SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
TREATRO

Clodoaldo Oliveira
TEATRO
 DEFINIÇÕES                      O teatro infantil




                              Teatro de fantoches/
  importância        IMAGEM


                                 Teatro de máscaras


O teatro na escola
                                    pantomima
 tem uma importância fundamental na educação,
  fazendo, em Portugal, parte do currículo escolar
  obrigatório do primeiro ciclo.
 Permite ao aluno evoluir a vários níveis: na
  socialização, criatividade, coordenação, memorização,
  vocabulário, entre muitos outros.



            voltar
 Fazer teatro sempre foi uma atividade de caráter
  religioso, isto é, ligado ao culto das divindades que
  cada povo possuía. O objetivo era exaltar a glória e o
  poder das divindades.
 Com o auxílio de dramaturgos ou de situações
  improvisadas, de diretores e técnicos, o espetáculo tem
  como objetivos apresentar uma situação e despertar
  sentimentos no público


              voltar
 No entanto é de uma enorme importância que o
 professor de teatro tenha formação não só pedagógica
 mas também artística, pois um mau direcionamento
 poderá levar a problemas futuros irreversíveis no
 desenvolvimento da criança.




                voltar
V
O
L
T
A
R




se
gu
ir
 Dramaturgia é a arte de composição do texto
 destinado à representação feita por atores. A palavra
 drama vem do grego e significa ação. Desse modo, o
 texto dramatúrgico é aquele que é escrito
 especificamente para representar a ação. O que se
 dedica a essa tarefa é o dramaturgo




      voltar
Origens da arte teatral

 O primeiro evento com diálogos registrado foi uma
 apresentação anual de peças sagradas no Antigo Egito
 do mito de Osíris e Ísis, por volta de 2500 AC (Staton e
 Banham 1996 pg. 241), que conta a história da morte e
 ressurreição de Osíris e a coroação de Horus (
 Brockett, pg. 9). A palavra 'teatro' e o conceito de
 teatro, como algo independente da religião, só
 surgiram na Grécia de Pisístrato (560-510a.C.), tirano
 ateniense que estabeleceu uma dinâmica de produção
 para a tragédia e que possibilitou o desenvolvimento
 das especificidades dessa modalidade.
                                               imagem
O antigo teatro de Delfos (Grécia)


v
o
lt
a
r
O teatro infantil
 As    modalidades de teatro
  aplicadas na escola focam uma
  proposta de ensino diferente da
  forma tradicional.
 O teatro infantil é uma
  apresentação cênica feita para
  crianças onde os atores utilizam
  muita criatividade, imaginação,
  fantasia e emoção. Os temas
  mais utilizados são os contos de
  fadas e fábulas.Por que é isso
  que alegra mais as crianças.Isso
  dá     muita    imaginação      e
  criatividades      para        os
  pequeninos.




                          voltar
Pantomima
Pantomima é um teatro gestual que
faz o menor uso possível de palavras
e o maior uso de gestos. É a arte de
narrar com o corpo. É uma
modalidade cênica que se diferencia
da expressão corporal e da dança,
basicamente é a arte objetiva da
mímica, é um excelente artifício para
comediantes, cômicos, palhaços,
atores, bailarinos, enfim, os
intérpretes.

                   voltar
Teatro de fantoches
      O teatro de bonecos obteve
       sua origem na Antigüidade.
      Os homens começaram a
v      modelar     bonecos     no
o
l
       barro,      mas       sem
t      movimentos e aos poucos
a
r
       foram aprimorando esses
       bonecos, conseguindo mais
       tarde a articulação da
       cabeça e membros para
       fazer representações com
       eles.
Teatro de máscaras
      Existe um tipo muito antigo de máscara
       que é aquela desenhada no próprio rosto
       com tintas especiais, maquiagens e
       pinturas. Este tipo é muito utilizado
       pelos índios e pelos africanos nos seus
       rituais religiosos, de guerra, festas, etc.
 v
 o    Para a confecção, pode-se usar sacos de
 l
 t    papel, cartolinas, tecidos, tintas, pratos
 a    de papelão, jornal, material de sucata,
 r
      etc.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Peter Slade - O Jogo Dramático Infantil
Peter Slade - O Jogo Dramático InfantilPeter Slade - O Jogo Dramático Infantil
Peter Slade - O Jogo Dramático InfantilVitor de Almeida
 
O Teatro na Educação Artigo- Claudineia da Silva Barbosa
O Teatro na Educação   Artigo- Claudineia da Silva BarbosaO Teatro na Educação   Artigo- Claudineia da Silva Barbosa
O Teatro na Educação Artigo- Claudineia da Silva BarbosaClaudinéia Barbosa
 
Improvisar espaço de possibilidades. jornal de letras - 2008
Improvisar   espaço de possibilidades. jornal de letras - 2008Improvisar   espaço de possibilidades. jornal de letras - 2008
Improvisar espaço de possibilidades. jornal de letras - 2008marianamuniz32
 
Conteúdo 3 elementos da linguagem cênica
Conteúdo 3   elementos da linguagem cênicaConteúdo 3   elementos da linguagem cênica
Conteúdo 3 elementos da linguagem cênicaSilvana Chaves
 
Gênero textual: teatro
Gênero textual: teatroGênero textual: teatro
Gênero textual: teatroKaren Olivan
 
09 - O teatro
09 - O teatro09 - O teatro
09 - O teatroNAPNE
 
Desenvolvimento de Figurino
Desenvolvimento de FigurinoDesenvolvimento de Figurino
Desenvolvimento de FigurinoNara Rolim
 
6.teatro vicentino
6.teatro vicentino6.teatro vicentino
6.teatro vicentinoEva Antunes
 
A obra de Gil Vicente
A obra de Gil VicenteA obra de Gil Vicente
A obra de Gil VicenteTeresa Pombo
 
‘Manual mínimo do ator, de dario fo. pelo professor oswaldo anzolin,
‘Manual mínimo do ator, de dario fo. pelo professor oswaldo anzolin, ‘Manual mínimo do ator, de dario fo. pelo professor oswaldo anzolin,
‘Manual mínimo do ator, de dario fo. pelo professor oswaldo anzolin, studio silvio selva
 
Pequeno dicionario do teatro
Pequeno dicionario do teatroPequeno dicionario do teatro
Pequeno dicionario do teatroElsa Maximiano
 
Trabalho de portugues
Trabalho de portuguesTrabalho de portugues
Trabalho de portuguesDanilima69
 

Mais procurados (20)

Peter Slade - O Jogo Dramático Infantil
Peter Slade - O Jogo Dramático InfantilPeter Slade - O Jogo Dramático Infantil
Peter Slade - O Jogo Dramático Infantil
 
O Teatro na Educação Artigo- Claudineia da Silva Barbosa
O Teatro na Educação   Artigo- Claudineia da Silva BarbosaO Teatro na Educação   Artigo- Claudineia da Silva Barbosa
O Teatro na Educação Artigo- Claudineia da Silva Barbosa
 
Improvisar espaço de possibilidades. jornal de letras - 2008
Improvisar   espaço de possibilidades. jornal de letras - 2008Improvisar   espaço de possibilidades. jornal de letras - 2008
Improvisar espaço de possibilidades. jornal de letras - 2008
 
Texto teatral 2
Texto teatral 2Texto teatral 2
Texto teatral 2
 
Conteúdo 3 elementos da linguagem cênica
Conteúdo 3   elementos da linguagem cênicaConteúdo 3   elementos da linguagem cênica
Conteúdo 3 elementos da linguagem cênica
 
Gênero textual: teatro
Gênero textual: teatroGênero textual: teatro
Gênero textual: teatro
 
09 - O teatro
09 - O teatro09 - O teatro
09 - O teatro
 
Desenvolvimento de Figurino
Desenvolvimento de FigurinoDesenvolvimento de Figurino
Desenvolvimento de Figurino
 
6.teatro vicentino
6.teatro vicentino6.teatro vicentino
6.teatro vicentino
 
A obra de Gil Vicente
A obra de Gil VicenteA obra de Gil Vicente
A obra de Gil Vicente
 
Teatro e [1]..
Teatro e [1]..Teatro e [1]..
Teatro e [1]..
 
Sarau
SarauSarau
Sarau
 
Teatro vicentino
Teatro vicentinoTeatro vicentino
Teatro vicentino
 
‘Manual mínimo do ator, de dario fo. pelo professor oswaldo anzolin,
‘Manual mínimo do ator, de dario fo. pelo professor oswaldo anzolin, ‘Manual mínimo do ator, de dario fo. pelo professor oswaldo anzolin,
‘Manual mínimo do ator, de dario fo. pelo professor oswaldo anzolin,
 
Pequeno dicionario do teatro
Pequeno dicionario do teatroPequeno dicionario do teatro
Pequeno dicionario do teatro
 
Linguagem teatral
Linguagem teatralLinguagem teatral
Linguagem teatral
 
Trabalho de portugues
Trabalho de portuguesTrabalho de portugues
Trabalho de portugues
 
Teatro para iniciantes.
Teatro para iniciantes. Teatro para iniciantes.
Teatro para iniciantes.
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Teatro vicentino
Teatro vicentinoTeatro vicentino
Teatro vicentino
 

Destaque

Recursos Audiovisuais nas Boas Apresentações
Recursos Audiovisuais nas Boas ApresentaçõesRecursos Audiovisuais nas Boas Apresentações
Recursos Audiovisuais nas Boas ApresentaçõesAdm. Daniel Paulino
 
Técnico em multimeios didáticos
Técnico em multimeios didáticosTécnico em multimeios didáticos
Técnico em multimeios didáticosgervaine
 
Dos audiovisuais à multimídia: análise história das diferentes dimensões de u...
Dos audiovisuais à multimídia: análise história das diferentes dimensões de u...Dos audiovisuais à multimídia: análise história das diferentes dimensões de u...
Dos audiovisuais à multimídia: análise história das diferentes dimensões de u...guest0161e9
 
Recursos audiovisuais na educação
Recursos audiovisuais na educaçãoRecursos audiovisuais na educação
Recursos audiovisuais na educaçãoRenato Carvalho
 
Recursos didáticos para o Ensino da Geografia
Recursos didáticos para o Ensino da GeografiaRecursos didáticos para o Ensino da Geografia
Recursos didáticos para o Ensino da GeografiaDanilo Paranhos
 

Destaque (10)

Recursos Audiovisuais nas Boas Apresentações
Recursos Audiovisuais nas Boas ApresentaçõesRecursos Audiovisuais nas Boas Apresentações
Recursos Audiovisuais nas Boas Apresentações
 
Técnico em multimeios didáticos
Técnico em multimeios didáticosTécnico em multimeios didáticos
Técnico em multimeios didáticos
 
O audiovisual na escola
O audiovisual na escola O audiovisual na escola
O audiovisual na escola
 
Dos audiovisuais à multimídia: análise história das diferentes dimensões de u...
Dos audiovisuais à multimídia: análise história das diferentes dimensões de u...Dos audiovisuais à multimídia: análise história das diferentes dimensões de u...
Dos audiovisuais à multimídia: análise história das diferentes dimensões de u...
 
Recursos audiovisuais na educação
Recursos audiovisuais na educaçãoRecursos audiovisuais na educação
Recursos audiovisuais na educação
 
Recursos Audiovisuais - Resumo
Recursos Audiovisuais - ResumoRecursos Audiovisuais - Resumo
Recursos Audiovisuais - Resumo
 
Recursos audiovisuais
Recursos audiovisuaisRecursos audiovisuais
Recursos audiovisuais
 
Recursos didáticos para o Ensino da Geografia
Recursos didáticos para o Ensino da GeografiaRecursos didáticos para o Ensino da Geografia
Recursos didáticos para o Ensino da Geografia
 
Aula linguagem audiovisual 02
Aula linguagem audiovisual 02Aula linguagem audiovisual 02
Aula linguagem audiovisual 02
 
Aula linguagem audiovisual 01
Aula linguagem audiovisual 01Aula linguagem audiovisual 01
Aula linguagem audiovisual 01
 

Semelhante a Módulo5 multimídia educacional

14465604 linguagemteatral
14465604 linguagemteatral14465604 linguagemteatral
14465604 linguagemteatralEnilde Diniz
 
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.pptTEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.pptJoaoAlves319493
 
ExpressãO PláStica E Expressao Musical
ExpressãO PláStica E Expressao MusicalExpressãO PláStica E Expressao Musical
ExpressãO PláStica E Expressao MusicalAlfredo Lopes
 
3º Ano Ensino Médio.pdf
3º Ano Ensino Médio.pdf3º Ano Ensino Médio.pdf
3º Ano Ensino Médio.pdfAndreySilva45
 
Aula 6 Ano 3º bimestre - 11.08.2022.pptx
Aula 6 Ano 3º bimestre - 11.08.2022.pptxAula 6 Ano 3º bimestre - 11.08.2022.pptx
Aula 6 Ano 3º bimestre - 11.08.2022.pptxGraceDavino
 
Apresentação maternais 26-10-12
Apresentação maternais  26-10-12Apresentação maternais  26-10-12
Apresentação maternais 26-10-12lucassgabriell
 
Parâmetros Curriculares Nacionais- TEATRO
Parâmetros Curriculares Nacionais- TEATROParâmetros Curriculares Nacionais- TEATRO
Parâmetros Curriculares Nacionais- TEATROItamar Barbieri
 
Slide - A gênese ritual do Teatro na pre-história.ppt
Slide - A gênese ritual do Teatro na pre-história.pptSlide - A gênese ritual do Teatro na pre-história.ppt
Slide - A gênese ritual do Teatro na pre-história.pptroberthysouza1
 
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.pptTEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.pptSuzy De Abreu Santana
 
Elementos estruturais da linguagem teatral
Elementos estruturais da linguagem teatralElementos estruturais da linguagem teatral
Elementos estruturais da linguagem teatralJailson Carvalho
 
Mostra Experimentos 2013
Mostra Experimentos 2013Mostra Experimentos 2013
Mostra Experimentos 2013Yasmin Torres
 
1 1 arte e literatura
1 1 arte e literatura1 1 arte e literatura
1 1 arte e literaturaLuan02
 
Historia_do_Teatro.ppt
Historia_do_Teatro.pptHistoria_do_Teatro.ppt
Historia_do_Teatro.pptElizeu filho
 

Semelhante a Módulo5 multimídia educacional (20)

14465604 linguagemteatral
14465604 linguagemteatral14465604 linguagemteatral
14465604 linguagemteatral
 
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.pptTEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
 
Prova de arte 6ano 3b pronta
Prova de arte 6ano 3b prontaProva de arte 6ano 3b pronta
Prova de arte 6ano 3b pronta
 
ExpressãO PláStica E Expressao Musical
ExpressãO PláStica E Expressao MusicalExpressãO PláStica E Expressao Musical
ExpressãO PláStica E Expressao Musical
 
3º Ano Ensino Médio.pdf
3º Ano Ensino Médio.pdf3º Ano Ensino Médio.pdf
3º Ano Ensino Médio.pdf
 
Prova de arte 6ano 3b pronta 1
Prova de arte 6ano 3b pronta 1Prova de arte 6ano 3b pronta 1
Prova de arte 6ano 3b pronta 1
 
Prova de arte 6ano 3b pronta 1
Prova de arte 6ano 3b pronta 1Prova de arte 6ano 3b pronta 1
Prova de arte 6ano 3b pronta 1
 
Aula 6 Ano 3º bimestre - 11.08.2022.pptx
Aula 6 Ano 3º bimestre - 11.08.2022.pptxAula 6 Ano 3º bimestre - 11.08.2022.pptx
Aula 6 Ano 3º bimestre - 11.08.2022.pptx
 
Apresentação maternais 26-10-12
Apresentação maternais  26-10-12Apresentação maternais  26-10-12
Apresentação maternais 26-10-12
 
Parâmetros Curriculares Nacionais- TEATRO
Parâmetros Curriculares Nacionais- TEATROParâmetros Curriculares Nacionais- TEATRO
Parâmetros Curriculares Nacionais- TEATRO
 
Aula teatro 6º ano.pptx
Aula teatro 6º ano.pptxAula teatro 6º ano.pptx
Aula teatro 6º ano.pptx
 
Slide - A gênese ritual do Teatro na pre-história.ppt
Slide - A gênese ritual do Teatro na pre-história.pptSlide - A gênese ritual do Teatro na pre-história.ppt
Slide - A gênese ritual do Teatro na pre-história.ppt
 
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.pptTEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
 
Elementos estruturais da linguagem teatral
Elementos estruturais da linguagem teatralElementos estruturais da linguagem teatral
Elementos estruturais da linguagem teatral
 
Mostra Experimentos 2013
Mostra Experimentos 2013Mostra Experimentos 2013
Mostra Experimentos 2013
 
1 1 arte e literatura
1 1 arte e literatura1 1 arte e literatura
1 1 arte e literatura
 
Historia_do_Teatro.ppt
Historia_do_Teatro.pptHistoria_do_Teatro.ppt
Historia_do_Teatro.ppt
 
O Teatro
O TeatroO Teatro
O Teatro
 
Artes cênicas
Artes cênicasArtes cênicas
Artes cênicas
 

Último

Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxpatriciapedroso82
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptxLuana240603
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 

Último (20)

Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 

Módulo5 multimídia educacional

  • 2. TEATRO DEFINIÇÕES O teatro infantil Teatro de fantoches/ importância IMAGEM Teatro de máscaras O teatro na escola pantomima
  • 3.  tem uma importância fundamental na educação, fazendo, em Portugal, parte do currículo escolar obrigatório do primeiro ciclo.  Permite ao aluno evoluir a vários níveis: na socialização, criatividade, coordenação, memorização, vocabulário, entre muitos outros. voltar
  • 4.  Fazer teatro sempre foi uma atividade de caráter religioso, isto é, ligado ao culto das divindades que cada povo possuía. O objetivo era exaltar a glória e o poder das divindades.  Com o auxílio de dramaturgos ou de situações improvisadas, de diretores e técnicos, o espetáculo tem como objetivos apresentar uma situação e despertar sentimentos no público voltar
  • 5.  No entanto é de uma enorme importância que o professor de teatro tenha formação não só pedagógica mas também artística, pois um mau direcionamento poderá levar a problemas futuros irreversíveis no desenvolvimento da criança. voltar
  • 7.  Dramaturgia é a arte de composição do texto destinado à representação feita por atores. A palavra drama vem do grego e significa ação. Desse modo, o texto dramatúrgico é aquele que é escrito especificamente para representar a ação. O que se dedica a essa tarefa é o dramaturgo voltar
  • 8. Origens da arte teatral  O primeiro evento com diálogos registrado foi uma apresentação anual de peças sagradas no Antigo Egito do mito de Osíris e Ísis, por volta de 2500 AC (Staton e Banham 1996 pg. 241), que conta a história da morte e ressurreição de Osíris e a coroação de Horus ( Brockett, pg. 9). A palavra 'teatro' e o conceito de teatro, como algo independente da religião, só surgiram na Grécia de Pisístrato (560-510a.C.), tirano ateniense que estabeleceu uma dinâmica de produção para a tragédia e que possibilitou o desenvolvimento das especificidades dessa modalidade. imagem
  • 9. O antigo teatro de Delfos (Grécia) v o lt a r
  • 10. O teatro infantil  As modalidades de teatro aplicadas na escola focam uma proposta de ensino diferente da forma tradicional.  O teatro infantil é uma apresentação cênica feita para crianças onde os atores utilizam muita criatividade, imaginação, fantasia e emoção. Os temas mais utilizados são os contos de fadas e fábulas.Por que é isso que alegra mais as crianças.Isso dá muita imaginação e criatividades para os pequeninos. voltar
  • 11. Pantomima Pantomima é um teatro gestual que faz o menor uso possível de palavras e o maior uso de gestos. É a arte de narrar com o corpo. É uma modalidade cênica que se diferencia da expressão corporal e da dança, basicamente é a arte objetiva da mímica, é um excelente artifício para comediantes, cômicos, palhaços, atores, bailarinos, enfim, os intérpretes. voltar
  • 12. Teatro de fantoches  O teatro de bonecos obteve sua origem na Antigüidade.  Os homens começaram a v modelar bonecos no o l barro, mas sem t movimentos e aos poucos a r foram aprimorando esses bonecos, conseguindo mais tarde a articulação da cabeça e membros para fazer representações com eles.
  • 13.
  • 14. Teatro de máscaras  Existe um tipo muito antigo de máscara que é aquela desenhada no próprio rosto com tintas especiais, maquiagens e pinturas. Este tipo é muito utilizado pelos índios e pelos africanos nos seus rituais religiosos, de guerra, festas, etc. v o  Para a confecção, pode-se usar sacos de l t papel, cartolinas, tecidos, tintas, pratos a de papelão, jornal, material de sucata, r etc.