Bienal apresentação 2011

362 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
362
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bienal apresentação 2011

  1. 1. FATORES DE SUCESSO E O CASO DO “ZÉ TRANQUILO”<br />FERNANDO PIMENTEL<br />
  2. 2. Gestão de Compra de Insumos<br />
  3. 3. IMPORTÂNCIA DO MOMENTO DE COMPRA<br />Preços dos fertilizantesemRondonópolis – US$/ton <br />Safra 2010/11 e 11/12: melhor momento foi o primeiro semestre<br />FONTE : IMEA<br />
  4. 4. MELHOR MOMENTO DE COMPRA<br />FERTILIZANTES<br />Dados: Instituto de Economia Agrícola - IEA<br />
  5. 5. MELHOR MOMENTO DE COMPRA<br />DEFENSIVOS<br />Dados: Instituto de Economia Agrícola - IEA<br />
  6. 6. Gestão da Comercialização da Produção<br />
  7. 7. PREÇO DA SOJA EM RIO VERDE / GO (R$/SACA)<br />Alta volatilidade: melhor estratégia é distribuir a comercialização<br />Fonte: Safras e Mercados<br />
  8. 8. GESTÃO DA VENDA – COMPORTAMENTO REGIONAL<br />SOJA 2010/2011<br />LUÍS EDUARDO MAGALHÃES/BA<br />SAPEZAL/MT<br />RIO VERDE/GO<br />Preço Paranaguá (R$/saca)<br />GO e Oeste BA aproveitaram melhor o momento de alta<br />MT comercializou em momento de baixa<br />
  9. 9. RENTABILIDADE DA SAFRA 2010/2011<br />SAPEZAL/MT<br />RIO VERDE/GO<br />LEM/BA<br />29,7<br />37,7<br />38,7<br />Preço de Venda (R$/saca)<br />50,5<br />51,0<br />54,0<br />Produtividade (sacas/ha)<br />2.089,8<br />Receita Bruta (R$/ha)<br />1.499,9<br />1.922,7<br />Custo Operacional (R$/ha)<br />1.176,4<br />1.230,8<br />1.235,8<br />Lucro Operacional (R$/ha)<br />323,5<br />691,9<br />854,0<br />Margem de Lucro (%)<br />69,1<br />27,5<br />56,2<br />
  10. 10. GESTÃO DA VENDA – COMPORTAMENTO REGIONAL<br />SOJA 2010/2011<br />CASCAVEL/PR<br />IJUÍ/RS<br />LONDRINA/PR<br />Volume comercializado<br />Preço Paranaguá (R$/saca)<br />
  11. 11. RENTABILIDADE DA SAFRA 2010/2011<br />LONDRINA/PR<br />CASCAVEL/PR<br />IJUÍ/RS<br />40,0<br />42,1<br />43,3<br />Preço de Venda (R$/saca)<br />56,2<br />59,8<br />47,4<br />Produtividade (sacas/ha)<br />2.052,9<br />Receita Bruta (R$/ha)<br />2.251,2<br />2.517,7<br />Custo Operacional (R$/ha)<br />936,1<br />1.038,3<br />810,7<br />Lucro Operacional (R$/ha)<br />1.315,1<br />1.479,4<br />1.242,2<br />153,2<br />Margem de Lucro (%)<br />131,6<br />142,5<br />
  12. 12. RELAÇÃO DE TROCA<br />FERTILIZANTES<br />Fonte: ANDA<br />
  13. 13. RELAÇÃO DE TROCA<br />FERTILIZANTES<br />O produtor Zé Tranquilo é aquele que tem caixa ou soja disponível nesse período.<br />Fonte: IMEA<br />
  14. 14. Gestão dos Contratos<br />
  15. 15. A GESTÃO DOS CONTRATOS É FUNDAMENTAL<br /> Data Câmbio R$ 2,49/US$<br />05/12/2008 CBOT-Mar US$ 8,15/bu<br />Análise Primavera do Leste <br />Modelo Produtor Soja 2300 ha <br />Caso 1<br />Caso 2<br />Produtor fez contrato a fixar U$ 450,00+14% / ha <br />em Maio 08 e comprou U$ 223,00 de defensivos/ha<br />Troca do pacotetecnológico<br />(-sementes) <br />paridade 25,37 scs/ha<br />
  16. 16. A GESTÃO DOS CONTRATOS É FUNDAMENTAL<br />Análise Primavera do Leste <br />Modelo Produtor Soja 2300 ha <br /> Data Câmbio R$ 2,30/US$<br />30/03/2009 CBOT-Mar US$ 8,80/bu<br />Caso 1<br />Caso 2<br />Troca do pacote tecnológico (-sementes) <br />paridade 25,37 scs/ha<br />Produtor fez contrato a fixar U$ 450,00+14% / ha <br />emMaio 08 e comprou U$ 223,00 de defensivos/ha<br />
  17. 17. IMPACTOS DA VALORIZAÇÃO CAMBIAL – SAFRA 2010/2011<br />POSITIVO<br />NEGATIVO<br />Produtores que compraram insumos em US$ no 1º Sem/10 para pagar Prazo Safra<br />Produtores que fixaram em US$ no 1º Sem/10<br />Fonte: Banco Central e FMI<br />
  18. 18. SUSTENTABILIDADE<br />Tecnologia<br />Sustentabilidade Ambiental<br />Sustentabilidade Ambiental<br />Sustentabilidade Econômica<br />Segurança Jurídica<br />Segurança Jurídica<br />Logística<br />Logística<br />Seguro Rural<br />Seguro Rural<br />Mecanismos de Hedging<br />Crédito – Rating e Governança<br />Crédito – Rating e Governança<br />Sustentabilidade Financeira<br />Preço Mínimo<br />Preço Mínimo<br />IR diferenciado para o produtor rural<br />IR diferenciado para o produtor rural<br />Gestão Interna da Propriedade<br />Gestão Interna da Propriedade<br />
  19. 19. MILHO: A DECISÃO DE PLANTAR<br />01/02<br />10/02<br />20/02<br />01/03<br />10/03<br />Tempo<br />Produtividade<br />95 scs<br />120 scs<br />105 scs<br />85 scs<br />15%<br />5%<br />Rentabilidade<br />0%<br />-10 %<br />30%<br />Risco de Quebra<br />Significativa <br />20%<br />10%<br />5%<br />
  20. 20. Avaliação Econômica dos Produtores<br />
  21. 21. IJUÍ / RS<br />2007/08<br />Lucro Operacional (R$/ha) <br />2008/09<br />2009/10<br />2010/11<br />Safra Verão<br />Safra Inverno<br />Total<br />Fonte: Climasecurity<br />
  22. 22. LONDRINA / PR<br />2007/08<br />Lucro Operacional (R$/ha) <br />2008/09<br />2009/10<br />2010/11<br />Safra Verão<br />Safra Inverno<br />Total<br />Fonte: Climasecurity<br />
  23. 23. SAPEZAL / MT<br />2007/08<br />Lucro Operacional (R$/ha) <br />2008/09<br />2009/10<br />2010/11<br />Safra Verão<br />Safra Inverno<br />Total<br />Fonte: Climasecurity<br />
  24. 24. RIO VERDE / GO<br />2007/08<br />Lucro Operacional (R$/ha) <br />2008/09<br />2009/10<br />2010/11<br />Safra Verão<br />Safra Inverno<br />Total<br />Fonte: Climasecurity<br />
  25. 25. UBERLÂNDIA / MG<br />2007/08<br />Lucro Operacional (R$/ha) <br />2008/09<br />2009/10<br />2010/11<br />Milho Verão<br />Soja<br />Total<br />Fonte: Climasecurity<br />
  26. 26. LUÍS EDUARDO MAGALHÃES / BA<br />2007/08<br />Lucro Operacional (R$/ha) <br />2008/09<br />2009/10<br />2010/11<br />Soja<br />Algodão<br />Milho Verão<br />Total<br />Fonte: Climasecurity<br />
  27. 27. RENTABILIDADE SOJA<br />SAFRA 2011/12<br />
  28. 28. RENTABILIDADE ALGODÃO<br />SAFRA 2011/12<br />
  29. 29. RENTABILIDADE MILHO SAFRINHA<br />SAFRA 2011<br />
  30. 30. RATING PRODUTOR RURAL<br />
  31. 31. RATING – PRODUTORES RURAIS<br />
  32. 32. RATING – REVENDA DE INSUMOS<br />
  33. 33. Ganhos de Escala<br />
  34. 34. VANTAGENS DE SER UM PRODUTOR MAIOR<br /><ul><li> Compra de Sementes</li></ul>8,4  12,5 %<br /><ul><li> Compra de Fertilizantes</li></ul>2,3  4,3 %<br /><ul><li> Compra de Defensivos</li></ul>4,7  11,7%<br /><ul><li> Produtividade</li></ul>Neutro<br /><ul><li> Operações com Máquinas</li></ul>Neutro<br /><ul><li> Armazenagem/Preço de Venda</li></ul>4,1  21,4%<br /><ul><li> Gestão de Contratos</li></ul>Alta Variabilidade<br />
  35. 35. IMPORTÂNCIA DO POOL DE COMPRAS<br />Diminuição de 3,4% no custo de produção.<br />Diminuição de 5,8% no custo de produção. <br />
  36. 36. IMPORTÂNCIA DO POOL DE COMPRAS<br />Aumento de 9,6% na margem de lucro (R$70,9/ha).<br />Aumento de 6,0% na margem de lucro (R$42,4/ha).<br />
  37. 37. A GESTÃO DO CRESCIMENTO<br />Capacidadegerencial<br />Sistema ERP (Governança)<br /> PJ <br /> Ger. de riscocomplexo<br /> Gestão fiscal interna<br /> Gestão financeiraprofissional<br />Gestão de pessoas<br /> Plano de carreira e benefícios<br />Motivacional<br />Compet. tecnológica - Agricultura de precisão<br />AssistênciaJurídica - Complexidade de contratos<br />30000ha<br />8 propriedades<br />Capacidadegerencial<br /> Gestão informatizado simples PJ <br />Gerenciamento de risco simples<br /> Gestão fiscal complexa<br /> Gestão financeiracomplexa<br />Gestão de pessoas<br />Regulaçãotrabalhistas<br />Motivacional<br />Competênciatecnológica - alta<br />AssistênciaJurídica - Complexidade de contratos<br />15000ha<br />5 Propriedades<br />Capacidadegerencial<br />Controles de despesas e custo<br /> PJ ou PF ? <br />Gerenciamento de risco simples<br /> Gestão fiscal simples<br /> Gestão financeira simples<br />Gestão de pessoas<br />Regulaçãotrabalhistas<br />Competênciatecnológica - alta<br />AssistênciaJurídica - Complexidade de contratos<br />5000 ha<br />2 Propriedades<br />Capacidadegerencial - mínima<br />Gestão de pessoas - mínima<br />Competênciatécnológica - alta<br />1000 ha<br />
  38. 38. A GESTÃO DO CRESCIMENTO<br />
  39. 39. Perspectivas Safra 2011/2012<br />
  40. 40. VARIAÇÃO DE PREÇOS MÉDIOS RECEBIDOS PELOS PRODUTORES:<br />1º SEM 2010 x 1º SEM 2011<br />Fonte: Agrosecurity<br />
  41. 41. VARIAÇÃO DE PREÇOS DE INSUMOS AGRÍCOLA E MÃO-DE-OBRA NO CAMPO: 1º SEM 2010 x 1º SEM 2011<br />Fonte: Agrosecurity<br />
  42. 42. INDICADORES ECONÔMICOS DA SOJA PARA REGIÕES SELECIONADAS<br />1: a produtividade da Safra 11/12 considera a média dos últimos 5 anos mais incremento tecnológico esperado<br />2: O custo operacional de produção inclui arrendamento de terra e despesas pessoais do produtor, mas não considera depreciação de máquinas e benfeitorias e nem custo de oportunidade da terra e do capital.<br />Fonte: Agrosecurity<br />
  43. 43. RENTABILIDADE OPERACIONAL DA SOJA (R$/ha)<br />Fonte: Agrosecurity<br />
  44. 44. A Agronegócio é parte da economia global...<br />Economia Global - Exige Cautela dos Investidores – Riscos e Oportunidades<br />+0,23<br />+0,21<br />-0,49<br />-0,75<br />-1,30<br />-1,65<br />-2,31<br />-3,40<br />-3,43<br />-3,89<br />-3,43<br />-4,31<br />-5,16<br />-5,72<br />BOVESPA<br />Dow Jones-NY<br />Fonte: Reuters - Elaborado Agrosecurity 04-08<br />
  45. 45. CONCLUSÕES<br />Fazer uma boa gestão do crescimento é fundamental<br />Importância de antecipar compra dos insumos<br />Escalonar a comercialização da produção: não há fórmula mágica<br />Fixar o câmbio diminui a exposição a risco<br />
  46. 46. Fernando Pimentel<br />Agrosecurity Consultoria e Gestão de Agro-Ativos<br />11 E 12 DE AGOSTO<br />4ª EDIÇÃO<br />GOIÂNIA-GO<br />
  47. 47. FERNANDO PIMENTEL<br />Agrosecurity Consultoria e Gestão de Agro-Ativos<br />

×