GUILHERME MORA RAMALHO_SAC_SEMINÁRIO AIE 2015

801 visualizações

Publicada em

Apresentação do Secretário Executivo da SAC, Guilherme Mora Ramalho, no Seminário Airport Infra Expo - Gestão de Aeroportos.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
801
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

GUILHERME MORA RAMALHO_SAC_SEMINÁRIO AIE 2015

  1. 1. Secretaria de Aviação Civil – PR A importância da Aviação Regional
  2. 2. Desenvolvimento expressivo do transporte aéreo brasileiro A redução do custo da passagem aérea doméstica: 48% de redução entre 2004 e 2014 Aumento no número de passageiros: 117 milhões de passageiros em 2014 – 170% de aumento entre 2004-2014 (10% de média anual) (Fonte: ANAC) E a demanda por transporte aéreo continuará crescendo… O transporte aéreo brasileiro ainda está em expansão, e todas as projeções apontam para esta direção – devemos triplicar a capacidade em 20 anos 0,59 viagem/hab X 1,7 viagem/hab em mercados desenvolvidos (fonte: McKinsey&Co, 2010) A demanda pelo setor aéreo brasileiro triplicou nos últimos 10 anos, e triplicará novamente nos próximos 20. 2
  3. 3.  R$ 13,4 bi investidos na expansão da infraestrutura  + 77 milhões de passageiros em capacidade nos aeroportos Os investimentos realizados nos últimos 4 anos ampliaram a capacidade dos aeroportos em 77 milhões de passageiros 3 Aeroporto de Brasília Aeroporto de Viracopos
  4. 4. 4 Entregas nos aeroportos da Infraero Aeroporto de Manaus – novo terminal de passageiros
  5. 5. 5 Entregas nos aeroportos da Infraero Aeroporto de Manaus – novo terminal de passageiros
  6. 6. O sucesso nas concessões aeroportuárias promoveu a ampliação dos grandes aeroportos e viabilizou o Programa de Aviação Regional 6  Grande interesse: 14 consórcios participantes nas 3 rodadas de concessões  Sucesso financeiro: Total de R$ 45 bilhões em outorga até o final das concessões - R$ 2,5 bilhões por ano para o Fundo Nacional de Aviação Civil  Investimentos: R$ 6,85 bilhões desde 2012  + 76% nos pátios  + 125% nos terminais de passageiros  + 87% em capacidade nestes aeroportos  Aumento da satisfação dos passageiros: crescimento de 12% nestes aeroportos nos últimos 12 meses (Fonte: Pesquisa de Satisfação do Usuário SAC)
  7. 7. Resultados das concessões aeroportuárias Aeroporto de Guarulhos – novo terminal de passageiros7
  8. 8. Aeroporto de Guarulhos – novo terminal de passageiros8 Resultados das concessões aeroportuárias
  9. 9. Aeroporto de Viracopos – novas pontes de embarque9 Resultados das concessões aeroportuárias
  10. 10. Aeroporto de Viracopos – novo terminal10 Resultados das concessões aeroportuárias
  11. 11. Aeroporto de Brasília – novo píer e novas pontes de embarque11 Resultados das concessões aeroportuárias
  12. 12. Aeroporto de Brasília – Novo píer do terminal de passageiros12 Resultados das concessões aeroportuárias
  13. 13. Novo aeroporto de Natal – São Gonçalo do Amarante13 Resultados das concessões aeroportuárias
  14. 14. Novo aeroporto de Natal – São Gonçalo do Amarante14 Resultados das concessões aeroportuárias
  15. 15. 15 A satisfação dos passageiros nos principais aeroportos brasileiros saltou de 3,78 para 4,04 nos últimos 12 meses  A pesquisa envolve 48 indicadores de percepção dos passageiros nos 15 principais aeroportos.  Além disso, são feitas 30 medições – tempo de filas, restituição de bagagem e guichês ocupados.  E essas medições são diárias – mais de 150.000 entrevistas já foram realizadas. *As notas variam de 1,00 a 5,00
  16. 16. • Atualmente, cerca de 80 aeroportos regionais recebem voos regulares. Com o Programa de Aviação Regional, estaremos aptos a receber voos regulares em 270. • Mais de 40 milhões de brasileiros (21% da população) não tem acesso a um aeroporto a até 100 km de distância de sua residência. • 43% da população do interior do país quer viajar, mas não tem como fazê-lo devido aos elevados custos (Fonte: DataPopular). • Devido à escassez de rotas, os voos regionais são 31% mais caros do que os voos entre capitais (Fonte: Anac) 16 O Programa de Aviação Regional ampliará o acesso da população brasileira ao transporte aéreo
  17. 17. • De 2005 a 2014, 194 aeroportos brasileiros receberam voos regulares • Metade deles operaram durante todo esse período, e 73% receberam voos regulares por pelo menos 5 anos. 17 Os programas de investimentos e subsídios visam aumentar o número de cidades atendidas e a frequência dos voos entre elas 2013 e 2014 2005 a 2012 Voos regulares
  18. 18. 18 Hoje a malha está concentrada nos voos entre capitais estaduais: 81% dos assentos ofertados estão nestes voos. • As rotas exclusivamente regionais representam 1% dos assentos ofertados. • Já para as rotas entre regionais e capitais são destinados 18% dos assentos.
  19. 19. 19 Objetivos do Programa: Integração do território nacional Desenvolvimento dos polos regionais Fortalecimento dos centros de turismo Garantia de acesso às comunidades da Amazônia Legal Para reconstruir a rede de aeroportos regionais, 270 municípios foram selecionados na 1ª fase do Programa de Aviação Regional  Busca maximizar o aproveitamento de infraestruturas aeroportuárias já existentes  Investimentos na recuperação, ampliação e reaparelhamento de aeródromos regionais  Visa melhorar a qualidade dos serviços prestados aos usuários
  20. 20. Fonte: Embraer20 A aviação regional no Brasil ainda é incipiente, e possui grande potencial para expansão.
  21. 21. Movimento Realizado Movimento Previsto 72 milhões 5,5 milhões 218 milhões 18 milhões 429,3 milhões 65,5 milhões 614 milhões 113 milhões Demanda Passageiros - Aeroportos Brasil Demanda Passageiros - Aeroportos Regionais 5,2% aa 9% aa 10% aa 11% aa 21 A aviação regional tem crescido de maneira mais acentuada, e isso se intensificará ainda mais nos próximos 20 anos
  22. 22. Situação atual Com o Programa de Aviação Regional 22 O objetivo do Programa de Aviação Regional é aumentar o acesso da população brasileira ao transporte aéreo
  23. 23. O Plano de Desenvolvimento da Aviação Regional desempenhará importante papel no aumento de destinos na malha aérea • Subsídios  Para tarifas aeroportuárias e passagens aéreas em voos regionais – aeroportos com até 600 mil passageiros/ano (800 mil na Amazônia Legal)  Condicionado aos assentos ocupados, limitados a 50% da aeronave e até 60 assentos (à exceção da Amazônia Legal)  Reduzirá a diferença entre as passagens aérea e rodoviária – Popularização  Estimulará novas rotas regionais
  24. 24. • Um aumento de 10% de conectividade entre os aeroportos brasileiros promoverá, em média, um aumento de R$ 2 bilhões no PIB do País. (Fonte: Oxford Economics)* • 50% das viagens realizadas com origem ou destino em aeroportos regionais são feitas por executivos a negócios (Fonte: Urban Systems)** • Pesquisa de origens e destinos nos aeroportos revelou que mais de 3.500 municípios brasileiros já participam do transporte aéreo regular como origem ou destino real dos passageiros (Fonte: SAC/EPL) 24 Os aeroportos regionais funcionam como indutores de crescimento econômico de uma região * Para maiores detalhes acessar: http://www.iata.org/policy/Documents/Benefits-of-Aviation-Brazil-2011.pdf ** Para maiores detalhes acessar: http://www.urbansystems.com.br/reports/ler/aeroportos-regionais-na-revista-infraestrutura
  25. 25. O Programa de Aviação Regional – Situação atual Situação Atual Aeroportos Total de aeroportos 270 Estudos de Viabilidade Técnica (EVT) Entregues 263 Estudos Preliminares (EP) Entregues 159 Anteprojetos (AP) Autorizados 55 Licenciamento Ambiental Em andamento 54
  26. 26. O Programa de Aviação Regional – Terminal modular Mod. A– 682 m² Mod. B – 1.210 m² Mód. C – 1.935 m² Mód. D – 2.884 m²
  27. 27. O Programa de Aviação Regional – Terminal modular Módulo C

×