Lançamento Horizontal no VácuoLançamento Horizontal no Vácuo
Quando um corpo é lançado horizontalmente noQuando um corpo é...
Este movimento pode ser considerado comoEste movimento pode ser considerado como
resultado de uma composição de dois movim...
Lançamento Oblíquo no VácuoLançamento Oblíquo no Vácuo
Consideremos um projétil lançado obliquamente
para cima(no vácuo), ...
A velocidade Vo de lançamento pode serA velocidade Vo de lançamento pode ser
decomposta em Vox e Voy.decomposta em Vox e V...
Fique Ligado!!!
11ºº) A trajetória é parabólica.) A trajetória é parabólica.
22ºº) O lançamento oblíquo no vácuo é uma) O ...
33ºº) No ponto de altura máxima temos:) No ponto de altura máxima temos:
Vox = contante, Vy = 0 e g = constante
44ºº) O al...
Lançamentos horinzontal e oblíquo2
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Lançamentos horinzontal e oblíquo2

178 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
178
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lançamentos horinzontal e oblíquo2

  1. 1. Lançamento Horizontal no VácuoLançamento Horizontal no Vácuo Quando um corpo é lançado horizontalmente noQuando um corpo é lançado horizontalmente no vácuo, ele descreve em relação a Terra umavácuo, ele descreve em relação a Terra uma Trajetória Parabólica.Trajetória Parabólica. V = √ Vx + Vy 2 2
  2. 2. Este movimento pode ser considerado comoEste movimento pode ser considerado como resultado de uma composição de dois movimentosresultado de uma composição de dois movimentos independentes:independentes: 11ºº) Eixo Horizontal MRU) Eixo Horizontal MRU:: Na Horizontal, a velocidadeNa Horizontal, a velocidade é constante e a aceleraçãoé constante e a aceleração é nula.é nula. Equação:Equação: Distância percorrida (alcance)Distância percorrida (alcance) 22ºº) Eixo Vertical: Queda Livre:) Eixo Vertical: Queda Livre: Na vertical, a velocidadeNa vertical, a velocidade varia uniformemente(MQL), evaria uniformemente(MQL), e a aceleração(gravidade) éa aceleração(gravidade) é constante.constante. Equações:Equações: 2/gty 2 = gtVy =t.VxX =
  3. 3. Lançamento Oblíquo no VácuoLançamento Oblíquo no Vácuo Consideremos um projétil lançado obliquamente para cima(no vácuo), formando sua direção um ângulo “θ” com a direção horizontal. Vox = Vo.cosθ Voy = Vo.senθ
  4. 4. A velocidade Vo de lançamento pode serA velocidade Vo de lançamento pode ser decomposta em Vox e Voy.decomposta em Vox e Voy. ONDE:ONDE: Vox componente de Vo segundo o eixo “x”.Vox componente de Vo segundo o eixo “x”. Voy componente de Vo segundo o eixo “y”.Voy componente de Vo segundo o eixo “y”. OBS.: A única aceleração existente noOBS.: A única aceleração existente no movimento é a gravitacional(g), que atua apenasmovimento é a gravitacional(g), que atua apenas segundo a direção vertical.segundo a direção vertical.
  5. 5. Fique Ligado!!! 11ºº) A trajetória é parabólica.) A trajetória é parabólica. 22ºº) O lançamento oblíquo no vácuo é uma) O lançamento oblíquo no vácuo é uma composição de dois movimentoscomposição de dois movimentos, sendo que:, sendo que: Eixo Horizontal: MRUEixo Horizontal: MRU Vx=constanteVx=constante a=0a=0 Eixo Vertical: MRUVEixo Vertical: MRUV Vy=varia uniformementeVy=varia uniformemente a=ga=g dst ttt += 2/gtt.VoyYoY 2 −+= gtVoyVy −= tt.VoxX =
  6. 6. 33ºº) No ponto de altura máxima temos:) No ponto de altura máxima temos: Vox = contante, Vy = 0 e g = constante 44ºº) O alcance é máximo com:) O alcance é máximo com: θ = 45 0

×