Acompanhamento da evolução da escrita Realizado por: Adriano nº1 11º8 João Serra nº14 11º8
<ul><li>A cor na pintura já era conhecida pelo Homem de Neandertal. As &quot;Venus Esteatopígicas&quot;,esculturas em pedr...
<ul><li>Das cavernas do homem primitivo passou-se para utilização da pedra e de outros materiais. </li></ul><ul><li>Os  Su...
<ul><li>Foi por volta de 2500 a.C. que os egípcios desenvolveram a técnica de fabricar folhas de papiro, considerado o pre...
<ul><li>Pergaminho , é o nome dado a uma pele de animal, geralmente de cabra, carneiro, cordeiro ou ovelha, preparada para...
<ul><li>Desde os tempos mais remotos e com a finalidade de representar objectos inanimados ou em movimento, o homem vem de...
<ul><li>Computador  é uma máquina capaz de variados tipos de tratamento automático de informações ou processamento de dado...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Meios físicos de registo das mensagens

211 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
211
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Meios físicos de registo das mensagens

  1. 1. Acompanhamento da evolução da escrita Realizado por: Adriano nº1 11º8 João Serra nº14 11º8
  2. 2. <ul><li>A cor na pintura já era conhecida pelo Homem de Neandertal. As &quot;Venus Esteatopígicas&quot;,esculturas em pedra ou marfim de figuras femininas estilizadas, com formas muito acentuadas, são manifestações artísticas das mais primitivas do &quot;Homo Sapiens&quot; (Paleolítico Superior, início 40000 a.C) e que demonstram sua capacidade de simbolizar. A estas esculturas é atribuído um sentido mágico, propiciatório da fertilidade feminina e ao primeiro registo de um sentimento religioso ou de divindade, o qual convencionou-se denominar de Deusa mãe,  Mãe Cósmica  ou  Mãe-terra . </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Das cavernas do homem primitivo passou-se para utilização da pedra e de outros materiais. </li></ul><ul><li>Os Sumérios, os babilónios e os assírios, para além da pedra, utilizam preferencial para escrever um tijolo de barro cozido ou a argila, tanto fazendo se esse suporte tinha uma forma cilíndrica, de tábua rectangular ou de disco redondo. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Foi por volta de 2500 a.C. que os egípcios desenvolveram a técnica de fabricar folhas de papiro, considerado o precursor do papel. Para confeccionar o papiro, corta-se o miolo esbranquiçado e poroso do talo em finas lâminas. Depois de secas, estas lâminas são mergulhadas em água com vinagre para ali permanecerem por seis dias, com propósito de eliminar o açúcar. Outra vez secas, as lâminas são ajeitadas em fileiras horizontais e verticais, sobrepostas umas às outras. A sequência do processo exige que as lâminas sejam colocadas entre dois pedaços de tecido de algodão, sendo então mantidas e prensadas por seis dias. E é com o peso da prensa que as finas lâminas se misturam homogeneamente para formar o papel amarelado, pronto para ser usado. O papiro pronto era, então, enrolado a uma vareta de madeira ou marfim para criar o rolo que seria usado na escrita. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Pergaminho , é o nome dado a uma pele de animal, geralmente de cabra, carneiro, cordeiro ou ovelha, preparada para nela se escrever. Designa ainda o documento escrito nesse meio. O seu nome lembra o da cidade grega de dePérgamo, na Ásia Menor, onde se acredita possa ter se originado ou distribuído. </li></ul><ul><li>Quando feitos de peles delicadas de bezerros ou cordeiros, eram chamados de velino. Estas peles davam um material de escrita fino, macio e claro, usado para documentos e obras importantes. </li></ul><ul><li>Esse importante suporte da escrita também foi largamente utilizado na antiguidade ocidental, em especial na Idade Média, até a descoberta e consequente difusão do papel uma invenção dos chineses. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Desde os tempos mais remotos e com a finalidade de representar objectos inanimados ou em movimento, o homem vem desenhando nas superfícies dos mais diferentes materiais. Nesta actividade, tão intimamente ligada ao raciocínio, utilizou, inicialmente, as superfícies daqueles materiais que a natureza oferecia praticamente prontos para seu uso, tais como paredes rochosas, pedras, ossos, folhas de certas plantas, etc. Acompanhando o desenvolvimento da inteligência humana, as representações gráficas foram se tornando cada vez mais complexas, passando desse modo a significar ideias. Este desenvolvimento, ao permitir, também, um crescente domínio da circunstâncias através de utensílios por eles criados, levou o homem a desenvolver suportes mais adequados para as representações gráficas. Com esta finalidade, a história registra o uso de tabletes de barro cozido, tecidos de fibras diversas, papiros, pergaminhos e, finalmente, papel. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Computador  é uma máquina capaz de variados tipos de tratamento automático de informações ou processamento de dados. Exemplos de computadores incluem o ábaco, a calculadora, o computador analógico e o computador digital. Um computador pode prover-se de inúmeros atributos, dentre eles armazenamento de dados, processamento de dados, cálculo em grande escala, desenho industrial, tratamento de imagens gráficas, realidade virtual, entretenimento e cultura. </li></ul><ul><li>No passado, o termo já foi aplicado a pessoas responsáveis por algum cálculo. Em geral, entende-se por computador um sistema físico que realiza algum tipo de computação. Existe ainda o conceito matemático rigoroso, utilizado na teoria da computação. </li></ul>

×