2014_RELATÓRIO_DE_FECHAMENTO_AIRPORT INFRA EXPO & AVIATION EXPO

1.551 visualizações

Publicada em

Dados de fechamento da Airport Infra Expo & Aviation Expo 2014, que aconteceu nos dias 17, 18 e 19 de setembro.

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.551
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
45
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2014_RELATÓRIO_DE_FECHAMENTO_AIRPORT INFRA EXPO & AVIATION EXPO

  1. 1. RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2014 4ª EDIÇÃO AIRPORT INFRA EXPO & AVIATION EXPO 17 a 19 de setembro de 2014 São Paulo – SP Brasil
  2. 2. ÍNDICE Histórico 03 Ficha técnica 04 Apoios 05 Patrocinadores 07 Expositores 08 Lista marca participantes 09 Informação Visitantes 15 Plano de Comunicação 17 Imprensa 25 Rodadas de Negócios 35 Cerimônia de abertura 37 Plenárias 41 Workshop 45 Pesquisa seminário 59 Palestrantes 60 Testemunhais 63
  3. 3. HISTÓRICO A realização da 4ª edição da Airport Infra Expo & Aviation Expo aconteceu em um momento em que as mudanças no sistema aeroportuário brasileiro são perceptíveis . Concessões e novos aeroportos aumentaram a demanda por novos voos, aquecendo a expectativa de crescimento substancial do mercado, visto que novos complexos aeroportuários e destinos serão criados e o aumento da demanda interna mantém seu ritmo surpreendente, com expansão de 10% ao ano. Essa evolução foi alavancada pela melhoria da economia brasileira e pelo acesso das classes B e C ao transporte aéreo e, a este cenário, acrescenta-se o fato de o país ter definido um marco regulatório para o setor, o que evidenciou o interesse de grandes empresas aéreas e a potencialidade do mercado. Não podemos deixar de mencionar também a criação do Plano de Aviação Regional do Governo, que foi um dos pontos mais discutidos e de maior destaque no evento. Neste contexto, a Airport Infra Expo & Aviation Expo se mostrou mais uma vez como o principal ponto de encontro do setor na América Latina, tendo suas atenções voltadas especialmente para o Brasil, e reunindo players de todo o mundo, que têm como interesse comum contribuir para a melhoria deste setor, tão importante para o desenvolvimento econômico do nosso País.
  4. 4. FICHA TÉCNICA EVENTO: AIRPORT INFRA EXPO & AVIATION EXPO 2014 4º Seminário de Infraestrutura Aeroportuária da América Latina DATA: 17, 18 e 19 de setembro de 2013 HORÁRIO EXPOSIÇÃO: 12h às 20h (dias 17 e 18 de setembro) / 12h às 19h (dia 19 de setembro) HORÁRIO SEMINÁRIO: 9h às 18h30 (somente nos dias 18 e 19 de setembro) LOCAL/ENDEREÇO: Expo Center Norte– Pavilhão Amarelo Rua Galatéa – Portão 8 - São Paulo - SP – Brasil FREQUÊNCIA: Bienal ÁREA TOTAL: 5000m² TOTAL VISITANTES: 4172 TOTAL DE MARCAS PARTICIPANTES: 134 TOTAL DE REUNIÕES REALIZADAS NAS RODADAS DE NEGÓCIOS: 143 NÚMERO DE PALESTRANTES: 65 NÚMERO DE SEMINARISTAS: 742 ORGANIZAÇÃO: SATOR Tel / Fax: 11 3032-5633 Site: www.airportinfraexpo.com.br www.sators.com.br; E-mail: airportinfraexpo@sators.com.br
  5. 5. APOIO INSTITUCIONAL
  6. 6. APOIO PROMOCIONAL
  7. 7. PATROCINADORES ANFITRIÕES PATROCINADORES
  8. 8. EXPOSITORES Total de marcas participantes: 134 Nacional: 97 Internacional: 37 Número de Países: 11 Lista de países: Alemanha, Brasil, Canadá, Chile, China, Coreia, Espanha, Estados Unidos, França, Reino Unido e Singapura. Perfil dos Expositores - Controle de tráfego aéreo, comunicação, navegação e meteorologia; - Segurança; - Interiores de aeronaves; - Terminais de Carga; - MRO; - Ground support; - Serviços auxiliares; - Tecnologia da Informação; - Serviços financeiros; - Construção e design; - Varejo Aeroportuário; - Operações; - Fabricantes de aeronaves; - Meio ambiente e segurança; - Fabricantes de motores; - Aeroportos Executivos; - Dispositivos hidráulicos;
  9. 9. LISTA DE MARCAS PARTICIPANTES ABDIB BRASIL ABEAR BRASIL ABESATA BRASIL ABRASET BRASIL ACECO TI BRASIL ACO BRASIL AD FEIRAS BRASIL ADB BRASIL AEROLATIN NEWS CHILE AEROPORTO DE MARINGÁ BRASIL AIAB BRASIL AIRPORT NEWS BRASIL AIRPORT SUPPLIERS EUA AIRSAFE BRASIL AIRSIDE INTERNATIONAL MAGAZINE EUA ANAC BRASIL ANCAB BRASIL ANEAA BRASIL ANVISA BRASIL APEOP BRASIL ARCADIS BRASIL ASO BRASIL AVIRAMP REINO UNIDO BECKER ALEMANHA BEUMER BRASIL BOSLAN BRASIL
  10. 10. LISTA DE MARCAS PARTICIPANTES BRASILCHIPS BRASIL BRAZILIANWAVE BRASIL CARD PRINTER BRASIL CARMANAH TECHNOLOGIES EUA CASSIOLI BRASIL CAVOTEC BRASIL CH2M BRASIL CHANDON BRASIL CIMC AIR MARREL SAS FRANÇA CNT BRASIL CODIC - APS-SPAIN S.L. ESPANHA CONSULADO CANADENSE BRASIL COPPERCHASE REINO UNIDO DECEA BRASIL DER BRASIL DUFRY BRASIL FATEC BRASIL GENOA BRASIL GOOT BRASIL GREAT UK REINO UNIDO GRU BRASIL GTA BRASIL HAVAIANAS BRASIL HID BRASIL HOBECO BRASIL HONEYWELL BRASIL
  11. 11. LISTA DE MARCAS PARTICIPANTES IATA BRASIL IBM BRASIL IHS JANES EUA INFORM GMBH ALEMANHA INFRAERO BRASIL INFRAMERICA BRASIL ITA BRASIL ITW GSE AMERICAS EUA JACK DANIELS BRASIL JONHSON BRASIL L3 EUA LANTAM BRASIL LAVRITA BRASIL LEGION REINO UNIDO LOGWEB BRASIL M&T BRASIL METRATECH BRASIL MINISTÉRIO DA SAÚDE BRASIL MINISTÉRIO DO TURISMO BRASIL MODERN MIDIA BRASIL MOMBERGER AIRPORT INFORMATION CANADÁ NEPOS BRASIL NUCTECH CHINA O EMPREITEIRO BRASIL OCEM ENERGY TECHNOLOGY BRASIL ORTOBRAS BRASIL
  12. 12. LISTA DE MARCAS PARTICIPANTES PANROTAS BRASIL PORTAL AVIAÇÃO BRASIL BRASIL PORTAL INTERNATIONAL FOREIGN TRADE BRASIL PORTAL TRANSPORTE DIGITAL NEWS BRASIL PREFEITURA DE CAMPINAS BRASIL PREFEITURA DE MARINGÁ BRASIL PTERIS GLOBAL LIMITED SINGAPURA PUCRS BRASIL QUADRÁTICA REINO UNIDO QYLUR EUA RAPISCAN EUA REVISTA AIRPORTS BRASIL BRASIL REVISTA AVIÃO REVUE BRASIL REVISTA CARGO NEWS BRASIL REVISTA CONSTRUTORES BRASIL REVISTA FLAP BRASIL REVISTA GRANDES CONSTRUÇÕES BRASIL REVISTA INFRAESTRUTURA URBANA BRASIL RINCENT AIRPORTS FRANÇA RIO GALEÃO BRASIL ROCKWELL COLLINS EUA RODCAR BRASIL RUCKER BRASIL SAAB EUA SAC BRASIL
  13. 13. LISTA DE MARCAS PARTICIPANTES SAFEGATE BRASIL SAMSONITE BRASIL SANDISK EUA SHENZHEN CIMC-TIANDA AIRPORT SUPPORT CHINA SINART BRASIL SITA EUA SMITHS DETECTION REINO UNIDO SNEA BRASIL SOBRATEMA BRASIL SOCICAM BRASIL THE LATIN AMERICAN REPORT EUA THE LED BRASIL TIANDA SOUTH AMERICA BRASIL TLD BRASIL TURNER AND TOWSEND DO BRASIL REINO UNIDO TYCO BRASIL ULMA ARCHITECTURAL BRASIL ULMA GROUND HANDLING ESPANHA UNISUL BRASIL UNITRON EUA URBAN SYSTEM BRASIL VANDERLANDE BRASIL
  14. 14. LISTA DE MARCAS PARTICIPANTES VIRACOPOS BRASIL VISION BOX BRASIL VITRA BRASIL WZ BRASIL XINFA AIRPORT PRODUCT LTD CHINA YOUYANG COREIA ZIEGLER GROUP ALEMANHA ZODIAC EUA ZOEFTIG SEATING SYSTEMS EUA
  15. 15. INFORMAÇÕES VISITANTE TOTAL DE VISITANTES 4172 Cerimônia de Abertura 322 Visitantes Feira 2406 Imprensa 76 Palestrantes 65 Seminaristas plenárias 271 Seminaristas workshops 471 Expositores 561 8% 58% 2% 2% 6% 11% 13% Tipo de participação Cerimônia de Abertura Visitantes Feira Imprensa Palestrantes Seminaristas plenárias Seminaristas workshops Expositores
  16. 16. INFORMAÇÕES VISITANTE 6% 2% 34% 30% 2% 8% 3% 7% 1% 7% Visitante x Cargo
  17. 17. DIVULGAÇÃO A Airport Infra Expo & Aviation Expo contou com plano de mídia que incluiu anúncios em revistas, banners eletrônicos, folders, disparos de email marketing e envio de folder de divulgação do evento e do seminário. Veja abaixo os parceiros do evento: Internacionais Portal Aerolatin News Portal Airport Suppliers Portal Momberger Portal The Latin America Report Revista Airside International Revista Jane’s Nacionais Panrotas Portal Airport News Portal Aviação Brasil Portal Brasilchips Portal International Foreign Trade Portal Transporte Digital Revista Airports Brasil Revista Avião Revue Revista Cargo News Revista Construtores Revista Flap Revista Grandes Construções Revista Logweb Revista M&T Manutenção e Tecnologia Revista O Empreiteiro Sobratema
  18. 18. DIVULGAÇÃO Resumo do plano de mídia: - 23 anúncios veiculados; - 22 banners eletrônicos em sites de parceiros; - 195 disparos de email marketing para as bases nacional e internacional da Sator, somando 1.794.240 de envios; - 61 disparos de email marketing de parceiros; - Envio de folder impresso do seminário e convite da feira para as bases nacional e internacional da Sator.
  19. 19. MATERIAL DE DIVULGAÇÃO Anúncio Folder feira e seminário
  20. 20. MATERIAL DE DIVULGAÇÃO E-mail marketing
  21. 21. MATERIAL DE DIVULGAÇÃO Cartazes para universidades e aeroportos Transporte gratuito nos aeroportos: Congonhas, GRU e Viracopos
  22. 22. MATERIAL DE DIVULGAÇÃO Banner eletrônico http://www.transportedigitalnews.com.br/site http://www.logweb.com.br/novo/ http://thelatinamericareport.com/ http://www.cargonews.com.br/novosite/index.php http://www.cnt.org.br/Paginas/index.aspx http://aneaa.aero/
  23. 23. MATERIAL DE DIVULGAÇÃO Banner eletrônico http://www.airport-suppliers.com http://www.ancab.com.br/ http://www.abesata.org/ http://www.abear.com.br/ http://www.apeop.org.br/ http://aerolatinnews.com/
  24. 24. MATERIAL DE DIVULGAÇÃO Banner eletrônico http://www.internationalforeigntrade.com/ http://www.revistaoempreiteiro.com.br/ http://www.revistaconstrutores.com.br/ https://www.brasilchips.com/pt-BR http://www.abdib.org.br http://www.sobratema.org.br/
  25. 25. IMPRENSA Retorno de mídia espontânea 2014 Número de clippings: 265 matérias publicadas Espaço editorial: 43 jornalistas participantes do evento de veículos como Agência Estado, DCI, Reuters, Valor Econômico, Estadão, além de sites e portais especializados no setor aeroportuário e de aviação comercial. 29 textos entre releases e notas. 22 entrevistas com palestrantes. Valor comercial do espaço: R$ 4.941.912,00 em retorno de mídia espontânea. Os jornalistas que participaram da 4ª Edição da Airport Infra Expo & Aviation Expo contaram com sala de imprensa equipada com quatro computadores conectados à Internet e receberam press kits completos com a programação de todas as atividades do evento. Durante a feira, quatro jornalistas da assessoria foram escalados para permanecer no evento, no atendimento aos jornalistas presentes e na apuração de informações e dados referentes ao evento. Além da cobertura, foram enviadas 108 newsletters para todo o mailing. A distribuição começou logo depois do final da terceira edição da Airport Infra Expo, prolongando-se durante os anos de 2013 e 2014, sendo intensificada nos três meses que antecederam o evento. As redes sociais também integraram a comunicação do evento com espaço no Twitter, Facebook, Linkedin, Youtube, Slideshare e Flickr.
  26. 26. IMPRENSA Jornal A Tribuna Jornal Valor Econômico Portal DCI Diário Comércio Industria & Serviços Portal EBC Portal Exame Portal G1 Portal Reuters Brasil Jornal A Tribuna
  27. 27. IMPRENSA Jornal Valor Econômico
  28. 28. IMPRENSA Portal DCI
  29. 29. IMPRENSA Portal DCI
  30. 30. IMPRENSA Portal EBC
  31. 31. IMPRENSA Portal Exame
  32. 32. IMPRENSA Portal G1
  33. 33. IMPRENSA Portal G1
  34. 34. IMPRENSA Portal Reuters Brasil
  35. 35. RODADAS DE NEGÓCIOS A principal vantagem em participar de uma Rodada de Negócios é a possibilidade de ter acesso a mercados internacionais distintos de maneira rápida e eficaz, propiciando oportunidades de conhecer empresas com potencial de se tornarem clientes ou parceiros. Na edição de 2014 tivemos 143 reuniões em 3 dias. EMPRESAS COMPRADORAS EMPRESAS VENDEDORAS Aeroporto de Piracicaba Aceco TI HID SAAB Vitra Avianca Aco Drenagem Honeywell Safegate WZ Azul ASO Airfield Solutions IBM SITA Youyang DER Aviex/Carmanah Iluminair TheLed Zodiac Aerospace GRU Aviramp INFORM Tianda Infraero Becker Legion TLD Orbital Beumer Metratech Turner & Townsend Rio Galeão Boslan Ortobrás Seinfra Cassioli Qylur Tyco Sinart Cavotec Radiend Ulma Arch. Socicam Copperchase Rincent Airports Unitron TAM Genoa Rockwell Collins Urban System Terminais Aéreos de Maringá Ghafari Rucker Vision Box
  36. 36. 32% 37% 20% 11% Engenharia/Arquitetura Operações T.I. Segurança As empresas âncoras participantes do evento levaram compradores dos seguintes setores:  Engenharia/Arquitetura;  Operações;  TI;  Segurança; RODADAS DE NEGÓCIOS
  37. 37. CERIMÔNIA DE ABERTURA Em 2014 a Airport Infra Expo & Aviation Expo promoveu uma cerimônia de abertura com uma programação diferente. Tivemos a apresentação do anfitrião do evento, GRU Airport, seguida pelas apresentações dos presidentes e representantes das demais concessionárias e autoridades do setor. Além disso, foi apresentada uma pesquisa inédita com o ranking dos aeroportos regionais com maior potencial de desenvolvimento. Ranking Município Aeroporto IQM 1º SÃO JOSÉ DOS CAMPOS (SP) AEROPORTO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 71,87 2º RIBEIRÃO PRETO (SP) AEROPORTO DE RIBEIRÃO PRETO 50,39 3º JOINVILLE (SC) AEROPORTO DE JOINVILLE 50,09 4º CAMPOS DOS GOYTACAZES RJ) AEROPORTO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES 49,38 5º UBERLÂNDIA (MG) AEROPORTO DE UBERLÂNDIA 49,18 6º MARINGÁ (PR) AEROPORTO REGIONAL DE MARINGÁ 47,11 7º CASCAVEL (PR) AEROPORTO MUNICIPAL DE CASCAVEL 44,70 8º LONDRINA (PR) AEROPORTO DE LONDRINA 44,26 9º CAXIAS DO SUL (RS) AEROPORTO DE CAXIAS DO SUL 43,39 10º FOZ DO IGUAÇU (PR) AEROPORTO INTERNACIONAL DE FOZ DO IGUAÇU 42,77 11º MACAÉ (RJ) AEROPORTO DE MACAÉ 41,17 12º ANÁPOLIS (GO) AEROPORTO CIVIL DE ANÁPOLIS 40,92 13º SOROCABA (SP) AEROPORTO DE SOROCABA 40,45 14º CAMPINA GRANDE (PB) AEROPORTO PRESIDENTE JOÃO SUASSUNA 40,37 15º BAURU (SP) AEROPORTO DE BAURU 39,76 16º PRESIDENTE PRUDENTE (SP) AEROPORTO ESTADUAL DE PRESIDENTE PRUDENTE 39,57 17º UBERABA (MG) AEROPORTO DE UBERABA 39,42 18º SÃO JOSÉ DO RIO PRETO (SP) AEROPORTO DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 39,14 19º CHAPECÓ (SC) AEROPORTO DE CHAPECÓ 37,46 20º MONTES CLAROS (MG) AEROPORTO DE MONTES CLAROS 36,25
  38. 38. CERIMÔNIA DE ABERTURA Ranking Município Aeroporto IQM 21º IMPERATRIZ (MA) AEROPORTO DE IMPERATRIZ 35,65 22º SANTARÉM (PA) AEROPORTO DE SANTARÉM 35,36 23º JUIZ DE FORA (MG) AEROPORTO DE JUIZ DE FORA 34,91 24º PARAUAPEBAS (PA) AEROPORTO DE CARAJÁS 34,54 25º PETROLINA (PE) AEROPORTO DE PETROLINA 34,31 26º RONDONÓPOLIS (MT) AEROPORTO DE RONDONÓPOLIS 33,99 27º SANTA MARIA (RS) AEROPORTO DE SANTA MARIA - RS 33,59 28º ARARAQUARA (SP) AEROPORTO DE ARARAQUARA 33,46 29º PARNAÍBA (PI) AEROPORTO INTERNACIONAL DE PARNAÍBA 33,42 30º PORTO SEGURO (BA) AEROPORTO DE PORTO SEGURO 33,42 31º PASSO FUNDO (RS) AEROPORTO DE PASSO FUNDO 33,30 32º VITÓRIA DA CONQUISTA (BA) AEROPORTO DE VITÓRIA DA CONQUISTA 32,94 33º PELOTAS (RS) AEROPORTO INTERNACIONAL DE PELOTAS 32,67 34º JUAZEIRO DO NORTE (CE) AEROPORTO DE JUAZEIRO DO NORTE 32,38 35º DOURADOS (MS) AEROPORTO DE DOURADOS 31,75 36º MARÍLIA (SP) AEROPORTO ESTADUAL DE MARÍLIA 31,56 37º CALDAS NOVAS (GO) AEROPORTO DE CALDAS NOVAS 31,26 38º GOVERNADOR VALADARES (MG) AEROPORTO DE GOVERNADOR VALADARES 30,97 39º BARREIRAS (BA) AEROPORTO DE BARREIRAS 30,79 40º ARAÇATUBA (SP) AEROPORTO DE ARAÇATUBA 30,67 41º CABO FRIO (RJ) AEROPORTO DE CABO FRIO 30,63 42º FEIRA DE SANTANA (BA) AEROPORTO DE FEIRA DE SANTANA 30,09 43º ARAGUAÍNA (TO) AEROPORTO DE ARAGUAÍNA 28,27 44º CACOAL (RO) AEROPORTO DE CACOAL 27,82 45º PIRACICABA (SP) AEROPORTO DE PIRACICABA 27,75 46º ALTAMIRA (PA) AEROPORTO DE ALTAMIRA 27,74 47º ILHÉUS (BA) AEROPORTO DE ILHÉUS 27,70 48º MARABÁ (PA) AEROPORTO DE MARABÁ 27,45 49º TRÊS LAGOAS (MS) AEROPORTO DE TRÊS LAGOAS 27,03 50º RIO VERDE (GO) AEROPORTO DE RIO VERDE 26,86 51º VILHENA (RO) AEROPORTO DE VILHENA 26,83
  39. 39. CERIMÔNIA DE ABERTURA Ranking Município Aeroporto IQM 52º BONITO (MS) AEROPORTO DE BONITO 26,33 53º PATOS DE MINAS (MG) AEROPORTO DE PATOS DE MINAS 26,28 54º ARAXÁ (MG) AEROPORTO DE ARAXÁ 26,20 55º MOSSORÓ (RN) AEROPORTO DIX-SEPT ROSADO 26,06 56º PONTA GROSSA (PR) AEROPORTO DE PONTA GROSSA 26,01 57º BARBACENA (MG) AEROPORTO MAJOR 25,91 58º CORUMBÁ (MS) AEROPORTO INTERNACIONAL DE CORUMBÁ 25,02 59º CÁCERES (MT) AEROPORTO DE CÁCERES 24,94 60º FRANCA (SP) AEROPORTO DE FRANCA 24,77 61º JI-PARANÁ (RO) AEROPORTO DE JI-PARANÁ 24,63 62º CARUARU (PE) AEROPORTO DE CARUARU 24,06 63º ANGRA DOS REIS (RJ) AEROPORTO DE ANGRA DOS REIS 23,83 64º BARRETOS (SP) AEROPORTO DE BARRETOS 23,78 65º CRUZEIRO DO SUL (AC) AEROPORTO INTERNACIONAL DE CRUZEIRO DO SUL 23,54 66º PARINTINS (AM) AEROPORTO REGIONAL DE PARINTINS 23,33 67º LENÇÓIS (BA) AEROPORTO DE LENÇÓIS 22,95 68º SINOP (MT) AEROPORTO DE SINOP 22,95 69º TEIXEIRA DE FREITAS (BA) AEROPORTO DE TEIXEIRA DE FREITAS 22,32 70º POUSO ALEGRE MG) AEROPORTO DE POUSO ALEGRE 22,17 71º VARGINHA (MG) AEROPORTO DE VARGINHA 22,10 72º PAULO AFONSO (BA) AEROPORTO DE PAULO AFONSO 21,78 73º LINHARES ES) AEROPORTO DE LINHARES 21,76 74º TUCURUÍ (PA) AEROPORTO DE TUCURUÍ 21,32 75º NAVEGANTES (SC) AEROPORTO INTERNACIONAL DE NAVEGANTES 20,83 76º TOLEDO (PR) AEROPORTO MUNICIPAL DE TOLEDO 20,82 77º PARANAGUÁ (PR) AEROPORTO DE PARANAGUÁ 20,79 78º RIO GRANDE (RS) AEROPORTO DE RIO GRANDE 20,79 79º ERECHIM (RS) AEROPORTO FEDERAL DE ERECHIM COMANDANTE KRAEMER 20,77 80º SOBRAL (CE) AEROPORTO DE SOBRAL 20,68 81º PICOS (PI) AEROPORTO REGIONAL DE PICOS 20,66
  40. 40. CERIMÔNIA DE ABERTURA Ranking Município Aeroporto IQM 82º TEFÉ (AM) AEROPORTO DE TEFÉ 20,47 83º ITUMBIARA (GO) AEROPORTO DE ITUMBIARA 20,41 84º LAGES (SC) AEROPORTO DE LAGES 20,39 85º RESENDE (RJ) AEROPORTO DE RESENDE 20,36 86º TEÓFILO OTONI (MG) AEROPORTO DE TEÓFILO OTONI 20,29 87º MURIAÉ (MG) AEROPORTO DE MURIAÉ 20,00 88º ALTA FLORESTA (MT) AEROPORTO DE ALTA FLORESTA 19,98 89º FERNANDO DE NORONHA (PE) AEROPORTO DE FERNANDO DE NORONHA 19,79 90º ARAPIRACA (AL) AEROPORTO DE ARAPIRACA 19,42 91º POÇOS DE CALDAS (MG) AEROPORTO DE POÇOS DE CALDAS 19,42 92º GURUPI (TO) AEROPORTO DE GURUPI 19,27 93º PATO BRANCO (PR) AEROPORTO DE PATO BRANCO 19,25 94º COARI (AM) AEROPORTO DE COARI 19,24 95º SÃO JOÃO DEL REI (MG) AEROPORTO DE SÃO JOÃO DEL REI 19,05 96º VOLTA REDONDA (RJ) AEROPORTO DE VOLTA REDONDA 18,93 97º CAÇADOR (SC) AEROPORTO DE CAÇADOR 18,71 98º CAMPO MOURÃO (PR) AEROPORTO DE CAMPO MOURÃO 18,57 99º PASSOS (MG) AEROPORTO DE PASSOS 18,56 100º BOTUCATU (SP) AEROPORTO DE BOTUCATU 18,56
  41. 41. PLENÁRIAS PLENÁRIA AEROPORTO CIDADE – AVIAÇÃO & DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO Cada vez mais o papel da aviação no desenvolvimento econômico e social da cidade onde está localizado o aeroporto é discutido no mundo. Como integrar a comunidade, os atributos e vocação da cidade com o aeroporto regional? Quais são os fatores que devem ser considerados no desenvolvimento de aeroportos regionais? Abordaremos nesta manhã visões, modelos de negócios e de governança de projetos de aeroportos regionais. DIA 18/09 PAINEL 1 Programa de investimento em logística: o futuro planejado para os aeroportos regionais no Brasil. PAINEL 2 Protagonismo do Estado ou município com relação aos aeroportos de suas cidades. Como envolver a comunidade e discutir as vantagens do aeroporto?
  42. 42. PLENÁRIAS DIA 18/09 5 – Excelente 4 – Muito bom 3 – Bom 2 – Regular 1 - Ruim
  43. 43. PLENÁRIAS DIA 19/09 PAINEL 1 Entendendo a importância do transporte aéreo para os países e a relação entre o número de destinos versus o número de voos diretos: a importância da estruturação das malhas aéreas PAINEL 2 Incentivos e subsídios: qual é o plano para o Brasil e como funciona em outros países. PLENÁRIA AEROPORTO CIDADE – UNIVERSALIZAÇÃO GEOGRÁFICA DE SERVIÇOS Com uma das menores densidades de rodovias por quilômetro quadrado de território dentre os grandes países, o Brasil continua dependendo muito do transporte aéreo para sua integração e desenvolvimento socioeconômico, mas ainda não vê o modal atingir um número de cidades condizente com a cada vez maior descentralização econômica que marca as últimas décadas do país. Discutir maneiras de reverter este quadro é de suma importância para a Indústria.
  44. 44. PLENÁRIAS DIA 19/09 5 – Excelente 4 – Muito bom 3 – Bom 2 – Regular 1 - Ruim
  45. 45. WORKSHOP DIA 18/09 PAINEL 1 O que mudou na gestão dos aeroportos com as concessões PAINEL 2 Gestão dos aeroportos regionais PAINEL 3 Gestão aeroportuária pública x gestão aeroportuária privada: análise dos principais aspectos de desempenho WORKSHOP OPERAÇÕES A indústria aeroportuária e de aviação brasileira está mudando de perspectiva, de um serviço público a uma indústria do setor privado. Embora isso permita maior eficiência e custo reduzido, a complexidade de gestão, regulação e acompanhamento também aumentam. Como as organizações envolvidas no processo – governo, entidades de classe e indústria – estão se organizando para atingir a excelência operacional no dia a dia com planos consistentes e confiáveis para o setor?
  46. 46. WORKSHOP DIA 18/09 5 – Excelente 4 – Muito bom 3 – Bom 2 – Regular 1 - Ruim
  47. 47. WORKSHOP DIA 18/09 PAINEL 1 Projetos integrados de tecnologia e automação: case GRU PAINEL 2 Projetos integrados de tecnologia e automação: case Viracopos PAINEL 3 Projetos integrados de tecnologia e automação: case Inframérica WORKSHOP TI & AUTOMAÇÃO Por conta das novas concessões, teve início a renovação dos aeroportos brasileiros com novas tecnologias de TI e automação em sistemas integrados de gerenciamento dos aeroportos visando eficiência operacional e uma revolução na experiência do passageiro. Quais são as inovações implementadas no Brasil nos aeroportos concessionados e quais são as vantagens para os passageiros?
  48. 48. DIA 18/09 5 – Excelente 4 – Muito bom 3 – Bom 2 – Regular 1 - Ruim WORKSHOP
  49. 49. WORKSHOP DIA 18/09 PAINEL 1 Controle de tráfego aéreo brasileiro: programa Sirius e o uso racional do espaço aéreo. PAINEL 2 Planejamento estratégico do controle de tráfego aéreo: visão de longo prazo para atender a demanda de crescimento do País PAINEL 3 Experiência de gerenciamento de tráfego aéreo na Copa e expectativa e planejamento para as Olimpíadas WORKSHOP ATC – CONTROLE DE TRÁFEGO AÉREO A Aviação funciona como catalisador da indústria, e é um mercado em constante transformação. O Controle de Tráfego Aéreo é fundamental para o desenvolvimento da aviação no Brasil e recentemente uma estratégia sustentável de evolução do Sistema de Gerenciamento de Tráfego Aéreo (ATM) foi implantada no País. Quais são os benefícios, vantagens e desafios deste novo sistema?
  50. 50. DIA 18/09 5 – Excelente 4 – Muito bom 3 – Bom 2 – Regular 1 - Ruim WORKSHOP
  51. 51. WORKSHOP DIA 18/09 PAINEL 1 Conceito comercial em aeroportos: arquitetura da área comercial, Influência da cultura local no espaço comercial e perfil do cliente em aeroportos PAINEL 2 Repensando a exploração comercial dos espaços publicitários nos aeroportos brasileiros: oportunidades e desafios do setor PAINEL 3 Case GRU Airport: mudanças fundamentais no perfil de varejo do principal aeroporto da América Latina WORKSHOP RECEITAS NÃO AEROPORTUÁRIAS – VAREJO E PUBLICIDADE O terminal de passageiros é a primeira e a última impressão do usuário, sendo a porta de entrada dos aeroportos que faz a interface entre a experiência no lado terra e no lado ar. Como projetar terminais de passageiros adequados para explorar comercialmente o espaço e atender as expectativas do usuário?
  52. 52. DIA 18/09 5 – Excelente 4 – Muito bom 3 – Bom 2 – Regular 1 - Ruim WORKSHOP
  53. 53. WORKSHOP DIA 19/09 PAINEL 1 Serviços de transporte aéreo no Brasil: panorama do setor PAINEL 2 Como garantir a colaboração entres as empresas para executar a operação diária com sucesso de forma a garantir a agilidade e a tranquilidade do passageiro PAINEL 3 Regulação da operação no Brasil WORKSHOP GROUND HANDLING O crescimento da aviação no Brasil exige que a cadeia de fornecedores também se prepare para este desafio com investimentos em equipamentos e mão de obra especializada para atender a demanda deste mercado com qualidade e preços competitivos. As empresas de ground handling exercem um papel fundamental para o desenvolvimento sustentável do setor.
  54. 54. DIA 19/09 5 – Excelente 4 – Muito bom 3 – Bom 2 – Regular 1 - Ruim WORKSHOP
  55. 55. WORKSHOP DIA 19/09 PAINEL 1 Novas tecnologias de segurança nos aeroportos brasileiros: o que mudou com as concessões PAINEL 2 Planejamento de segurança: perímetro, controles de acesso, vigilância e monitorização PAINEL 3 Processamento de passageiro inteligente: métodos de segurança inovadores WORKSHOP SEGURANÇA Os aeroportos brasileiros passam por uma grande transformação a partir das concessões de seus principais aeroportos e investimentos públicos em 270 aeroportos regionais. Como funciona o quadro regulamentar no Brasil e quais são as tecnologias que garantem a segurança nos aeroportos com eficiência operacional?
  56. 56. DIA 19/09 5 – Excelente 4 – Muito bom 3 – Bom 2 – Regular 1 - Ruim WORKSHOP
  57. 57. WORKSHOP DIA 19/09 PAINEL 1 Desenvolvimento e investimento em instalações aeroportuárias: tendências atuais e futuras PAINEL 2 Soluções de projetos, gestão e acompanhamento PAINEL 3 Aeroporto verdes: eficiência energética e licenciamento ambiental dos aeroportos WORKSHOP CONSTRUÇÃO, DESIGN & MEIO AMBIENTE Projetos integrados de construção para ampliação da logística do aeroporto considerando as externalidades – questões ambientais, sociais e econômicas nos projetos aeroportuários - e a construção de aeroportos verdes atendendo a demanda pela conectividade, tecnologia, sustentabilidade e intermodalidade dos aeroportos brasileiros.
  58. 58. DIA 19/09 5 – Excelente 4 – Muito bom 3 – Bom 2 – Regular 1 - Ruim WORKSHOP
  59. 59. RESULTADO GERAL DA PESQUISA DO SEMINÁRIO 5 – Excelente 4 – Muito bom 3 – Bom 2 – Regular 1 - Ruim
  60. 60. PALESTRANTES PALESTRANTE EMPRESA PAÍS Adalberto Febeliano Associação Brasileira das Empresas Aéreas - ABEAR Brasil Adival Magri GRU Airport Brasil Alberto Lopes Inframérica Brasil Aluizio Margarido Viracopos Brasil AS Brasil Ana Mandelli Sindicom Brasil André Luis Marques de Barros Infraero Brasil André Zaca Furquim Polícia Federal Brasil Antonio Maria Espósito Neto Secretaria de Aviação Civil - SAC Brasil Antonio Pedro Timoszczuk Fundação Ezute Brasil Carlos Modena Tribunal de Contas da União Brasil Christopher Grey Quadratica Radiend Reino Unido Cmte Miguel Dau GRU Airport Brasil Coronel Aviador Luiz Ricardo de Souza Nascimento DECEA Brasil Danilo Dias Smiths EUA Delfim Ossamu Miyamaru Atech Brasil Douglas Rebouças de Almeida Associação Nacional das Empresas Administradoras de Aeroportos - ANEAA Brasil Dr. Luiz Claudio de Sousa Alves Associação Brasileira das Empresas de Serviços Auxiliares de Transporte Aéreo - ABESATA Brasil Durval Bacellar EC Harris Inglaterra Edgar Luiz do Nascimento Orbital Brasil Edson Ishikawa Honeywell EUA Evanicio C. Costa Boeing Brasil
  61. 61. PALESTRANTES PALESTRANTE EMPRESA PAÍS Fabio Faizi Rahnemay Rabbani ANAC Brasil Felipe Mendes Moraes Receita Federal Brasil Fernando Almeida Prado ACECO Brasil Francisco Lyra C Fly Aviation Brasil Guilherme Freire Associação Brasileira das Empresas Aéreas - ABEAR Brasil Guilherme Walder Mora Ramalho Secretaria de Aviação Civil - SAC Brasil João Batista Camargo Junior POLI/USP Brasil José Carlos Rosa Dufry Brasil Kenneth Currie InterVISTAS EUA Leandro Roberto Costa Tyco EUA Leonardo Boszczowski Agência Nacional de Aviação Civil - ANAC Brasil Lucas Martins Schneider Electric França Luciano Santos Tavares de Almeida Investe SP Brasil Luiz Eduardo Ritzmann GRU Airport Brasil Luiz Fernando D. Garcia ESPM Brasil Luiz Fernando Lopes Embraer Brasil Marçal Rodrigues Goulart Infraero Brasil Marcelo Bento Ribeiro Azul Linhas Aéreas Brasil Marcelo Giarolla Legion Reino Unido Marcelo Mota Viracopos Brasil Marcelo Passarelli Tyco EUA Marcelo Therezo Johnson Controls EUA Marcos Amazonas Modern Airport Media Brasil Marlon Tenorio Chaves Johnson Controls EUA Mauro Pontes Sita Brasil Michael Saunders Rockwell Collins EUA
  62. 62. PALESTRANTES PALESTRANTE EMPRESA PAÍS Paul L. Friedman FAA EUA Paulo Calil Gru Airport Brasil Paulo Costa IATA Brasil Paulo Henrique Possas Secretaria da Aviação - SAC Brasil Prof. Jorge Eduardo Leal de Medeiros Escola Politécnica da USP Brasil Renato Aranha Proair Brasil Renato Vianna IBM EUA Ricardo José Soares dos Santos GRU Airport Brasil Robert Edwards Turner & Townsend Reino Unido Roberto de Carvalho GRU Airport Brasil Rogério Teixeira Coimbra Secretaria de Aviação Civil - SAC Brasil Rosangêla Finocketi Infraero Brasil Samuel Ribeiro Rossilho Prefeitura Municipal de Campinas Brasil Ted Oberlies Ghafari EUA Tenente Coronel Aviador Luiz Roberto Barbosa Medeiros CGNA Brasil Thomaz Eduardo Barbosa Assumpção Urban Systems Brasil Tony Lavan Manchester Airports Group Reino Unido Will Wilson Furtado INFRAERO Brasil
  63. 63. TESTEMUNHAIS “Você está no mesmo ambiente que todos os stakeholders que participam da indústria do transporte aéreo no Brasil, onde ao mesmo tempo se pode discutir novas técnicas e ter a oportunidade de alinhar pensamentos e se atualizar sobre o que cada um está fazendo. Eu só vejo uma forma de avançarmos no transporte aéreo brasileiro, que é a forma colaborativa. De outra maneira, não teremos um bom destino.”- Comantante Miguel Dau, Diretor de Operações do GRU Airport “Achei a expo excelente neste ano, o atendimento foi ótimo e eu senti que a energia em relação à organização foi especialmente facilitadora para uma ótima conferência. As sessões que eu participei foram muito estimulantes e com assuntos interessantes, e no geral, a recepção dos participantes e dos expositores foi muito boa.”- Ted Oberlies, Vice-presidente Sênior de Engenharia na Ghafari Associates “A Airport Infra Expo é fundamental. Anualmente este evento vem discutindo todas as questões regulatórias, de demanda de mercado e de fornecedores estrangeiros que desejam trabalhar no Brasil. Além disso, reúne todo o trade para discutir o crescimento do setor.” -Guilherme Freire, Diretor de Relações Institucionais e Governamentais da ABEAR “Os aeroportos apresentam a primeira e a última impressão para os visitantes que chegam ao País. O Brasil teve uma experiência maravilhosa com a Copa do Mundo, em 2016, o País vai sediar as Olimpíadas, e a infraestrutura precisa ser bem administrada. Temos várias lições que ficaremos felizes em compartilhar. Ao mesmo tempo, acredito que essa é uma oportunidade para o Brasil brilhar e estamos ansiosos para fazer o possível para cooperar nos próximos anos” – Michael Huerta, Administrador da FAA
  64. 64. MISSÃO: CATALISAR O DESENVOLVIMENTO DA INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA BRASILEIRA VISÃO: TER AO MENOS UM AEROPORTO BRASILEIRO ENTRE OS 30 MELHORES DO MUNDO ATÉ 2021.

×