Trauma toracico 3

5.687 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.687
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
220
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trauma toracico 3

  1. 1. TRAUMA TORÁCICOGSE/SET Trauma Torácico 1
  2. 2. Trauma Torácico - Objetivos:• Identificar e iniciar tratamento imediato : – Obstrução de via aérea – Pneumotórax hipertensivo – Pneumotórax aberto – Hemotórax maciço – Tórax instável – Tamponamento cardíacoGSE/SET Trauma Torácico 2
  3. 3. Trauma Torácico - Objetivos:• Identificar e iniciar tratamento no exame detalhado: – Contusão miocárdica – Rotura traqueo-brônquica – Contusão pulmonar – Rotura traumática de aorta – Rotura diafragmática – Lesões transfixantes do mediastino – Pneumotórax simples / HemotóraxGSE/SET Trauma Torácico 3
  4. 4. Anatomia Torácica :• Área totalmente preenchida por órgãos vitais• A coluna dorsal também faz parte desta área• Na porção inferior existem órgãos abdominaisGSE/SET Trauma Torácico 4
  5. 5. Trauma Torácico - Incidência :• Uma entre quatro mortes por trauma• Contuso: < 10 % requerem cirurgia• Penetrante : 15 - 30 % requerem cirurgia• A maioria necessita de procedimento simples : – Manuseio de via aérea – Descompressão torácica por agulha – PericardiocenteseGSE/SET Trauma Torácico 5
  6. 6. Pneumotórax AbertoGSE/SET Trauma Torácico 6
  7. 7. Manejo do Pneumotórax Aberto:• Assegurar via aérea adequada• Oxigênio a 100 %• Selar feridas abertas• Drenar o tórax• Operação definitivaGSE/SET Trauma Torácico 7
  8. 8. Pneumotórax Hipertensivo• Entrada de ar no espaço pleural sem saída.• Colapso pulmonar no lado afetado• Diminuição do retorno venoso• Diminuição da ventilação no outro pulmãoGSE/SET Trauma Torácico 8
  9. 9. Manejo do Pneumotórax Hipertensivo :• Assegurar via aérea adequada• Oxigênio a 100 %• Descompressão por agulha, se indicado• Diagnóstico clínico, não radiológicoGSE/SET Trauma Torácico 9
  10. 10. Indicações de descompressão do Pneumotórax Hipertensivo :• Presença de Pneumotórax Hipertensivo descompensado pela evidência de mais de um dos seguintes itens : – Dispnéia e cianose – Perda do pulso radial ( choque tardio ) – Diminuição do nível de consciênciaGSE/SET Trauma Torácico 10
  11. 11. Tórax instávelGSE/SET Trauma Torácico 11
  12. 12. Tórax instávelGSE/SET Trauma Torácico 12
  13. 13. Manejo do Tórax Instável :• Assegurar via aérea adequada - IOT, se indicado• Sempre há contusão pulmonar associada• Oxigênio a 100 %• Estabilizar o segmento instável• Cuidado com hiperhidratação• Analgesia• Monitorizar o ECGGSE/SET Trauma Torácico 13
  14. 14. Hemotórax maciço• Perda > 1500 ml de sangue para o espaço pleural• Principalmente por lesão penetrante que rompe vaso sistêmico ou pulmonar• Jugulares podem estar túrgidas ou colabadas• Choque com MV diminuído e macicez unilateralGSE/SET Trauma Torácico 14
  15. 15. Hemotórax maciçoGSE/SET Trauma Torácico 15
  16. 16. Manejo do Hemotórax Maciço :• Assegurar via aérea adequada• Oxigênio a 100 %• Reposição volêmica com alvo de PA sist. de 90 mmhg• Observar o desenvolvimento de um Hemopneumotórax hipertensivoGSE/SET Trauma Torácico 16
  17. 17. Tamponamento Cardíaco• Hipotensão arterial• Turgência jugular• Abafamento de bulhas cardíacas• Atividade elétrica sem pulsoGSE/SET Trauma Torácico 17
  18. 18. Manejo do Tamponamento Cardíaco :• Assegurar via aérea adequada• Oxigênio a 100 %• Reposição volêmica• Pericardiocentese• Monitorizar o ECGGSE/SET Trauma Torácico 18
  19. 19. Toracotomia na Ressuscitação ;• Indicações: – Cirurgião qualificado – Trauma torácico penetrante – Atividade elétrica sem pulso• Contra indicações: – Trauma contuso – Ausência de atividade elétrica cardíacaGSE/SET Trauma Torácico 19
  20. 20. Manejo de Objetos Empalados:• Assegurar via aérea adequada• Oxigênio a 100%• Estabilizar o objeto, não removê-lo• Observar o desenvolvimento de Pneumotórax hipertensivo• Tratamento cirúrgicoGSE/SET Trauma Torácico 20
  21. 21. Outros traumatismos Torácicos• Rotura aórtica traumática – Suspeitar em traumas de alto impacto• Contusão miocárdica – Trauma torácico contuso – Lesão torácica anterior – Monitorar o ECG• Lesões transfixantes do mediastinoGSE/SET Trauma Torácico 21
  22. 22. Outros Traumatismos Torácicos :• Rotura diafragmática – Pode-se ouvir peristalse no tórax• Contusão pulmonar – Trauma torácico contuso – Dispnéia – CianoseGSE/SET Trauma Torácico 22
  23. 23. Trauma Torácico - Cuidado !• Pneumotórax simples hipertensivo• Hemotórax não drenado• Lesão diafragmática• Atraso no diagnóstico de lesão aórtica• Severidade das fraturas de arcos costais / contusão pulmonar• Pacientes idososGSE/SET Trauma Torácico 23
  24. 24. Trauma Torácico - Resumo :• Comum em politraumatizados• Avaliar atenciosamente• Lesões graves podem ser tratadas com medidas simples• Monitorar o paciente – ECG/SpO2GSE/SET Trauma Torácico 24

×