(2) a vocação intelectual

1.065 visualizações

Publicada em

Componente de material didático e instrucional sobre Introdução à Vida Intelectual

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.065
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

(2) a vocação intelectual

  1. 1. Introdução à vida intelectual (2) A vocação intelectual Afonso Murad Esquema a partir cap. 1 de J.B. Libanio, Introdução à vida intelectual, Loyola.
  2. 2. Vocação x profissãoProfissão denota preparaçãotécnica, competência, eficiênciaprodutiva, ganha-pão, funçãosocial, status, reconhecimento externo.Vocação fala de decisão e realizaçãopessoal, chamado interior, paixão, amore gosto pelo que se faz.
  3. 3. Vocação intelectual <-> Profissão• A vocação alimenta-se da motivação, que é plural: desde a auto-realização até o dom de si aos outros.• Vocação supera a funcionalidade e a utilidade do uso do aprendido.• Profissão e vocação podem ajudar-se mutuamente.
  4. 4. Vocação intelectual desperta no Profissionalismo oferece: profissional o sabor, o gosto, o adestramento, conhecimentos prazer em estudar, pensar e objetivos e técnicos, eficiência aprofundar. e produtividade.
  5. 5. A vida de estudos...• Permite integrar:- As experiências da contingência, da arbitrariedade humana, da injustiça, do fracasso, da frustração.- a consciência dos próprios talentos, os sucessos, as vitórias, as alegrias;• Possibilita colocar-se a serviço dos mais necessitados;• É teste de realismo que amadurece.
  6. 6. Pensar é voar...Vida intelectual pergunta pelosignificado da realidade. Estudar éentrar no horizonte da gratuidade edo ócio criativo.As experiências mais profundas davida, que superam o horizonte doútil são: as filosóficas, as doamor, da morte, da arte e dareligião.A mola da vida intelectual é asedução da verdade, é omaravilhar-se diante da realidade.Pode ser também a indignação.
  7. 7. Exigências da vocação intelectual• Desafio da vida intelectual: convencer que há um prazer que está no fim e não no início.• Implica um caminho de disciplina: horas e horas de estudo, de tenacidade, de aplicação.• Assemelha-se ao mundo artístico e desportivo.
  8. 8. Quanta disciplina se exige para tocar bem um instrumento!
  9. 9. Vocação intelectual implica solitude• Certa dose de solidão. Não isolamento nem alienação, mas concentração, convívio com o mistério.• Só o amor da solidão permite que a inteligência depois se embriague no vinho da verdade e da beleza!• A vida intelectual supõe um nível de equilíbrio do afeto.
  10. 10. Visão cristã• S. Jerônimo: da semente amarga do estudo, feito com suor e trabalho, se colhem frutos doces.• A vida intelectual, como trabalho, tem seu peso e seu encanto.
  11. 11. Conclusão• A vocação pertence ao mundo da experiência profunda, da realização humana, da inspiração maior que bate em nosso coração.• É verdadeiro carisma.• Existe para o bem da comunidade passando pela realização da pessoa.
  12. 12. Dinâmica de recordação da experiência1. Cada um repasse a própria vida de estudos etente recordar uma ou mais experiênciashumanas realizantes nesse campo. Anotealguma palavra que as evoque.2. Releia a vida de estudo sob a perspectiva dosdesafios, das experiências mais duras e dospróprios limites. Anote alguma palavra que asevoque.
  13. 13. Fonte: Disponível em: www.afonsomurad.blogspot.com versão 2013

×