SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
R$ 2,00
Atos Oficiais da
Câmara Municipal de
Pádua.
Comprometido
com a Verdade!
Suplemento Especial
Prefeitura Municipal
de Santo Antônio de
Pádua
Facebook: Jornal Opção do Noroeste Email:jornalopcaodonoroeste@gmail.com
Edição: 337 - 18 de Julho de 2019
Toda Semana
nas Bancas
Macuco lança roteiro turístico pelas fazendas históricas
Que tal descobrir os segredos da época colonial do interior do Rio de Janeiro visitando fazendas históricas?APrefeitura
de Macuco lançou hoje (12) o Turismo Rural, um circuito por pontos turísticos que contam a história trazida pelos
colonizadores marcadas em lindas fazendas centenárias. Página: 04
Consumidores que não desejam receber ligações de
telemarketing de empresas de telecomunicação já
podem se cadastrar a partir desta terça-feira (16) na
chamada lista de “não perturbe”. O cadastro poderá
ser feito pelo site, criado pelas empresas, após
determinação da Agência Nacional de Telecomunicações
(Anatel).
O site entrou no ar nos primeiros minutos desta terça.
A implementação da lista nacional de “não perturbe” regula
apenas as chamadas feitas pelas empresas de
telecomunicação, e não se estende a chamadas
realizadas por companhias de outros setores. Portanto,
a lista valerá para clientes das empresas Algar, Claro/
Net, Nextel, Oi, Sercomtel, Sky, Tim e Vivo. Pag: 04
Site recebe a partir desta terça
cadastro para lista de ‘não
perturbe’ das teles
Macaé poderá receber
usina termelétrica
Audiência vai debater construção de usinas termelétricas
em Macaé Segundo o secretário de Ambiente e
Desenvolvimento Econômico da prefeitura de Macaé,
dentro dos próximos cinco anos, Macaé deverá abrigar
nove usinas termelétricas. Hoje a cidade já conta com
duas Página: 05
Edição 337 Jornal Opção do Noroeste18 de Julho de 2019
2
2
MEC quer criar fundo para
financiar universidades federaisO Ministério da Educação (MEC) quer criar um
fundo de natureza privada, cujas cotas serão
negociadas na Bolsa de Valores, para financiar as
universidades e institutos federais. Esse fundo
contará, inicialmente, com R$ 102,6 bilhões. A
maior parte desses recursos, R$ 50 bilhões, virá do
patrimônio da União. A intenção é que esse esses
recursos financiem pesquisa, inovação,
empreendedorismo e internacionalização das
instituições de ensino.
O fundo é a principal estratégia do programa
Future-se, apresentado hoje (17) pelo MEC. O
fundo será composto ainda por R$ 33 bilhões de
fundos constitucionais, por R$ 17,7 bilhões
provenientes de recursos angariados com leis de
incentivos fiscais e depósitos à vista, por R$ 1,2
bilhão de recursos da cultura e por R$ 700 milhões
provenientes da utilização econômica do espaço
público e fundos patrimoniais.
Os recursos serão voltados para a instalação de
centros de pesquisa e inovação, bem como parques
tecnológicos; assegurar ambiente de negócios;
criação de startups, ou seja, de empresas com base
tecnológica; aproximar as instituições das
empresas; estimular intercâmbio de estudantes e
professores, com foco na pesquisa aplicada; firmar
parcerias com instituições privadas para promover
publicações de periódicos fora do país; entre outras
ações.
A intenção que essas ações gerem também
recursos que serão remetidos ao fundo e também
às instituições e aos próprios pesquisadores. A adesão
das universidades e institutos será voluntária. O MEC
não detalhou os critérios de distribuição de recusos entre
as instiuições.
“A gente quer premiar as boas práticas, a gente não
acredita no assistencialismo, quer premiar a cultura do
esforço, quer premiar o bom desempenho, por isso
estamos lançando esse programa. A gente quer permitir
que se formem cada vez mais talentos e quer reter esses
talentos”, disse o secretário de Educação Superior do
MEC, Arnaldo Barbosa.
Como funciona o fundo
O fundo será composto principalmente pelo
patrimônio da União, como terrenos que foram, segundo
Barbosa, cedidos pelo Ministério da Economia para esse
fim. Por isso, os recursos serão integralizado com
fundos de investimento imobiliário.
“Isso que hoje é despesa vai virar receita para o
fundo do Future-se”, destacou Barbosa. “O que a gente
ganha a partir do momento que transforma esse terreno
em cotas [é] que o setor empresarial constrói
um shopping, isso vira sociedade de propósito
específico, vira um shopping. Um terreno construído
vai ser valorizado, então as cotas [se] valorizam. O
dinheiro aumenta, e a própria rentabilidade das salas
comerciais vai agregar valor a esse programa. Volta tudo
para o Future-se”, explicou.
Esse fundo de rendimento multimercado poderá
também receber investimentos, segundo o secretário,
de interessados, por exemplo em realizar pesquisas na
Amazônia. “Esse fundo vai ter política de investimento,
vai ter regulamento, vai estar disposto sobre os riscos,
tudo será transparente”, diz.
Organizações sociais
De acordo com o MEC, a operacionalização do
Future-se ocorrerá por meio de contratos de gestão
firmados pela União e pela instituição de ensino com
organizações sociais (OSs). As OSs são entidades de
caráter privado que recebem o status ”social” ao
comprovar eficácia e fins sociais, entre outros
requisitos.
Os contratos de gestão poderão ser celebrados
com organizações sociais já qualificadas pelo MEC.
Além disso, as fundações de apoio poderão ser
qualificadas como organizações sociais.
A organização social contratada, segundo a pasta,
poderá manter escritórios, representações,
dependências e filiais em outras unidades da Federação.
A instituição de ensino pode viabilizar a instalação física
em suas dependências.
Sem mensalidade
O ministro da Educação, Abraham Weintraub,
garantiu que a proposta não inclui a cobrança de
mensalidade nas graduações das instituições públicas.
“[As instituições] continuarão públicas e os estudantes
NÃO pagarão pela graduação”, disse em publicação no
Twitter.
A proposta será disponibilizada nesta quarta-feira
para consulta pública.Asociedade poderá colaborar com
sugestões até o dia 7 de agosto. O MEC irá, então,
submeter ao Congresso Nacional um projeto de lei para
viabilizar as mudanças. As universidades seguirão,
segundo a pasta, contando com o orçamento público.
Fonte: Agência Brasil
Edição 33718 de Julho de 2019Jornal Opção do Noroeste 3
Caixa contrata 174
empregados com deficiência
A Caixa Econômica Federal contratou
182 empregados aprovados em concurso
realizadoem2014,dosquais174têmalguma
deficiência. Os novos funcionários vêm
fortalecer o quadro após uma série de
demissões e irão ainda contribuir para que o
banco cumpraopercentualmínimode5%de
pessoascomdeficiência.Elesforamrecebidos
em cerimônia nesta segunda-feira (15), que
contou com a presença da primeira dama,
MichelleBolsonaro,emBrasília.
“Esse concurso aconteceu em 2014 e,
em 2015, em 2016, 2017 e 2018, ninguém
foi chamado. Essa é uma demanda
importante”,dizopresidentedaCaixa,Pedro
Guimarães. De acordo com ele, nos últimos
cinco anos, o banco perdeu 15 mil
funcionários. Muitos deles aderiram a
programasdedemissãovoluntária.Aintenção
agora é convocar, até o final do ano, no total,
2milnovosempregados,sendoamaiorparte
deles pessoas com deficiência.
Lei de Cotas
Emmaiodesteano,oTribunalRegional
doTrabalho da 10ª Região condenou a Caixa
a cumprir Lei de 1991, conhecida como Lei
das Cotas (Lei 8.213/91), que obriga uma
empresa do porte da estatal a ter entre seus
trabalhadores5%depessoascomdeficiência.
A condenação também determinou o
pagamento de R$ 1 milhão em multa, por
danosmoraiscoletivos.Aaçãofoimovidapelo
Ministério Público do Trabalho, no ano de
2016.
“ACaixaeraoúnicobancoquenãotinha
5% das pessoas com deficiência. Na verdade,
nosso percentual era apenas 1,67%. Era um
percentual inaceitável. Estamos caminhando
para chegar nos 5%”, diz Guimarães. Neste
ano, ao todo, foram convocados 800
empregados com deficiência aprovados
também no concurso de 2014.
“Essas 2 mil [contratações feitas até o
final do ano] serão focadas em pessoas com
deficiência. Esse número só não chegará a 2
milsealgumadaslocalidadesnãotiverpessoas
comdeficiênciaemnúmerosuficiente”,garante
o presidente.
Os novos empregados iniciarão seu
trabalho nas agências após a semana de
capacitação inicial que os prepara para as
atividades básicas de atendimento ao cliente.
Segundo o banco, todas as regiões do país
foramcontempladascomnovascontratações,
com prioridade para as cidades do interior.
Agência Brasil
Exposição traz fotos de Serra
Pelada feitas por Sebastião Salgado
O Sesc Avenida Paulista, na região
central da capital, recebe a partir de quarta-
feira(17)aexposição Gold–MinadeOuro
Serra Pelada. São 56 fotografias, parte
inédita, feitas por Sebastião Salgado na
década de 1980 no garimpo de Serra
Pelada, no sul do Pará.Aregião sofreu uma
intensa corrida pelo ouro à época, quando
recebeudezenasdemilharesdehomensque
transformaramumaserrademorrosemuma
enorme cratera.
Adimensãodogarimpopodeservista
nasimagensdeSalgado,comasintermináveis
filas de homens escalando as paredes do
buraco, quase como formigas. Quando se
aproxima dos garimpeiros, o fotografo
registra em preto e branco - uma de suas
marcas–aspessoascobertasdelamaesuor
arrastando os sacos de minério.
Sonho do ouro
“Por uma década, ela evocou o El
Dorado há muito prometido, mas,
atualmente, essa corrida do ouro mais
selvagem que o Brasil já teve se tornou
apenas uma lenda, que permanece viva por
meiodealgumaslembrançasfelizes,muitos
arrependimentos dolorosos”, comenta
Salgado sobre Serra Pelada.
Durante o período que esteve no
garimpo, o fotógrafo conheceu histórias de
gentequeconseguiuenriquecereoutrasque
apenas puderam sonhar em mudar de vida.
“O ouro é um amante imprevisível”, diz
Salgado sobre a relação que o metal mais
cobiçado do mundo estabelece com as
pessoas.
“Enquanto alguns garimpeiros
afortunados partiram de Serra Pelada com
dinheiro, compraram fazendas e empresas e
nunca se sentiram traídos, outros, que
encontraramouroepensaramquehaviamais
fortunas esperando por eles, acabaram, por
fim, perdendo tudo o que tinham obtido”,
explicou.
Trajetória
O trabalho de Serra Pelada se insere na
trajetória de Sebastião Salgado no interesse
porgrandesdramashumanos.Estevetambém
em guerras, registrou deslocamentos de
refugiados e a luta do Movimento dos
Trabalhadores Sem Terra. Sempre
fotografando em preto e branco, seguindo a
escoladosprecursoresdoqueveioasetornar
o fotojornalismo, como Cartier-Bresson e
Robert Capa. O brasileiro, no entanto, se
diferencia pelo estilo mais pictórico,
valorizando um pouco menos o flagrante
instantâneo, e mais a beleza plástica das
composições e da luz.
A exposição é gratuita de 10h as 21h30
(terça a sábado) e das 10h às 18h30
(domingos e feriados).Amostra vai até o dia
3 de novembro. Agência Brasil.
Edição 337 Jornal Opção do Noroeste18 de Julho de 20194
Macuco lança roteiro turístico
pelas fazendas históricas
Quetaldescobrirossegredosdaépoca
colonialdointeriordoRiodeJaneirovisitando
fazendashistóricas?APrefeituradeMacuco
lançouhoje(12)oTurismoRural,umcircuito
por pontos turísticos que contam a história
trazida pelos colonizadores marcadas em
lindasfazendascentenárias.
O percurso inclui as fazendas Val de
Palmas, BoaVista, Bom Sucesso, Benfica,
RibeirãoDouradoeoutras.Oprojetopropõe
que as famílias hospedem turistas,
promovendoumpasseiohistóricoàprodução
agrícolaeartesanal.
O objetivo é promover o
desenvolvimento econômico e o
fortalecimentodaculturalocal.Oroteirofoi
elaborado em atendimento aos turistas que
procuram conhecer as riquezas históricas,
culturaisearquitetônicasdaregião,alémdos
apreciadores das belas paisagens e dos
produtosregionais.
Para o Prefeito, Bruno Boaretto, a
históriadeMacucopassapelahistóriadevida
degrandeshomensemulheres.
Preservaramemóriaéumadasfunções
do Poder Público. O roteiro turístico pelas
fazendas é um convite para um passeio na
história. Tão interessante para o munícipe,
quantoparaosturistas,semprebem-vindos
emnossacidade.”,disseBoaretto.
Ainda segundo o prefeito, um dos
principais objetivos do poder público é
fomentar o turismo interno. Uma forte
ferramenta para isso é justamente a criação
deroteirosturísticos.“Estamosengajadosna
rota turística em Macuco e com a
interlocuçãocomasagênciasdeturismoda
regiãoparacomercializá-lo,porisso,somos
fomentadores e os operadores, que estão na
ponta,osresponsáveispelacomercialização
dosprodutosturísticos”,declarouoprefeito.
Oroteiroapresentaumincrível tour das
antigas fazendas de café até a moderna
concepção de ecoturismo, respeitando a
natureza e o modo de vida local. Nascida da
antiga Vila Macuco, a cidade guarda
momentoshistóricosúnicosesurpreendentes.
Asfazendaslocaisabremsuasportastrazendo
aovisitanteasensaçãodavidarural.
As reservas da MataAtlântica, ainda
intactas,alémdeseremumaenormefontepara
pesquisas,criamoportunidadesparapasseios
ecológicos inigualáveis. Entre trilhas que
podemserfeitasapé,acavalooudebicicleta,
e para os apreciadores do turismo aventura
Macuco guarda um grande potencial para
arvorismo, canoagem, motocross e outros
esportes que possam ser executados em
“ambientenatural“edemaneirasustentável.
O evento de lançamento contou com a
presençadacoordenadoraregionaldoSebrae,
Fernanda Gripp, vereadores, secretários
municipais, empresários, proprietários das
fazendas e agências de turismo, além do
próprioprefeito.Músicoslocaisealunosdo
municípiotambémparticiparampromovendo
apresentaçõesmusicaisededança.
Folha Itaocarense
Site recebe a partir desta
terça cadastro para lista de
‘não perturbe’ das teles
Consumidores que não desejam receber ligações de telemarketing de empresas de
telecomunicação já podem se cadastrar a partir desta terça-feira (16) na chamada lista de “não
perturbe”. O cadastro poderá ser feito pelo site, criado pelas empresas, após determinação da
AgênciaNacionaldeTelecomunicações(Anatel).
O site entrou no ar nos primeiros minutos desta terça.
Aimplementaçãoda listanacionalde“nãoperturbe” regulaapenasaschamadasfeitas
pelas empresas de telecomunicação, e não se estende a chamadas realizadas por companhias
de outros setores. Portanto, a lista valerá para clientes das empresas Algar, Claro/
Net, Nextel, Oi, Sercomtel, Sky, Tim e Vivo.
O prazo para o bloqueio das ligações é de 30 dias após a solicitação do cliente. As
prestadorasquedescumpriremaregrapodemseradvertidasoupenalizadascommultasdeaté
R$50milhões.
Para bloquear a ligação das empresas de telecomunicação é fácil: acesse o
site www.naomeperturbe.com.br e se cadastre, criando um login (com seu e-mail) e uma
senha. O menu seguinte vai pedir também seu CPF. Depois, basta cadastrar o número do
telefone(celularoufixo).Épossívelcadastrarmaisdeumalinha.
Noúltimomenu,ousuáriovaiselecionarquaiscompanhiasquerbloquear.
É possível cadastrar mais de uma linha, repetindo as operações acima.
Acriação da lista foi uma determinação daAnatel. Segundo a agência, as empresas não
poderãomaisfazerligaçõestelefônicascomoobjetivodeoferecerseuspacotesouserviçosde
telecomunicaçõesparaosconsumidoresqueregistraremseusnúmerosnalistanacional.
De acordo com a Anatel, estudos de mercado estimam que pelo menos um terço das
ligações indesejadas no Brasil sejam realizadas com o objetivo de vender serviços de
telecomunicações, que só podem ser prestados por empresas reguladas pela agência.
A lista de “não perturbe” deve ser única e o meio de acesso a ela, ou seja, onde o
consumidorpoderáregistrarseunúmero,tambémdeveráserúnico,fácileamplamentedivulgado
pelas prestadoras.
Fonte: G1
Edição 33718 de Julho de 2019Jornal Opção do Noroeste 5
Macaé poderá receber
usina termelétricaAudiência vai debater construção de
usinas termelétricas em Macaé Segundo o
secretário deAmbiente e Desenvolvimento
Econômico da prefeitura de Macaé, dentro
dos próximos cinco anos, Macaé deverá
abrigar nove usinas termelétricas. Hoje a
cidade já conta com duas
Uma audiência pública será realizada
nesta terça-feira (16) para apresentação de
projetos deimplantaçãodeduasnovasusinas
termelétricas em Macaé.Aaudiência será
realizada pelo IBAMA, no Centro de
ConvençõesJornalistaRobertoMarinho.O
licenciamento das unidades Jaci e Tupã,
criadaspelaGlobalParticipaçõesemEnergia
(GPE), consolida a Capital Nacional do
Petróleocomopolonacionaldeproduçãode
energia,transformandoogásprocessadopelo
Terminal Cabiúnas, da Petrobras, em
combustível para o novo ciclo de
desenvolvimentoeconômicojáencaradopela
cidade. “Todos os indicadores, análises e
perspectivasapontamqueogásnaturalserá
a fonte de uma nova fase de prosperidade
para Macaé.Acompanhamos o andamento
dessesprojetoseacreditamosqueainstalação
dessas usinas termelétricas criam em nossa
cidadeumpotencialdeproduçãodeenergia
nãovistoemoutrascidadesdopaís”,analisa
osecretáriodeAmbientedeDesenvolvimento
Econômico da prefeitura de Macaé, Gerson
Martins.SegundoGersonMartins,dentrodos
próximoscincoanos,Macaédeveráabrigar
nove usinas termelétricas que produzirão
energiaatravésdogásnaturalprocessadoem
Cabiúnas. Hoje a cidade já conta com duas,
a UTE Mário Lago e a EDF Norte
Fluminense.“Temosatualmenteaconstrução
da termelétrica MarlimAzul, através de um
consórcio que possui a Shell como uma das
empresasinvestidoras.Outrasduasunidades
já estão licenciadas, com participação em
leilõesrealizadospelaAgênciaNacionalde
EnergiaElétrica(Aneel).Acompanharemos
agora a audiência pública sobre esses dois
novos projetos e existe mais um em fase de
estudos”, aponta o secretário.Atualmente,
Macaéjápossuidadosconcretosquerevelam
osurgimentodeumnovociclovirtuoso.Nesta
quarta-feira (11) ganhou repercussão o
estudo da “Urban Systems”, que analisa
dados socioeconômicos das principais
cidadesdopaís.Norankingapresentadopelo
estudo, Macaé subiu quatro posições,
ocupando atualmente a posição 17 a nível
nacional, e a terceira colocação no Estado,
abaixo apenas de Niterói e Rio de Janeiro.
“Acidadeentradefinitivamenteemumanova
fasepositiva,queestimularátodosossetores
da nossa economia, através da força do
petróleo e do gás. No entanto, o grande
resultado deste novo momento ainda será a
geração de novos postos de trabalho,
devolvendoanossapopulaçãooportunidades
perdidasduranteoperíododacrise”,aponta
Gerson.
Fonte: SF Notícias
Contrato Nº.010/2019.
Processo/Modalidade: 004/2019
Carta convite n.º 004/2019.
Partes:CÂMARA MUNICIPAL DE
SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA
LISBOA & BELONI LTDA – ME.
Objeto:para contratação dosserviços de
Buffet - jantar(700 pessoas) para a Sessão
Solene de Entrega de Títulos de Cidadania
Paduana e Medalhas de Honra ao Mérito
Visconde Figueira, Frederico de Alvim
Padilha, Dep. José Kezen e Mariquinha
Cebola, que se realizará no dia 23 de julho
de 2019, no Campestre Pádua Clube
Valor:R$ 37.900,00 (trinta e sete mil e
novecentos reais).
Prazo: 01 dia: 23 de julho de 2019.
Dotação
Orçamentária:01.031.0001.2.109 -
33.90.39.
Contrato Nº.011/2019.
Processo/Modalidade: 005/2019
Carta convite n.º 005/2019.
Partes:CÂMARA MUNICIPAL DE
SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA
LISBOA & BELONI LTDA – ME.
Objeto:Serviços ornamentação do
Ginásio de Esportes do Campestre Pádua
Clube, para a realização da Sessão Solene de
Entrega de Títulos de Cidadania Paduana e
Medalhas de Honra ao Mérito Visconde
Figueira, Frederico deAlvim Padilha e Dep.
José Kezen e Mariquinha Cebola, no dia 23
de julho de 2019.
Valor:R$ 33.200,00 (trinta e três mil e
duzentos reais)
Prazo: 02 dias: 22 e 23 de julho de
2019.
Dotação
Orçamentária::01.031.0001.2.109 -
33.90.39.
FUNDAMENTAÇÃO LEGAL:Art. 23,
II, “a” – Lei nº 8.666/93
Jornal Opção do
Noroeste
Aqui você faz a notícia
Edição 337 Jornal Opção do Noroeste18 de Julho de 20196

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

EDIÇÃO 454 DE 30 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 454 DE 30 DE SETEMBRO DE 2021EDIÇÃO 454 DE 30 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 454 DE 30 DE SETEMBRO DE 2021
 
EDIÇÃO 348
EDIÇÃO 348EDIÇÃO 348
EDIÇÃO 348
 
EDIÇÃO 417 DE 13 DE JANEIRO DE 2021
EDIÇÃO 417 DE 13 DE JANEIRO DE 2021 EDIÇÃO 417 DE 13 DE JANEIRO DE 2021
EDIÇÃO 417 DE 13 DE JANEIRO DE 2021
 
EDIÇÃO 317
EDIÇÃO 317EDIÇÃO 317
EDIÇÃO 317
 
EDIÇÃO 292
EDIÇÃO 292EDIÇÃO 292
EDIÇÃO 292
 
EDIÇÃO 296
EDIÇÃO 296EDIÇÃO 296
EDIÇÃO 296
 
EDIÇÃO 342
EDIÇÃO 342EDIÇÃO 342
EDIÇÃO 342
 
EDIÇÃO 312
EDIÇÃO 312EDIÇÃO 312
EDIÇÃO 312
 
EDIÇÃO 450 DE 03 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 450 DE 03 DE SETEMBRO DE 2021EDIÇÃO 450 DE 03 DE SETEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 450 DE 03 DE SETEMBRO DE 2021
 
EDIÇÃO 316
EDIÇÃO 316EDIÇÃO 316
EDIÇÃO 316
 
EDIÇÃO 460 DE 05 DE NOVEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 460 DE 05 DE NOVEMBRO DE 2021EDIÇÃO 460 DE 05 DE NOVEMBRO DE 2021
EDIÇÃO 460 DE 05 DE NOVEMBRO DE 2021
 
EDIÇÃO 415 DE 04 DE JANEIRO DE 2021
EDIÇÃO 415 DE 04 DE JANEIRO DE 2021 EDIÇÃO 415 DE 04 DE JANEIRO DE 2021
EDIÇÃO 415 DE 04 DE JANEIRO DE 2021
 
EDIÇÃO 376 DE 08 DE ABRIL DE 2020
EDIÇÃO 376 DE 08 DE ABRIL DE 2020EDIÇÃO 376 DE 08 DE ABRIL DE 2020
EDIÇÃO 376 DE 08 DE ABRIL DE 2020
 
EDIÇÃO NOTÍCIAS 290
EDIÇÃO NOTÍCIAS 290EDIÇÃO NOTÍCIAS 290
EDIÇÃO NOTÍCIAS 290
 
EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021
 
EDIÇÃO 382 DE 20 DE MAIO DE 2020
EDIÇÃO 382 DE 20 DE MAIO DE 2020EDIÇÃO 382 DE 20 DE MAIO DE 2020
EDIÇÃO 382 DE 20 DE MAIO DE 2020
 
EDIÇÃO 354 DE 06 DE NOVEMBRO DE 2019
EDIÇÃO 354 DE 06 DE NOVEMBRO DE 2019EDIÇÃO 354 DE 06 DE NOVEMBRO DE 2019
EDIÇÃO 354 DE 06 DE NOVEMBRO DE 2019
 
EDIÇÃO 371 DE 04 DE MARÇO DE 2020
EDIÇÃO 371 DE 04 DE MARÇO DE 2020EDIÇÃO 371 DE 04 DE MARÇO DE 2020
EDIÇÃO 371 DE 04 DE MARÇO DE 2020
 
EDIÇÃO 352
EDIÇÃO 352EDIÇÃO 352
EDIÇÃO 352
 
EDIÇÃO NOTÍCIAS 284
EDIÇÃO NOTÍCIAS 284EDIÇÃO NOTÍCIAS 284
EDIÇÃO NOTÍCIAS 284
 

Semelhante a EDIÇÃO 337

Jornal de 1 a 10 de Novembro 2013
Jornal de 1 a 10 de Novembro 2013Jornal de 1 a 10 de Novembro 2013
Jornal de 1 a 10 de Novembro 2013
Elaine Fernandes
 

Semelhante a EDIÇÃO 337 (20)

Te m 06-07-2014
Te m   06-07-2014Te m   06-07-2014
Te m 06-07-2014
 
Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018
 
O Dia Digital - VACINAÇÃO CONTRA PÓLIO E SARAMPO É PRORROGADA
O Dia Digital - VACINAÇÃO CONTRA PÓLIO E SARAMPO É PRORROGADAO Dia Digital - VACINAÇÃO CONTRA PÓLIO E SARAMPO É PRORROGADA
O Dia Digital - VACINAÇÃO CONTRA PÓLIO E SARAMPO É PRORROGADA
 
Paulista Em Foco. Edição Janeiro de 2018
Paulista Em Foco. Edição Janeiro de 2018Paulista Em Foco. Edição Janeiro de 2018
Paulista Em Foco. Edição Janeiro de 2018
 
Paraná Notícias
Paraná NotíciasParaná Notícias
Paraná Notícias
 
Jornal digital 4964_qua_20072016
Jornal digital 4964_qua_20072016Jornal digital 4964_qua_20072016
Jornal digital 4964_qua_20072016
 
O Buritizeiro
O BuritizeiroO Buritizeiro
O Buritizeiro
 
O Dia Digital - 29.825 “HONESTOS” E CONTRA A CORRUPÇÃO
O Dia Digital - 29.825 “HONESTOS” E CONTRA A CORRUPÇÃOO Dia Digital - 29.825 “HONESTOS” E CONTRA A CORRUPÇÃO
O Dia Digital - 29.825 “HONESTOS” E CONTRA A CORRUPÇÃO
 
Setemi News Junho/16
Setemi News Junho/16Setemi News Junho/16
Setemi News Junho/16
 
Edição 414
Edição 414Edição 414
Edição 414
 
Jornal de 1 a 10 de Novembro 2013
Jornal de 1 a 10 de Novembro 2013Jornal de 1 a 10 de Novembro 2013
Jornal de 1 a 10 de Novembro 2013
 
Inform andes na ufrgs 63
Inform andes na ufrgs 63  Inform andes na ufrgs 63
Inform andes na ufrgs 63
 
Requerimento de apoio/parceria do Projeto Fundaçâo: SINPISBA destinado a UNIP...
Requerimento de apoio/parceria do Projeto Fundaçâo: SINPISBA destinado a UNIP...Requerimento de apoio/parceria do Projeto Fundaçâo: SINPISBA destinado a UNIP...
Requerimento de apoio/parceria do Projeto Fundaçâo: SINPISBA destinado a UNIP...
 
FIA Estadual - Conhecer para Fortalecer - Daiana
FIA Estadual - Conhecer para Fortalecer - DaianaFIA Estadual - Conhecer para Fortalecer - Daiana
FIA Estadual - Conhecer para Fortalecer - Daiana
 
Jornal digital 27 10-17
Jornal digital 27 10-17Jornal digital 27 10-17
Jornal digital 27 10-17
 
Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 87 - 26/01/2017
 Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 87 - 26/01/2017 Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 87 - 26/01/2017
Jornal Cidade - Lagoa da Prata e região - Nº 87 - 26/01/2017
 
Força-tarefa alavanca polo tecnológico
Força-tarefa alavanca polo tecnológicoForça-tarefa alavanca polo tecnológico
Força-tarefa alavanca polo tecnológico
 
Jornal digital 4793_qua_11112015
Jornal digital 4793_qua_11112015Jornal digital 4793_qua_11112015
Jornal digital 4793_qua_11112015
 
Jornal digital 06 07-18
Jornal digital 06 07-18Jornal digital 06 07-18
Jornal digital 06 07-18
 
Jornal digital 4791_seg_09112015
Jornal digital 4791_seg_09112015Jornal digital 4791_seg_09112015
Jornal digital 4791_seg_09112015
 

Mais de Afonso Pena

EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021 EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021 EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 430 DE 16 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 430 DE 16 DE ABRIL DE 2021EDIÇÃO 430 DE 16 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 430 DE 16 DE ABRIL DE 2021
Afonso Pena
 
EDIÇÃO 429 DE 09 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 429 DE 09 DE ABRIL DE 2021EDIÇÃO 429 DE 09 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 429 DE 09 DE ABRIL DE 2021
Afonso Pena
 

Mais de Afonso Pena (20)

EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
 
EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021
 
EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021
 
EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021
 
EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021
 
EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021
 
EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021
 
EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021
 
EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021
 
EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021
 
EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021
 
EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021
 
EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021
 
EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021 EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021
 
EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021
 
EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021
 
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021 EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
 
EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021
 
EDIÇÃO 430 DE 16 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 430 DE 16 DE ABRIL DE 2021EDIÇÃO 430 DE 16 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 430 DE 16 DE ABRIL DE 2021
 
EDIÇÃO 429 DE 09 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 429 DE 09 DE ABRIL DE 2021EDIÇÃO 429 DE 09 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 429 DE 09 DE ABRIL DE 2021
 

EDIÇÃO 337

  • 1. R$ 2,00 Atos Oficiais da Câmara Municipal de Pádua. Comprometido com a Verdade! Suplemento Especial Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Pádua Facebook: Jornal Opção do Noroeste Email:jornalopcaodonoroeste@gmail.com Edição: 337 - 18 de Julho de 2019 Toda Semana nas Bancas Macuco lança roteiro turístico pelas fazendas históricas Que tal descobrir os segredos da época colonial do interior do Rio de Janeiro visitando fazendas históricas?APrefeitura de Macuco lançou hoje (12) o Turismo Rural, um circuito por pontos turísticos que contam a história trazida pelos colonizadores marcadas em lindas fazendas centenárias. Página: 04 Consumidores que não desejam receber ligações de telemarketing de empresas de telecomunicação já podem se cadastrar a partir desta terça-feira (16) na chamada lista de “não perturbe”. O cadastro poderá ser feito pelo site, criado pelas empresas, após determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O site entrou no ar nos primeiros minutos desta terça. A implementação da lista nacional de “não perturbe” regula apenas as chamadas feitas pelas empresas de telecomunicação, e não se estende a chamadas realizadas por companhias de outros setores. Portanto, a lista valerá para clientes das empresas Algar, Claro/ Net, Nextel, Oi, Sercomtel, Sky, Tim e Vivo. Pag: 04 Site recebe a partir desta terça cadastro para lista de ‘não perturbe’ das teles Macaé poderá receber usina termelétrica Audiência vai debater construção de usinas termelétricas em Macaé Segundo o secretário de Ambiente e Desenvolvimento Econômico da prefeitura de Macaé, dentro dos próximos cinco anos, Macaé deverá abrigar nove usinas termelétricas. Hoje a cidade já conta com duas Página: 05
  • 2. Edição 337 Jornal Opção do Noroeste18 de Julho de 2019 2 2 MEC quer criar fundo para financiar universidades federaisO Ministério da Educação (MEC) quer criar um fundo de natureza privada, cujas cotas serão negociadas na Bolsa de Valores, para financiar as universidades e institutos federais. Esse fundo contará, inicialmente, com R$ 102,6 bilhões. A maior parte desses recursos, R$ 50 bilhões, virá do patrimônio da União. A intenção é que esse esses recursos financiem pesquisa, inovação, empreendedorismo e internacionalização das instituições de ensino. O fundo é a principal estratégia do programa Future-se, apresentado hoje (17) pelo MEC. O fundo será composto ainda por R$ 33 bilhões de fundos constitucionais, por R$ 17,7 bilhões provenientes de recursos angariados com leis de incentivos fiscais e depósitos à vista, por R$ 1,2 bilhão de recursos da cultura e por R$ 700 milhões provenientes da utilização econômica do espaço público e fundos patrimoniais. Os recursos serão voltados para a instalação de centros de pesquisa e inovação, bem como parques tecnológicos; assegurar ambiente de negócios; criação de startups, ou seja, de empresas com base tecnológica; aproximar as instituições das empresas; estimular intercâmbio de estudantes e professores, com foco na pesquisa aplicada; firmar parcerias com instituições privadas para promover publicações de periódicos fora do país; entre outras ações. A intenção que essas ações gerem também recursos que serão remetidos ao fundo e também às instituições e aos próprios pesquisadores. A adesão das universidades e institutos será voluntária. O MEC não detalhou os critérios de distribuição de recusos entre as instiuições. “A gente quer premiar as boas práticas, a gente não acredita no assistencialismo, quer premiar a cultura do esforço, quer premiar o bom desempenho, por isso estamos lançando esse programa. A gente quer permitir que se formem cada vez mais talentos e quer reter esses talentos”, disse o secretário de Educação Superior do MEC, Arnaldo Barbosa. Como funciona o fundo O fundo será composto principalmente pelo patrimônio da União, como terrenos que foram, segundo Barbosa, cedidos pelo Ministério da Economia para esse fim. Por isso, os recursos serão integralizado com fundos de investimento imobiliário. “Isso que hoje é despesa vai virar receita para o fundo do Future-se”, destacou Barbosa. “O que a gente ganha a partir do momento que transforma esse terreno em cotas [é] que o setor empresarial constrói um shopping, isso vira sociedade de propósito específico, vira um shopping. Um terreno construído vai ser valorizado, então as cotas [se] valorizam. O dinheiro aumenta, e a própria rentabilidade das salas comerciais vai agregar valor a esse programa. Volta tudo para o Future-se”, explicou. Esse fundo de rendimento multimercado poderá também receber investimentos, segundo o secretário, de interessados, por exemplo em realizar pesquisas na Amazônia. “Esse fundo vai ter política de investimento, vai ter regulamento, vai estar disposto sobre os riscos, tudo será transparente”, diz. Organizações sociais De acordo com o MEC, a operacionalização do Future-se ocorrerá por meio de contratos de gestão firmados pela União e pela instituição de ensino com organizações sociais (OSs). As OSs são entidades de caráter privado que recebem o status ”social” ao comprovar eficácia e fins sociais, entre outros requisitos. Os contratos de gestão poderão ser celebrados com organizações sociais já qualificadas pelo MEC. Além disso, as fundações de apoio poderão ser qualificadas como organizações sociais. A organização social contratada, segundo a pasta, poderá manter escritórios, representações, dependências e filiais em outras unidades da Federação. A instituição de ensino pode viabilizar a instalação física em suas dependências. Sem mensalidade O ministro da Educação, Abraham Weintraub, garantiu que a proposta não inclui a cobrança de mensalidade nas graduações das instituições públicas. “[As instituições] continuarão públicas e os estudantes NÃO pagarão pela graduação”, disse em publicação no Twitter. A proposta será disponibilizada nesta quarta-feira para consulta pública.Asociedade poderá colaborar com sugestões até o dia 7 de agosto. O MEC irá, então, submeter ao Congresso Nacional um projeto de lei para viabilizar as mudanças. As universidades seguirão, segundo a pasta, contando com o orçamento público. Fonte: Agência Brasil
  • 3. Edição 33718 de Julho de 2019Jornal Opção do Noroeste 3 Caixa contrata 174 empregados com deficiência A Caixa Econômica Federal contratou 182 empregados aprovados em concurso realizadoem2014,dosquais174têmalguma deficiência. Os novos funcionários vêm fortalecer o quadro após uma série de demissões e irão ainda contribuir para que o banco cumpraopercentualmínimode5%de pessoascomdeficiência.Elesforamrecebidos em cerimônia nesta segunda-feira (15), que contou com a presença da primeira dama, MichelleBolsonaro,emBrasília. “Esse concurso aconteceu em 2014 e, em 2015, em 2016, 2017 e 2018, ninguém foi chamado. Essa é uma demanda importante”,dizopresidentedaCaixa,Pedro Guimarães. De acordo com ele, nos últimos cinco anos, o banco perdeu 15 mil funcionários. Muitos deles aderiram a programasdedemissãovoluntária.Aintenção agora é convocar, até o final do ano, no total, 2milnovosempregados,sendoamaiorparte deles pessoas com deficiência. Lei de Cotas Emmaiodesteano,oTribunalRegional doTrabalho da 10ª Região condenou a Caixa a cumprir Lei de 1991, conhecida como Lei das Cotas (Lei 8.213/91), que obriga uma empresa do porte da estatal a ter entre seus trabalhadores5%depessoascomdeficiência. A condenação também determinou o pagamento de R$ 1 milhão em multa, por danosmoraiscoletivos.Aaçãofoimovidapelo Ministério Público do Trabalho, no ano de 2016. “ACaixaeraoúnicobancoquenãotinha 5% das pessoas com deficiência. Na verdade, nosso percentual era apenas 1,67%. Era um percentual inaceitável. Estamos caminhando para chegar nos 5%”, diz Guimarães. Neste ano, ao todo, foram convocados 800 empregados com deficiência aprovados também no concurso de 2014. “Essas 2 mil [contratações feitas até o final do ano] serão focadas em pessoas com deficiência. Esse número só não chegará a 2 milsealgumadaslocalidadesnãotiverpessoas comdeficiênciaemnúmerosuficiente”,garante o presidente. Os novos empregados iniciarão seu trabalho nas agências após a semana de capacitação inicial que os prepara para as atividades básicas de atendimento ao cliente. Segundo o banco, todas as regiões do país foramcontempladascomnovascontratações, com prioridade para as cidades do interior. Agência Brasil Exposição traz fotos de Serra Pelada feitas por Sebastião Salgado O Sesc Avenida Paulista, na região central da capital, recebe a partir de quarta- feira(17)aexposição Gold–MinadeOuro Serra Pelada. São 56 fotografias, parte inédita, feitas por Sebastião Salgado na década de 1980 no garimpo de Serra Pelada, no sul do Pará.Aregião sofreu uma intensa corrida pelo ouro à época, quando recebeudezenasdemilharesdehomensque transformaramumaserrademorrosemuma enorme cratera. Adimensãodogarimpopodeservista nasimagensdeSalgado,comasintermináveis filas de homens escalando as paredes do buraco, quase como formigas. Quando se aproxima dos garimpeiros, o fotografo registra em preto e branco - uma de suas marcas–aspessoascobertasdelamaesuor arrastando os sacos de minério. Sonho do ouro “Por uma década, ela evocou o El Dorado há muito prometido, mas, atualmente, essa corrida do ouro mais selvagem que o Brasil já teve se tornou apenas uma lenda, que permanece viva por meiodealgumaslembrançasfelizes,muitos arrependimentos dolorosos”, comenta Salgado sobre Serra Pelada. Durante o período que esteve no garimpo, o fotógrafo conheceu histórias de gentequeconseguiuenriquecereoutrasque apenas puderam sonhar em mudar de vida. “O ouro é um amante imprevisível”, diz Salgado sobre a relação que o metal mais cobiçado do mundo estabelece com as pessoas. “Enquanto alguns garimpeiros afortunados partiram de Serra Pelada com dinheiro, compraram fazendas e empresas e nunca se sentiram traídos, outros, que encontraramouroepensaramquehaviamais fortunas esperando por eles, acabaram, por fim, perdendo tudo o que tinham obtido”, explicou. Trajetória O trabalho de Serra Pelada se insere na trajetória de Sebastião Salgado no interesse porgrandesdramashumanos.Estevetambém em guerras, registrou deslocamentos de refugiados e a luta do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra. Sempre fotografando em preto e branco, seguindo a escoladosprecursoresdoqueveioasetornar o fotojornalismo, como Cartier-Bresson e Robert Capa. O brasileiro, no entanto, se diferencia pelo estilo mais pictórico, valorizando um pouco menos o flagrante instantâneo, e mais a beleza plástica das composições e da luz. A exposição é gratuita de 10h as 21h30 (terça a sábado) e das 10h às 18h30 (domingos e feriados).Amostra vai até o dia 3 de novembro. Agência Brasil.
  • 4. Edição 337 Jornal Opção do Noroeste18 de Julho de 20194 Macuco lança roteiro turístico pelas fazendas históricas Quetaldescobrirossegredosdaépoca colonialdointeriordoRiodeJaneirovisitando fazendashistóricas?APrefeituradeMacuco lançouhoje(12)oTurismoRural,umcircuito por pontos turísticos que contam a história trazida pelos colonizadores marcadas em lindasfazendascentenárias. O percurso inclui as fazendas Val de Palmas, BoaVista, Bom Sucesso, Benfica, RibeirãoDouradoeoutras.Oprojetopropõe que as famílias hospedem turistas, promovendoumpasseiohistóricoàprodução agrícolaeartesanal. O objetivo é promover o desenvolvimento econômico e o fortalecimentodaculturalocal.Oroteirofoi elaborado em atendimento aos turistas que procuram conhecer as riquezas históricas, culturaisearquitetônicasdaregião,alémdos apreciadores das belas paisagens e dos produtosregionais. Para o Prefeito, Bruno Boaretto, a históriadeMacucopassapelahistóriadevida degrandeshomensemulheres. Preservaramemóriaéumadasfunções do Poder Público. O roteiro turístico pelas fazendas é um convite para um passeio na história. Tão interessante para o munícipe, quantoparaosturistas,semprebem-vindos emnossacidade.”,disseBoaretto. Ainda segundo o prefeito, um dos principais objetivos do poder público é fomentar o turismo interno. Uma forte ferramenta para isso é justamente a criação deroteirosturísticos.“Estamosengajadosna rota turística em Macuco e com a interlocuçãocomasagênciasdeturismoda regiãoparacomercializá-lo,porisso,somos fomentadores e os operadores, que estão na ponta,osresponsáveispelacomercialização dosprodutosturísticos”,declarouoprefeito. Oroteiroapresentaumincrível tour das antigas fazendas de café até a moderna concepção de ecoturismo, respeitando a natureza e o modo de vida local. Nascida da antiga Vila Macuco, a cidade guarda momentoshistóricosúnicosesurpreendentes. Asfazendaslocaisabremsuasportastrazendo aovisitanteasensaçãodavidarural. As reservas da MataAtlântica, ainda intactas,alémdeseremumaenormefontepara pesquisas,criamoportunidadesparapasseios ecológicos inigualáveis. Entre trilhas que podemserfeitasapé,acavalooudebicicleta, e para os apreciadores do turismo aventura Macuco guarda um grande potencial para arvorismo, canoagem, motocross e outros esportes que possam ser executados em “ambientenatural“edemaneirasustentável. O evento de lançamento contou com a presençadacoordenadoraregionaldoSebrae, Fernanda Gripp, vereadores, secretários municipais, empresários, proprietários das fazendas e agências de turismo, além do próprioprefeito.Músicoslocaisealunosdo municípiotambémparticiparampromovendo apresentaçõesmusicaisededança. Folha Itaocarense Site recebe a partir desta terça cadastro para lista de ‘não perturbe’ das teles Consumidores que não desejam receber ligações de telemarketing de empresas de telecomunicação já podem se cadastrar a partir desta terça-feira (16) na chamada lista de “não perturbe”. O cadastro poderá ser feito pelo site, criado pelas empresas, após determinação da AgênciaNacionaldeTelecomunicações(Anatel). O site entrou no ar nos primeiros minutos desta terça. Aimplementaçãoda listanacionalde“nãoperturbe” regulaapenasaschamadasfeitas pelas empresas de telecomunicação, e não se estende a chamadas realizadas por companhias de outros setores. Portanto, a lista valerá para clientes das empresas Algar, Claro/ Net, Nextel, Oi, Sercomtel, Sky, Tim e Vivo. O prazo para o bloqueio das ligações é de 30 dias após a solicitação do cliente. As prestadorasquedescumpriremaregrapodemseradvertidasoupenalizadascommultasdeaté R$50milhões. Para bloquear a ligação das empresas de telecomunicação é fácil: acesse o site www.naomeperturbe.com.br e se cadastre, criando um login (com seu e-mail) e uma senha. O menu seguinte vai pedir também seu CPF. Depois, basta cadastrar o número do telefone(celularoufixo).Épossívelcadastrarmaisdeumalinha. Noúltimomenu,ousuáriovaiselecionarquaiscompanhiasquerbloquear. É possível cadastrar mais de uma linha, repetindo as operações acima. Acriação da lista foi uma determinação daAnatel. Segundo a agência, as empresas não poderãomaisfazerligaçõestelefônicascomoobjetivodeoferecerseuspacotesouserviçosde telecomunicaçõesparaosconsumidoresqueregistraremseusnúmerosnalistanacional. De acordo com a Anatel, estudos de mercado estimam que pelo menos um terço das ligações indesejadas no Brasil sejam realizadas com o objetivo de vender serviços de telecomunicações, que só podem ser prestados por empresas reguladas pela agência. A lista de “não perturbe” deve ser única e o meio de acesso a ela, ou seja, onde o consumidorpoderáregistrarseunúmero,tambémdeveráserúnico,fácileamplamentedivulgado pelas prestadoras. Fonte: G1
  • 5. Edição 33718 de Julho de 2019Jornal Opção do Noroeste 5 Macaé poderá receber usina termelétricaAudiência vai debater construção de usinas termelétricas em Macaé Segundo o secretário deAmbiente e Desenvolvimento Econômico da prefeitura de Macaé, dentro dos próximos cinco anos, Macaé deverá abrigar nove usinas termelétricas. Hoje a cidade já conta com duas Uma audiência pública será realizada nesta terça-feira (16) para apresentação de projetos deimplantaçãodeduasnovasusinas termelétricas em Macaé.Aaudiência será realizada pelo IBAMA, no Centro de ConvençõesJornalistaRobertoMarinho.O licenciamento das unidades Jaci e Tupã, criadaspelaGlobalParticipaçõesemEnergia (GPE), consolida a Capital Nacional do Petróleocomopolonacionaldeproduçãode energia,transformandoogásprocessadopelo Terminal Cabiúnas, da Petrobras, em combustível para o novo ciclo de desenvolvimentoeconômicojáencaradopela cidade. “Todos os indicadores, análises e perspectivasapontamqueogásnaturalserá a fonte de uma nova fase de prosperidade para Macaé.Acompanhamos o andamento dessesprojetoseacreditamosqueainstalação dessas usinas termelétricas criam em nossa cidadeumpotencialdeproduçãodeenergia nãovistoemoutrascidadesdopaís”,analisa osecretáriodeAmbientedeDesenvolvimento Econômico da prefeitura de Macaé, Gerson Martins.SegundoGersonMartins,dentrodos próximoscincoanos,Macaédeveráabrigar nove usinas termelétricas que produzirão energiaatravésdogásnaturalprocessadoem Cabiúnas. Hoje a cidade já conta com duas, a UTE Mário Lago e a EDF Norte Fluminense.“Temosatualmenteaconstrução da termelétrica MarlimAzul, através de um consórcio que possui a Shell como uma das empresasinvestidoras.Outrasduasunidades já estão licenciadas, com participação em leilõesrealizadospelaAgênciaNacionalde EnergiaElétrica(Aneel).Acompanharemos agora a audiência pública sobre esses dois novos projetos e existe mais um em fase de estudos”, aponta o secretário.Atualmente, Macaéjápossuidadosconcretosquerevelam osurgimentodeumnovociclovirtuoso.Nesta quarta-feira (11) ganhou repercussão o estudo da “Urban Systems”, que analisa dados socioeconômicos das principais cidadesdopaís.Norankingapresentadopelo estudo, Macaé subiu quatro posições, ocupando atualmente a posição 17 a nível nacional, e a terceira colocação no Estado, abaixo apenas de Niterói e Rio de Janeiro. “Acidadeentradefinitivamenteemumanova fasepositiva,queestimularátodosossetores da nossa economia, através da força do petróleo e do gás. No entanto, o grande resultado deste novo momento ainda será a geração de novos postos de trabalho, devolvendoanossapopulaçãooportunidades perdidasduranteoperíododacrise”,aponta Gerson. Fonte: SF Notícias Contrato Nº.010/2019. Processo/Modalidade: 004/2019 Carta convite n.º 004/2019. Partes:CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA LISBOA & BELONI LTDA – ME. Objeto:para contratação dosserviços de Buffet - jantar(700 pessoas) para a Sessão Solene de Entrega de Títulos de Cidadania Paduana e Medalhas de Honra ao Mérito Visconde Figueira, Frederico de Alvim Padilha, Dep. José Kezen e Mariquinha Cebola, que se realizará no dia 23 de julho de 2019, no Campestre Pádua Clube Valor:R$ 37.900,00 (trinta e sete mil e novecentos reais). Prazo: 01 dia: 23 de julho de 2019. Dotação Orçamentária:01.031.0001.2.109 - 33.90.39. Contrato Nº.011/2019. Processo/Modalidade: 005/2019 Carta convite n.º 005/2019. Partes:CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA LISBOA & BELONI LTDA – ME. Objeto:Serviços ornamentação do Ginásio de Esportes do Campestre Pádua Clube, para a realização da Sessão Solene de Entrega de Títulos de Cidadania Paduana e Medalhas de Honra ao Mérito Visconde Figueira, Frederico deAlvim Padilha e Dep. José Kezen e Mariquinha Cebola, no dia 23 de julho de 2019. Valor:R$ 33.200,00 (trinta e três mil e duzentos reais) Prazo: 02 dias: 22 e 23 de julho de 2019. Dotação Orçamentária::01.031.0001.2.109 - 33.90.39. FUNDAMENTAÇÃO LEGAL:Art. 23, II, “a” – Lei nº 8.666/93 Jornal Opção do Noroeste Aqui você faz a notícia
  • 6. Edição 337 Jornal Opção do Noroeste18 de Julho de 20196