Introdução ao mercado de trabalho freelance

245 visualizações

Publicada em

Palestra apresentada na USC (Universidade do Sagrado Coração), em Bauru, no dia 30 de setembro de 2015, por ocasião da Jornada do Curso de Tradução

Publicada em: Carreiras
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
245
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Testes
  • Dicas: nunca altere o nome do arquivo, exceto orientação contrária do cliente; nunca altere o assunto do email; sempre responda a todos; entregue em resposta ao email de alocação, não crie um email novo
  • Comecei com R$ 0,03. Hoje, tenho clientes que me pagam de R$ 0,11 a US$ 0,13.
  • Ferramentas = programas de computador
    Gerenciamento de memórias de tradução, gerenciamento de terminologia, controle de qualidade, preenchimento automático
    Diferente de MT!
  • Introdução ao mercado de trabalho freelance

    1. 1. INTRODUÇÃO AO MERCADO DE TRABALHO FREELANCE Caroline Alberoni USC (Universidade do Sagrado Coração) 30 de setembro de 2015
    2. 2. ANTES DE MAIS NADA… • In-house x freelancer • Serviços • Idiomas de trabalho • Áreas de especialização
    3. 3. POR ONDE COMEÇAR? • Captando clientes… • Amigos, ProZ.com, Google, grupos do Facebook • Abordando clientes… • Endereço de email apresentável • Currículo claro e conciso • Email de apresentação personalizado
    4. 4. • Lidando com clientes… • Responda a emails prontamente • Esteja sempre disponível • Entregue SEMPRE no prazo • Tenha uma comunicação clara e amigável com o gerente de projetos (PM)
    5. 5. AO TRABALHO • Leia atentamente o email de alocação/consulta do projeto • Salve e verifique todos os arquivos • Consulte o material de referência fornecido, não o negligencie • Tire todas as dúvidas que você tiver • Duvide, questione, pesquise • Comece com pouco e vá observando e anotando sua produtividade por hora, diária e semanal • Saiba recusar projetos, se necessário
    6. 6. PRODUTIVIDADE • Tradução x versão, par de idiomas, tipo de arquivo, tipo de texto, ferramenta • Sugestão: comece com 300 palavras por hora de tradução
    7. 7. QUANTO COBRAR? Tabela do Sintra
    8. 8. • Estipule um valor mínimo por palavra e não aceite menos • Estipule uma taxa de emergência • Considere seus gastos (energia, CATs, aperfeiçoamento profissional, internet, etc.) • Saiba quanto é a sua hora
    9. 9. ORGANIZAÇÃO É TUDO! • Horário comercial, sim! • Nada de almoçar na mesa de trabalho! • Tenha uma vida ativa e alimentação saudável: não negligencie sua saúde • Ambiente de trabalho adequado
    10. 10. CAT TOOLS • Computer-Assisted Translation (CAT): ferramentas de auxílio ao tradutor • SDL Trados Studio, Wordfast, memoQ, OmegaT, Déjà Vu, MemSource, Swordfish, Transit, Idiom, TW (Translation Workspace), etc.
    11. 11. VISIBILIDADE • Marca: nome, logotipo • Website e email com domínio próprio • Blog e mídias sociais • Congressos e eventos da área e das suas áreas de trabalho
    12. 12. CONHECE? POIS DEVERIA! • TradWiki • Multitude • Ao Principiante • Tradutor Iniciante • Ponte de Letras • Thoughts On Translation, Lingua Greca Translations, Translator’s Digest, Wantwords
    13. 13. COM A PALAVRA… • Aprenda a usar CATs • Não aceite preços baixos • Encontre um mentor • Nunca deixe de aprender • Não dê ouvidos às pessoas nas mídias sociais • Seja profissional; entregue o que prometeu e, se puder, mais um pouco • Leia livros da área • Troque ideias com profissionais já estabelecidos
    14. 14. • Comece in-house; faça um estágio • Forneça traduções de alta qualidade • Sempre revise suas traduções • Estude • Preste atenção ao mundo ao seu redor: de que ele precisa? • Estude seu idioma de destino • Crie uma conta no Twitter e faça networking com outros profissionais de outros países • Estude sobre negócios
    15. 15. Acredite em você!
    16. 16. OBRIGADA! • Email: caroline@alberoni.com.br • Site: www.alberoni.com.br • Blog: caroltranslation.com • FB: /alberoni.translations • Twitter: @AlberoniTrans • G+: /+CarolineAlberoni • LinkedIn: Caroline Alberoni • Pinterest: /alberonitrans • Snapchat: @calberoni • Periscope: @Alberoni

    ×