Seminário - Avaliação de Aprendizagem: do erro como fonte de castigo ao erro como fonte de virtude.

353 visualizações

Publicada em

Do erro como fonte de castigo ao erro como fonte de virtude!

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
353
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
68
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seminário - Avaliação de Aprendizagem: do erro como fonte de castigo ao erro como fonte de virtude.

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA - UFPB GRUPO: EDSON CIRÍACO JÉSSICA NASCIMENTO JOSIANE PEREIRA DE OLIVEIRA Seminário Pratica escolar: do erro como fonte de castigo ao erro como fonte de virtude
  2. 2. SOBRE COMO OS ERROS NÃO DEVEM SER CASTIGADOS, MAS ABENÇOADOS COMO PONTOS DE PARTIDAS PARA NOVAS APRENDIZAGENS  Toda via, uma visão sadia do erro possibilita sua utilização de forma construtiva.
  3. 3. O CASTIGO ESCOLAR A PARTIR DO ERRO  ... Às mais variadas formas de castigos por parte do professor , indo desde as mais visíveis até as mais sutis.  No passado , em nossa pratica escolar, castigava- se fisicamente.  Uma forma intermediaria de castigo, entre o físico e o moral era de deixar o aluno “em pé ”...  ...pratica pela qual o professor cria um clima de medo, tensão e ansiedade entre os alunos.
  4. 4.  Uma modalidade diversa do castigo é a ameaça do castigo...  Teste relâmpago...
  5. 5.  O medo tolhe a vida e a liberdade , criando a dependência e a incapacidade para ir sempre em frente.
  6. 6. AS RAZÕES DO USO DO CASTIGO  A razão imediata e aparente do castigo decorrem do fato de o aluno manifesta não ter aprendido...  ...o erro é sempre fonte de condenação e castigo, porque decorre de uma culpa...  ... O erro poderia ser visto como fonte de virtude, ou seja , de crescimento...
  7. 7. O QUE É O ERRO?  A ideia de erro só emerge no contexto da existência de um padrão considerado correto.  ... o método da “tentativa do acerto e do erro”
  8. 8. O USO DO ERRO COMO FONTE DE VIRTUDE  Tanto o “sucesso/insucesso” como o “acerto/erro” pode ser utilizado como fonte de virtude...  O fato de não se chegar à solução bem –sucedida indica, no caso, o trampolim para um novo salto.
  9. 9.  O erro, para ser utilizado como fonte de virtude ou de crescimento necessita de efetiva verificação...  Toda via se nossa conduta fosse a de castigar, não teríamos oportunidades de reorientar, e o aluno não teria chance de crescer.  ...o erro não é fonte para castigo, mas suporte para o crescimento.  ...o erro aqui é visto como algo dinâmico, como caminho para o avanço
  10. 10. O ERRO E A AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM ESCOLAR  A questão do erro, da culpa e do castigo na pratica escolar esta bastante articulada com a questão da avaliação da aprendizagem.
  11. 11. CONCLUSÃO  Por sobre o insucesso e o erro não se devem crescer a culpa e o castigo  Ocorrendo o insucesso ou o erro, aprendamos a retirar deles os melhores e os mais significativos benefícios...
  12. 12. REFERENCIAS  LUCKESI, Cipriano Carlos. Pratica escolar: do erro como fonte de castigo ao erro como fonte de virtude. In: LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem escolar: estudos e proposições. 22. ed. São Paulo: Cortez, 2011, p. 189-200.

×