SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
16 DE JANEIRO DE 2019 Edição: 311Edição: 311 - 16 de janeiro de 2019
Comprometido
com a Verdade
Atos Oficias
Câmara
Municipal
de Pàdua
R$ 2,00
Toda Semana
nas Bancas
Facebook: Jornal Opção do Noroeste Email: jornalopcaodonoroeste@gmail.com
SuplemntoEspecial
PrefeituraMunicipalde
SantoAntôniodePádua
Hospital recebe equipamentos do mais alto padrão, entre eles dois berços aquecidos, uma encubadora e um respirador para UPG.. PÁG.04
Prefeitura Municipal de Aperibé
divulga dívida de R$ 28,8 milhões
Hospital Hélio Montezano de Oliveira adquire equipamentos de alto
nível e eleva ainda mais qualidade dos serviços prestados
Pág.02
16 DE JANEIRO 2019Edição: 3112
	 Um levantamento prévio
feito pela Prefeitura de Aperibé, e
divulgado nesta segunda-feira (14),
mostra que a dívida total da Admin-
istração Pública soma mais de R$
28,8 milhões. É mais que toda a re-
ceita realizada ao longo de 2018, de
um pouco mais de R$ 27 milhões.
	 Em seu perfil no Face-
book, o prefeito do município,
Vandelar Dias (PSDB), disse
que as dívidas são resultantes de
gestões anteriores e que agora de-
ixa a atual gestão “em dificuldade
para fazer uma Aperibé melhor”.
“Hospital em estado crítico,
ruas esburacadas, frota sucateada
são outros problemas que en-
contramos, por isso algumas ati-
tudes se fizeram necessárias para
começarmos a comprimir com
nossos compromissos. Tenham
certeza que esforço não vai faltar.
Conto com a oração e a paciên-
cia de vocês.”, escreveu Vandelar.
	 A maior parte das despesas
é com a Caixa Assistência Pre-
vidência e Pensões dos Servidores
Públicos do Município de Aperibé,
a CAPMA, cujas dívidas passam
de R$ 20 milhões. As outras dívi-
das são referentes ao INSS (R$
3,018 milhões), fornecedores (R$
1,478 milhão), bloqueios prec-
atórios (R$ 1,029 milhão), con-
cessionária de energia (R$ 1 mil-
hão), cooperativa (R$ 723 mil) e
ônibus universitário (R$ 200 mil).
	 As dívidas com a Enel, con-
cessionária de energia que atende
a região, estão em negociação e as
dívidas com o INSS foi parcelada.
Fonte:Folha Itaocarense
Prefeitura Municipal de Aperibé
divulga dívida de R$ 28,8 milhões
Veja dicas para aluguel por
temporada no carnaval do Rio
	 Algumas imobiliárias já não
possuem unidades disponíveis nos prin-
cipais bairros. Rio é o destino mais
reservado no país na plataforma para
locação por temporada segundo Airbnb.
	 A um mês e meio para o car-
naval, as opções de hospedagem para
turistas que querem passar o feriadão
no Rio de Janeiro já vão se reduz-
indo. Com mais de dois terços (62%)
dos quartos dos hotéis reservados na
cidade, segundo o SindHotéis Rio,
uma opção é o aluguel por temporada.
Muitas imobiliárias tradicionais já
não contam com unidades disponíveis
nos bairros mais procurados. Quem
faz o alerta é o presidente da As-
sociação Brasileira das Administra-
doras de Imóveis (Abadi), Carlos
Samuel de Oliveira Freitas, que acred-
ita que o carnaval vai alcançar a
mesma procura do último réveillon.
	 De acordo com uma das
principais plataformas para loca-
ção, o Airbnb, o Rio é o destino mais
reservado no país até o momento.
No setor hoteleiro, 98% dos quartos
da cidade foram ocupados na virada do
ano. Para o presidente da Abadi, esse é
um parâmetro fiel para entender o ta-
manho da procura por apartamentos
para alugar durante a festa de Momo.
	 “As consultas nas imobiliárias
aumentaram muito em comparação
com o ano passado. O carnaval é a ép-
oca onde a locação rápida se beneficia
muito. Assim como o fim de ano, o car-
naval tem um peso muito grande para o
setor. A gente acredita que a procura seja
maior, principalmente pelo turista na-
cional. As imobiliárias estão muito oti-
mistas, e nós esperamos que as pessoas
venham ao Rio e fiquem satisfeitas com
a cidade”, comentou Carlos Samuel.
Copacabana é campeã no carnaval
	 Quem procura por apartamentos
para alugar na Cidade Maravilhosa ger-
almente quer ficar na Zona Sul, perto
das principais praias, dos blocos mais
badalados e das melhores festas do Rio
de Janeiro. O bairro mais procurado
pelos turistas é Copacabana, como ex-
plica o advogado especializado em di-
reito imobiliário Arnon Velmovitsky.
	 “Copacabana é um lugar in-
ternacional, e os preços são os mel-
hores também. É o melhor custo-bene-
fício do Rio de Janeiro. É realmente
o número um em termo de demanda
e oferta. São muitos prédios com vo-
cação para o aluguel por tempora-
da no bairro”, explica Velmovitsky.
Fonte:G1
Imagem tirada da internet
PIS - Pagamento beneficia cerca de 3,4
milhões de trabalhadores em todo país
Rio registra dia mais quente
d e s d e 2 0 1 5 : 4 1 , 2 ° C
	 No terceiro dia de 2019,
o Rio de Janeiro bateu re-
corde de calor com termô-
metros marcando 41,2°C, em
Santa Cruz, na Zona Oeste. É
a temperatura mais alta desde
do dia 16 de outubro de 2015
quando a máxima chegou a
42,8°C, segundo o Climatempo.
	 De acordo com o Insti-
tuto Nacional de Meteorolo-
gia (Inmet) a sexta-feira (4)
será de tempo parcialmente
nublado a nublado com panca-
das de chuva em áreas isola-
das a partir da tarde. A máxima
prevista para o dia é de 35°C.
	 No sábado e no domingo
a previsão a mesma com tem-
peraturas entre 35°C e 33°C.
Fonte: G1
	 Cerca de 3,4 milhões de
trabalhadores começaram a rece-
ber o pagamento do sétimo lote
do abono salarial dos program-
as de Integração Social (PIS) e
de Formação do Patrimônio do
Servidor Público (Pasep) 2018-
2019, ano-base 2017. Podem
receber o benefício os trabalha-
dores da iniciativa privada nas-
cidos em janeiro e fevereiro e
os servidores públicos com final
de inscrição 5. A estimativa da
Secretaria do Trabalho do Minis-
tério da Economia, é que mais
de R$ 2,8 bilhões sejam pagos.
	 A partir de hoje (17), tra-
balhadores da iniciativa privada
podem procurar a Caixa Econômi-
ca Federal. A consulta pode ser
feita pessoalmente, pela inter-
net ou pelo telefone 0800-726
02 07. Para servidores públicos,
a referência é o Banco do Bra-
sil, que também fornece informa-
ções pessoalmente, pela internet
ou pelo telefone 0800-729 00 01.
	 Os correntistas da Caixa
Econômica Federal, instituição
bancária responsável pelo paga-
mento do PIS (iniciativa privada),
tiveram os valores depositados em
suas contas nessa terça-feira (15).
	 Tem direito ao abono sa-
larial ano-base 2017 quem es-
tava inscrito no PIS/Pasep há
pelo menos cinco anos, trabalhou
formalmente por pelo menos 30
dias em 2017, teve remuneração
mensal média de até 2 salários
mínimos e seus dados foram in-
formados corretamente pelo
empregador na Relação Anual
de Informações Sociais (Rais).
	 O valor do benefício é pro-
porcional ao tempo trabalhado
formalmente em 2017. Assim,
quem esteve empregado o ano todo
recebe o valor cheio, equivalente
a um salário mínimo (R$ 998).
Quem trabalhou por apenas 30
dias recebe o valor mínimo, que é
de R$ 84 – ou 1/12 do salário míni-
mo –, e assim sucessivamente.
	 Para os trabalhadores nas-
cidos entre julho e dezembro, o
Abono Salarial ano-base 2017
começou a ser pago em 2018. Os
nascidos de janeiro a junho real-
izam o saque em 2019. O prazo
final de recebimento para todos
os trabalhadores favorecidos pelo
programa é 28 de junho de 2019.
Fonte: folha itaocarense.
16 DE JANEIRO DE 2019 Edição: 311 3
	 A Secretaria de Estado de
Fazenda depositou nesta semana
R$ 238,2 milhões em impostos
para os 92 municípios flumi-
nenses. O repasse refere-se ao
montante arrecadado no período
de 7 a 11 de janeiro. Os valores
correspondem à distribuição de
parte da arrecadação dos tributos
IPVA, IPI e ICMS às prefeituras.
	 As cidades já haviam rece-
bido R$ 53 milhões no repasse
anterior, realizado em 8 de ja-
neiro, relativo à arrecadação do
período entre os dias 2 e 4 deste
mês. Com os depósitos efetuados
nesta semana, o valor acumulado
distribuído às prefeituras em ja-
neiro sobe para R$ 291,3 milhões.
Os depósitos semanais são re-
alizados sempre até o segundo dia
útil de cada semana, conforme
prevê a Lei Complementar nº 63,
de 11 de janeiro de 1990. As con-
sultas dos valores dos exercícios
anteriores podem ser feitas no
site da Fazenda (www.fazenda.
rj.gov.br), no caminho Portais >
Tesouro > Serviços > Relatórios
> Transferências aos Municípios.
Agenda Tributária
	 Os valores semanais transfe-
ridos aos municípios fluminenses
variam em função dos prazos fixa-
dos na legislação vigente. Depen-
dendo do mês, pode haver até cin-
co datas de repasses. As variações
destes depósitos oscilam conforme
o calendário mensal, os prazos de
recolhimento e o volume dos re-
cursos arrecadados. A agenda de
pagamentos está concentrada no
dia 10 de cada mês.
Índice de Participação dos
Municípios
Os repasses aos municípios de
IPI e ICMS são liberados de acor-
Prefeituras fluminenses recebem mais de R$ 238
m i l h õ e s e m r e p a s s e s d e i m p o s t o s
do com os respectivos Índices
de Participação dos Municípios
(IPM), apurados anualmente para
aplicação no exercício seguinte,
conforme determina a Consti-
tuição Federal e observando o
disposto na Lei Complementar
Federal nº 63, de 11 de janeiro de
1990, nas Leis Estaduais nº 2.664,
de 27 de dezembro de 1996; e nº
5.100, de 04 de outubro de 2007;
além do Decreto Estadual nº
46.470, de 23 de outubro de 2018.
Fonte: folha itaocarense.
IPVA 2019: guias do Detran-RJ já estão
disponíveis ; Saiba como quitar todas as taxas
	 As guias para quitar o IPVA
2019 no Rio e as taxas afins já es-
tão disponíveis para impressão e
pagamento. O contribuinte terá
de pagar três boletos diferentes:
1.	Seguro obrigatório
DPVAT:Gere o boleto no site
da Seguradora Líder. Valores
variam de R$ 16,21, para car-
ros, a R$ 84,58, para motos;
2.	 IPVA: A guia com o có-
digo de barras está disponív-
el em página específica do
Bradesco, no campo GRD
IPVA. Basta digitar o Renavam;
3.	 Taxa de licenciamento:
Também na página do Bradesco,
na aba GRT, digite o Renavam
para ter acesso ao terceiro bo-
leto, no valor fixo de R$ 202,55.
	 Guias erradas
	 Também nesta segunda-feira,
a Secretaria Estadual de Fazenda
reemitiu 27 mil guias de IPVA que
foramgeradascomvaloresacimados
devidos. Todas são de carros que têm
kit de gás natural veicular, o GNV.
	 A secretaria constatou que
carros que instalaram kit-gás no
fim do ano passado e que en-
traram no sistema na segunda
quinzena de dezembro tiveram o
valor do imposto cobrado errado.
	 A secretaria pede que,
em caso de dúvida, os motoris-
tas enviem mensagem para ipva.
atendimento@fazenda.rj.gov.br
e ouvidoria@fazenda.rj.gov.br.
Licenciamento
	 Este é o primeiro ano
em que donos de veículos es-
tão liberados da vistoria para
renovar o licenciamento. As re-
gras foram divulgadas pelo De-
tran na última sexta-feira (11).
	 A inspeção em pátios do
Detran continua obrigatória ape-
nas para os automóveis submeti-
dos a transferência de município,
estado ou propriedade, além de
veículos coletivos de passageiros
(ônibus, micro-ônibus e vans),
de carga e de transporte escolar.
	 As medidas estão previstas
na Lei 8.269/2018 e no Decreto
46.549, baixado pelo governador
Wilson Witzel em 1º de janeiro, e
foram regulamentadas pelo Detran
através de uma portaria publicada
nesta sexta-feira no Diário Oficial.
PROCEDIMENTOS
1.	 Pagar o seguro DPVAT e a
Guia de Recolhimento de Taxas;
2.	 Agendar o serviço pelo site
do Detran ou pelo teleatendimento
(3460-4040, 3460-4041, 0800-
020-4040 e 0800-020-4041), es-
colhendo a unidade de preferência;
3.	Comparecer à uni-
dade com originais da iden-
tidade e do CRLV de 2018.
Fonte:G1
Utilidade Pública:
Pergunta:
	 Os meus filhos moram
em são Paulo e quase não
se comunicam comigo.
Sou viúva e moro com uma
moça desde quando ela era cri-
ança, que cuida muito bem de
mim e a considero como filha.
Como faço para deixar a
casa onde moramos para
essa pessoa tão especial?
Resposta:
	 A senhora não informa se
existem outros bens, portanto,
vou responder de forma genérica.
Qualquer pessoa, com capacidade
para o exercício da vida civil, pode
elaborar um testamento oudirigir-
se ao um cartório e solicitar a re-
alização de escritura de doação.
Entretanto, a pessoa somente
pode doar 50% do patrimônio,
chamado de parte disponível.
Os outros 50% do patrimônio, de-
nominado parte legitima, têm que
ser reservado para os herdeiros
necessários, quais sejam: Descen-
dentes, ascendentes e cônjuge.
COLABORAÇÃO:
E s c r i t ó r i o d e A d v o -
c a c i a V i d i p ó e O s e i a s
R u a C o n s e l h e i r o P a u -
l i n o , 9 5 , C e n t r o ,
S a n t o A n t ô n i o
d e P á d u a , R J ,
Te l e f o n e : 3 . 8 5 1 . 0 1 9 5 .
16 DE JANEIRO 2019Edição: 3114
	 O Hospital Municipal
Hélio Montezano de Olivei-
ra acaba de receber equipa-
mentos do mais alto padrão,
entre eles dois berços aque-
cidos, uma encubadora e um
respirador para UPG. A in-
stituição que tem como Di-
retor Administrativo Flávio
Bitencourt Macre e Diretor
Clínico Dr. Rafael Souto, el-
eva ainda mais seu patamar.
	 A Encubadora e o Respi-
rador são equipamentos mais
conhecidos do grande públi-
co, e é notório sua relevância
para o dia a dia Hospitalar.
Quanto aos Berços aquecidos
reservamos algumas linhas
abaixo para deixar nítido a
importância deste aparelho,
que pode ser decisivo na vida
de um bebê recém-nascido.
Berço aquecido
	 Se você é um pouco mais
jovem, talvez não imagine, mas
antigamente, uma das maiores
preocupações das parteiras era
aquecer rapidamente o bebê
para garantir que ele não de-
senvolvesse nenhuma compli-
cação clínica ao nascer - um
recém-nascido é infinitamente
mais frágil que um adulto, sen-
do preciso tomar o dobro de
cuidado com os mesmos para
garantir que eles não tenham
um começo de vida difícil.
	 Por volta dos anos 50,
para aquecer um bebê, as par-
teiras utilizavam todo e qual-
quer artifício que estivesse a
Hospital Hélio Montezano de Oliveira adquire equipamentos de alto
nível e eleva ainda mais qualidade dos serviços prestados
	 A prevenção e a mobili-
zação são as palavras de ordem
no verão para garantir proteção
contra o Aedes aegypti, mosquito
transmissor da dengue, zika e chi-
kungunya. As dicas são da Secre-
taria de Estado de Saúde, que es-
clarece dúvidas e fala sobre ações
simples para evitar a água para-
da e a proliferação do mosquito.
Quais são as principais medidas
para se evitar essas três doenças
transmitidas pelo
Aedes aegypti?
	 A prevenção é sempre a mel-
hor opção no controle ao Aedes,
uma vez que 80% dos criadouros são
residenciais. Por isso, a mobilização
popular é fundamental no êxito das
ações e consequente eliminação de
focos. Bastam apenas 10 minutos por
semana para deixar o ambiente livre
do mosquito. 		 A visto-
ria deve acontecer em caixas d’água,
tonéis, vasos de plantas, calhas, gar-
rafas, lixo e bandejas de ar-condicio-
nado, evitando deixar água parada que
sirva de criador. Com essas medidas
simples, é possível evitar a prolif-
eração de novos mosquitos. No site
http://www.riocontraoaedes.com.br, a
população vai encontrar várias dicas
de como eliminar os principais locais
onde a água pode ficar acumulada.
Quais os sintomas da dengue, zika
e chikungunya?
	 A dengue apresenta febre alta
e de início súbito e dores no corpo.
O zika tem como principal caracter-
ística as manchas vermelhas (exan-
tema), que causa uma doença chama-
da febre da zika vírus, associada à
febre baixa e dores pelo corpo. Já
a chikungunya apresenta sintomas
como febre alta e fortes dores nas
articulações. O grande complicador
destes casos é que um percentual das
pessoas infectadas pode desenvolver
a forma crônica da doença, ou seja,
apresentar dores nas articulações por
até mais de um ano após a infecção.
Como é feito o diagnóstico? Qual é
o tratamento mais indicado?
	 O diagnóstico das doenças, na
maior parte dos casos, é clínico, ou
seja, é feito com base nos sinais e
sintomas relatados e observados por
profissionais de saúde que indicam o
tratamento adequado para cada caso.
Ascom:Pádua
Todos contra o Aedes Aegypti
A enfermeira diz ao médico:
– Tem um homem invisível na sala
de espera.
O médico responde:
– Diga a ele que não posso vê-lo
agora.
A mulher do Epaminondas sumiu
e, uma semana depois, ele resolveu
dar queixa na polícia.
– O senhor tem uma foto dela? – in-
dagou o delegado.
– Sim, aqui está.
Após olhar o retrato, o policial per-
guntou:
– O senhor quer mesmo que a pro-
curemos?
Um guarda nos parou por exceder o
limite de velocidade. Como a estra-
da estava vazia, ele quase se descul-
pou por dar a multa. E até nos elo-
giou por usar o cinto de segurança.
Àquela altura, minha esposa se in-
clinou e disse:
– Bem, senhor, quando se dirige na
velocidade que dirigimos, é preciso
usá-lo.
FONTE: https://www.selecoes.com.br
sua disposição, como por ex-
emplo cobertores, toalhas,
água quente e até mesmo o
calor de seu próprio corpo.
Com a evolução da medicina,
no entanto, a maior parte dess-
es métodos rudimentares deu
lugar a outros, mais modernos
e precisos, como por exemplo
um berço aquecido hospitalar.
	 Caso você nunca tenha
ouvido falar em berço aqueci-
do hospitalar, saiba que esse
não é um tipo de equipamento
irrelevante, que é utilizado
apenas para dar mais confor-
to ao recém-nascido, mas sim
um aparelho de primeira ne-
cessidade, que precisa estar
à disposição de qualquer pes-
soa que esteja em trabalho de
parto - a presença de um berço
aquecido hospitalar, aliás,
pode muito bem ser a dife-
rença entre a vida e a morte
para um recém-nascido.
	 Se você ainda não com-
preendeu a importância de
um berço aquecido hospita-
lar, saiba que um recém-nas-
cido entra em estado de hi-
potermia com facilidade - o
próprio ambiente hospitalar
pode facilitar isso, já que lá
costuma ser gelado para evi-
tar a proliferação de doenças.
Fora isso, é muito mais fácil
utilizar um berço aquecido
hospitalar e manter a tem-
peratura do bebê equilibra-
da do que precisar aquecê-
lo em caso de hipotermia.
Ascom :HHMO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

EDIÇÃO NOTÍCIAS 290
EDIÇÃO NOTÍCIAS 290EDIÇÃO NOTÍCIAS 290
EDIÇÃO NOTÍCIAS 290Afonso Pena
 
EDIÇÃO 423 DE 26 DE FEVEREIRO DE 2021
EDIÇÃO 423 DE 26 DE FEVEREIRO DE 2021 EDIÇÃO 423 DE 26 DE FEVEREIRO DE 2021
EDIÇÃO 423 DE 26 DE FEVEREIRO DE 2021 Afonso Pena
 
EDIÇÃO 369 DE 19 DE FEVEREIRO DE 2020
EDIÇÃO 369 DE 19 DE FEVEREIRO DE 2020EDIÇÃO 369 DE 19 DE FEVEREIRO DE 2020
EDIÇÃO 369 DE 19 DE FEVEREIRO DE 2020Afonso Pena
 
EDIÇÃO 394 DE 12 DE AGOSTO DE 2020
EDIÇÃO 394 DE 12 DE AGOSTO DE 2020EDIÇÃO 394 DE 12 DE AGOSTO DE 2020
EDIÇÃO 394 DE 12 DE AGOSTO DE 2020Afonso Pena
 
EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 372 DE 12 DE MARÇO DE 2020
EDIÇÃO 372 DE 12 DE MARÇO DE 2020EDIÇÃO 372 DE 12 DE MARÇO DE 2020
EDIÇÃO 372 DE 12 DE MARÇO DE 2020Afonso Pena
 
EDIÇÃO 358 DE 13 DE DEZEMBRO DE 2019
EDIÇÃO 358 DE 13 DE DEZEMBRO DE 2019EDIÇÃO 358 DE 13 DE DEZEMBRO DE 2019
EDIÇÃO 358 DE 13 DE DEZEMBRO DE 2019Afonso Pena
 
EDIÇÃO NOTICIAS 283
EDIÇÃO NOTICIAS 283EDIÇÃO NOTICIAS 283
EDIÇÃO NOTICIAS 283Afonso Pena
 
EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 387 DE 24 DE JUNHO DE 2020
EDIÇÃO 387 DE 24 DE JUNHO DE 2020EDIÇÃO 387 DE 24 DE JUNHO DE 2020
EDIÇÃO 387 DE 24 DE JUNHO DE 2020Afonso Pena
 
EDIÇÃO 364 DE 22 DE JANEIRO DE 2020
EDIÇÃO 364 DE 22 DE JANEIRO DE 2020EDIÇÃO 364 DE 22 DE JANEIRO DE 2020
EDIÇÃO 364 DE 22 DE JANEIRO DE 2020Afonso Pena
 
EDIÇÃO 370 DE 26 DE FEVEREIRO DE 2020
EDIÇÃO 370 DE 26 DE FEVEREIRO DE 2020EDIÇÃO 370 DE 26 DE FEVEREIRO DE 2020
EDIÇÃO 370 DE 26 DE FEVEREIRO DE 2020Afonso Pena
 

Mais procurados (20)

EDIÇÃO 292
EDIÇÃO 292EDIÇÃO 292
EDIÇÃO 292
 
EDIÇÃO NOTÍCIAS 290
EDIÇÃO NOTÍCIAS 290EDIÇÃO NOTÍCIAS 290
EDIÇÃO NOTÍCIAS 290
 
EDIÇÃO 303
EDIÇÃO 303EDIÇÃO 303
EDIÇÃO 303
 
EDIÇÃO 316
EDIÇÃO 316EDIÇÃO 316
EDIÇÃO 316
 
EDIÇÃO 423 DE 26 DE FEVEREIRO DE 2021
EDIÇÃO 423 DE 26 DE FEVEREIRO DE 2021 EDIÇÃO 423 DE 26 DE FEVEREIRO DE 2021
EDIÇÃO 423 DE 26 DE FEVEREIRO DE 2021
 
EDIÇÃO 369 DE 19 DE FEVEREIRO DE 2020
EDIÇÃO 369 DE 19 DE FEVEREIRO DE 2020EDIÇÃO 369 DE 19 DE FEVEREIRO DE 2020
EDIÇÃO 369 DE 19 DE FEVEREIRO DE 2020
 
EDIÇÃO 394 DE 12 DE AGOSTO DE 2020
EDIÇÃO 394 DE 12 DE AGOSTO DE 2020EDIÇÃO 394 DE 12 DE AGOSTO DE 2020
EDIÇÃO 394 DE 12 DE AGOSTO DE 2020
 
EDIÇÃO 306
EDIÇÃO 306EDIÇÃO 306
EDIÇÃO 306
 
EDIÇÃO 345
EDIÇÃO 345EDIÇÃO 345
EDIÇÃO 345
 
EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 449 DE 27 DE AGOSTO DE 2021
 
EDIÇÃO 372 DE 12 DE MARÇO DE 2020
EDIÇÃO 372 DE 12 DE MARÇO DE 2020EDIÇÃO 372 DE 12 DE MARÇO DE 2020
EDIÇÃO 372 DE 12 DE MARÇO DE 2020
 
EDIÇÃO 296
EDIÇÃO 296EDIÇÃO 296
EDIÇÃO 296
 
EDIÇÃO 358 DE 13 DE DEZEMBRO DE 2019
EDIÇÃO 358 DE 13 DE DEZEMBRO DE 2019EDIÇÃO 358 DE 13 DE DEZEMBRO DE 2019
EDIÇÃO 358 DE 13 DE DEZEMBRO DE 2019
 
EDIÇÃO NOTICIAS 283
EDIÇÃO NOTICIAS 283EDIÇÃO NOTICIAS 283
EDIÇÃO NOTICIAS 283
 
EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 437 DE 04 DE JUNHO DE 2021
 
EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 442 DE 09 DE JULHO DE 2021
 
EDIÇÃO 309
EDIÇÃO 309EDIÇÃO 309
EDIÇÃO 309
 
EDIÇÃO 387 DE 24 DE JUNHO DE 2020
EDIÇÃO 387 DE 24 DE JUNHO DE 2020EDIÇÃO 387 DE 24 DE JUNHO DE 2020
EDIÇÃO 387 DE 24 DE JUNHO DE 2020
 
EDIÇÃO 364 DE 22 DE JANEIRO DE 2020
EDIÇÃO 364 DE 22 DE JANEIRO DE 2020EDIÇÃO 364 DE 22 DE JANEIRO DE 2020
EDIÇÃO 364 DE 22 DE JANEIRO DE 2020
 
EDIÇÃO 370 DE 26 DE FEVEREIRO DE 2020
EDIÇÃO 370 DE 26 DE FEVEREIRO DE 2020EDIÇÃO 370 DE 26 DE FEVEREIRO DE 2020
EDIÇÃO 370 DE 26 DE FEVEREIRO DE 2020
 

Semelhante a EDIÇÃO 311 (20)

Promoção do mpc municiparios parcelamento salarios
Promoção do mpc municiparios parcelamento salariosPromoção do mpc municiparios parcelamento salarios
Promoção do mpc municiparios parcelamento salarios
 
AMM Informa nº 14
AMM Informa nº 14AMM Informa nº 14
AMM Informa nº 14
 
Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018
 
Edição Jornal Correio Regional 10
Edição Jornal Correio Regional 10Edição Jornal Correio Regional 10
Edição Jornal Correio Regional 10
 
GAZETA SANTA CÂNDIDA, SETEMBRO 2018
GAZETA SANTA CÂNDIDA, SETEMBRO 2018GAZETA SANTA CÂNDIDA, SETEMBRO 2018
GAZETA SANTA CÂNDIDA, SETEMBRO 2018
 
NOTA DE ESCLARECIMENTO
NOTA DE ESCLARECIMENTONOTA DE ESCLARECIMENTO
NOTA DE ESCLARECIMENTO
 
Jornal Paraná Notícias
Jornal Paraná NotíciasJornal Paraná Notícias
Jornal Paraná Notícias
 
EDIÇÃO 249
EDIÇÃO 249 EDIÇÃO 249
EDIÇÃO 249
 
AMM Informa nº 15
AMM Informa nº 15AMM Informa nº 15
AMM Informa nº 15
 
EDIÇÃO 252
EDIÇÃO 252EDIÇÃO 252
EDIÇÃO 252
 
EDIÇÃO NOTÍCIAS 276
EDIÇÃO NOTÍCIAS 276EDIÇÃO NOTÍCIAS 276
EDIÇÃO NOTÍCIAS 276
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 07
Jornal Cidade - Ano I - Nº 07Jornal Cidade - Ano I - Nº 07
Jornal Cidade - Ano I - Nº 07
 
Jornal digital 27 10-17
Jornal digital 27 10-17Jornal digital 27 10-17
Jornal digital 27 10-17
 
Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 68 - 04/12/2015
Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 68 - 04/12/2015Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 68 - 04/12/2015
Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 68 - 04/12/2015
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 13
Jornal Cidade - Ano I - Nº 13Jornal Cidade - Ano I - Nº 13
Jornal Cidade - Ano I - Nº 13
 
Jornal digital 28-04-17
Jornal digital 28-04-17Jornal digital 28-04-17
Jornal digital 28-04-17
 
Cls em pdf
Cls em pdfCls em pdf
Cls em pdf
 
AMM Informa nº 27
AMM Informa nº 27AMM Informa nº 27
AMM Informa nº 27
 
EDIÇÃO NOTÍCIAS 275
EDIÇÃO NOTÍCIAS 275EDIÇÃO NOTÍCIAS 275
EDIÇÃO NOTÍCIAS 275
 
08 cidjp 09_02_13
08 cidjp 09_02_1308 cidjp 09_02_13
08 cidjp 09_02_13
 

Mais de Afonso Pena

EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021 EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021 Afonso Pena
 
EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021 EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021 Afonso Pena
 
EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 430 DE 16 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 430 DE 16 DE ABRIL DE 2021EDIÇÃO 430 DE 16 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 430 DE 16 DE ABRIL DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 429 DE 09 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 429 DE 09 DE ABRIL DE 2021EDIÇÃO 429 DE 09 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 429 DE 09 DE ABRIL DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 428 DE 31 DE MARÇO DE 2021
EDIÇÃO 428 DE 31 DE MARÇO DE 2021EDIÇÃO 428 DE 31 DE MARÇO DE 2021
EDIÇÃO 428 DE 31 DE MARÇO DE 2021Afonso Pena
 
EDIÇÃO 427 DE 26 DE MARÇO DE 2021
EDIÇÃO 427 DE 26 DE MARÇO DE 2021EDIÇÃO 427 DE 26 DE MARÇO DE 2021
EDIÇÃO 427 DE 26 DE MARÇO DE 2021Afonso Pena
 

Mais de Afonso Pena (20)

EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
 
EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 447 DE 13 DE AGOSTO DE 2021
 
EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 446 DE 06 DE AGOSTO DE 2021
 
EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 445 DE 28 DE JULHO DE 2021
 
EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 444 DE 23 DE JULHO DE 2021
 
EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 443 DE 16 DE JULHO DE 2021
 
EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021
EDIÇÃO 441 DE 02 DE JULHO DE 2021
 
EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 440 DE 25 DE JUNHO DE 2021
 
EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 439 DE 16 DE JUNHO DE 2021
 
EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021
EDIÇÃO 438 DE 11 DE JUNHO DE 2021
 
EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 436 DE 31 DE MAIO DE 2021
 
EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021 EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 435 DE 21 DE MAIO DE 2021
 
EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 434 DE 14 DE MAIO DE 2021
 
EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021
EDIÇÃO 433 DE 07 DE MAIO DE 2021
 
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021 EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 432 DE 30 DE ABRIL DE 2021
 
EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 431 DE 26 DE ABRIL DE 2021
 
EDIÇÃO 430 DE 16 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 430 DE 16 DE ABRIL DE 2021EDIÇÃO 430 DE 16 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 430 DE 16 DE ABRIL DE 2021
 
EDIÇÃO 429 DE 09 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 429 DE 09 DE ABRIL DE 2021EDIÇÃO 429 DE 09 DE ABRIL DE 2021
EDIÇÃO 429 DE 09 DE ABRIL DE 2021
 
EDIÇÃO 428 DE 31 DE MARÇO DE 2021
EDIÇÃO 428 DE 31 DE MARÇO DE 2021EDIÇÃO 428 DE 31 DE MARÇO DE 2021
EDIÇÃO 428 DE 31 DE MARÇO DE 2021
 
EDIÇÃO 427 DE 26 DE MARÇO DE 2021
EDIÇÃO 427 DE 26 DE MARÇO DE 2021EDIÇÃO 427 DE 26 DE MARÇO DE 2021
EDIÇÃO 427 DE 26 DE MARÇO DE 2021
 

EDIÇÃO 311

  • 1. 16 DE JANEIRO DE 2019 Edição: 311Edição: 311 - 16 de janeiro de 2019 Comprometido com a Verdade Atos Oficias Câmara Municipal de Pàdua R$ 2,00 Toda Semana nas Bancas Facebook: Jornal Opção do Noroeste Email: jornalopcaodonoroeste@gmail.com SuplemntoEspecial PrefeituraMunicipalde SantoAntôniodePádua Hospital recebe equipamentos do mais alto padrão, entre eles dois berços aquecidos, uma encubadora e um respirador para UPG.. PÁG.04 Prefeitura Municipal de Aperibé divulga dívida de R$ 28,8 milhões Hospital Hélio Montezano de Oliveira adquire equipamentos de alto nível e eleva ainda mais qualidade dos serviços prestados Pág.02
  • 2. 16 DE JANEIRO 2019Edição: 3112 Um levantamento prévio feito pela Prefeitura de Aperibé, e divulgado nesta segunda-feira (14), mostra que a dívida total da Admin- istração Pública soma mais de R$ 28,8 milhões. É mais que toda a re- ceita realizada ao longo de 2018, de um pouco mais de R$ 27 milhões. Em seu perfil no Face- book, o prefeito do município, Vandelar Dias (PSDB), disse que as dívidas são resultantes de gestões anteriores e que agora de- ixa a atual gestão “em dificuldade para fazer uma Aperibé melhor”. “Hospital em estado crítico, ruas esburacadas, frota sucateada são outros problemas que en- contramos, por isso algumas ati- tudes se fizeram necessárias para começarmos a comprimir com nossos compromissos. Tenham certeza que esforço não vai faltar. Conto com a oração e a paciên- cia de vocês.”, escreveu Vandelar. A maior parte das despesas é com a Caixa Assistência Pre- vidência e Pensões dos Servidores Públicos do Município de Aperibé, a CAPMA, cujas dívidas passam de R$ 20 milhões. As outras dívi- das são referentes ao INSS (R$ 3,018 milhões), fornecedores (R$ 1,478 milhão), bloqueios prec- atórios (R$ 1,029 milhão), con- cessionária de energia (R$ 1 mil- hão), cooperativa (R$ 723 mil) e ônibus universitário (R$ 200 mil). As dívidas com a Enel, con- cessionária de energia que atende a região, estão em negociação e as dívidas com o INSS foi parcelada. Fonte:Folha Itaocarense Prefeitura Municipal de Aperibé divulga dívida de R$ 28,8 milhões Veja dicas para aluguel por temporada no carnaval do Rio Algumas imobiliárias já não possuem unidades disponíveis nos prin- cipais bairros. Rio é o destino mais reservado no país na plataforma para locação por temporada segundo Airbnb. A um mês e meio para o car- naval, as opções de hospedagem para turistas que querem passar o feriadão no Rio de Janeiro já vão se reduz- indo. Com mais de dois terços (62%) dos quartos dos hotéis reservados na cidade, segundo o SindHotéis Rio, uma opção é o aluguel por temporada. Muitas imobiliárias tradicionais já não contam com unidades disponíveis nos bairros mais procurados. Quem faz o alerta é o presidente da As- sociação Brasileira das Administra- doras de Imóveis (Abadi), Carlos Samuel de Oliveira Freitas, que acred- ita que o carnaval vai alcançar a mesma procura do último réveillon. De acordo com uma das principais plataformas para loca- ção, o Airbnb, o Rio é o destino mais reservado no país até o momento. No setor hoteleiro, 98% dos quartos da cidade foram ocupados na virada do ano. Para o presidente da Abadi, esse é um parâmetro fiel para entender o ta- manho da procura por apartamentos para alugar durante a festa de Momo. “As consultas nas imobiliárias aumentaram muito em comparação com o ano passado. O carnaval é a ép- oca onde a locação rápida se beneficia muito. Assim como o fim de ano, o car- naval tem um peso muito grande para o setor. A gente acredita que a procura seja maior, principalmente pelo turista na- cional. As imobiliárias estão muito oti- mistas, e nós esperamos que as pessoas venham ao Rio e fiquem satisfeitas com a cidade”, comentou Carlos Samuel. Copacabana é campeã no carnaval Quem procura por apartamentos para alugar na Cidade Maravilhosa ger- almente quer ficar na Zona Sul, perto das principais praias, dos blocos mais badalados e das melhores festas do Rio de Janeiro. O bairro mais procurado pelos turistas é Copacabana, como ex- plica o advogado especializado em di- reito imobiliário Arnon Velmovitsky. “Copacabana é um lugar in- ternacional, e os preços são os mel- hores também. É o melhor custo-bene- fício do Rio de Janeiro. É realmente o número um em termo de demanda e oferta. São muitos prédios com vo- cação para o aluguel por tempora- da no bairro”, explica Velmovitsky. Fonte:G1 Imagem tirada da internet PIS - Pagamento beneficia cerca de 3,4 milhões de trabalhadores em todo país Rio registra dia mais quente d e s d e 2 0 1 5 : 4 1 , 2 ° C No terceiro dia de 2019, o Rio de Janeiro bateu re- corde de calor com termô- metros marcando 41,2°C, em Santa Cruz, na Zona Oeste. É a temperatura mais alta desde do dia 16 de outubro de 2015 quando a máxima chegou a 42,8°C, segundo o Climatempo. De acordo com o Insti- tuto Nacional de Meteorolo- gia (Inmet) a sexta-feira (4) será de tempo parcialmente nublado a nublado com panca- das de chuva em áreas isola- das a partir da tarde. A máxima prevista para o dia é de 35°C. No sábado e no domingo a previsão a mesma com tem- peraturas entre 35°C e 33°C. Fonte: G1 Cerca de 3,4 milhões de trabalhadores começaram a rece- ber o pagamento do sétimo lote do abono salarial dos program- as de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) 2018- 2019, ano-base 2017. Podem receber o benefício os trabalha- dores da iniciativa privada nas- cidos em janeiro e fevereiro e os servidores públicos com final de inscrição 5. A estimativa da Secretaria do Trabalho do Minis- tério da Economia, é que mais de R$ 2,8 bilhões sejam pagos. A partir de hoje (17), tra- balhadores da iniciativa privada podem procurar a Caixa Econômi- ca Federal. A consulta pode ser feita pessoalmente, pela inter- net ou pelo telefone 0800-726 02 07. Para servidores públicos, a referência é o Banco do Bra- sil, que também fornece informa- ções pessoalmente, pela internet ou pelo telefone 0800-729 00 01. Os correntistas da Caixa Econômica Federal, instituição bancária responsável pelo paga- mento do PIS (iniciativa privada), tiveram os valores depositados em suas contas nessa terça-feira (15). Tem direito ao abono sa- larial ano-base 2017 quem es- tava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2017, teve remuneração mensal média de até 2 salários mínimos e seus dados foram in- formados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais). O valor do benefício é pro- porcional ao tempo trabalhado formalmente em 2017. Assim, quem esteve empregado o ano todo recebe o valor cheio, equivalente a um salário mínimo (R$ 998). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, que é de R$ 84 – ou 1/12 do salário míni- mo –, e assim sucessivamente. Para os trabalhadores nas- cidos entre julho e dezembro, o Abono Salarial ano-base 2017 começou a ser pago em 2018. Os nascidos de janeiro a junho real- izam o saque em 2019. O prazo final de recebimento para todos os trabalhadores favorecidos pelo programa é 28 de junho de 2019. Fonte: folha itaocarense.
  • 3. 16 DE JANEIRO DE 2019 Edição: 311 3 A Secretaria de Estado de Fazenda depositou nesta semana R$ 238,2 milhões em impostos para os 92 municípios flumi- nenses. O repasse refere-se ao montante arrecadado no período de 7 a 11 de janeiro. Os valores correspondem à distribuição de parte da arrecadação dos tributos IPVA, IPI e ICMS às prefeituras. As cidades já haviam rece- bido R$ 53 milhões no repasse anterior, realizado em 8 de ja- neiro, relativo à arrecadação do período entre os dias 2 e 4 deste mês. Com os depósitos efetuados nesta semana, o valor acumulado distribuído às prefeituras em ja- neiro sobe para R$ 291,3 milhões. Os depósitos semanais são re- alizados sempre até o segundo dia útil de cada semana, conforme prevê a Lei Complementar nº 63, de 11 de janeiro de 1990. As con- sultas dos valores dos exercícios anteriores podem ser feitas no site da Fazenda (www.fazenda. rj.gov.br), no caminho Portais > Tesouro > Serviços > Relatórios > Transferências aos Municípios. Agenda Tributária Os valores semanais transfe- ridos aos municípios fluminenses variam em função dos prazos fixa- dos na legislação vigente. Depen- dendo do mês, pode haver até cin- co datas de repasses. As variações destes depósitos oscilam conforme o calendário mensal, os prazos de recolhimento e o volume dos re- cursos arrecadados. A agenda de pagamentos está concentrada no dia 10 de cada mês. Índice de Participação dos Municípios Os repasses aos municípios de IPI e ICMS são liberados de acor- Prefeituras fluminenses recebem mais de R$ 238 m i l h õ e s e m r e p a s s e s d e i m p o s t o s do com os respectivos Índices de Participação dos Municípios (IPM), apurados anualmente para aplicação no exercício seguinte, conforme determina a Consti- tuição Federal e observando o disposto na Lei Complementar Federal nº 63, de 11 de janeiro de 1990, nas Leis Estaduais nº 2.664, de 27 de dezembro de 1996; e nº 5.100, de 04 de outubro de 2007; além do Decreto Estadual nº 46.470, de 23 de outubro de 2018. Fonte: folha itaocarense. IPVA 2019: guias do Detran-RJ já estão disponíveis ; Saiba como quitar todas as taxas As guias para quitar o IPVA 2019 no Rio e as taxas afins já es- tão disponíveis para impressão e pagamento. O contribuinte terá de pagar três boletos diferentes: 1. Seguro obrigatório DPVAT:Gere o boleto no site da Seguradora Líder. Valores variam de R$ 16,21, para car- ros, a R$ 84,58, para motos; 2. IPVA: A guia com o có- digo de barras está disponív- el em página específica do Bradesco, no campo GRD IPVA. Basta digitar o Renavam; 3. Taxa de licenciamento: Também na página do Bradesco, na aba GRT, digite o Renavam para ter acesso ao terceiro bo- leto, no valor fixo de R$ 202,55. Guias erradas Também nesta segunda-feira, a Secretaria Estadual de Fazenda reemitiu 27 mil guias de IPVA que foramgeradascomvaloresacimados devidos. Todas são de carros que têm kit de gás natural veicular, o GNV. A secretaria constatou que carros que instalaram kit-gás no fim do ano passado e que en- traram no sistema na segunda quinzena de dezembro tiveram o valor do imposto cobrado errado. A secretaria pede que, em caso de dúvida, os motoris- tas enviem mensagem para ipva. atendimento@fazenda.rj.gov.br e ouvidoria@fazenda.rj.gov.br. Licenciamento Este é o primeiro ano em que donos de veículos es- tão liberados da vistoria para renovar o licenciamento. As re- gras foram divulgadas pelo De- tran na última sexta-feira (11). A inspeção em pátios do Detran continua obrigatória ape- nas para os automóveis submeti- dos a transferência de município, estado ou propriedade, além de veículos coletivos de passageiros (ônibus, micro-ônibus e vans), de carga e de transporte escolar. As medidas estão previstas na Lei 8.269/2018 e no Decreto 46.549, baixado pelo governador Wilson Witzel em 1º de janeiro, e foram regulamentadas pelo Detran através de uma portaria publicada nesta sexta-feira no Diário Oficial. PROCEDIMENTOS 1. Pagar o seguro DPVAT e a Guia de Recolhimento de Taxas; 2. Agendar o serviço pelo site do Detran ou pelo teleatendimento (3460-4040, 3460-4041, 0800- 020-4040 e 0800-020-4041), es- colhendo a unidade de preferência; 3. Comparecer à uni- dade com originais da iden- tidade e do CRLV de 2018. Fonte:G1 Utilidade Pública: Pergunta: Os meus filhos moram em são Paulo e quase não se comunicam comigo. Sou viúva e moro com uma moça desde quando ela era cri- ança, que cuida muito bem de mim e a considero como filha. Como faço para deixar a casa onde moramos para essa pessoa tão especial? Resposta: A senhora não informa se existem outros bens, portanto, vou responder de forma genérica. Qualquer pessoa, com capacidade para o exercício da vida civil, pode elaborar um testamento oudirigir- se ao um cartório e solicitar a re- alização de escritura de doação. Entretanto, a pessoa somente pode doar 50% do patrimônio, chamado de parte disponível. Os outros 50% do patrimônio, de- nominado parte legitima, têm que ser reservado para os herdeiros necessários, quais sejam: Descen- dentes, ascendentes e cônjuge. COLABORAÇÃO: E s c r i t ó r i o d e A d v o - c a c i a V i d i p ó e O s e i a s R u a C o n s e l h e i r o P a u - l i n o , 9 5 , C e n t r o , S a n t o A n t ô n i o d e P á d u a , R J , Te l e f o n e : 3 . 8 5 1 . 0 1 9 5 .
  • 4. 16 DE JANEIRO 2019Edição: 3114 O Hospital Municipal Hélio Montezano de Olivei- ra acaba de receber equipa- mentos do mais alto padrão, entre eles dois berços aque- cidos, uma encubadora e um respirador para UPG. A in- stituição que tem como Di- retor Administrativo Flávio Bitencourt Macre e Diretor Clínico Dr. Rafael Souto, el- eva ainda mais seu patamar. A Encubadora e o Respi- rador são equipamentos mais conhecidos do grande públi- co, e é notório sua relevância para o dia a dia Hospitalar. Quanto aos Berços aquecidos reservamos algumas linhas abaixo para deixar nítido a importância deste aparelho, que pode ser decisivo na vida de um bebê recém-nascido. Berço aquecido Se você é um pouco mais jovem, talvez não imagine, mas antigamente, uma das maiores preocupações das parteiras era aquecer rapidamente o bebê para garantir que ele não de- senvolvesse nenhuma compli- cação clínica ao nascer - um recém-nascido é infinitamente mais frágil que um adulto, sen- do preciso tomar o dobro de cuidado com os mesmos para garantir que eles não tenham um começo de vida difícil. Por volta dos anos 50, para aquecer um bebê, as par- teiras utilizavam todo e qual- quer artifício que estivesse a Hospital Hélio Montezano de Oliveira adquire equipamentos de alto nível e eleva ainda mais qualidade dos serviços prestados A prevenção e a mobili- zação são as palavras de ordem no verão para garantir proteção contra o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chi- kungunya. As dicas são da Secre- taria de Estado de Saúde, que es- clarece dúvidas e fala sobre ações simples para evitar a água para- da e a proliferação do mosquito. Quais são as principais medidas para se evitar essas três doenças transmitidas pelo Aedes aegypti? A prevenção é sempre a mel- hor opção no controle ao Aedes, uma vez que 80% dos criadouros são residenciais. Por isso, a mobilização popular é fundamental no êxito das ações e consequente eliminação de focos. Bastam apenas 10 minutos por semana para deixar o ambiente livre do mosquito. A visto- ria deve acontecer em caixas d’água, tonéis, vasos de plantas, calhas, gar- rafas, lixo e bandejas de ar-condicio- nado, evitando deixar água parada que sirva de criador. Com essas medidas simples, é possível evitar a prolif- eração de novos mosquitos. No site http://www.riocontraoaedes.com.br, a população vai encontrar várias dicas de como eliminar os principais locais onde a água pode ficar acumulada. Quais os sintomas da dengue, zika e chikungunya? A dengue apresenta febre alta e de início súbito e dores no corpo. O zika tem como principal caracter- ística as manchas vermelhas (exan- tema), que causa uma doença chama- da febre da zika vírus, associada à febre baixa e dores pelo corpo. Já a chikungunya apresenta sintomas como febre alta e fortes dores nas articulações. O grande complicador destes casos é que um percentual das pessoas infectadas pode desenvolver a forma crônica da doença, ou seja, apresentar dores nas articulações por até mais de um ano após a infecção. Como é feito o diagnóstico? Qual é o tratamento mais indicado? O diagnóstico das doenças, na maior parte dos casos, é clínico, ou seja, é feito com base nos sinais e sintomas relatados e observados por profissionais de saúde que indicam o tratamento adequado para cada caso. Ascom:Pádua Todos contra o Aedes Aegypti A enfermeira diz ao médico: – Tem um homem invisível na sala de espera. O médico responde: – Diga a ele que não posso vê-lo agora. A mulher do Epaminondas sumiu e, uma semana depois, ele resolveu dar queixa na polícia. – O senhor tem uma foto dela? – in- dagou o delegado. – Sim, aqui está. Após olhar o retrato, o policial per- guntou: – O senhor quer mesmo que a pro- curemos? Um guarda nos parou por exceder o limite de velocidade. Como a estra- da estava vazia, ele quase se descul- pou por dar a multa. E até nos elo- giou por usar o cinto de segurança. Àquela altura, minha esposa se in- clinou e disse: – Bem, senhor, quando se dirige na velocidade que dirigimos, é preciso usá-lo. FONTE: https://www.selecoes.com.br sua disposição, como por ex- emplo cobertores, toalhas, água quente e até mesmo o calor de seu próprio corpo. Com a evolução da medicina, no entanto, a maior parte dess- es métodos rudimentares deu lugar a outros, mais modernos e precisos, como por exemplo um berço aquecido hospitalar. Caso você nunca tenha ouvido falar em berço aqueci- do hospitalar, saiba que esse não é um tipo de equipamento irrelevante, que é utilizado apenas para dar mais confor- to ao recém-nascido, mas sim um aparelho de primeira ne- cessidade, que precisa estar à disposição de qualquer pes- soa que esteja em trabalho de parto - a presença de um berço aquecido hospitalar, aliás, pode muito bem ser a dife- rença entre a vida e a morte para um recém-nascido. Se você ainda não com- preendeu a importância de um berço aquecido hospita- lar, saiba que um recém-nas- cido entra em estado de hi- potermia com facilidade - o próprio ambiente hospitalar pode facilitar isso, já que lá costuma ser gelado para evi- tar a proliferação de doenças. Fora isso, é muito mais fácil utilizar um berço aquecido hospitalar e manter a tem- peratura do bebê equilibra- da do que precisar aquecê- lo em caso de hipotermia. Ascom :HHMO