Reunião dos coroinhas 02 04 2015 final

360 visualizações

Publicada em

Reunião dos coroinhas 02 04 2015 final

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
360
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reunião dos coroinhas 02 04 2015 final

  1. 1. REUNIÃO DOS COROINHAS Paróquia Santo Agostinho – Novo Leblon Rio de Janeiro, 02 de Abril de 2015 Semana Santa 2015
  2. 2. O que é a Semana Santa? •A Semana da Paixão (também conhecida como Semana Santa) é o tempo desde o Domingo de Ramos até o Domingo de Páscoa (Domingo da Ressurreição). Semana Santa é assim chamada por causa da paixão com que Jesus voluntariamente foi à cruz para pagar pelos pecados de Seu povo.
  3. 3. Principais celebrações: • O Domingo de Ramos abre solenemente a Semana Santa, com a entrada triunfal de Jesus em Jerusálem. • A Quinta-feira Santa é quando a Igreja recorda a instituição da Eucaristia e do Sacerdócio;Cerimônia do lava-pés. • A Sexta-feira Santa é quando a Igreja recorda a Morte de Jesus Cristo. • O Sábado Santo é o dia da espera. Os cristãos junto ao sepulcro de Jesus aguardam sua Ressurreição. • O Domingo de Páscoa é o dia mais importante da fé cristã, pois Jesus vence a morte para mostrar o valor da vida.
  4. 4. Quinta-feira Santa • Neste dia são lembrados três gestos de Jesus durante a última ceia. - A instituição da Eucaristia; - Lava-pés; - A instituição do Sacerdócio; • É nesta noite que Jesus é preso e interrogado. A Igreja fica em vigília ao Santíssimo, relembrando os sofrimentos de Jesus, que tiveram início nesta noite.
  5. 5. Em que ajudamos nesse dia? • Iniciamos a celebração com a Procissão de Entrada, de forma organizada e para isso demonstramos a seguir a maneira certa de organizer a procissão de Entrada. • Esta mesma forma será utiliazada para todos os demais dias da Páscoa, então tenhamos atenção nas posições préviamente estabelecidas. • Como somos muitos a ajudar, observe atentamente os lugares disponíveis para nos sertamos durante a celebração, principalmente.
  6. 6. INCLUIR SLIDE DE ENTRADA
  7. 7. Lava-pés • Nesse dia em especial, relembramos um dos gestos que Jesus fez com seus discípulos, antes de ser entregue a morte, que chamamos de Lava-pés, que simbolicamente trás a purificação para participar da Última Ceia (Instituição da Eucaristia) e também a humildade do mestre ao lavar os pés dos seus Discípulos. • Da mesma forma que Jesus fez com seus Discípulos, hoje o padre também fará com algumas pessoas da Assembléia, com toalha, jarra e bacia de água, relembraremos este ato
  8. 8. Lava-pés
  9. 9. Instituição da Eucaristia • O amor exige sacrifício e a Eucaristia significa e realiza o sacrifício da cruz na forma de ceia pascal. Nos sinais do Pão e doVinho (Corpo e Sangue), Jesus se oferece como Cordeiro Imolado que tira o pecado do mundo. A Eucaristia significa a Real presença do Senhor, que faz dos sacrários o real centro da vida dos Cristãos. • "Ele tomou o pão, deu graças, partiu-o e distribuiu a eles dizendo: isto é o meu Corpo que é dado por vós. • E depois de comer, fez o mesmo com o cálice dizendo: Este cálice é a nova aliança em meu sangue, que é derramado por vós“
  10. 10. Instituição da Eucaristia
  11. 11. Transladação do Santíssimo • Em um lugar, separado do Sacrário, são depositadas as hóstias nas quais serão distribuídas amanhã, Sexta-Feira da Morte e Paixão do Senhor, dia que não é realizada a Consagração Eucarística em toda a Igreja. • Para depositarmos na urna a âmbula sagrada, é feita a Transladação do Santíssimo, essa é feita por dentro da Igreja, até o lugar preparado. A mesma será devidamente organizada como mostraremos a seguir.
  12. 12. SLIDE DATRANSLADAÇÃO DO SANTÍSSIMO
  13. 13. Transladação do Santíssimo
  14. 14. Após a Missa da Ceia do Senhor teremos que deixar o altar desnudo e cobriremos todos os santos
  15. 15. Sexta-feira Santa • Nesse dia é celebrada a Solene Ação Litúrgica, Paixão e Adoração da Cruz, nesse dia não se celebra a missa. A recordação da Morte de Jesus consiste em quatro momentos: - A Liturgia da Palavra; - Oração Universal; - Adoração da Cruz; - Rito de Comunhão. • Nesse dia Jesus é açoitado e condenado à morte na cruz.
  16. 16. Em que ajudamos nesse dia? • Iniciaremos a missa de maneira silenciosa e sem música, nesse dia não são utilizadas cruz, velas, incenso e nem qualquer tipo de objeto na procissão de entrada. • Ao nos aproximarmos do altar, os coroinhas se dirigem ao mesmo local do dia anterior que assistiram a missa e todos ficaremos de joelhos, junto com os celebrantes (que sei deitarã0) para nos prostrarmos diante do altar. • Nesse dia é extremamente necessário o silêncio, em sinal de respeito a morte de Jesus na Cruz .
  17. 17. Início da Celebração da Morte e Paixão
  18. 18. Apresentação e Adoração da Cruz • Adoração da Cruz: é quando Jesus Crucificado é apresentado à Assembleia para ser adorado, fazemos uma procissão junto com o padre responsável com velas ao lado, do fundo da Igreja até o altar, aonde ficará o suporte da mesma para ser colocada para Adoração. A adoração sendo feita antes ou depois da missa, são necessários sanguíneos para limpar a cruz durante a Adoração.
  19. 19. Ilustração da Apresentação e Adoração
  20. 20. Sábado Santo
  21. 21. Sábado Santo • A Vigília Pascal, se desenvolve na seguinte ordem: - Breve Lucernário; - Liturgia da Palavra; - Liturgia Batismal; - Liturgia Eucarística. • A celebração é no sábado à noite, é umaVigília em honra ao Senhor, segundo uma antiqüíssima tradição, de maneira que os fiéis, seguindo a exortação do Evangelho, tenham acesas as lâmpadas como os que aguardam a seu Senhor quando chega, para que, ao chegar, os encontre em vigília e os faça sentar em sua mesa.
  22. 22. Em que ajudamos nesse dia? 1. Abençoa-se o fogo. Prepara-se o círio no qual o sacerdote com uma punção traça uma cruz. Depois marca na parte superior a letra Alfa e na inferior Ômega, entre os braços da cruz marca as cifras do anos em curso. A continuação se anuncia o Pregão Pascal. 2. Nela a Igreja confiada na Palavra e na promessa do Senhor, media as maravilhas que desde os inícios Deus realizou com seu povo. 3. São chamados os catecúmenos, que são apresentados ao povo por seus padrinhos: se são crianças serão levados por seus pais e padrinhos. Faz-se a renovação dos compromissos batismais.
  23. 23. 4. Ao se aproximar o dia da Ressurreição, a Igreja é convidada a participar do banquete eucarístico, que por sua Morte Ressurreição, o Senhor preparou para seu povo. Nele participam pelas primeira vez os neófitos
  24. 24. Domingo de Páscoa • Este é o dia da esperança universal, o dia em que em torno ao ressuscitado, unem-se e se associam todos os sofrimentos humanos, as desilusões, as humilhações, as cruzes, a dignidade humana violada, a vida humana respeitada. • Missa Solene
  25. 25. Em que ajudamos nesse dia?

×