SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
R$ 2,00
Atos Oficiais da
Câmara Municipal de
Pádua.
Comprometido
com a Verdade!
Suplemento Especial
Prefeitura
Municipal de Santo
Antônio de Pádua
Facebook: Jornal Opção do Noroeste Email:jornalopcaodonoroeste@gmail.com
Edição: 350 - 16 de Outubro de 2019
Toda Semana
nas Bancas
Festa das Crianças reúne grande público no Parque de Exposições
Secretaria Municipal de
Desenvolvimento e Assistência
Social realiza Encontro da
M e l h o r I d a d e
APrefeitura Municipal de SantoAntônio de Pádua realizou no último sábado (12), no Parque de Exposições GovernadorAntônio de Pádua Chagas
Freitas, uma grande festa em comemoração ao Dia das Crianças. O evento contou com o apoio das equipes da Secretaria Municipal de Educação e Cultura,
Secretaria Municipal de Obras, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Desenvolvimento eAssistência Social, Secretaria Municipal de
Agricultura, Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer, Departamento de Comunicação Social, entre outras. Saiba mais na Página 03
O evento ocorreu em clima de grande festa, e contou
com várias atividades, entre elas danças, prestação de
serviços, shows musicais, entre outras, contando com as
presenças da Secretária Municipal de Desenvolvimento e
Assistência Social Maria Tertuliana e representantes de
diversas Secretarias e entidades.
Foramprestadosserviçosdeaferiçãodepressãoarterial
pela Secretaria Municipal de Saúde e cortes de cabelo,
além de distribuição de plantas realizada pela Secretaria
Municipal deAgricultura. Saiba mais na Página 06
M u n i c í p i o d e M i r a c e m a
comemora o Dia das Crianças
Aconteceu ontem (15), na sede do Centro de
Convivência, uma festa em virtude ao dia das
crianças, comemorado no dia 12 de outubro.
Aproximadamente 200 crianças que frequentam o
SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de
Vínculos). Saiba mais na Página 07
Edição 350 Jornal Opção do Noroeste16 de Outubro de 201902
Encontre no Caça-Palavras abaixo, as palavras em negrito. Boa Sorte!!
O resultado encontra-se na página 05.
O Dia das Crianças foi criado no Brasil antes de ser comemorado no restante do
mundo.Aidéia foi de um político brasileiro (deputado federal Galdino do Valle Filho), em
1920, e oficializada em 5 de novembro de 1924 pelo então presidenteArthur Bernardes.
Somente entre 1955 e 1960, quando a fábrica de brinquedos Estrela, em parceria com a
Johnson & Johnson, lançou a Semana do Bebê Robusto (intenção comercial de aumentar a
venda de brinquedos nessa semana) é que ela passou a ser comemorada em 12 de outubro
(aquinoBrasil).
Edição 35016 de Outubro de 2019Jornal Opção do Noroeste 0303
Festa das Crianças reúne grande público no Parque de Exposições
A Prefeitura Municipal de
SantoAntôniodePáduarealizou
no último sábado (12), no
Parque de Exposições
Governador Antônio de Pádua
ChagasFreitas,umagrandefesta
em comemoração ao Dia das
Crianças. O evento contou com
o apoio das equipes da
Secretaria Municipal de
Educação e Cultura, Secretaria
Municipal de Obras, Secretaria
Municipal de Saúde, Secretaria
Municipal de Desenvolvimento
eAssistência Social, Secretaria
Municipal de Agricultura,
Secretaria Municipal de
Turismo, Esporte e Lazer,
Departamento de Comunicação
Social, entre outras.
De acordo com
levantamento da Guarda Civil
Municipal, mais de 7 mil
crianças prestigiaram o evento
ao longo de todo dia, podendo
desfrutar de muita alegria e
diversão, com brinquedos
infantis, brincadeiras, oficina de
arte, distribuição de pipoca,
algodão doce, cachorro quente,
sorvete de iogurte e refrigerante,
além de apresentações do Circo
Harley, do mágico Douglas e de
divertidos palhaços.
De acordo com a Secretaria
Municipal de EducaçãoAndréa
Eiras, toda estrutura da festa foi
organizada pela comissão de
festa criada pelo Prefeito Josias
Quintal e contou com a ajuda de
grande parte do efetivo de
funcionários da Prefeitura, que
abriram mão de um sábado ao
lado da família para proporcionar
um dia de alegrai para as crianças
do município.
Com a ajuda do comércio
local foram adquiridos diversos
brindes para sortear durante a
festa, entre eles bicicletas, bolas,
uma grande variedade de
brinquedos e brindes.
Grande incentivador do
projeto, o Secretário de Obras
Alexandre Brasil ficou muito
satisfeito com o resultado, e
agradeceu toda equipe de
funcionários pela belíssima festa,
incluindo os agentes da Guarda
Municipal,daPoliciaMilitar,Tiro
de Guerra, enfermeiros e corpo
médico, através do médico Dr.
Rogério.
Um dos momentos mais
aguardadosfoiapossedaPrefeita
Mirim, eleita de forma indireta
pelos vereadores mirins da
CâmaraMunicipaldeVereadores.
A jovem Elis Leite Saches foi
empossada como primeira
Prefeita Mirim da história do
município, recebendo o diploma
das mãos do Prefeito Josias
Quintal e dos Vereadores Luís
Carlos Tourinho, João Grilo,
Roberto Jubim, Pedro Cortez e
ChiquinhoAndrade.
Para o Secretario de
Turismo, Esporte e Lazer
Leonardo Moura Leonardo, a
realização da festa em
comemoração ao Dia das
Crianças neste formato é um
marco no município, servindo de
parâmetro para outros eventos
que serão realizados nos
próximos meses, incluindo as
comemorações de final de ano
que se aproximam.
Com brilho nos olhos e
entusiasmado com o grande
número de crianças presentes, o
Prefeito Josias Quintal
parabenizou cada funcionário
público ali presente, atribuindo o
sucesso da Festa das Crianças ao
grande esforço de todos os
envolvidos para a elaboração e
realização deste dia.
“Sabemos da
responsabilidade que é realizar
um evento desta magnitude,
principalmente quando envolve
crianças. Nossos Secretários
tiveram um grande desafio e
como podemos ver deram conta
dorecado.Embreverealizaremos
outros eventos e já estamos
ansiosos pelo que tem por vir”,
disse o Prefeito Josias Quintal.
Alémdoscitadosnamatéria,
estiveram presentes o Chefe de
Gabinete Dr. Ricardo da Silva
Miguel,oComandantedoTG01/
002 Sargento Sena, a Secretária
de Desenvolvimento e
Assistência Social Maria
Tertuliana de Souza Oliveira,
representantes da Câmara
Municipal de Vereadores,
Subsecretários e diretores,
funcionários públicos municipais
e representantes de órgãos
ligados a administração
municipal.
Texto:MauroTeixeira
Fotos:MauroTeixeira,GláuciaMelo,
Dilma deSouza,Kaciano daSilvaSouza
Edição 350 Jornal Opção do Noroeste16 de Outubro de 201904
Edição 35016 de Outubro de 2019Jornal Opção do Noroeste 05
RESULTADO - CAÇAPALAVRAS
Irmã Dulce é canonizada pelo Papa Francisco e se torna a primeira santa brasileira
SantaDulcedosPobres.ÉassimqueIrmã
Dulce passa a ser chamada após a cerimônia
de canonização que a tornou santa na manhã
deste domingo (13) na Praça de São Pedro,
no Vaticano, lotada de fiéis.
A santa, conhecida popularmente como
AnjoBomdaBahia,foiumadasreligiosasmais
populares do Brasil graças ao trabalho social
prestado aos mais pobres e necessitados,
principalmentenaBahia.
O Vaticano considera que Santa Dulce
dos Pobres é a primeira santa brasileira.
Embora outras brasileiras e uma religiosa que
atuou no país tenham sido canonizadas pela
Igreja Católica anteriormente, irmã Dulce é
a primeira mulher nascida no Brasil que
tevemilagresreconhecidos.
Outros quatro beatos, de diferentes
nacionalidades,tambémforamcanonizadospor
Papa Francisco às 10h34 (5h34 no horário de
Brasília) deste domingo. De acordo com o
Vaticano, 50 mil pessoas participaram da
cerimônia.
“Em honra da SantíssimaTrindade, pela
exaltação da fé católica e para incremento da
vida cristã, com autoridade de nosso senhor
JesusCristo,ossantosapóstolosPedroePaulo,
depois de haver refletido longamente, ter
invocado a ajuda divina e escutado o parecer
de muitos irmãos do episcopado, declaramos
e definimos santos os beatos: John Henry
Newman,GiuseppinaVannini,MariamThresia
Chiramel, Dulce Lopes Pontes e Marguerite
Bauys”, declarou o Papa, em latim.
Papa pede intercessão de outros santos
Ochamado“ritodecanonização”ocorreu
namissadedomingocelebradapeloPapa.Após
umcantodeentrada,oPapaabriuacelebração
e, em seguida, houve um canto de “invocação
doEspíritoSanto”.Oatoéumaformadepedir
a Deus que o ajude a tomar uma decisão
acertada.
Depois,emuma“ladainha”—umaoração
cantada —, a Igreja invocou a intercessão de
todos os outros santos. Em seguida, foi lida a
fórmula de canonização. Depois da leitura da
fórmula, em latim, os cinco beatos foram
considerados santos. A partir daí, houve um
canto de comemoração e a missa seguiu como
ocorre nos demais domingos.
AlémdeIrmãDulce,foramcanonizados:
· o teólogo e cardeal inglês John Henry
Newmann,umdosprincipaisintelectuaiscristãos
do século 19;
· areligiosaitalianaGiuseppinaVannini;
· a religiosa indiana Mariam Thresia
ChiramelMankidiyan;
· a catequista suíça Margherita Bays.
Na homilia da missa de canonização,
o Papa Francisco afirmou que as pessoas que
se dedicam ao serviço dos mais pobres na vida
religiosa fizeram “um caminho de amor nas
periferiasexistenciaisdomundo”.
A cerimônia foi acompanhada por
autoridadesbrasileirascomoovice-presidente,
Hamilton Mourão; o governador da Bahia, Rui
Costa; o prefeito de Salvador,ACM Neto; e os
presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do
Senado,DaviAlcolumbre.
O príncipe Charles, do Reino Unido,
tambémparticipoudamissa.Umdossantosque
estavam sendo canonizados é britânico.
Antes da missa, a cantora baiana
Margareth Menezes, o padreAntonio Maria e
o sanfoneiro cearense Waldonys tocaram e
cantaram no altar a música oficial da
canonização.
Beatificaçãoecaminhosparacanonização
Irmã Dulce foi beatificada em 2011,
apósteroprimeiromilagrereconhecido.Agraça
alcançada foi a recuperação de uma paciente
queteveumagravehemorragiapós-partoecujo
sangramentosubitamenteparou,semintervenção
médica.Após beatificada, Dulce Lopes Pontes
passou a ser chamada “Bem-aventurada Dulce
dos Pobres”.
Para ser considerada santa, Irmã Dulce
precisaria ter um segundo milagre
reconhecido, o que ocorreu em maio deste
ano. O miraculado, o maestro soteropolitano
JoséMaurício, voltouaenxergarapósfazer
uma oração para a então beata. Ele teve
glaucomaecomeçouaperderavisãoem1999.
Em 2000, ele já estava cego, mas em 2014
voltouaenxergar.
José Maurício foi ao Vaticano para
acompanhar a cerimônia de beatificação e
chegou a receber a bênção de Papa Francisco
durante a missa de canonização.
Além do milagre recebido por José
Maurício, outras duas graças alcançadas por
devotos após orações a Irmã Dulce estavam
sendo analisadas pelo Vaticano para o
processo de canonização da religiosa.
OstrêscasosforamenviadosaoVaticano
pelas Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), em
2014,apósanálisedeprofissionaisdaprópria
instituição.Osoutrosdoismilagresqueainda
não foram confirmados pelo Vaticano
continuamsendoanalisados.
OVaticanotemquatroexigênciasquanto
àveracidadedeumagraça,atéserconsiderada
milagre: ser preternatural (a ciência não
consegue explicar), instantâneo (acontecer
imediatamente após a oração), duradouro e
perfeito.
Fonte: G1
Edição 350 Jornal Opção do Noroeste16 de Outubro de 201906
Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social de
Santo Antônio de Pádua realiza Encontro da Melhor Idade
Em comemoração ao Dia
Internacional do Idoso, celebrado em
1º de outubro, a Secretaria de
Desenvolvimento eAssistência Social
promoveu na última sexta-feira (04) o
Encontro da Melhor Idade, que
contou com a presença dos diversos
grupos assistidos pela Secretaria de
Desenvolvimento eAssistência Social
no município.
O evento ocorreu em clima de
grande festa, e contou com várias
atividades, entre elas danças,
prestação de serviços, shows
musicais, entre outras, contando com
as presenças da Secretária Municipal
de Desenvolvimento e Assistência
Social Maria Tertuliana e
representantes de diversas Secretarias
e entidades.
Foram prestados serviços de
aferição de pressão arterial pela
Secretaria Municipal de Saúde e cortes
de cabelo, além de distribuição de
plantas realizada pela Secretaria
Municipal deAgricultura.
A Secretaria de Desenvolvimento
eAssistência Social vêm mensalmente
promovendo encontros dos grupos
de terceira idade no Centro
Comunitário Acacílio Duarte
Coutinho (Redondão), contribuindo
para o bem-estar, lazer e saúde física
e mental da população da melhor
idade no município.
Texto e Fotos: MauroTeixeira, Gláucia Mello e
Dilma de Souza
Edição 35016 de Outubro de 2019Jornal Opção do Noroeste
M u n i c í p i o d e M i r a c e m a
comemora o Dia das Crianças
Aconteceu ontem
(15), na sede do Centro
de Convivência, uma
festa em virtude ao dia
das crianças,
comemorado no dia 12
de outubro.
Aproximadamente 200
crianças que frequentam
o SCFV (Serviço de
Convivência e
Fortalecimento de
Vínculos).
Durante a festança foi
oferecido cachorro
quente, salsichão,
algodão doce, pipoca,
sacolé, almoço, doce e
banho de piscina sob a
supervisão de um
profissional capacitado,
para evitar riscos.
O chefe do poder
executivo, Clovinho
Tostes, esteve presente
ao lado da criançada, do
secretário de assistência
social Sérgio Amim e
dos comprometidos
funcionários da pasta.
Fonte: Ascom Miracema
Parabéns para Você!!
O que determina o sucesso
das pessoas nos locais onde
trabalham é a dedicação e
eficiênciacomqueconduzemsuas
atividades profissionais, e a
honestidade que empregam na
realização das suas tarefas.
Todas essas qualidades
encontramos na maneira com que
executa o seu trabalho. E isso nos
dá apenas uma ideia da forma
como você conduz sua vida
pessoal. Pessoas como você têm
o futuro garantido se souberem
fazer destas qualidades uma
referência em toda a sua vida.
E sabemos que é capaz disso,
pois tem provado a cada dia com
seu esforço e talento. Essa
mensagem é uma justa
homenagem que prestamos por
ocasião do seu aniversário, mas
serve-nos também para lembrar da
importância que você tem para
todos nós. Que a felicidade seja
constante em sua vida e a vitória
uma certeza!
Essa é uma carinhosa
mensagem de toda equipe do
Jornal Opção do Noroeste para seu
caro diretor (Alair José Arruda
Gonçalves), de felicitações e
parabenizaçãopeloseuaniversário
no próximo dia 22 de Outubro e
pelo belo trabalho que vem
desempenhando á frente desta
empresa ao longo desses 10 anos.
São os sinceros votos do
Jornal Opção e Equipe.
Feliz Aniversário!
07
Edição 350 Jornal Opção do Noroeste16 de Outubro de 2019
Dia Mundial do Pão: conheça um pouco da história do produto no Brasil
Pão francês, pão rústico, bengala, filão,
pão caseiro, pão de cereais, ciabatta,
bisnaguinha, pão sírio, pão doce, pão
australiano, pão de forma, pão italiano, pão
integral... O pão é um dos alimentos mais
tradicionais em todo o mundo. Para
homenagear essa iguaria tão variada, tão
popular e tão consumida, foi criado o Dia
Mundial do Pão, celebrado hoje (16). O dia
foi instituído em 2000, em NovaYork, pela
União dos Padeiros e Confeiteiros.
A história do pão é antiga. Ele teria
surgido há mais de 6 mil anos, quando os
egípciosdescobriramafermentaçãodotrigo.
Ali ele era considerado um alimento básico e
eraumsímbolodepoder.Ospãespreparados
com trigo de qualidade superior eram
destinados apenas aos ricos. Os egípcios se
dedicavam tanto ao pão que se tornaram
conhecidos como “comedores de pão”.
“É importante lembrar da importância
que o pão tem para a humanidade. Desde os
primórdios, os grãos eram consumidos de
forma bruta, comidos crus. Posteriormente,
alguns historiadores falam que, por acidente,
os pães - que eram formados numa pasta
mascada na boca, pasta essa feita de mingau
– caíram em cima de uma pedra quente, em
uma fogueira e, a partir dali, se gerou uma
massa assada”, conta o especialista e
historiados sobre pão, Augusto Cezar de
Almeida, em entrevista à Agência Brasil.
Almeida é autor de diversos livros como A
História da Panificação Brasileira – a
Fantástica História do Pão e da Evolução
das Padarias no Brasil e do Dicionário da
Panificação Brasileira. Ele também é editor
darevistaPanificaçãoBrasileira.
Quando o homem começa a controlar o
processodefermentação,atécnicadefazerpão
se aprimorou e se espalhou pelo mundo. “No
começodahistória,tinhamuitarejeiçãoàquilo
que fermentava porque dava ideia que estava
estragando. Quando se teve controle, com
Pasteur[LouisPasteur,cientistafrancês,1822-
1895], que foi um estudioso que conseguiu
controlar e entender o processo fermentativo,
essaaçãodafermentaçãopassouasepropagar
deformamaiscontrolada,maisindustrial”.
O pão no Brasil
Almeida conta que o produto chegou ao
Brasil por meio dos portugueses: “Para se ter
ideia, o primeiro documento que narra um
brasileiro consumindo pão foi a carta de Pero
VazdeCaminha.Quandoasnaus[portuguesas]
chegaram em território brasileiro, elas traziam
pães. Os índios então provaram, pela primeira
vez,aquiloqueeratotalmenteestranho,queera
o pão. E a reação dos índios não foi lá muito
favorável porque eles não estavam habituados
aconsumiraqueletipodeproduto.Osprodutos
que se consumiam aqui eram derivados da
mandioca e típicos da região”.
Os pães que foram provados pelos índios
eram muito rústicos e, pela longa viagem,
provavelmente eram duros também. “Por isso
não deve ter sido muito fácil aceitar”, diz
Almeida.
Mascomoplantiodotrigo,queteriasido
iniciado pelas sementes trazidas por Martim
Afonso de Souza [nobre e militar português,
1490-1570], é que o hábito de comer pão
começaacrescernopaís.“Aprimeiranarrativa
que se tem aqui [no Brasil] de trigo foi com
Martim Afonso de Souza, lembrando das
Capitanias Hereditárias.Ali, o militar Martim
Afonso de Souza se tornou donatário da
Capitania de São Vicente, primeira capitania
que tivemos no Brasil. Ele também era
governadordaÍndia,muitopróximadasregiões
árabes, e ele trouxe sementes de trigo para o
Brasil. São duas narrativas que pouco se fala
aqui: primeiro, que o pão foi provado pelos
índiosnasnausportuguesas.E,segundo,queo
trigofoitrazidopeloMartimAfonsodeSouza”,
conta o historiador.
Padarias
No ano passado, havia em todo o país
70.523padarias,segundodadosdaAssociação
Brasileira da Indústria de Panificação e
Confeitaria (Abip). Mais de 14 mil delas
estavamlocalizadasnoestadodeSãoPaulo.A
maior parte dessas padarias, cerca de 95% do
total,sãomicroepequenasempresasfamiliares.
A primeira delas pode ter surgido no Rio
de Janeiro. Ou em São Vicente, no litoral
paulista. Mas há poucos dados ou registros
sobre isso. Com isso, a padaria que ficou
conhecida como a mais antiga do Brasil é a
SantaTereza, localizada na região da Praça da
Sé, em São Paulo.ASanta Tereza foi fundada
em 1872.
“Debret [1768-1848], um [pintor e
desenhista]francêsqueveiojuntocomaFamília
Real, fez uma série de ilustrações que falaram
sobre algumas características da época. E uma
dasgravurasqueelefazédeumapadariaonde
a moagem do trigo era feita dentro dela.Ali se
moíaesefaziaafarinha.AnarrativadoDebret
falaaindaqueospãesfeitospelosfrancesesno
RiodeJaneironãoeramiguaisaosdaFrança”,
contouohistoriador.“AFrançahistoricamente
tem pães de uma casca mais grossa, feito com
fermentação mais longa. São pães mais
compactos.NoBrasil,játivemosoperíododos
filões, com densidade maior, mais pesados; e
das baguetes, que eram pães mais parecidos
com os da França. Porém não tinham os
mesmos componentes e nem o tipo de
fermentação que era feito lá na França”.
“As padarias, no passado, eram
consideradas indústrias na cidade. Elas
fabricavambiscoito,bolachas,váriosprodutos
que eram vendidos para outras regiões
próximas. Bolachas e biscoitos são produtos
que não se estragam facilmente. As padarias
tinham capacidade industrial e empregavam
muitas pessoas. Depois surgiram as indústrias
de biscoito e massas. Tem muitas histórias de
grandes indústrias hoje no mercado brasileiro
quesurgiramdepadarias”,contouohistoriador.
Pão francês
Almeidacontaqueopãobranco,comum
miolo úmido, revestido por uma casca fina,
dourada e levemente crocante, composto por
água, farinha de trigo, sal e fermento, e mais
conhecido como pão francês – o nome varia
conforme a região do país –, é o mais
consumidopelosbrasileiros.Entreosprodutos
de panificação, a venda de pão francês
correspondeatualmente,segundoaAbip,a45%
do total comercializado nas padarias.
No entanto, ele vem perdendo espaço
para a imensa variedade de pães que existem
hoje: “O pão francês percentualmente está
perdendo a sua importância - não porque está
deixandodeserconsumido,masporqueoutros
tipos de pães estão crescendo no consumo
como os integrais ou com cereais”.
“Os primeiros registros com o nome de
pão francês são da época de Debret, na época
da Família Real presente no Brasil. Mas
entendo mais isso como o pão francês feito
pelos franceses, já que as características não
eramtãoiguaisassim.Seprocuraropãofrancês
como temos no Brasil, na França, não vamos
encontrar”,dizoespecialista.
Fonte: Agência Brasil
08

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Jornal opção 176 online
Jornal opção 176 onlineJornal opção 176 online
Jornal opção 176 online
Alair Arruda
 
Acontece agora ed331
Acontece agora ed331Acontece agora ed331
Acontece agora ed331
grupoacontece
 
EDIÇÃO 451 DE 10 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 451 DE 10 DE SETEMBRO DE 2021EDIÇÃO 451 DE 10 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 451 DE 10 DE SETEMBRO DE 2021
JulianoPena4
 
Jornal opção 166 colorido
Jornal opção 166 coloridoJornal opção 166 colorido
Jornal opção 166 colorido
Alair Arruda
 

Mais procurados (16)

Jornal opção 176 online
Jornal opção 176 onlineJornal opção 176 online
Jornal opção 176 online
 
COCAL NOTÍCIAS 15-08-2014 www.portalcocal.com.br
COCAL NOTÍCIAS 15-08-2014  www.portalcocal.com.brCOCAL NOTÍCIAS 15-08-2014  www.portalcocal.com.br
COCAL NOTÍCIAS 15-08-2014 www.portalcocal.com.br
 
EDIÇÃO 343
EDIÇÃO 343EDIÇÃO 343
EDIÇÃO 343
 
Acontece agora ed331
Acontece agora ed331Acontece agora ed331
Acontece agora ed331
 
EDIÇÃO 451 DE 10 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 451 DE 10 DE SETEMBRO DE 2021EDIÇÃO 451 DE 10 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 451 DE 10 DE SETEMBRO DE 2021
 
Jornal opção 205
Jornal opção 205Jornal opção 205
Jornal opção 205
 
Relatório 10Envolver Norte de Minas - novembro 2013
Relatório 10Envolver Norte de Minas -  novembro 2013Relatório 10Envolver Norte de Minas -  novembro 2013
Relatório 10Envolver Norte de Minas - novembro 2013
 
Jornal opção 166 colorido
Jornal opção 166 coloridoJornal opção 166 colorido
Jornal opção 166 colorido
 
Diário Oficial de Guarujá
Diário Oficial de GuarujáDiário Oficial de Guarujá
Diário Oficial de Guarujá
 
Diário Oficial do Dia - 21/12/2013
Diário Oficial do Dia - 21/12/2013Diário Oficial do Dia - 21/12/2013
Diário Oficial do Dia - 21/12/2013
 
Relatório de atividades 2013
Relatório de atividades 2013Relatório de atividades 2013
Relatório de atividades 2013
 
Jornal digital 4745 ter-01092015
Jornal digital 4745 ter-01092015Jornal digital 4745 ter-01092015
Jornal digital 4745 ter-01092015
 
Folha 192
Folha 192Folha 192
Folha 192
 
Jornal opção 173 ed online
Jornal opção 173 ed onlineJornal opção 173 ed online
Jornal opção 173 ed online
 
EDIÇÃO 347
EDIÇÃO 347EDIÇÃO 347
EDIÇÃO 347
 
Guaianas 111
Guaianas 111Guaianas 111
Guaianas 111
 

Semelhante a EDIÇÃO 350

EDIÇÃO 457 DE 15 DE OUTUBRO DE 2021
EDIÇÃO 457 DE 15 DE OUTUBRO DE 2021 EDIÇÃO 457 DE 15 DE OUTUBRO DE 2021
EDIÇÃO 457 DE 15 DE OUTUBRO DE 2021
JulianoPena4
 
Jornal opção 152 online
Jornal opção 152 onlineJornal opção 152 online
Jornal opção 152 online
Alair Arruda
 
Página 06
Página 06Página 06
Página 06
jphnews
 

Semelhante a EDIÇÃO 350 (20)

Jornal digital 4773_ter_13102015
Jornal digital 4773_ter_13102015Jornal digital 4773_ter_13102015
Jornal digital 4773_ter_13102015
 
Jornal opção 177 colorido
Jornal opção 177 coloridoJornal opção 177 colorido
Jornal opção 177 colorido
 
Edição Dezembro/2013
Edição Dezembro/2013Edição Dezembro/2013
Edição Dezembro/2013
 
Jornal opção 185 online
Jornal opção 185 onlineJornal opção 185 online
Jornal opção 185 online
 
Jornal opção 187
Jornal opção 187Jornal opção 187
Jornal opção 187
 
Folha 192
Folha 192Folha 192
Folha 192
 
Folha 192
Folha 192Folha 192
Folha 192
 
EDIÇÃO 331
EDIÇÃO 331EDIÇÃO 331
EDIÇÃO 331
 
DIARIO OFICIAL DO MUNICIPIO 3 MAR 21
DIARIO OFICIAL DO MUNICIPIO 3 MAR 21DIARIO OFICIAL DO MUNICIPIO 3 MAR 21
DIARIO OFICIAL DO MUNICIPIO 3 MAR 21
 
EDIÇÃO 457 DE 15 DE OUTUBRO DE 2021
EDIÇÃO 457 DE 15 DE OUTUBRO DE 2021 EDIÇÃO 457 DE 15 DE OUTUBRO DE 2021
EDIÇÃO 457 DE 15 DE OUTUBRO DE 2021
 
Jornal opção 152 online
Jornal opção 152 onlineJornal opção 152 online
Jornal opção 152 online
 
Jornal opção 175 ed online
Jornal opção 175 ed onlineJornal opção 175 ed online
Jornal opção 175 ed online
 
Impacto Evangelistico
Impacto EvangelisticoImpacto Evangelistico
Impacto Evangelistico
 
ATIDADES 2021 SECULT-ELAINE.pdf
ATIDADES 2021 SECULT-ELAINE.pdfATIDADES 2021 SECULT-ELAINE.pdf
ATIDADES 2021 SECULT-ELAINE.pdf
 
EDIÇÃO 338
EDIÇÃO 338EDIÇÃO 338
EDIÇÃO 338
 
Jornal opção 186 online
Jornal opção 186 onlineJornal opção 186 online
Jornal opção 186 online
 
Edição 203
Edição 203Edição 203
Edição 203
 
House organ associacao revista 186
House organ associacao revista 186House organ associacao revista 186
House organ associacao revista 186
 
Página 06
Página 06Página 06
Página 06
 
Informativo AMARLE - 3
Informativo AMARLE  - 3Informativo AMARLE  - 3
Informativo AMARLE - 3
 

Mais de Afonso Pena

EDIÇÃO 450 DE 03 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 450 DE 03 DE SETEMBRO DE 2021EDIÇÃO 450 DE 03 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 450 DE 03 DE SETEMBRO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021 EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021 EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021
Afonso Pena
 

Mais de Afonso Pena (20)

EDIÇÃO 450 DE 03 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 450 DE 03 DE SETEMBRO DE 2021EDIÇÃO 450 DE 03 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 450 DE 03 DE SETEMBRO DE 2021
 
EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021
 
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
 
EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021
 
EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021
 
EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021
 
EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021
 
EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021
 
EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021
 
EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021
 
EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021
 
EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021
 
EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021
 
EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021
 
EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021
 
EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021 EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021
 
EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021
 
EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021
 
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021 EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
 
EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021
 

EDIÇÃO 350

  • 1. R$ 2,00 Atos Oficiais da Câmara Municipal de Pádua. Comprometido com a Verdade! Suplemento Especial Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Pádua Facebook: Jornal Opção do Noroeste Email:jornalopcaodonoroeste@gmail.com Edição: 350 - 16 de Outubro de 2019 Toda Semana nas Bancas Festa das Crianças reúne grande público no Parque de Exposições Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social realiza Encontro da M e l h o r I d a d e APrefeitura Municipal de SantoAntônio de Pádua realizou no último sábado (12), no Parque de Exposições GovernadorAntônio de Pádua Chagas Freitas, uma grande festa em comemoração ao Dia das Crianças. O evento contou com o apoio das equipes da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, Secretaria Municipal de Obras, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Desenvolvimento eAssistência Social, Secretaria Municipal de Agricultura, Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer, Departamento de Comunicação Social, entre outras. Saiba mais na Página 03 O evento ocorreu em clima de grande festa, e contou com várias atividades, entre elas danças, prestação de serviços, shows musicais, entre outras, contando com as presenças da Secretária Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social Maria Tertuliana e representantes de diversas Secretarias e entidades. Foramprestadosserviçosdeaferiçãodepressãoarterial pela Secretaria Municipal de Saúde e cortes de cabelo, além de distribuição de plantas realizada pela Secretaria Municipal deAgricultura. Saiba mais na Página 06 M u n i c í p i o d e M i r a c e m a comemora o Dia das Crianças Aconteceu ontem (15), na sede do Centro de Convivência, uma festa em virtude ao dia das crianças, comemorado no dia 12 de outubro. Aproximadamente 200 crianças que frequentam o SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos). Saiba mais na Página 07
  • 2. Edição 350 Jornal Opção do Noroeste16 de Outubro de 201902 Encontre no Caça-Palavras abaixo, as palavras em negrito. Boa Sorte!! O resultado encontra-se na página 05. O Dia das Crianças foi criado no Brasil antes de ser comemorado no restante do mundo.Aidéia foi de um político brasileiro (deputado federal Galdino do Valle Filho), em 1920, e oficializada em 5 de novembro de 1924 pelo então presidenteArthur Bernardes. Somente entre 1955 e 1960, quando a fábrica de brinquedos Estrela, em parceria com a Johnson & Johnson, lançou a Semana do Bebê Robusto (intenção comercial de aumentar a venda de brinquedos nessa semana) é que ela passou a ser comemorada em 12 de outubro (aquinoBrasil).
  • 3. Edição 35016 de Outubro de 2019Jornal Opção do Noroeste 0303 Festa das Crianças reúne grande público no Parque de Exposições A Prefeitura Municipal de SantoAntôniodePáduarealizou no último sábado (12), no Parque de Exposições Governador Antônio de Pádua ChagasFreitas,umagrandefesta em comemoração ao Dia das Crianças. O evento contou com o apoio das equipes da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, Secretaria Municipal de Obras, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Desenvolvimento eAssistência Social, Secretaria Municipal de Agricultura, Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer, Departamento de Comunicação Social, entre outras. De acordo com levantamento da Guarda Civil Municipal, mais de 7 mil crianças prestigiaram o evento ao longo de todo dia, podendo desfrutar de muita alegria e diversão, com brinquedos infantis, brincadeiras, oficina de arte, distribuição de pipoca, algodão doce, cachorro quente, sorvete de iogurte e refrigerante, além de apresentações do Circo Harley, do mágico Douglas e de divertidos palhaços. De acordo com a Secretaria Municipal de EducaçãoAndréa Eiras, toda estrutura da festa foi organizada pela comissão de festa criada pelo Prefeito Josias Quintal e contou com a ajuda de grande parte do efetivo de funcionários da Prefeitura, que abriram mão de um sábado ao lado da família para proporcionar um dia de alegrai para as crianças do município. Com a ajuda do comércio local foram adquiridos diversos brindes para sortear durante a festa, entre eles bicicletas, bolas, uma grande variedade de brinquedos e brindes. Grande incentivador do projeto, o Secretário de Obras Alexandre Brasil ficou muito satisfeito com o resultado, e agradeceu toda equipe de funcionários pela belíssima festa, incluindo os agentes da Guarda Municipal,daPoliciaMilitar,Tiro de Guerra, enfermeiros e corpo médico, através do médico Dr. Rogério. Um dos momentos mais aguardadosfoiapossedaPrefeita Mirim, eleita de forma indireta pelos vereadores mirins da CâmaraMunicipaldeVereadores. A jovem Elis Leite Saches foi empossada como primeira Prefeita Mirim da história do município, recebendo o diploma das mãos do Prefeito Josias Quintal e dos Vereadores Luís Carlos Tourinho, João Grilo, Roberto Jubim, Pedro Cortez e ChiquinhoAndrade. Para o Secretario de Turismo, Esporte e Lazer Leonardo Moura Leonardo, a realização da festa em comemoração ao Dia das Crianças neste formato é um marco no município, servindo de parâmetro para outros eventos que serão realizados nos próximos meses, incluindo as comemorações de final de ano que se aproximam. Com brilho nos olhos e entusiasmado com o grande número de crianças presentes, o Prefeito Josias Quintal parabenizou cada funcionário público ali presente, atribuindo o sucesso da Festa das Crianças ao grande esforço de todos os envolvidos para a elaboração e realização deste dia. “Sabemos da responsabilidade que é realizar um evento desta magnitude, principalmente quando envolve crianças. Nossos Secretários tiveram um grande desafio e como podemos ver deram conta dorecado.Embreverealizaremos outros eventos e já estamos ansiosos pelo que tem por vir”, disse o Prefeito Josias Quintal. Alémdoscitadosnamatéria, estiveram presentes o Chefe de Gabinete Dr. Ricardo da Silva Miguel,oComandantedoTG01/ 002 Sargento Sena, a Secretária de Desenvolvimento e Assistência Social Maria Tertuliana de Souza Oliveira, representantes da Câmara Municipal de Vereadores, Subsecretários e diretores, funcionários públicos municipais e representantes de órgãos ligados a administração municipal. Texto:MauroTeixeira Fotos:MauroTeixeira,GláuciaMelo, Dilma deSouza,Kaciano daSilvaSouza
  • 4. Edição 350 Jornal Opção do Noroeste16 de Outubro de 201904
  • 5. Edição 35016 de Outubro de 2019Jornal Opção do Noroeste 05 RESULTADO - CAÇAPALAVRAS Irmã Dulce é canonizada pelo Papa Francisco e se torna a primeira santa brasileira SantaDulcedosPobres.ÉassimqueIrmã Dulce passa a ser chamada após a cerimônia de canonização que a tornou santa na manhã deste domingo (13) na Praça de São Pedro, no Vaticano, lotada de fiéis. A santa, conhecida popularmente como AnjoBomdaBahia,foiumadasreligiosasmais populares do Brasil graças ao trabalho social prestado aos mais pobres e necessitados, principalmentenaBahia. O Vaticano considera que Santa Dulce dos Pobres é a primeira santa brasileira. Embora outras brasileiras e uma religiosa que atuou no país tenham sido canonizadas pela Igreja Católica anteriormente, irmã Dulce é a primeira mulher nascida no Brasil que tevemilagresreconhecidos. Outros quatro beatos, de diferentes nacionalidades,tambémforamcanonizadospor Papa Francisco às 10h34 (5h34 no horário de Brasília) deste domingo. De acordo com o Vaticano, 50 mil pessoas participaram da cerimônia. “Em honra da SantíssimaTrindade, pela exaltação da fé católica e para incremento da vida cristã, com autoridade de nosso senhor JesusCristo,ossantosapóstolosPedroePaulo, depois de haver refletido longamente, ter invocado a ajuda divina e escutado o parecer de muitos irmãos do episcopado, declaramos e definimos santos os beatos: John Henry Newman,GiuseppinaVannini,MariamThresia Chiramel, Dulce Lopes Pontes e Marguerite Bauys”, declarou o Papa, em latim. Papa pede intercessão de outros santos Ochamado“ritodecanonização”ocorreu namissadedomingocelebradapeloPapa.Após umcantodeentrada,oPapaabriuacelebração e, em seguida, houve um canto de “invocação doEspíritoSanto”.Oatoéumaformadepedir a Deus que o ajude a tomar uma decisão acertada. Depois,emuma“ladainha”—umaoração cantada —, a Igreja invocou a intercessão de todos os outros santos. Em seguida, foi lida a fórmula de canonização. Depois da leitura da fórmula, em latim, os cinco beatos foram considerados santos. A partir daí, houve um canto de comemoração e a missa seguiu como ocorre nos demais domingos. AlémdeIrmãDulce,foramcanonizados: · o teólogo e cardeal inglês John Henry Newmann,umdosprincipaisintelectuaiscristãos do século 19; · areligiosaitalianaGiuseppinaVannini; · a religiosa indiana Mariam Thresia ChiramelMankidiyan; · a catequista suíça Margherita Bays. Na homilia da missa de canonização, o Papa Francisco afirmou que as pessoas que se dedicam ao serviço dos mais pobres na vida religiosa fizeram “um caminho de amor nas periferiasexistenciaisdomundo”. A cerimônia foi acompanhada por autoridadesbrasileirascomoovice-presidente, Hamilton Mourão; o governador da Bahia, Rui Costa; o prefeito de Salvador,ACM Neto; e os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado,DaviAlcolumbre. O príncipe Charles, do Reino Unido, tambémparticipoudamissa.Umdossantosque estavam sendo canonizados é britânico. Antes da missa, a cantora baiana Margareth Menezes, o padreAntonio Maria e o sanfoneiro cearense Waldonys tocaram e cantaram no altar a música oficial da canonização. Beatificaçãoecaminhosparacanonização Irmã Dulce foi beatificada em 2011, apósteroprimeiromilagrereconhecido.Agraça alcançada foi a recuperação de uma paciente queteveumagravehemorragiapós-partoecujo sangramentosubitamenteparou,semintervenção médica.Após beatificada, Dulce Lopes Pontes passou a ser chamada “Bem-aventurada Dulce dos Pobres”. Para ser considerada santa, Irmã Dulce precisaria ter um segundo milagre reconhecido, o que ocorreu em maio deste ano. O miraculado, o maestro soteropolitano JoséMaurício, voltouaenxergarapósfazer uma oração para a então beata. Ele teve glaucomaecomeçouaperderavisãoem1999. Em 2000, ele já estava cego, mas em 2014 voltouaenxergar. José Maurício foi ao Vaticano para acompanhar a cerimônia de beatificação e chegou a receber a bênção de Papa Francisco durante a missa de canonização. Além do milagre recebido por José Maurício, outras duas graças alcançadas por devotos após orações a Irmã Dulce estavam sendo analisadas pelo Vaticano para o processo de canonização da religiosa. OstrêscasosforamenviadosaoVaticano pelas Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), em 2014,apósanálisedeprofissionaisdaprópria instituição.Osoutrosdoismilagresqueainda não foram confirmados pelo Vaticano continuamsendoanalisados. OVaticanotemquatroexigênciasquanto àveracidadedeumagraça,atéserconsiderada milagre: ser preternatural (a ciência não consegue explicar), instantâneo (acontecer imediatamente após a oração), duradouro e perfeito. Fonte: G1
  • 6. Edição 350 Jornal Opção do Noroeste16 de Outubro de 201906 Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social de Santo Antônio de Pádua realiza Encontro da Melhor Idade Em comemoração ao Dia Internacional do Idoso, celebrado em 1º de outubro, a Secretaria de Desenvolvimento eAssistência Social promoveu na última sexta-feira (04) o Encontro da Melhor Idade, que contou com a presença dos diversos grupos assistidos pela Secretaria de Desenvolvimento eAssistência Social no município. O evento ocorreu em clima de grande festa, e contou com várias atividades, entre elas danças, prestação de serviços, shows musicais, entre outras, contando com as presenças da Secretária Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social Maria Tertuliana e representantes de diversas Secretarias e entidades. Foram prestados serviços de aferição de pressão arterial pela Secretaria Municipal de Saúde e cortes de cabelo, além de distribuição de plantas realizada pela Secretaria Municipal deAgricultura. A Secretaria de Desenvolvimento eAssistência Social vêm mensalmente promovendo encontros dos grupos de terceira idade no Centro Comunitário Acacílio Duarte Coutinho (Redondão), contribuindo para o bem-estar, lazer e saúde física e mental da população da melhor idade no município. Texto e Fotos: MauroTeixeira, Gláucia Mello e Dilma de Souza
  • 7. Edição 35016 de Outubro de 2019Jornal Opção do Noroeste M u n i c í p i o d e M i r a c e m a comemora o Dia das Crianças Aconteceu ontem (15), na sede do Centro de Convivência, uma festa em virtude ao dia das crianças, comemorado no dia 12 de outubro. Aproximadamente 200 crianças que frequentam o SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos). Durante a festança foi oferecido cachorro quente, salsichão, algodão doce, pipoca, sacolé, almoço, doce e banho de piscina sob a supervisão de um profissional capacitado, para evitar riscos. O chefe do poder executivo, Clovinho Tostes, esteve presente ao lado da criançada, do secretário de assistência social Sérgio Amim e dos comprometidos funcionários da pasta. Fonte: Ascom Miracema Parabéns para Você!! O que determina o sucesso das pessoas nos locais onde trabalham é a dedicação e eficiênciacomqueconduzemsuas atividades profissionais, e a honestidade que empregam na realização das suas tarefas. Todas essas qualidades encontramos na maneira com que executa o seu trabalho. E isso nos dá apenas uma ideia da forma como você conduz sua vida pessoal. Pessoas como você têm o futuro garantido se souberem fazer destas qualidades uma referência em toda a sua vida. E sabemos que é capaz disso, pois tem provado a cada dia com seu esforço e talento. Essa mensagem é uma justa homenagem que prestamos por ocasião do seu aniversário, mas serve-nos também para lembrar da importância que você tem para todos nós. Que a felicidade seja constante em sua vida e a vitória uma certeza! Essa é uma carinhosa mensagem de toda equipe do Jornal Opção do Noroeste para seu caro diretor (Alair José Arruda Gonçalves), de felicitações e parabenizaçãopeloseuaniversário no próximo dia 22 de Outubro e pelo belo trabalho que vem desempenhando á frente desta empresa ao longo desses 10 anos. São os sinceros votos do Jornal Opção e Equipe. Feliz Aniversário! 07
  • 8. Edição 350 Jornal Opção do Noroeste16 de Outubro de 2019 Dia Mundial do Pão: conheça um pouco da história do produto no Brasil Pão francês, pão rústico, bengala, filão, pão caseiro, pão de cereais, ciabatta, bisnaguinha, pão sírio, pão doce, pão australiano, pão de forma, pão italiano, pão integral... O pão é um dos alimentos mais tradicionais em todo o mundo. Para homenagear essa iguaria tão variada, tão popular e tão consumida, foi criado o Dia Mundial do Pão, celebrado hoje (16). O dia foi instituído em 2000, em NovaYork, pela União dos Padeiros e Confeiteiros. A história do pão é antiga. Ele teria surgido há mais de 6 mil anos, quando os egípciosdescobriramafermentaçãodotrigo. Ali ele era considerado um alimento básico e eraumsímbolodepoder.Ospãespreparados com trigo de qualidade superior eram destinados apenas aos ricos. Os egípcios se dedicavam tanto ao pão que se tornaram conhecidos como “comedores de pão”. “É importante lembrar da importância que o pão tem para a humanidade. Desde os primórdios, os grãos eram consumidos de forma bruta, comidos crus. Posteriormente, alguns historiadores falam que, por acidente, os pães - que eram formados numa pasta mascada na boca, pasta essa feita de mingau – caíram em cima de uma pedra quente, em uma fogueira e, a partir dali, se gerou uma massa assada”, conta o especialista e historiados sobre pão, Augusto Cezar de Almeida, em entrevista à Agência Brasil. Almeida é autor de diversos livros como A História da Panificação Brasileira – a Fantástica História do Pão e da Evolução das Padarias no Brasil e do Dicionário da Panificação Brasileira. Ele também é editor darevistaPanificaçãoBrasileira. Quando o homem começa a controlar o processodefermentação,atécnicadefazerpão se aprimorou e se espalhou pelo mundo. “No começodahistória,tinhamuitarejeiçãoàquilo que fermentava porque dava ideia que estava estragando. Quando se teve controle, com Pasteur[LouisPasteur,cientistafrancês,1822- 1895], que foi um estudioso que conseguiu controlar e entender o processo fermentativo, essaaçãodafermentaçãopassouasepropagar deformamaiscontrolada,maisindustrial”. O pão no Brasil Almeida conta que o produto chegou ao Brasil por meio dos portugueses: “Para se ter ideia, o primeiro documento que narra um brasileiro consumindo pão foi a carta de Pero VazdeCaminha.Quandoasnaus[portuguesas] chegaram em território brasileiro, elas traziam pães. Os índios então provaram, pela primeira vez,aquiloqueeratotalmenteestranho,queera o pão. E a reação dos índios não foi lá muito favorável porque eles não estavam habituados aconsumiraqueletipodeproduto.Osprodutos que se consumiam aqui eram derivados da mandioca e típicos da região”. Os pães que foram provados pelos índios eram muito rústicos e, pela longa viagem, provavelmente eram duros também. “Por isso não deve ter sido muito fácil aceitar”, diz Almeida. Mascomoplantiodotrigo,queteriasido iniciado pelas sementes trazidas por Martim Afonso de Souza [nobre e militar português, 1490-1570], é que o hábito de comer pão começaacrescernopaís.“Aprimeiranarrativa que se tem aqui [no Brasil] de trigo foi com Martim Afonso de Souza, lembrando das Capitanias Hereditárias.Ali, o militar Martim Afonso de Souza se tornou donatário da Capitania de São Vicente, primeira capitania que tivemos no Brasil. Ele também era governadordaÍndia,muitopróximadasregiões árabes, e ele trouxe sementes de trigo para o Brasil. São duas narrativas que pouco se fala aqui: primeiro, que o pão foi provado pelos índiosnasnausportuguesas.E,segundo,queo trigofoitrazidopeloMartimAfonsodeSouza”, conta o historiador. Padarias No ano passado, havia em todo o país 70.523padarias,segundodadosdaAssociação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (Abip). Mais de 14 mil delas estavamlocalizadasnoestadodeSãoPaulo.A maior parte dessas padarias, cerca de 95% do total,sãomicroepequenasempresasfamiliares. A primeira delas pode ter surgido no Rio de Janeiro. Ou em São Vicente, no litoral paulista. Mas há poucos dados ou registros sobre isso. Com isso, a padaria que ficou conhecida como a mais antiga do Brasil é a SantaTereza, localizada na região da Praça da Sé, em São Paulo.ASanta Tereza foi fundada em 1872. “Debret [1768-1848], um [pintor e desenhista]francêsqueveiojuntocomaFamília Real, fez uma série de ilustrações que falaram sobre algumas características da época. E uma dasgravurasqueelefazédeumapadariaonde a moagem do trigo era feita dentro dela.Ali se moíaesefaziaafarinha.AnarrativadoDebret falaaindaqueospãesfeitospelosfrancesesno RiodeJaneironãoeramiguaisaosdaFrança”, contouohistoriador.“AFrançahistoricamente tem pães de uma casca mais grossa, feito com fermentação mais longa. São pães mais compactos.NoBrasil,játivemosoperíododos filões, com densidade maior, mais pesados; e das baguetes, que eram pães mais parecidos com os da França. Porém não tinham os mesmos componentes e nem o tipo de fermentação que era feito lá na França”. “As padarias, no passado, eram consideradas indústrias na cidade. Elas fabricavambiscoito,bolachas,váriosprodutos que eram vendidos para outras regiões próximas. Bolachas e biscoitos são produtos que não se estragam facilmente. As padarias tinham capacidade industrial e empregavam muitas pessoas. Depois surgiram as indústrias de biscoito e massas. Tem muitas histórias de grandes indústrias hoje no mercado brasileiro quesurgiramdepadarias”,contouohistoriador. Pão francês Almeidacontaqueopãobranco,comum miolo úmido, revestido por uma casca fina, dourada e levemente crocante, composto por água, farinha de trigo, sal e fermento, e mais conhecido como pão francês – o nome varia conforme a região do país –, é o mais consumidopelosbrasileiros.Entreosprodutos de panificação, a venda de pão francês correspondeatualmente,segundoaAbip,a45% do total comercializado nas padarias. No entanto, ele vem perdendo espaço para a imensa variedade de pães que existem hoje: “O pão francês percentualmente está perdendo a sua importância - não porque está deixandodeserconsumido,masporqueoutros tipos de pães estão crescendo no consumo como os integrais ou com cereais”. “Os primeiros registros com o nome de pão francês são da época de Debret, na época da Família Real presente no Brasil. Mas entendo mais isso como o pão francês feito pelos franceses, já que as características não eramtãoiguaisassim.Seprocuraropãofrancês como temos no Brasil, na França, não vamos encontrar”,dizoespecialista. Fonte: Agência Brasil 08