Uma breve História da Química   Thaiza Montine G. Santos Cruz Licenciada em Química pela UEG Especialista em Ensino de Quí...
Alquimia,uma mistura de ciência,arte e magia,que floresceu durante a Idade Média,tendo uma dupla preocupação: a busca do “...
Os laboratórios eram antros negros e sinistros,cheios de odores nauseabundos. As prateleiras e mesas estavam sempre cheias...
A procura pelo ouro não era motivada por razões econômicas, mas sim porque ele , com sua resistência a corrosão , represen...
Outro sonho dos alquimistas era a fabricação do “Elixir da Longa Vida”.Este elixir curaria todas as doenças e conservaria ...
Esses objetivos nunca foram alcançados pelos alquimistas, mas permitiram o desenvolvimento de vários aparelhos e técnicas ...
No século XVI , o suíço Theophrastus Bombastus Paracelsus propôs que a Alquimia deveria se preocupar principalmente com o ...
Os últimos anos do século XVI e o transcorrer do XVII firmaram os alicerces da Química como Ciência, com a publicação do l...
A Química tornou-se, então, uma Ciência, que acompanhou todas as etapas da evolução da cultura humana, mas ainda hoje é co...
BIBLIOGRAFIA   <ul><li>[1] PERUZZO,Tito Miragaia.CANTO,Eduardo Leite. Química na abordagem do cotidiano. </li></ul><ul><li...
☺ SUGESTÃO: <ul><li>#  Filmes: </li></ul><ul><li>O violino Vermelho </li></ul><ul><li>Perfume –A história de um assassino ...
QUESTÕES   <ul><li>1) O que é Alquimia? </li></ul><ul><li>2) Quais eram os objetivos almejados pelos Alquimistas? </li></u...
4) Quais eram os sete metais conhecidos na época, e a quais astros eram associados? 5) O que tem de especial em um violino...
“ Se vi mais longe do que os outros homens, foi porque me  coloquei sobre os ombros de gigantes.” Newton
FIM !!! <ul><li>Obrigada pela atenção. </li></ul>
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Uma breve história da Química.

64.626 visualizações

Publicada em

Breve roteiro de pesquisa sobre o desenvolvimento da Química desde os primórdios da humanidade até a atualidade. Apresenta também algumas sugestões de filmes e livrs como complemento para estudo mais aprofundado, bem como um curto questionário de orientação.

Publicada em: Tecnologia, Negócios
7 comentários
51 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
64.626
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
216
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
7
Gostaram
51
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Uma breve história da Química.

  1. 1. Uma breve História da Química Thaiza Montine G. Santos Cruz Licenciada em Química pela UEG Especialista em Ensino de Química pela UEG
  2. 2. Alquimia,uma mistura de ciência,arte e magia,que floresceu durante a Idade Média,tendo uma dupla preocupação: a busca do “ Elixir da Longa Vida” ,que garantiria a imortalidade e a cura das doenças do corpo;e a descoberta de um método para a transformação de metais comuns em ouro ( Transmutação ), que ocorreria na presença de um agente conhecido como “Pedra Filosofal”.[1]
  3. 3. Os laboratórios eram antros negros e sinistros,cheios de odores nauseabundos. As prateleiras e mesas estavam sempre cheias de frascos de formas e cores bizarras, em torno, espalhavam-se em desordem, papéis cobertos de sinais cabalísticos. Um dos seus sonhos era a transformação de qualquer metal em ouro. Acreditavam que todos os metais eram, na realidade, ouro, o “metal perfeito”, em estado de impureza. Esforçavam-se, por isso, para encontrar um fermento misterioso que tivesse a propriedade de transformá-los em ouro. Chamavam a esse fermento sólido, a “Pedra Filosofal”.[2]
  4. 4. A procura pelo ouro não era motivada por razões econômicas, mas sim porque ele , com sua resistência a corrosão , representava a perfeição divina.Contudo, muitos charlatões se aproveitaram de encenações simulando a transmutação para enriquecer a custa da boa-fé de alguns (ingênuos) adeptos da Alquimia.[1]
  5. 5. Outro sonho dos alquimistas era a fabricação do “Elixir da Longa Vida”.Este elixir curaria todas as doenças e conservaria a juventude.[2] Na China, as especulações dos alquimistas conduziram ao domínio de muitas técnicas de metalurgia e à descoberta da pólvora.Os chineses foram os inventores dos fogos de artifício e os primeiros a usar a pólvora em combate, no século X.[1]
  6. 6. Esses objetivos nunca foram alcançados pelos alquimistas, mas permitiram o desenvolvimento de vários aparelhos e técnicas laboratoriais importantes.[3] <ul><li>Muitos progressos no conhecimento das substâncias provenientes de minerais e vegetais foram obtidos no Ocidente e no Oriente.[1] </li></ul><ul><li>Desenvolveram processos importantes para a produção de metais, de papiros, de sabões e de muitas substâncias, como o ácido nítrico (chamado na época de aqua fortis ), o ácido sulfúrico ( oleum vitriolum ), o hidróxido de sódio e o hidróxido de potássio.[4] </li></ul>
  7. 7. No século XVI , o suíço Theophrastus Bombastus Paracelsus propôs que a Alquimia deveria se preocupar principalmente com o aspecto médico em suas investigações.(Isso ficou conhecido como Iatroquímica ). Segundo ele, os processos vitais podiam ser interpretados e modificados com o uso de substâncias químicas. Sua contribuição no diagnóstico e no tratamento de algumas doenças foi digna de nota.[1]
  8. 8. Os últimos anos do século XVI e o transcorrer do XVII firmaram os alicerces da Química como Ciência, com a publicação do livro Alchemia , do alemão Andreas Libavius. Nos séculos XVIII e XIX , os trabalhos de Lavoisier, Berzelius, Gay-Lussac, Dalton, Wöhler, Avogadro, Berthelot, Kekulé e tantos outros deram origem à chamada Química Clássica . No século XX , com o grande avanço tecnológico, presenciou-se uma vertiginosa evolução do conhecimento químico. Modernas técnicas de investigação foram desenvolvidas, utilizando conceitos de Química, Física, Matemática, Computação e Eletrônica.[1]
  9. 9. A Química tornou-se, então, uma Ciência, que acompanhou todas as etapas da evolução da cultura humana, mas ainda hoje é considerada por muitos como um produto de magia.[3]
  10. 10. BIBLIOGRAFIA <ul><li>[1] PERUZZO,Tito Miragaia.CANTO,Eduardo Leite. Química na abordagem do cotidiano. </li></ul><ul><li>vol.01.Editora Moderna. 1ªedição. São Paulo. SP. 1994. </li></ul><ul><li>[2] Enciclopédia Delta Universal .vol.01. </li></ul><ul><li>[3] MÓL,Gerson de Souza.SANTOS,Wildson Luiz Pereira. Química na Sociedade. vol01 </li></ul><ul><li>módulo01. Editora UnB.Brasília. DF. 1998. </li></ul><ul><li>[4] USBERCO,João.SALVADOR,Edgard. Química. volume único. 1ªedição.Editora Saraiva </li></ul><ul><li>São Paulo. SP. 1997. </li></ul><ul><li>[5] Mistérios do Desconhecido – Segredos dos Alquimistas. Editores de Time – Life Livros </li></ul><ul><li>Abril Livros. Rio de Janeiro. RJ. 1996. </li></ul>
  11. 11. ☺ SUGESTÃO: <ul><li># Filmes: </li></ul><ul><li>O violino Vermelho </li></ul><ul><li>Perfume –A história de um assassino </li></ul><ul><li>A Cruzada </li></ul><ul><li># Livro: </li></ul><ul><li>O Perfume – História de um assassino </li></ul><ul><li>Autor: Patrick Süskind </li></ul><ul><li>Editora Record </li></ul>
  12. 12. QUESTÕES <ul><li>1) O que é Alquimia? </li></ul><ul><li>2) Quais eram os objetivos almejados pelos Alquimistas? </li></ul><ul><li>3) É certo que esses objetivos não foram alcançados [ao menos não se tem conhecimento], mas diante de algumas falhas, pode-se dizer que os Alquimistas foram “tropeçando” em muitas descobertas. Cite algumas delas. </li></ul>
  13. 13. 4) Quais eram os sete metais conhecidos na época, e a quais astros eram associados? 5) O que tem de especial em um violino stradivarius que o torna tão mais requisitado entre os músicos que um violino comum? 6) De acordo com o filme assistido, o que o conhecido “violino vermelho”tinha que o tornava “enfeitiçado” ? Quais as técnicas químicas utilizadas para aperfeiçoar seu som?
  14. 14. “ Se vi mais longe do que os outros homens, foi porque me coloquei sobre os ombros de gigantes.” Newton
  15. 15. FIM !!! <ul><li>Obrigada pela atenção. </li></ul>

×