos Serviços, que saiu de 18,9% em 2008 para 18,5% em 2009. Os segmentos de comércio de veículos, produtos farmacêuticos e comé veí farmacê de ambulantes/feirantes, mais associados ao consumo final das famí variaçõ ções famílias, tiveram variações de volume positivas, em linha com o cré crescimento da massa salarial, maior acesso ao crédito e aumento do nível de emprego. ní
  • 15. econô Principais fatos econômicos de 2009 Serviç Serviços 2009 - Comércio Comé Já o comércio atacadista/varejista, de maior peso na atividade do comé Comé Comércio, apresentou queda, contrapondo os aumentos registrados nos produtos mais correlacionados ao consumo das famí (comé famílias (comércio varejista, alimentos, artigos de uso pessoal e domé reduçõ ções comé doméstico) às reduções verificadas no comércio atacadista. Vale observar que o comércio de tecidos, vestuário e calçados, ainda comé vestuá calç famí reduçã que mais voltado ao consumo das famílias, apresentou redução ção em 2009.
  • 16. Crescimento em volume do PIB 2009
  • 17. Regiõ Desempenho em volume das Regiões em 2009 Part.% no PIB Regiões Volume 2008 2009 5,1 5,0 Norte -0,3% 13,1 13,5 Nordeste 1,0% 56,0 55,3 Sudeste -1,0% 16,6 16,5 Sul -0,6% 9,2 9,6 Centro-oeste 2,5% 100 100 Brasil -0,3%
  • 18. Grupo dos estados que crescem mé acima da média -0,3% Volume Part.% no PIB Estados Volume Atividade Ativ. 0,6 % Rondônia 7,3 CONST.CIVIL 23,0% 0,6 % Piauí 6,2 TRANSFORMAÇÃO 21,8% 0,2 % Roraima 4,6 APU 4,6% 0,6 % Sergipe 4,4 SIUP 20,3% 4,1 % Distrito Federal 4,0 APU 3,9% 1º 5º Do 1º ao 5º estados de maior crescimento em volume do PIB em 2009. participaçã ção Soma da participação 6,1% do PIB.
  • 19. Grupo dos estados que crescem mé acima da média -0,3% Volume Part.% no PIB Estados Volume Atividade Ativ. 0,2 % Amapá 4,0 APU 4,5% 0,4 % Tocantins 3,8 TRANSFORMAÇÃO 21,5% 2,4 % Pernambuco 2,8 FINANCEIRO 13,5% 1,8 % Mato Grosso 2,4 TRANSFORMAÇÃO 10,5% 0,7 % Alagoas 2,1 APU 4,6% 6º 10º Do 6º ao 10º de maior crescimento em volume do PIB em 2009. participaçã ção Soma de participação 5,5% do PIB .
  • 20. Grupo dos estados que crescem mé acima da média -0,3% Volume Part.% no PIB Estados Volume Atividade Ativ. 10,9 % Rio de Janeiro 2,0 EXT.MINERAL 8,3% 0,9 % Paraíba 1,6 TRANSFORMAÇÃO 12,5% 0,9 % Rio G. do Norte 1,5 AGRICULTURA 59,2% 0,2 % Acre 1,2 APU 3,1% 11º 14º Do 11º ao 14º de maior crescimento em volume do PIB em 2009. participaçã ção Soma de participação 12,9 % do PIB.
  • 21. Grupo dos estados que crescem mé acima da média -0,3% Volume Part.% no PIB Estados Volume Atividade Ativ. 2,6 % Goiás 0,9 AGRICULTURA 6,9% 1,1 % Mato G. do sul 0,4 APU 2,6% 2,0 % Ceará 0,0 COMÉRCIO 1,4% 4,0 % Santa Catarina (0,1) TRANSFORMAÇÃO -8,0% 15º 18º Do 15º ao 18º de maior crescimento em volume do PIB em 2009 . participaçã ção Soma de participação 9,8 % do PIB. consideraçã ção Levando-se em consideração o crescimento em volume e o peso, o mé grupo com desempenho acima da média, cresceu em torno de 2,0% e representam 4,3% do PIB brasileiro.
  • 22. Grupo dos estados que crescem mé abaixo da média -0,3% Volume Part.% no PIB Estados Volume Atividade Ativ. 6,7 % Rio G. do Sul (0,4) TRANSFORMAÇÃO -10,0% 4,2 % Bahia (0,6) TRANSFORMAÇÃO -6,4% 33,5 % São Paulo (0,8) TRANSFORMAÇÃO -9,9% 5,9 % Paraná (1,3) AGRICULTURA -18,0% Do 19º ao 22º de maior crescimento em volume do PIB em 2009. 19º 22º participaçã ção Soma de participação 50,2 % do PIB.
  • 23. Grupo dos estados que crescem mé abaixo da média -0,3% Volume Part.% no PIB Estados Volume Atividade Ativ. 1,2 % Maranhão (1,7) AGRICULTURA -23,0% 1,5 % Amazonas (2,0) TRANSFORMAÇÃO -10,9% 1,8 % Pará (3,2) EXTRATIVA MINERAL -12,6% 8,9 % Minas Gerais (4,0) EXTRATIVA MINERAL -26,6% 2,0 % Espírito Santo (6,7) EXTRATIVA MINERAL -34,1% 23º 27º Do 23º ao 27º de maior crescimento em volume do PIB em 2009. participaçã ção Soma de participação 15,5 % do PIB. Este grupo de estados que teve variação em volume abaixo da média, variaçã ção mé levando-se em consideração o volume e o peso, apresentou queda de consideração çã - 1,5% em volume, e representam 65,7 % do PIB brasileiro.
  • 24. Concentração Econô Concentração Econômica 1995, çã 2002, 2008 e 2009
  • 25. Concentração econô Concentração econômica: Participação das regiões no PIB çã Participaçã ção regiõ Entre 1995 2002 2009 09/08 EM % -0,7 Sudeste -2,4% Sudeste -1,4% Sudeste -3,8% 59,1% 56,7% 55,3% -0,0 SUL -0,4% SUL 0,3% SUL 0,7% 16,9% 16,5% 16,2% 0,4 Nordeste Nordeste 0,5% 1,5% Nordeste 13,5% 0,9% 13,0% 12,0% 0,4 C.oeste 8,8% 0,8% C.oeste 9,6% 1,2% C.oeste 8,4% 0,4% Norte 5,0% -0,1 Norte 4,2% 0,5% Norte 4,7% 0,3% 0,8% 40,9% 43,3% 44,7%
  • 26. Concentração econô Concentração econômica: Participação dos estados no PIB 2009 çã Participaçã ção Em 2009 cinco estados Em 2008, o PIB de SP passou concentravam 65,8 % (em pela primeira vez SP a casa de 1 2008, 66,2% ) do PIB brasileiro trilhã trilhão de reais BA 33,5% (Em 2009 R$ bilhõ 1.084 bilhões) 4,2 GO 2,6 RR SC 0,2 4,0 PE AM MT 1,5 1,8 2,4 RO PI 0,6 ES CE 0,6 32 32 TO 2,1 PA 2,0 0,4 AC ,,3 3% 1,8 MA 0,2 RJ % 1,2 RN MS PB 0,9 1,1 0,9 SE DF AL 07 0,6 AP 0,2 10,9% 4,1 PR 34 34 5,9% ,,2 2%% MG RS 65 6,7% 65 Enquanto isto, os outros 22 estados 8,9% ,,8 8%% concentravam 34,2% apesar de participaçã ção terem ganhado participação em relaçã ção relação a 2008 (33,8% em 2008) , Em 2009, 1% do PIB era igual a Sã quase cabem dentro de São Paulo R$ 32,4 bilhões bilhõ
  • 27. Concentração econô Concentração econômica: Participação dos estados no PIB çã Participaçã ção 1995 2009 SP 37,3 % Outros 22 SP 33,5 % BA GO 30,1% SC 1995 RR PE AM MT BA São Paulo RO GO RR ES CE PI TO 37,3% PA MA AC SC 2009 PE AM MT RN PB MS 1,1 AL SE AP São Paulo PI RO ES CE DF 33,5% PA TO AC MA PB MS RN 1,1 SE AL AP DF Outros 22 BA GO RR 32,0% SC 2002 PE AM MT São Paulo RO ES CE PI TO 34,6% PA MA AC Outros 22 PB MS RN 34,2% 1,1 SE AP 2002 AL DF SP 34,6 %
  • 28. 1995 2002 2008 2009 2009/1995 SP -2,7 SP SP SP -1,5 0,4 -3,8 37,3% 34,6% 33,1% 33,5% 32 % 33 % 33 % 32 % ,6 ,4 ,1 ,3 RJ RJ RJ RJ 0,4 -0,3 -0,4 -0,3 11,2% 11,6% 11,3% 10,9% MG 0,0 MG MG MG 0,7 -0,5 0,2 8,6% 8,6% 9,3% 8,9% RS 0,1 RS RS RS -0,6 0,1 -0,4 7,1% 7,1% 6,6% 6,7% PR 0,3 PR PR PR 0,2 5,7% 6,0% -0,1 5,9% 0,0 5,9%
  • 29. 1995 2002 2008 2009 SP SP SP SP -3,8 37,3% 34,6% 33,1% 33,5% RJ RJ RJ -0,3 RJ 11,6% 11,3% 10,9% 11,2% MG MG MG MG 0,2 8,6% 8,6% 9,3% 8,9% RS RS RS RS -0,4 7,1% 7,1% 6,6% 6,7% PR PR PR PR 5,7% 6,0% 5,9% 5,9% 0,2 69,9% 68,0% 66,2% 65,8% -4,1 -1,9 -1,8 -0,4
  • 30. 1995 2002 2008 2009 5 maiores 69,9% -1,9% 5 maiores 68,0% -1,8% 5 maiores 66,2% -0,4% 5 maiores 65,8% -4,1% Grupo do 6º ao 8º DF 4,4% BA 4,1% SC 4,1% BA 4,2% 6º 0,5% BA 3,7% DF 3,8% BA 4,0% DF 4,1% 7º -0,4% SC 3,4% SC 3,8% DF 3,9% SC 4,0% 8º 0,6% 0,1% 0,3% 0,3% TOTAL 11,6% TOTAL 11,7% TOTAL 12,0% TOTAL 12,3% 0,7% Grupo do 9º ao 12º PE 2,3% GO 2,5% GO 2,5% GO 2,6% 9º 9º 0,6% GO 2,0% PE 2,4% PE 2,3% PE 2,4% 10º 10º 0,1% ES 2,0% CE 2,0% ES 2,3% ES 2,1% 11° 11° 0,1% CE 1,9% ES 1,8% CE 2,0% CE 2,0% 12º 12º 0,1% 0,4% 0,4% 0,1% TOTAL 8,3% TOTAL 8,7% TOTAL 9,1% TOTAL 9,2% 0,9%
  • 31. Grupo 1995 2002 2008 2009 Dif 2009 - 1995 º º Total 1º ao 5º 69,9 68,0 66,2 65,8 (4,1) º º Total 6º ao 8º 11,6 11,7 12,0 12,3 0,7 º º Total 9º ao 12º 8,3 8,7 9,1 9,2 0,9 1995 2002 2008 2009 Grupo do 13º ao 17º PA 1,6% PA 1,7% PA 1,8% 13º 13º 0,2% PA 1,9% AM 1,4% AM 1,5% MT 1,8% 14º 14º 0,8% MT 1,8% MT 1,0% MT 1,4% AM 1,5% AM 1,5% 15º 15º 0,1% MS 0,9% MA 1,0% MA 1,3% MA 1,2% 16º 16º 0,3% MA 0,9% MS 1,0% MS 1,1% MS 1,1% 17º 17º 0,2% 0,9% 0,9% -0,1% TOTAL 5,8% TOTAL 6,7% TOTAL 7,6% TOTAL 7,5% 1,6%
  • 32. Grupo 1995 2002 2008 2009 Dif 2009 - 1995 º º Total 1º ao 5º 69,9 68,0 66,2 65,8 (4,1) º º Total 6º ao 8º 11,6 11,7 12,0 12,3 0,7 º º Total 9º ao 12º 8,3 8,7 9,1 9,2 0,9 º º Total 13º ao 17º 5,8 6,7 7,6 7,3 7,5 7,6 1,6 1,79 1995 2002 2008 2009 Grupo do 18º ao 23º PB 0,73% PB 0,84% PB 0,85% 0,15% PB 0,89% 18º 18º RN 0,70 % RN 0,83% RN 0,84% RN 0,86% 19º 19º 0,16% AL 0,66 % AL 0,66% SE 0,64% AL 0,66% 20º 20º 0,0% SE 0,54% SE 0,64% AL 0,64% RO 0,62% 21º 21º 0,18% PI 0,51% RO 0,53 % RO 0,59% SE 0,61% 22º 22º 0,07% RO 0,44 % PI 0,50% PI 0,55% PI 0,59% 23º 23º 0,08% 0,41% 0,12% 0,11% TOTAL 3,59% TOTAL 4,00% TOTAL 4,12% TOTAL 4,23% 0,64%
  • 33. Grupo 1995 2002 2008 2009 Dif 2009 - 1995 º º Total 1º ao 5º 69,9 68,0 66,2 65,8 (4,1) º º Total 6º ao 8º 11,6 11,7 12,0 12,3 0,7 º º Total 9º ao 12º 8,3 8,7 9,1 9,2 0,9 º º Total 13º ao 17º 5,8 6,7 7,6 7,3 7,5 7,6 1,6 1,79 º º Total 18º ao 23º 3,6 4,0 4,1 4,2 0,6 1995 2002 2008 2009 Grupo do 24º ao 27º TO 0,26 % TO 0,38 % TO 0,43% TO 0,45% 24º 24º 0,19% AP 0,21% AP 0,22% AP 0,22% AP 0,23% 25º 25º 0,02% AC 0,18% AC 0,19% AC 0,22% AC 0,23% 26º 26º 0,05% RR 0,14% RR 0,16% RR 0,16% RR 0,17% 27º 27º 0,03% TOTAL 0,79% 0,16% TOTAL 0,95% 0,09% TOTAL 1,04% 0,04% TOTAL 1,08% 0,29%
  • 34. Concentração econômica: Participação dos estados nas atividades (%). Concentração econô çã Participação çã
  • 35. Concentração econômica: Participação dos estados nas atividades (%). Concentração econô çã Participação çã
  • 36. Concentração econômica: Participação dos estados nas atividades (%). Concentração econô çã Participação çã
  • 37. Concentração econômica: Participação dos estados nas atividades (%). Concentração econô çã Participação çã INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO Acum. Acum. Ranking Estados 95 09 1995 2002 2008 2009 1 São Paulo 48,7 43,5 43,7 43,0 48,7 43,0 1 1 1 1 2 Minas Gerais 8,5 8,9 10,7 9,6 57,2 52,6 3 3 2 2 3 Rio Grande do Sul 9,3 9,3 8,0 8,9 66,5 61,5 2 2 3 3 4 Paraná 6,0 6,5 6,3 6,7 72,5 68,2 4 4 5 4 5 Rio de Janeiro 5,9 6,3 6,7 6,6 78,4 74,8 5 5 4 5 6 Santa Catarina 5,2 5,6 5,8 5,4 83,7 80,2 6 6 6 6 7 Bahia 2,6 3,9 3,2 4,2 86,2 84,4 7 7 7 7 8 Amazonas 2,5 3,1 2,7 2,9 88,7 87,3 8 8 8 8 9 Goiás 1,3 1,8 2,1 2,5 90,0 89,8 13 9 9 9 10 Pernambuco 1,8 1,6 1,6 1,6 91,8 91,4 9 12 11 10 11 Ceará 1,5 1,6 1,5 1,6 93,3 93,0 10 11 12 11 12 Espírito Santo 1,5 1,8 1,6 1,4 94,8 94,4 11 10 10 12 13 Mato Grosso 0,6 0,8 0,9 1,0 95,4 95,4 14 14 14 13 14 Pará 1,3 1,2 1,3 0,9 96,7 96,3 12 13 13 14 15 Mato Grosso do Sul 0,5 0,5 0,5 0,6 97,2 96,9 15 17 15 15 16 Paraíba 0,4 0,5 0,5 0,6 97,6 97,5 20 16 16 16 17 Distrito Federal 0,4 0,5 0,5 0,5 97,9 98,0 19 19 18 17 18 Rio Grande do Norte 0,3 0,4 0,4 0,4 98,2 98,3 21 21 20 18 19 Alagoas 0,4 0,6 0,4 0,3 98,6 98,7 17 15 19 19 20 Sergipe 0,4 0,5 0,4 0,3 99,1 99,0 16 20 21 20 21 Maranhão 0,4 0,5 0,5 0,3 99,5 99,3 18 18 17 21 22 Piauí 0,2 0,2 0,2 0,3 99,6 99,6 22 23 22 22 23 Rondônia 0,1 0,2 0,2 0,3 99,8 99,8 23 22 23 23 24 Tocantins 0,0 0,1 0,1 0,1 99,8 99,9 26 24 24 24 25 Amapá 0,1 0,1 0,0 0,0 99,9 99,9 24 25 26 25 26 Acre 0,0 0,0 0,0 0,0 99,9 100,0 27 27 25 26 27 Roraima 0,1 0,0 0,0 0,0 100,0 100,0 25 26 27 27
  • 38. Concentração econômica: Participação dos estados nas atividades (%). Concentração econô çã Participação çã SERVIÇOS Acum. Acum. Ranking Estados 1995 2002 2008 2009 95 09 1 São Paulo 35,6 34,1 33,4 33,5 35,6 33,5 1 1 1 1 2 Rio de Janeiro 13,4 13,1 11,6 11,7 49,0 45,2 2 2 2 2 3 Minas Gerais 7,6 8,1 8,4 8,1 56,6 53,3 3 3 3 3 4 Rio Grande do Sul 6,4 6,8 6,3 6,1 63,0 59,4 5 4 4 4 5 Distrito Federal 6,9 5,6 5,7 5,7 69,9 65,2 4 5 6 5 6 Paraná 5,6 5,5 5,8 5,7 75,5 70,8 6 6 5 6 7 Bahia 3,6 3,8 3,9 4,1 79,1 74,9 7 7 7 7 8 Santa Catarina 2,9 3,3 3,6 3,5 82,1 78,4 8 8 8 8 9 Pernambuco 2,5 2,7 2,6 2,6 84,5 81,0 9 9 9 9 10 Goiás 2,1 2,3 2,4 2,4 86,6 83,4 10 10 10 10 11 Ceará 2,0 2,1 2,1 2,2 88,6 85,6 11 11 11 11 12 Espírito Santo 1,4 1,6 1,9 1,8 90,0 87,4 12 13 12 12 13 Pará 1,3 1,6 1,7 1,8 91,3 89,2 13 12 13 13 14 Mato Grosso 1,0 1,2 1,5 1,5 92,3 90,6 15 14 14 14 15 Maranhão 1,0 1,1 1,2 1,3 93,3 91,9 16 15 15 15 16 Amazonas 1,1 1,0 1,2 1,2 94,4 93,1 14 16 16 16 17 Mato Grosso do Sul 0,9 1,0 1,1 1,1 95,2 94,2 17 17 17 17 18 Paraíba 0,8 0,9 1,0 1,0 96,0 95,2 19 18 18 18 19 Rio Grande do Norte 0,8 0,9 0,9 1,0 96,8 96,2 18 19 19 19 20 Alagoas 0,6 0,7 0,7 0,7 97,4 96,9 20 20 20 20 21 Piauí 0,6 0,6 0,6 0,7 98,0 97,6 22 22 21 21 22 Sergipe 0,6 0,6 0,6 0,6 98,6 98,2 21 21 22 22 23 Rondônia 0,5 0,5 0,6 0,6 99,1 98,8 23 23 23 23 24 Tocantins 0,3 0,3 0,4 0,4 99,4 99,2 24 24 24 24 25 Amapá 0,3 0,3 0,3 0,3 99,6 99,5 25 25 25 25 26 Acre 0,2 0,2 0,3 0,3 99,8 99,8 26 26 26 26 27 Roraima 0,2 0,2 0,2 0,2 100,0 100,0 27 27 27 27
  • 39. Concentração econômica: Participação dos estados nas atividades (%). Concentração econô çã Participação çã COMÉRCIO Acum. Acum. Ranking Estados 1995 2002 2008 2009 95 09 1 São Paulo 39,5 34,0 31,2 31,9 39,5 31,9 1 1 1 1 2 Minas Gerais 8,3 8,5 8,8 8,1 47,8 40,1 3 3 2 2 3 Paraná 6,7 8,2 7,7 8,1 54,4 48,2 5 4 5 3 4 Rio de Janeiro 10,1 10,1 8,3 7,9 64,6 56,1 2 2 3 4 5 Rio Grande do Sul 6,9 8,1 8,0 7,0 71,5 63,1 4 5 4 5 6 Santa Catarina 3,7 4,0 5,0 4,9 75,1 68,0 7 6 6 6 7 Bahia 3,9 3,9 4,2 4,5 79,0 72,5 6 7 7 7 8 Goiás 2,5 2,9 3,1 3,4 81,5 75,8 9 8 8 8 9 Pernambuco 2,3 2,6 2,5 2,5 83,8 78,3 10 10 10 9 10 Ceará 2,6 2,6 2,4 2,4 86,4 80,7 8 9 11 10 11 Espírito Santo 1,6 1,7 2,3 2,4 88,0 83,1 11 12 12 11 12 Mato Grosso 1,1 1,4 2,5 2,3 89,1 85,4 15 14 9 12 13 Distrito Federal 1,3 1,8 2,2 2,0 90,4 87,4 14 11 13 13 14 Pará 1,5 1,6 1,9 1,9 91,9 89,4 12 13 14 14 15 Maranhão 1,0 1,3 1,5 1,7 92,9 91,1 16 15 15 15 16 Amazonas 1,4 1,2 1,3 1,3 94,3 92,3 13 16 16 16 17 Mato Grosso do Sul 1,0 1,1 1,3 1,3 95,4 93,6 17 17 17 17 18 Rio Grande do Norte 0,9 0,8 1,0 1,2 96,2 94,8 18 18 19 18 19 Paraíba 0,8 0,8 1,0 1,2 97,0 96,0 19 19 18 19 20 Alagoas 0,5 0,6 0,7 0,9 97,5 96,8 22 22 21 20 21 Piauí 0,6 0,6 0,7 0,7 98,1 97,6 20 21 20 21 22 Rondônia 0,4 0,4 0,7 0,7 98,6 98,3 23 23 22 22 23 Sergipe 0,6 0,7 0,6 0,6 99,2 98,9 21 20 23 23 24 Tocantins 0,3 0,3 0,5 0,5 99,4 99,3 24 24 24 24 25 Amapá 0,2 0,3 0,3 0,3 99,7 99,6 25 25 25 25 26 Acre 0,2 0,2 0,2 0,2 99,8 99,8 27 26 26 26 27 Roraima 0,2 0,2 0,1 0,2 100,0 100,0 26 27 27 27
  • 40. Concentração econômica: Participação dos estados nas atividades (%). Concentração econô çã Participação çã ADMINISTRAÇAO, SAÚDE E EDUCAÇÃO PÚBLICAS E Acum. Acum. SEGURIDADE SOCIAL Ranking 95 09 Estados 1995 2002 2008 2009 1 São Paulo 20,7 19,2 19,0 19,5 20,7 19,5 1 1 1 1 2 Distrito Federal 15,7 13,7 13,7 14,1 36,5 33,6 2 3 2 2 3 Rio de Janeiro 14,6 14,4 12,7 12,4 51,0 46,0 3 2 3 3 4 Minas Gerais 7,3 8,3 8,2 7,8 58,4 53,8 4 4 4 4 5 Rio Grande do Sul 5,6 5,9 5,7 5,5 64,0 59,3 5 5 5 5 6 Bahia 3,8 4,3 4,4 4,5 67,8 63,8 6 6 6 6 7 Paraná 3,7 4,1 4,1 4,0 71,5 67,8 7 7 7 7 8 Pernambuco 3,5 3,6 3,6 3,6 75,0 71,5 8 8 8 8 9 Ceará 2,4 2,7 2,9 2,9 77,3 74,4 10 10 10 9 10 Santa Catarina 2,5 2,7 2,9 2,8 79,9 77,2 9 9 9 10 11 Pará 1,9 2,2 2,3 2,4 81,7 79,6 13 11 12 11 12 Goiás 2,1 2,2 2,3 2,1 83,8 81,7 11 12 11 12 13 Espírito Santo 2,0 1,6 1,9 1,8 85,7 83,5 12 14 13 13 14 Maranhão 1,4 1,5 1,7 1,8 87,1 85,4 17 16 15 14 15 Paraíba 1,4 1,6 1,8 1,8 88,5 87,1 16 13 14 15 16 Amazonas 1,4 1,6 1,7 1,6 89,9 88,8 15 15 16 16 17 Mato Grosso 1,5 1,4 1,6 1,5 91,4 90,3 14 18 17 17 18 Rio Grande do Norte 1,4 1,4 1,5 1,5 92,7 91,8 18 17 18 18 19 Mato Grosso do Sul 1,1 1,1 1,4 1,3 93,8 93,2 20 19 19 19 20 Alagoas 1,0 1,1 1,2 1,2 94,9 94,3 21 21 20 20 21 Rondônia 1,1 1,1 1,1 1,1 96,0 95,5 19 20 21 21 22 Piauí 1,0 0,9 1,0 1,1 97,0 96,5 22 23 23 22 23 Sergipe 0,9 1,0 1,1 1,0 98,0 97,5 23 22 22 23 24 Tocantins 0,5 0,6 0,7 0,7 98,4 98,3 26 25 25 24 25 Amapá 0,7 0,7 0,7 0,7 99,1 99,0 24 24 24 25 26 Roraima 0,4 0,5 0,5 0,5 99,5 99,5 27 26 26 26 27 Acre 0,5 0,5 0,5 0,5 100,0 100,0 25 27 27 27
  • 41. No caso da participaçã ção participação da Administraçã ção Administração Pública na economia dos estados o ranking é inverso, estados com peso menor no PIB tem participaçã ção. maior participação.
  • 42. Concentração econômica: Participação dos estados nas atividades (%). Concentração econô çã Participação çã INTERMEDIAÇÃO FINANCEIRA, SEGUROS E PREVIDÊNCIA Acum. Acum. COMPLEMENTAR E SERVIÇOS RELACIONADOS Ranking 95 09 Estados 1995 2002 2008 2009 1 São Paulo 50,5 47,7 51,1 50,4 50,5 50,4 1 1 1 1 2 Rio de Janeiro 11,6 10,9 8,8 9,5 62,2 59,9 2 2 2 2 3 Minas Gerais 5,0 6,3 6,2 6,6 67,2 66,5 5 4 3 3 4 Paraná 4,5 5,4 6,2 5,7 71,7 72,2 6 6 4 4 5 Rio Grande do Sul 5,7 6,7 5,6 5,7 77,4 77,9 4 3 6 5 6 Distrito Federal 11,0 5,8 5,8 5,4 88,4 83,2 3 5 5 6 7 Santa Catarina 1,2 2,6 2,5 2,5 89,6 85,8 10 8 7 7 8 Bahia 2,6 2,7 2,2 2,4 92,2 88,2 7 7 8 8 9 Pernambuco 1,8 1,7 1,7 1,8 94,0 89,9 8 10 9 9 10 Goiás 1,2 1,5 1,6 1,6 95,1 91,6 11 11 10 10 11 Ceará 1,3 1,7 1,4 1,5 96,5 93,0 9 9 11 11 12 Espírito Santo 0,5 0,9 1,1 1,1 97,0 94,2 12 12 12 12 13 Mato Grosso 0,5 0,9 0,9 0,8 97,5 95,0 13 13 13 13 14 Pará 0,4 0,6 0,8 0,8 97,9 95,8 14 15 14 14 15 Mato Grosso do Sul 0,4 0,8 0,7 0,7 98,3 96,5 15 14 15 15 16 Maranhão 0,2 0,5 0,5 0,5 98,5 97,0 18 18 16 16 17 Paraíba 0,2 0,5 0,4 0,5 98,7 97,5 20 16 18 17 18 Amazonas 0,3 0,4 0,5 0,5 99,0 97,9 17 20 17 18 19 Rio Grande do Norte 0,4 0,5 0,4 0,4 99,3 98,4 16 17 19 19 20 Sergipe 0,1 0,4 0,4 0,4 99,5 98,7 21 19 20 20 21 Alagoas 0,2 0,4 0,3 0,3 99,6 99,1 19 21 21 21 22 Piauí 0,1 0,3 0,3 0,3 99,7 99,4 22 22 22 22 23 Rondônia 0,1 0,2 0,2 0,2 99,8 99,6 23 23 23 23 24 Tocantins 0,1 0,2 0,2 0,2 99,9 99,8 24 24 24 24 25 Acre 0,0 0,1 0,1 0,1 99,9 99,8 26 25 25 25 26 Roraima 0,0 0,0 0,1 0,1 99,9 99,9 27 27 26 26 27 Amapá 0,1 0,1 0,1 0,1 100,0 100,0 25 26 27 27
  • 44. Participação Participação % das Regiões na População e no PIB 2008/2009 çã Regiõ Populaçã ção Part.PIB Part.População Part PIB/Part Pop Regiões 2008 2009 2008 2009 2008 2009 Norte 5,1 5,0 8,0 8,0 0,64 0,63 Nordeste 13,1 13,5 28,0 28,0 0,47 0,48 Sudeste 56,0 55,3 42,3 42,3 1,32 1,31 Sul 16,6 16,5 14,5 14,5 1,14 1,14 Centro-oeste 9,2 9,6 7,2 7,3 1,28 1,32 Nas Regiões Sudeste, Sul e Centro-oeste a participação na geração do produto (PIB) é maior que a parcela da população. Esta razão torna seus PIBs per capitas maiores. No sentido contrário das regiões norte e nordeste.
  • 45. Participação Participação % das Regiões na População e no PIB 2008/2009 çã Regiõ Populaçã ção Part.PIB Part.População Part PIB/Part Pop Regiões 2008 2009 2008 2009 2008 2009 Norte 5,1 5,0 8,0 8,0 0,64 0,63 Nordeste 13,1 13,5 28,0 28,0 0,47 0,48 Sudeste 56,0 55,3 42,3 42,3 1,32 1,31 Sul 16,6 16,5 14,5 14,5 1,14 1,14 Centro-oeste 9,2 9,6 7,2 7,3 1,28 1,32 regiã A região centro-oeste passa a ter o melhor PIB per capita. regiõ No entanto, as regiões nordeste e centro- oeste foram as que melhoraram em relação a relação çã média.
  • 46. PIB per capita 2009 em R$ 2009 Desvio Desvio Unidade da Federação R$ 2008 2009 Estados 1 Distrito Federal 50.438,46 2,88 2,98 acima 2 São Paulo 26.202,22 1,53 1,55 3 Rio de Janeiro 22.102,98 1,35 1,31 mé da média 4 Santa Catarina 21.214,53 1,27 1,25 5 Rio Grande do Sul 19.778,39 1,15 1,17 6 Espírito Santo 19.145,17 1,27 1,13 7 Mato Grosso 19.087,30 1,13 1,13 8 Paraná 17.779,11 1,06 1,05 BRASIL 16.917,66 1,00 1,00
  • 47. 2009 Desvio Desvio Unidade da Federação R$ 2008 2009 BRASIL 16.917,66 1,00 1,00 9 Mato Grosso do Sul 15.406,96 0,89 0,91 10 Amazonas 14.620,94 0,88 0,86 Estados 11 Goiás 14.446,68 0,81 0,85 abaixo 12 Minas Gerais 14.328,62 0,89 0,85 13 Rondônia 13.455,56 0,75 0,80 mé da média 14 Roraima 13.270,47 0,74 0,78 15 Amapá 11.816,60 0,69 0,70 16 Tocantins 11.277,70 0,64 0,67 17 Acre 10.687,45 0,62 0,63 18 Sergipe 9.787,25 0,61 0,58 19 Bahia 9.364,71 0,52 0,55 20 Pernambuco 8.901,93 0,50 0,53 21 Rio Grande do Norte 8.893,90 0,51 0,53 22 Pará 7.859,19 0,50 0,46 23 Ceará 7.686,62 0,44 0,45 24 Paraíba 7.617,71 0,43 0,45 25 Alagoas 6.728,21 0,39 0,40 26 Maranhão 6.259,43 0,38 0,37 27 Piauí 6.051,10 0,34 0,36
  • 48. PIB per capita 2009 - Evolução dos Desvios Evoluç Desvio 2002 Desvio 2005 Desvio 2007 Desvio 2009 Distrito Federal 3,07 Distrito Federal 2,96 Distrito Federal 2,81 Distrito Federal 2,98 São Paulo 1,58 São Paulo 1,54 São Paulo 1,57 São Paulo 1,55 Rio de Janeiro 1,38 Rio de Janeiro 1,38 Rio de Janeiro 1,33 Rio de Janeiro 1,31 Rio G. do Sul 1,20 Santa Catarina 1,25 Espírito Santo 1,24 Santa Catarina 1,25 Santa Catarina 1,19 Espírito Santo 1,19 Santa Catarina 1,23 Rio G. do Sul 1,17 Paraná 1,07 Rio G. do Sul 1,14 Rio G. do Sul 1,15 Espírito Santo 1,13 Paraná 1,06 Paraná 1,09 Mato Grosso 1,13 Espírito Santo 0,99 Mato Grosso 1,03 Paraná 1,05 Mato Grosso 0,95 Mato Grosso 1,15 Amazonas 0,87 Amazonas 0,89 Amazonas 0,90 Mato G. do Sul 0,91 Goiás 0,84 Minas Gerais 0,86 Minas Gerais 0,87 Amazonas 0,86 Mato G. do Sul 0,84 Mato G. do Sul 0,82 Mato G. do Sul 0,86 Goiás 0,85 Minas Gerais 0,82 Goiás 0,77 Goiás 0,80 Minas Gerais 0,85 Roraima 0,78 Roraima 0,70 Roraima 0,73 Rondônia 0,80 Amapá 0,74 Amapá 0,63 Rondônia 0,71 Roraima 0,78 Rondônia 0,64 Rondônia 0,72 Amapá 0,71 Amapá 0,70 Sergipe 0,60 Sergipe 0,59 Tocantins 0,62 Tocantins 0,67 Acre 0,56 Tocantins 0,60 Acre 0,61 Acre 0,63 Tocantins 0,55 Acre 0,57 Sergipe 0,60 Sergipe 0,58 Bahia 0,54 Bahia 0,56 Bahia 0,54 Bahia 0,55 Pernambuco 0,52 Rio G. do Norte 0,51 Rio G. do Norte 0,53 Pernambuco 0,53 Rio G. do Norte 0,51 Pernambuco 0,51 Pernambuco 0,51 Rio G. do Norte 0,53 Pará 0,47 Pará 0,48 Pará 0,48 Pará 0,46 Ceará 0,45 Ceará 0,43 Ceará 0,43 Ceará 0,45 Paraíba 0,42 Paraíba 0,40 Paraíba 0,42 Paraíba 0,45 Alagoas 0,40 Alagoas 0,40 Alagoas 0,41 Alagoas 0,40 Maranhão 0,31 Maranhão 0,36 Maranhão 0,36 Maranhão 0,37 Piauí 0,30 Piauí 0,32 Piauí 0,32 Piauí 0,36
  • 49. CONTAS REGIONAIS DO BRASIL - referência 2002 PRODUTO INTERNO BRUTO PER CAPITA DO BRASIL, POR GRANDES REGIÕES E UNIDADES DA FEDERAÇÃO - 1995 - 2009 - desvio em relação a média Desvio em relação a média 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 DF 3,82 DF 3,96 DF 3,79 DF 3,23 DF 2,98 DF 2,96 DF 2,81 DF 3,07 DF 2,98 DF 2,90 DF 2,96 DF 2,96 DF 2,81 DF 2,88 DF 2,98 SP 1,72 SP 1,69 SP 1,65 SP 1,63 SP 1,56 SP 1,54 SP 1,57 SP 1,58 SP 1,56 SP 1,51 SP 1,54 SP 1,54 SP 1,57 SP 1,53 SP 1,55 RJ 1,30 RJ 1,30 RJ 1,41 RJ 1,38 RJ 1,32 RJ 1,38 RJ 1,33 RJ 1,38 RJ 1,32 RJ 1,37 RJ 1,38 RJ 1,39 RJ 1,33 RJ 1,35 RJ 1,31 RS 1,16 RS 1,14 RS 1,16 RS 1,19 SC 1,24 SC 1,25 ES 1,24 RS 1,20 SC 1,24 MT 1,26 SC 1,25 SC 1,23 ES 1,24 SC 1,27 SC 1,25 ES 1,11 SC 1,13 SC 1,11 SC 1,18 RS 1,24 ES 1,19 SC 1,23 SC 1,19 RS 1,24 SC 1,25 ES 1,19 ES 1,20 SC 1,23 ES 1,27 RS 1,17 SC 1,10 ES 1,04 PR 1,06 PR 1,05 PR 1,15 MT 1,15 RS 1,15 PR 1,07 PR 1,15 RS 1,20 MT 1,15 RS 1,13 RS 1,15 RS 1,15 ES 1,13 PR 1,00 PR 1,00 ES 1,02 ES 1,02 MT 1,09 RS 1,14 PR 1,09 ES 0,99 MT 1,09 PR 1,13 RS 1,14 PR 1,04 PR 1,09 MT 1,13 MT 1,13 AM 0,91 AM 0,83 MG 0,80 MT 0,84 ES 0,99 PR 1,06 MT 1,03 MT 0,95 ES 0,99 ES 1,12 PR 1,06 MT 0,97 MT 1,03 PR 1,06 PR 1,05 AP 0,87 MG 0,83 AM 0,80 MS 0,82 MS 0,92 AM 0,89 AM 0,90 AM 0,87 MS 0,92 AM 0,90 AM 0,89 AM 0,93 AM 0,90 MG 0,89 MS 0,91 RR 0,82 AP 0,83 MT 0,79 AM 0,82 AM 0,85 MG 0,86 MG 0,87 GO 0,84 AM 0,85 MS 0,88 MG 0,86 MG 0,87 MG 0,87 MS 0,89 AM 0,86 MG 0,81 MS 0,76 MS 0,78 MG 0,81 GO 0,84 MS 0,82 MS 0,86 MS 0,84 GO 0,84 MG 0,87 MS 0,82 MS 0,83 MS 0,86 AM 0,88 GO 0,85 MS 0,75 RR 0,76 RR 0,78 RR 0,79 MG 0,84 GO 0,77 GO 0,80 MG 0,82 MG 0,84 GO 0,82 GO 0,77 GO 0,78 GO 0,80 GO 0,81 MG 0,85 MT 0,72 MT 0,74 AP 0,72 GO 0,77 RR 0,78 RO 0,72 RR 0,73 RR 0,78 RR 0,78 RR 0,69 RO 0,72 RR 0,72 RR 0,73 RO 0,75 RO 0,80 GO 0,72 GO 0,73 GO 0,71 AP 0,73 RO 0,69 RR 0,70 RO 0,71 AP 0,74 RO 0,69 RO 0,67 RR 0,70 AP 0,67 RO 0,71 RR 0,74 RR 0,78 AC 0,57 RO 0,60 RO 0,63 RO 0,61 AP 0,65 AP 0,63 AP 0,71 RO 0,64 AP 0,65 AP 0,66 AP 0,63 RO 0,66 AP 0,71 AP 0,69 AP 0,70 RO 0,56 SE 0,55 SE 0,53 SE 0,58 TO 0,61 TO 0,60 TO 0,62 SE 0,60 TO 0,61 TO 0,61 TO 0,60 SE 0,60 TO 0,62 TO 0,64 TO 0,67 SE 0,52 AC 0,52 AC 0,53 AC 0,56 SE 0,60 SE 0,59 AC 0,61 AC 0,56 SE 0,60 SE 0,59 SE 0,59 TO 0,57 AC 0,61 AC 0,62 AC 0,63 PE 0,48 BA 0,50 BA 0,51 TO 0,54 AC 0,56 AC 0,57 SE 0,60 TO 0,55 AC 0,56 AC 0,58 AC 0,57 AC 0,55 SE 0,60 SE 0,61 SE 0,58 BA 0,48 PE 0,50 PE 0,50 BA 0,51 BA 0,53 BA 0,56 BA 0,54 BA 0,54 BA 0,53 BA 0,54 BA 0,56 BA 0,55 BA 0,54 BA 0,52 BA 0,55 CE 0,45 RN 0,46 RN 0,47 PE 0,50 PE 0,50 RN 0,51 RN 0,53 PE 0,52 PE 0,50 PE 0,49 RN 0,51 RN 0,53 RN 0,53 RN 0,51 PE 0,53 PA 0,44 CE 0,45 CE 0,45 RN 0,49 RN 0,49 PE 0,51 PE 0,51 RN 0,51 RN 0,49 RN 0,49 PE 0,51 PE 0,51 PE 0,51 PE 0,50 RN 0,53 RN 0,43 PA 0,43 PA 0,43 PA 0,46 PA 0,47 PA 0,48 PA 0,48 PA 0,47 PA 0,47 PA 0,49 PA 0,48 PA 0,49 PA 0,48 PA 0,50 PA 0,46 TO 0,40 AL 0,40 TO 0,42 CE 0,43 CE 0,44 CE 0,43 CE 0,43 CE 0,45 CE 0,44 CE 0,43 CE 0,43 CE 0,44 CE 0,43 CE 0,44 CE 0,45 AL 0,39 TO 0,39 AL 0,39 PB 0,42 PB 0,42 PB 0,40 PB 0,42 PB 0,42 PB 0,42 AL 0,40 PB 0,40 PB 0,43 PB 0,42 PB 0,43 PB 0,45 PB 0,35 PB 0,37 PB 0,39 AL 0,39 AL 0,40 AL 0,40 AL 0,41 AL 0,40 AL 0,40 PB 0,39 AL 0,40 AL 0,41 AL 0,41 AL 0,39 AL 0,40 PI 0,30 PI 0,30 PI 0,30 MA 0,31 MA 0,33 MA 0,36 MA 0,36 MA 0,31 MA 0,33 MA 0,34 MA 0,36 MA 0,36 MA 0,36 MA 0,38 MA 0,37 MA 0,27 MA 0,30 MA 0,29 PI 0,30 PI 0,31 PI 0,32 PI 0,32 PI 0,30 PI 0,31 PI 0,31 PI 0,32 PI 0,33 PI 0,32 PI 0,34 PI 0,36
  • 50. Crescimento em Volume Acumulado do PIB 1995 - 2009
  • 51. Crescimento em volume acumulado do PIB em % 1995-2009 Crescimento Crescimento Crescimento Ordem 1995/2002 em Volume 2002/2009 em Volume 1995/2009 em Volume Ordem acumulado acumulado acumulado 1º Mato Grosso 56,4 Tocantins 52,6 Mato Grosso 135,3 1º 2º Amazonas 43,6 Mato Grosso 50,4 Amazonas 100,8 2º 3º Amapá 34,7 Amapá 47,4 Amapá 98,5 3º 4º Roraima 32,8 Piauí 46,4 Roraima 85,8 4º 5º Espírito Santo 30,4 Acre 45,7 Tocantins 85,7 5º 6º Goiás 26,6 Rondônia 45,6 Rondônia 83,8 6º 7º Rondônia 26,2 Maranhão 43,4 Acre 81,0 7º 8º Distrito Federal 25,1 Roraima 39,9 Goiás 71,5 8º 9º Rio G. do Norte 24,5 Amazonas 39,8 Espírito Santo 69,9 9º 10º Mato G. do Sul 24,2 Sergipe 37,1 Distrito Federal 69,1 10º 11º Acre 24,2 Goiás 35,4 Piauí 67,1 11º 12º Paraná 23,8 Distrito Federal 35,1 Maranhão 64,4 12º 13º Tocantins 21,7 Ceará 32,9 Sergipe 63,8 13º 14º Santa Catarina 20,8 Bahia 32,7 Mato G. do Sul 63,7 14º 15º Pará 20,7 Pará 32,2 Pará 59,6 15º 16º Sergipe 19,5 Mato G. do Sul 31,9 Rio G. do Norte 55,1 16º 17º Paraíba 17,1 Paraíba 31,6 Paraíba 54,2 17º 18º Minas Gerais 16,1 Espírito Santo 30,3 Bahia 54,0 18º 19º Bahia 16,0 Pernambuco 29,2 Paraná 52,1 19º 20º Rio G. do Sul 15,0 São Paulo 28,4 Ceará 49,9 20º Brasil 14,9 Brasil 27,5 Santa Catarina 49,1 21º 21º Maranhão 14,6 Alagoas 25,7 Pernambuco 48,0 22º 22º Pernambuco 14,5 Rio G. do Norte 24,6 Brasil 46,5
  • 52. Crescimento em volume acumulado do PIB em % 1995-2009 Crescimento Crescimento Crescimento Ordem 1995/2002 em Volume 2002/2009 em Volume 1995/2009 em Volume Ordem acumulado acumulado acumulado 1º Mato Grosso 56,4 Tocantins 52,6 Mato Grosso 135,3 1º 2º Amazonas 43,6 Mato Grosso 50,4 Amazonas 100,8 2º 3º Amapá 34,7 Amapá 47,4 Amapá 98,5 3º 4º 5º Roraima Espírito Santo Todos os estados 32,8 30,4 Piauí Acre 46,4 45,7 Roraima Tocantins 85,8 85,7 4º 5º 6º 7º Goiás Rondônia 26,6 26,2 regiã da região norte Rondônia Maranhão 45,6 43,4 Rondônia Acre 83,8 81,0 6º 7º 8º 9º Distrito Federal Rio G. do Norte crescem acima da 25,1 24,5 Roraima Amazonas 39,9 39,8 Goiás Espírito Santo 71,5 69,9 8º 9º 10º Mato G. do Sul 24,2 Sergipe 37,1 Distrito Federal 69,1 10º 11º Acre 24,2 média em Goiás 35,4 Piauí 67,1 11º 12º Paraná 23,8 Distrito Federal 35,1 Maranhão 64,4 12º 13º Tocantins qualquer que seja 21,7 Ceará 32,9 Sergipe 63,8 13º 14º Santa Catarina 20,8 Bahia 32,7 Mato G. do Sul 63,7 14º 15º Pará 20,7 perí o período Pará 32,2 Pará 59,6 15º 16º Sergipe 19,5 Mato G. do Sul 31,9 Rio G. do Norte 55,1 16º 17º Paraíba 17,1 analisado Paraíba 31,6 Paraíba 54,2 17º 18º Minas Gerais 16,1 Espírito Santo 30,3 Bahia 54,0 18º 19º Bahia 16,0 Pernambuco 29,2 Paraná 52,1 19º 20º Rio G. do Sul 15,0 São Paulo 28,4 Ceará 49,9 20º Brasil 14,9 Brasil 27,5 Santa Catarina 49,1 21º 21º Maranhão 14,6 Alagoas 25,7 Pernambuco 48,0 22º 22º Pernambuco 14,5 Rio G. do Norte 24,6 Brasil 46,5
  • 53. Crescimento em volume acumulado do PIB em % 1995-2009 Crescimento Crescimento Crescimento Ordem 1995/2002 em Volume 2002/2009 em Volume 1995/2009 em Volume Ordem acumulado acumulado acumulado 1º Mato Grosso 56,4 Tocantins 52,6 Mato Grosso 135,3 1º 2º Amazonas 43,6 Mato Grosso 50,4 Amazonas 100,8 2º 3º Amapá 34,7 Amapá 47,4 Amapá 98,5 3º 4º Roraima 32,8 Piauí 46,4 Roraima 85,8 4º 5º Espírito Santo 30,4 Acre 45,7 Tocantins 85,7 5º 6º Goiás 26,6 Rondônia 45,6 Rondônia 83,8 6º 7º Rondônia 26,2 Maranhão 43,4 Acre 81,0 7º 8º Distrito Federal 25,1 Roraima 39,9 Goiás 71,5 8º 9º Rio G. do Norte 24,5 Amazonas 39,8 Espírito Santo 69,9 9º 10º Mato G. do Sul 24,2 Sergipe 37,1 Distrito Federal 69,1 10º 11º Acre 24,2 Goiás 35,4 Piauí 67,1 11º 12º Paraná 23,8 Distrito Federal 35,1 Maranhão 64,4 12º 13º Tocantins 21,7 Ceará 32,9 Sergipe 63,8 13º 14º Santa Catarina 20,8 Bahia 32,7 Mato G. do Sul 63,7 14º 15º Pará 20,7 Pará 32,2 Pará 59,6 15º 16º Sergipe 19,5 Mato G. do Sul 31,9 Rio G. do Norte 55,1 16º 17º Paraíba 17,1 Paraíba 31,6 Paraíba 54,2 17º 18º Minas Gerais 16,1 Espírito Santo 30,3 Bahia 54,0 18º 19º Bahia 16,0 Pernambuco 29,2 Paraná 52,1 19º 20º Rio G. do Sul 15,0 São Paulo 28,4 Ceará 49,9 20º Brasil 14,9 Brasil 27,5 Santa Catarina 49,1 21º 21º Maranhão 14,6 Alagoas 25,7 Pernambuco 48,0 22º 22º Pernambuco 14,5 Rio G. do Norte 24,6 Brasil 46,5
  • 54. Crescimento em volume acumulado do PIB em % 1995-2009 Crescimento Crescimento Crescimento Ordem 1995/2002 em Volume 2002/2009 em Volume 1995/2009 em Volume Ordem acumulado acumulado acumulado 1º Mato Grosso 56,4 Tocantins 52,6 Mato Grosso 135,3 1º 2ºEntre 1995 e 2002, apenas 4 estados Amazonas 43,6 Mato Grosso 50,4 Amazonas 100,8 2º 3º Amapá 34,7 Amapá 47,4 Amapá 98,5 3º 4º regiã tê da região nordeste têm desempenho Roraima 32,8 Piauí 46,4 Roraima 85,8 4º 5º Espírito Santo 30,4 Acre 45,7 Tocantins 85,7 5º 6º mé 26,6 sé acima da média. No entanto, na série Goiás Rondônia 45,6 Rondônia 83,8 6º 7º 8º de crescimento acumulado a partir de Rondônia Distrito Federal 26,2 25,1 Maranhão Roraima 43,4 39,9 Acre Goiás 81,0 71,5 7º 8º 2002, apenas Alagoas e Rio G. do norte 9º 10º Rio G. do Norte Mato G. do Sul 24,5 24,2 Amazonas Sergipe 39,8 37,1 Espírito Santo Distrito Federal 69,9 69,1 9º 10º 11º mé 24,2 sé crescem abaixo da média. Na série a Acre Goiás 35,4 Piauí 67,1 11º 12º Paraná 23,8 Distrito Federal 35,1 Maranhão 64,4 12º até só21,7 nã partir de 1995 até 2009 só Alagoas não 13º Tocantins Ceará 32,9 Sergipe 63,8 13º 14º Santa Catarina 20,8 Bahia 32,7 Mato G. do Sul 63,7 14º 15º Pará mé cresce acima da média. 20,7 Pará 32,2 Pará 59,6 15º 16º Sergipe 19,5 Mato G. do Sul 31,9 Rio G. do Norte 55,1 16º 17º Paraíba 17,1 Paraíba 31,6 Paraíba 54,2 17º 18º Minas Gerais 16,1 Espírito Santo 30,3 Bahia 54,0 18º 19º Bahia 16,0 Pernambuco 29,2 Paraná 52,1 19º 20º Rio G. do Sul 15,0 São Paulo 28,4 Ceará 49,9 20º Brasil 14,9 Brasil 27,5 Santa Catarina 49,1 21º 21º Maranhão 14,6 Alagoas 25,7 Pernambuco 48,0 22º 22º Pernambuco 14,5 Rio G. do Norte 24,6 Brasil 46,5
  • 55. Crescimento em volume acumulado do PIB em % 1995-2009 Crescimento Crescimento Crescimento Ordem 1995/2002 em Volume 2002/2009 em Volume 1995/2009 em Volume Ordem acumulado acumulado acumulado 1º Mato Grosso 56,4 Tocantins 52,6 Mato Grosso 135,3 1º 2º Amazonas 43,6 Mato Grosso 50,4 Amazonas 100,8 2º 3º Amapá 34,7 Amapá 47,4 Amapá 98,5 3º 4º Roraima 32,8 Piauí 46,4 Roraima 85,8 4º 5º Espírito Santo 30,4 Acre 45,7 Tocantins 85,7 5º 6º Goiás 26,6 Rondônia 45,6 Rondônia 83,8 6º 7º Rondônia 26,2 Maranhão 43,4 Acre 81,0 7º 8º Distrito Federal 25,1 Roraima 39,9 Goiás 71,5 8º 9º Rio G. do Norte 24,5 Amazonas 39,8 Espírito Santo 69,9 9º 10º Mato G. do Sul 24,2 Sergipe 37,1 Distrito Federal 69,1 10º 11º Acre 24,2 Goiás 35,4 Piauí 67,1 11º 12º Paraná 23,8 Distrito Federal 35,1 Maranhão 64,4 12º 13º Tocantins 21,7 Ceará 32,9 Sergipe 63,8 13º 14º Santa Catarina 20,8 Bahia 32,7 Mato G. do Sul 63,7 14º 15º Pará 20,7 Pará 32,2 Pará 59,6 15º 16º Sergipe 19,5 Mato G. do Sul 31,9 Rio G. do Norte 55,1 16º 17º Paraíba 17,1 Paraíba 31,6 Paraíba 54,2 17º 18º Minas Gerais 16,1 Espírito Santo 30,3 Bahia 54,0 18º 19º Bahia 16,0 Pernambuco 29,2 Paraná 52,1 19º 20º Rio G. do Sul 15,0 São Paulo 28,4 Ceará 49,9 20º Brasil 14,9 Brasil 27,5 Santa Catarina 49,1 21º 21º Maranhão 14,6 Alagoas 25,7 Pernambuco 48,0 22º 22º Pernambuco 14,5 Rio G. do Norte 24,6 Brasil 46,5
  • 56. Crescimento em volume acumulado do PIB em % 1995-2009 Crescimento Crescimento Crescimento Ordem 1995/2002 em Volume 2002/2009 em Volume 1995/2009 em Volume Ordem acumulado acumulado acumulado 1º Mato Grosso 56,4 Tocantins 52,6 Mato Grosso 135,3 1º 2º Amazonas 43,6 Mato Grosso 50,4 Amazonas 100,8 2º 3º Amapá 34,7 Amapá 47,4 Amapá 98,5 3º 4º regiã 32,8 tê Os estados da região Sul têm melhor Roraima Piauí 46,4 Roraima 85,8 4º 5º Espírito Santo 30,4 Acre 45,7 Tocantins 85,7 5º 6º Goiás sé desempenho na série entre 1995 e 26,6 Rondônia 45,6 Rondônia 83,8 6º 7º Rondônia 26,2 Maranhão 43,4 Acre 81,0 7º 8º 2002. Nos anos entre 2002 e 2009 Distrito Federal 25,1 Roraima 39,9 Goiás 71,5 8º 9º 10º todos os estados cresceram abaixo da Rio G. do Norte Mato G. do Sul 24,5 24,2 Amazonas Sergipe 39,8 37,1 Espírito Santo Distrito Federal 69,9 69,1 9º 10º 11º média. Na série 1995-2009 apenas RS dia.  Acre sé 24,2 Goiás 35,4 Piauí 67,1 11º 12º Paraná 23,8 Distrito Federal 35,1 Maranhão 64,4 12º 13º Tocantins 21,7 mé cresce abaixo da média. Ceará 32,9 Sergipe 63,8 13º 14º Santa Catarina 20,8 Bahia 32,7 Mato G. do Sul 63,7 14º 15º Pará 20,7 Pará 32,2 Pará 59,6 15º 16º Sergipe 19,5 Mato G. do Sul 31,9 Rio G. do Norte 55,1 16º 17º Paraíba 17,1 Paraíba 31,6 Paraíba 54,2 17º 18º Minas Gerais 16,1 Espírito Santo 30,3 Bahia 54,0 18º 19º Bahia 16,0 Pernambuco 29,2 Paraná 52,1 19º 20º Rio G. do Sul 15,0 São Paulo 28,4 Ceará 49,9 20º Brasil 14,9 Brasil 27,5 Santa Catarina 49,1 21º 21º Maranhão 14,6 Alagoas 25,7 Pernambuco 48,0 22º 22º Pernambuco 14,5 Rio G. do Norte 24,6 Brasil 46,5
  • 57. Crescimento em volume acumulado do PIB em % 1995-2009 Crescimento Crescimento Crescimento Ordem 1995/2002 em Volume 2002/2009 em Volume 1995/2009 em Volume Ordem acumulado acumulado acumulado 1º Mato Grosso 56,4 Tocantins 52,6 Mato Grosso 135,3 1º 2º Amazonas 43,6 Mato Grosso 50,4 Amazonas 100,8 2º 3º Amapá 34,7 Amapá 47,4 Amapá 98,5 3º 4º Roraima 32,8 Piauí 46,4 Roraima 85,8 4º 5º Espírito Santo 30,4 Acre 45,7 Tocantins 85,7 5º 6º Goiás 26,6 Rondônia 45,6 Rondônia 83,8 6º 7º Rondônia 26,2 Maranhão 43,4 Acre 81,0 7º 8º Distrito Federal 25,1 Roraima 39,9 Goiás 71,5 8º 9º Rio G. do Norte 24,5 Amazonas 39,8 Espírito Santo 69,9 9º 10º Mato G. do Sul 24,2 Sergipe 37,1 Distrito Federal 69,1 10º 11º Acre 24,2 Goiás 35,4 Piauí 67,1 11º 12º Paraná 23,8 Distrito Federal 35,1 Maranhão 64,4 12º 13º Tocantins 21,7 Ceará 32,9 Sergipe 63,8 13º 14º Santa Catarina 20,8 Bahia 32,7 Mato G. do Sul 63,7 14º 15º Pará 20,7 Pará 32,2 Pará 59,6 15º 16º Sergipe 19,5 Mato G. do Sul 31,9 Rio G. do Norte 55,1 16º 17º Paraíba 17,1 Paraíba 31,6 Paraíba 54,2 17º 18º Minas Gerais 16,1 Espírito Santo 30,3 Bahia 54,0 18º 19º Bahia 16,0 Pernambuco 29,2 Paraná 52,1 19º 20º Rio G. do Sul 15,0 São Paulo 28,4 Ceará 49,9 20º Brasil 14,9 Brasil 27,5 Santa Catarina 49,1 21º 21º Maranhão 14,6 Alagoas 25,7 Pernambuco 48,0 22º 22º Pernambuco 14,5 Rio G. do Norte 24,6 Brasil 46,5