O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Impactos socioeconômicos e ambientais na adoção de sistemas integrados de produção agropecuária

2.371 visualizações

Publicada em

I Workshop Internacional em Sistemas Integrados de Produção Agropecuária: "Ovinocultura de Corte". Botucatu, 25/07/14.

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Impactos socioeconômicos e ambientais na adoção de sistemas integrados de produção agropecuária

  1. 1. IMPACTOS (ou desafios?) SOCIOECONÔMICOS E AMBIENTAIS DE SISTEMAS INTEGRADOS DE PRODUÇÃO Ciro A. Rosolem Faculdade de Ciências Agronômicas UNESP/BOTUCATU ConselhoConselhoConselhoConselho CientíficoCientíficoCientíficoCientífico dededede AgriculturaAgriculturaAgriculturaAgricultura SustentávelSustentávelSustentávelSustentável www.agriculturasustentavel.orgwww.agriculturasustentavel.orgwww.agriculturasustentavel.orgwww.agriculturasustentavel.org
  2. 2. Era Local TECONLOGIA POPULAÇÃO ESTIMADA Past Achievements 1,000,000 11000-9000 AC Mesopotamia Começo da agricultura sedentária 6,000,000 9500-8800 AC Sumerios Irrigação suplementar 5000-4000 AC Mesopotamia Implementos simples(“ard” ou arado) 3000-2000 AC Vale Indus Mecanização animal 2500-2000 AC Mesopotamia Conceitos de fertilidade do solo e terras aráveis 900-700 AC Grecia Uso de esterco 370-280 AC Roma Uso de adubos verdes 1 DC Roma Uso de calcário e saltpeter (KNO3) 170,000,000-200,000,000 604-668 DC Alemanha Impacto do nitrato de potássio na produçào EVOLUÇÃO DA AGRICULTURA E CAPACIDADE DE ALIMENTAR PESSOAS Adaptado de Soil Till. Res. 2007 1100-1200 DC Espanha Moura Qualidade do solo 400,000,000 1700-1800 DC Europa Fundamentos de fisiologia vegetal 1803-1873 DC Alemanha Uso de fertilizantes minerais 1,000,000,000 1900-1920 DC Alemanha Habber & Bosh - síntese da Amonia 1950-1970 DC Corn Belt USA Agricultura conservacionista, semeadura direta 2,000,000,000 1960s DC Israel Asia Irrigação por gotejamento, fFertirrigação Revolução verde (Norman Borlaug) 3,000,000,000 1970s DC Brasil Biocombustíveis 1980s DC America Biotecnologia e culturas GM 1980/90s DC Brasil Conquista do Cerrada 2000 DC Tecnologias poupadoras de terra, Agricultura de Precisão, Sequestro de C Solo 6,800,000,000 2000s DC Brasil Sistemas de integração Lavoura-Pecuária-Floresta 7.000.000.000
  3. 3. 0,90,90,90,9 –––– 1,1 BILHÃO1,1 BILHÃO1,1 BILHÃO1,1 BILHÃO dededede pessoaspessoaspessoaspessoas famintasfamintasfamintasfamintas AmericaAmerica LatinaLatina Norte daNorte da África &África & Oriente MédioOriente Médio OndeOndeOndeOndeOndeOndeOndeOnde elaselaselaselaselaselaselaselas estãoestãoestãoestãoestãoestãoestãoestão???????? Quem são?Quem são?Quem são?Quem são?Quem são?Quem são?Quem são?Quem são? PequenosPequenos Sul da Ásia 230230 115 155155 200200 6060 4040 Leste daLeste da ÁsiaÁsia Resto daResto da ÁsiaÁsia SSASSA LatinaLatina Agric. em terras marginais 50%50% 22 %22 % 20%20% 8%8% Agric. em terras marginais 50%50% 22 %22 % 20%20% 8%8% PequenosPequenos agricultoresagricultores PobresPobres urbanosurbanos Pescadores ePescadores e outrosoutros
  4. 4. O DESAFIO
  5. 5. Produção PRESENTE 2050 = .…vezes a produção brasileira milhões t BRASIL MUNDO MUNDO 9.2 65.1 + 61% 04 X 3.1 105.1 + 60% 20 X 12.2 92.6 +108 % 08 X 8.6 456.8 + 24% 13 X É POSSÍVEL? 8.6 456.8 + 24% 13 X 52.7 1112.0 + 52% 11 X 62.0 407.9 + 96% 06 X Terra adicional necessária 2050 81 milhões ha Aumento da lotação de pastos no Brasil 60 milhões ha
  6. 6. Terras Disponíveis Terras Ocupadas (milhões de ha) (milhões de ha) Brasil 394 62 USA 269 188 Rússia 220 132 EU 176 116 Índia 169 169 China 138 96 Canadá 76 45 Argentina 71 27 Fonte: ING
  7. 7. Terras Disponíveis Terras Ocupadas (milhões de ha) (milhões de ha) Brasil 394 62 USA 269 188 Rússia 220 132 EU 176 116 Índia 169 169 China 138 96 Canadá 76 45 Argentina 71 27 Fonte: ING
  8. 8. USO ATUAL DA TERRA NO BRASIL (aproximado) Original: Gazzoni, 2013
  9. 9. É POSSÍVEL ATENDER À DEMANDA? RESTRIÇÕES – ÁGUA TEMPERATURA ????????
  10. 10. DESAFIOS NO CAMPO PRODUZIR MAIS……. LIMITAÇÃO À EXPANSÃO DA ÁREA LIMITAÇÃO AMBIENTAL COMPETITIVIDADE
  11. 11. 3.000 Produtividade,kg/ha PRODUTIVIDADE DA SOJA BRASIL X MATO GROSSO Brasil Mato Grosso 1.000 2.000 1990 1995 2000 2005 2010 Produtividade,kg/ha Brasil
  12. 12. 12 16 2011 2012 > 60 sc/ha 2011 = 29% 2012 = 17% PRODUTIVIDADE o que temos – o que queremos SOJA 0 4 8 0-5 10-15 20-25 30-35 40-45 50-55 60-65 70-75 80-85 90-95 % Sacos/ha Rally da Safra 2012
  13. 13. PRODUTIVIDADE 4000 5000 6000 Kg/ha FEIJÃO MILHO o que temos – o que queremos FEIJÃO E MILHO 0 1000 2000 3000 N NE CO SE S Kg/ha 2500 kg/ha 7000 kg/ha POSSÍVEL Adaptado de CONAB
  14. 14. Fazer o conhecimento existente chegar ao agricultor
  15. 15. Extensão Publica x Privada Fazer o conhecimento existente chegar ao agricultor A extensão pública atinge 22% dos agricultores eficiência do sistema, qualidade do agente
  16. 16. Problemas econômicos rentabilidade, riscos, seguro Fazer o conhecimento existente chegar ao agricultor há segurança para investir em tecnologia?
  17. 17. Educação dos agricultores Elementar elementar secundário faculdade Iliteratos ou Iliteratos funcionais Elementar incompleta
  18. 18. 79 28 33 51 11 A… C D… E… Establcmts Valor bruto Área 6 39 15 14 18 28 8 0 11 IBGE 2006, FGV, CNA, Cooplantio Classes renda
  19. 19. Desenvolver sistemas de produção melhores OBJETIVOOBJETIVO Original: D. Gassen MANTER O SOLO COBERTO O ANO TODO MANTER O SOLO COBERTO O ANO TODO
  20. 20. Semeadura Direta BRAZIL – area em semeadura direta direta % do total com grãos MUNDO – area em semeadura direta (2004/05 – MI ha) 2013 - > 306 ha Sequestro de C – 0.5 t/ha/ano or 13 milhões t/ano Original: FGV 2013 - > 306 ha ≈ 70%
  21. 21. POUCAS ESPÉCIES ADAPTADAS INTEGRAÇÕES Desenvolver sistemas de produção melhores para regiões com inverno seco (todo o cerrado) POUCAS ESPÉCIES ADAPTADAS
  22. 22. Melhorar a eficiência de uso dos recursos FERTILIZANTES 39 42 38 45 Eficiência no uso do fertilizante, kg grão/kg fert. 31 32 25 35 Milho Solteiro M + B Cobertura M + B Semeadura M + P Cobertura M + B Semeadura
  23. 23. 1786 1553 mm/ano Melhorar a eficiência de uso dos recursos CLIMA Passo Fundo Brasília Pampa Arg Corn belt USA Alemanha Ucrania Australia 778 780 619 434 377 DNGassen
  24. 24. Melhorar a eficiência de uso dos recursos CLIMA 13 14 15 comprimentododia,h Horas de luz no hemisfério sul SAFRINHAIRRIGAÇÃO 11 12 13 JUL AGO SET OUT NOV DEZ JAN FEV MAR ABR MAI JUN meses comprimentododia,h 10 30o 10o
  25. 25. 5660 2830 1980 2000 2010 PD 2830 1304
  26. 26. 70,1 38,2 Ml diesel/kg grãos 1980 2000 2010 PD 8,9
  27. 27. 110 105 175 Prep Convecional Plantio Direto Kg/litro diesel Arroz Soja Milho 19 24 30 D.D. GassenGassen
  28. 28. 68,3 1980 Conv 2010 PD 8,8
  29. 29. 100 120 140 160 180 milliontons Aumento na produção- 198 % BrasilBrasil: Produção de Grãos: Produção de Grãos 40 38 41 34 38 40 41 41 42 41 38 38 39 35 38 37 36 36 34 35 36 37 40 44 48 47 45 46 48 48 46 49 51 0 20 40 60 80 1980 1985 1990 1995 2000 2005 2010 milliontons Aumento de área– 28 %
  30. 30. 100 120 140 area in use in use without yield gains TERRAS POUPADAS - BRASIL Cerais, oleginosas e fibras ≅≅≅≅ 686 haÁrea em uso Estaria em uso se a produtividade não tivesse aumentado 0 20 40 60 80 1980 1985 1990 1995 2000 2005 2010 Millionha ÁREA SALVA
  31. 31. 0,5 0,6 0,7 0,8 0,9 1990 2000 2010 IDH 38 municípios em regiões agrícolas BRASIL BRASIL BRASIL 0 0,1 0,2 0,3 0,4
  32. 32. 0,4 0,5 0,6 0,7 0,8 0,9 1990 2010 IDH 38 municípios em regiões agrícolas BRASIL BRASIL 0 0,1 0,2 0,3 0,4 1990 – MUITOS ABAIXO DA MÉDIA 2010 – POUCOS ABAIXO DA MÉDIA
  33. 33. 20 25 30 35 Muito baixo Baixo Médio Alto Muito alto IDH 38 municípios em regiões agrícolas 0 5 10 15 20 1990 2000 2010
  34. 34. AlimentandoAlimentando osos povospovos Há tecnologia – disponível ou quase disponível – para alimentar 10 bilhões de pessoas A extensão da Revolução verde proveráA extensão da Revolução verde proverá uma dieta melhor a preços menores para a maioria das pessoas em insegurança alimentar Mas poderão os agricultores usar as tecnologias em benefício da humanidade? N. Borlaug

×