O que podemos aprender sobre negócios com os Food Trucks?

192 visualizações

Publicada em

Este trabalho possui o objetivo de ouvir e compreender os desafios de um Food Truck na hora de divulgar seus serviços pela internet ou nas mídias tradicionais.

Assim inserimos 3 boas práticas para implementar na sua empresa e um ponto crítico que os Food Trucks ainda pecam.

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
192
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O que podemos aprender sobre negócios com os Food Trucks?

  1. 1. 3 b o a s p r á t i c a s p a r a i m p l e m e n t a r n a s u a e m p r e s a e u m p o n t o c r í t i c o q u e o s F o o d T r u c k s a i n d a p e c a m O Q U E P O D E M O S A P R E N D E R S O B R E N E G Ó C I O S C O M O S F O O D T R U C K S ?
  2. 2. INTRODUÇÃO De uns anos pra cá, eles invadiram as grandes cidades brasileiras com todo tipo gastronomia. Tem opção para quem gosta de hamburger artesanal, cervejas, sushi, hot-dog, comida vegetariana e até culinária latino-americana. Ficou com fome? Os food trucks ganharam o paladar do brasileiro e hoje são uma opção gastronômica na agenda de quem gosta de provar novos sabores pelas ruas. Neste e-book, você vai aprender o que os Food Trucks mais entendem sobre negócios, e um ponto que eles ainda precisam desenvolver. Boa leitura!
  3. 3. OSENTREVISTADOS Entrevistamos 50 Food Trucks localizados em diferentes cidades do Brasil. Um terço deles está há menos de 6 menos no mercado. O restante está há um ano ou mais. Hoje, esses empreendedores são enquadrados como “Vendedores de Comida de Rua”. Esta categoria é expressiva, pois já representam 2% da população brasileira.* * SEBRAE, Food Truck: Uma nova tendência http://bit.ly/1ab83Tn 33% tem menos de 6 meses de Mercado
  4. 4. PRIMEIRA LIÇÃO: CONHEÇA MUITOBEMSEUPÚBLICO. Imagine que você perdeu seu emprego e decidiu seguir um sonho: cozinhar seu tradicional Hot Dog para o grande público. Abrir um restaurante é muito caro, então você escolhe a liberdade das quatro rodas: um Food Truck. Seu FGTS foi todo aplicado na construção do seu Truck e, com o apoio da família, você vai se lançar nessa jornada empreendedora. Após algumas experiências, você entende que seu produto não é pra todo mundo. Alguns clientes se empolgam, tiram fotos e até se emocionam com seus pratos. Outros ignoram e não entendem qual a graça do seu Hot Dog Gourmet. Baseado nessas experiências, você começa a observar padrões e entender seu público alvo. Conclusão: Seu produto pode ser incrível, mas nunca será para todo mundo.
  5. 5. DEFININDOOPÚBLICOALVO Isso é essencial para balizar sua estratégia de marketing e entender em que contextos você pode operar. Classe Social, Sexo, Escolaridade, Hábitos: tudo isso entra na hora de definir seu público. Lição de casa Para definir seu público alvo, faça uma pesquisa. Quem são seus melhores clientes? Os trucks conseguem definir isso com facilidade pois estão diariamente em contato direto com os clientes. Entreviste seu público e, através dos padrões observados, desenhe uma persona para guiar sua comunicação. 62% dos Trucks consegue definir com precisão seu público alvo.
  6. 6. SEGUNDA LIÇÃO: VÁONDEOSEUPÚBLICOESTÁ. Depois de entender o básico do seu público, é hora de aprender em quais contextos você pode oferecer seus produtos. Os Food Trucks unem forças e compartilham espaço em eventos e feiras, onde há maior concentração de pessoas. No verão, se deslocam para o litoral e áreas onde o público vai passar as férias. Eles vão atrás das pessoas. Porém, o lado ruim de depender de eventos é muitas vezes ser impactado pela má organização e pouca divulgação.
  7. 7. DEPOIMENTO Em eventos que participamos, nem sempre os organizadores fazem uma boa divulgação e isso nos prejudica muito, pois são cidades onde o público ainda não conheceu a filosofia dos Food Trucks. É necessário sempre uma boa divulgação e infra-estrutura adequada dos organizadores para que nosso trabalho seja um sucesso.” Sandra Regina Polizio @Makarrão “
  8. 8. EVENTOS Lição de casa Após definir sua persona, entenda por onde ela passa até chegar em você (redes sociais, busca no Google, mídia offline, etc.). Dessa forma, você consegue entender quando oferecer conteúdo mais educacional e qual a hora certa de ofertar seu produto. 100% dos Trucks entrevistados participam de bazares, feiras e eventos corporativos para vender seus serviços
  9. 9. TERCEIRA LIÇÃO: CRIECONTEÚDO, SEMPRE! A média de investimento dos Food Trucks é de até R$500/mês em publicidade. O que é bem pouco, se for pensar. Lembre-se: todo o seu FGTS foi aplicado no carrinho! Qual foi a última vez que você experimentou algo novo? Na maioria dos casos, esse momento foi proporcionado graças a propaganda boca-a-boca. Alguém te indicou um lugar e você foi experimentar. Os food trucks se apropriam disso. Por terem um produto de venda simples (comida), bonito e “hypado”, eles inundam o Instagram e o Facebook com fotos dos seus quitutes. Quem visita também fotografa, e a mensagem acaba sendo passada adiante. Nas redes Sociais, eles são bem ativos. 64% dos Food Trucks posta de 1x a 3x por semana novas fotos e flyers dos eventos que vão participar.
  10. 10. DISTRIBUIÇÃODECONTEÚDO Lição de casa Após entender a jornada de compra do seu público, pense no tipo de conteúdo ele precisa para tomar uma decisão. Para um Food Truck, uma foto bem tirada de um prato suculento pode bastar. E para o seu negócio? Desenhe uma régua de conteúdos para guiar seu cliente na jornada de compra. Pense em conteúdos mais simples nas redes sociais até artigos e e-books que tratam em profundidade do assunto. utiliza Facebook + Instagram para divulgar fotos de produtos e eventos. 88%
  11. 11. OGRANDEDESAFIODOSFOODTRUCKS: MEDIRRETORNOSOBREOINVESTIMENTO Apenas 35% dos Food Trucks conseguem medir o retorno em mídia online e offline. Apesar de investirem pouco e criarem muito conteúdo, os Food Trucks tem dificuldade em medir o retorno sobre o investimento. “Meu maior desafio é mensurar retorno da divulgação. Por exemplo: identificar se a pessoa que vai até o truck conheceu online. É difícil perguntar onde a pessoa conheceu o truck se o movimento está alto.” Lição de casa Você consegue dizer qual é o seu canal mais rentável de mídia? E o menos rentável? Que tipos de conteúdo mais convertem?
  12. 12. ANEXO: OSFOODTRUCKSNA MÍDIA Você deve estar pensando: “Os Food Trucks só ganharam espaço por conta da mídia de massa. Meu produto nunca teve essa exposição.”. Mapeamos alguns veículos e identificamos quantas postagens foram feitas sobre o assunto “Food Truck”, desde 2010. Realmente há uma curva em ascensão, mas não sabemos até onde ela vai se sustentar. Apenas os Food Trucks que estão investindo em marketing e conteúdo poderão segurar o seu público quando o assunto sair da mídia tradicional. Gourmetização? Modinha? Só o tempo dirá. Enquanto isso, temos muito o que aprender com esses bravos empreendedores que trazem boa comida às ruas de todo o país!
  13. 13. AGRADECIMENTO Esperamos que tenha gostado desse estudo. Queremos agradecer especialmente a todos os empreendedores que nos ajudaram a consolidá-lo. Sem eles, o estudo não seria possível. Sobre a FUNEEL Somos uma agência de Inbound Marketing. Unimos pesquisa, conteúdo e métricas para gerar mais vendas para o seu negócio. vinicius@funeel.com.br funeel.com.br

×