Sedentarismo e a saúde da população

633 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
633
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sedentarismo e a saúde da população

  1. 1. Sedentarismo e a saúde da população1Rafaela Cristina Alves Ferreira2Resumo: Através dessa pesquisa procura se entender e avaliar a importância daatividade física e a dificuldade para adesão e para o reconhecimento da populaçãodos benefícios da mesma; bem como um grande problema atual que é osedentarismo e isso reflete de modo negativo na vida das pessoas.Palavras chaves: sedentarismo, atividade física, estilo de vidaINTRODUÇÃOA atividade física pode ser entendida como qualquer movimento corporal, produzidopela musculatura esquelética, que resulta em gasto energético (CASPERSEN,1985), tendo componentes e determinantes de ordem biopsicossocial, cultural ecomportamental, podendo ser exemplificada por jogos, lutas, danças, esportes,exercícios físicos, atividades laborais e deslocamentos (PITANGA, 2002). Para aOrganização Mundial de Saúde, a atividade física, é necessária em todas as idadese deveria ser proporcionada a todas as crianças e adolescentes. Além disso, sugere-se que os programas de exercícios físicos deveriam contemplar o aspecto lúdico,agradável, de forma que tais atividades se tornassem mais atraentes levando àformação desses hábitos para toda a vida (WHO/FIMS, 1995).Sendo a atividade física uma área importante de investigação principalmente porpossuir uma relação inversa com doenças degenerativas causadas pelosedentarismo, o objetivo deste estudo é abordar os principais temas ligados asedentarismo e atividade física e saúde da população.2 Estudante de Graduação em Enfermagem, e-mail para contato: rafaaferbh@hotmail.com
  2. 2. O sedentarismo e a saúde da populaçãoO sedentarismo apartir de 1992 foi reconhecido como fator primario para morbidadee mortalidade populacional decorretente de doenças cardiovasculares.. Um dosprincipais desafios para a saúde publica é o combate ao sedentarismo já que asociedade atual esta acostumada a facilidades e para realizar as atividades do dia adia , se requer o minimo de esforço fisico, diminuindo muito o gasto energetico econtribuindo para obesidade.Na sociedade moderna o sedentarismo é combatido com prioridade e a ideia demudança de estilo de vida sedentario para um estilo de vida mais ativo vem sendoembutido a cada dia; adotar uma pratica moderada de exercicios fisicos como porexemplo 30 minutos de caminhada por 5 dias na semana representa menor riscode doenças acardiovasculares, diabetes e entre otros; com o alto impacto na saúdepublica em 2002 a OMS( organização mundial de saúde) declarou que seria o anode combate ao sedentarismo e com isso foram veiculadas a nivel mundialcampanhas com incetivo a pratica de atividade fisica.Como a expectativa de vida tem aumentado significativamente,e para ter qualidadede vida e saúde são essenciais praticas mais saudaveis e isso deve tornar sehabitual, com uma pratica saudavel de exercicios se diminui o risco de aterosclerosee suas conseqüências (angina, infarto do miocárdio, doença vascular cerebral),ajuda no controle da obesidade, da hipertensão arterial, do diabetes, daosteoporose, das dislipidemias e diminui o risco de afecções osteo-musculares e dealguns tipos de câncer (colo e de mama). Também auxilia no controle da ansiedade,da depressão, da doença pulmonar obstrutiva crônica, da asma e diversas doençascrônicas não transmissíveis, além de proporcionar melhor auto-estima e ajuda nobem-estar e socialização do cidadão.Os benefícios da atividade física:Praticar atividade física regularmente traz como benefícios:Reduz o risco de morrer prematuramente.
  3. 3. Reduz o risco de morrer de doença cardiovascular.Diminui o risco de desenvolver diabetes.Reduz o risco de desenvolver pressão alta.Ajuda a diminuir a pressão sanguínea em pessoas que já têm diagnosticode hipertensão.Reduz o risco de desenvolver câncer de colón.Diminui os sentimentos de ansiedade e depressão.Ajuda a controlar o peso corporal.Aumenta a massa magraAjuda a manter ossos, músculos e articulações saudáveis.Ajuda os idosos a ficarem mais fortes e mais ágeisAtividade física regular pode ajudar a controlar o inchaço nas articulaçõese dor.Promove o bem-estar psicológico.Promoção da saúdeA promoção, proteção e recuperação da saúde é cada vez mais valorizada, por issoexiste um modelo de atenção a saúde que prioriza este tipo de ação , que são asmelhorias da qualidade de vida do sujeito e da comunidade.Segundo Sheiham (2001) existem algumas estratégias para a promoção da saúde eque são descritas a seguir::1) Promoção de saúde através de políticas públicas: focalizando a atenção noimpacto em saúde das políticas públicas de todos os setores e não somente do setorda saúde, mas um trabalho intersetorial.2) Criação de ambiente favorável através da avaliação do impacto em saúde doambiente e evidenciar oportunidades de mudanças que conduzam à saúde.3) Desenvolvimento de habilidades pessoais: ampliando a disseminação deinformações para promover compreensão, e apoiar o desenvolvimento de
  4. 4. habilidades pessoais, sociais e políticas que capacitem indivíduos a tomar atitudesde promoção de saúde.4) Fortalecimento de ações comunitárias: apoiando ações comunitárias concretas eeficazes na definição de prioridades, tomada de decisões, planejamento deestratégias e implementá-las para atingir melhor padrão de saúde.5) Reorientação de serviços de saúde: redirecionar o modelo de atenção daresponsabilidade de oferecer serviços clínicos e curativos para a meta de ganhosem saúde.Para a promoção da saúde deve além da eduacação criar um ambiente favorávelpara a melhora que se deseja realizar, além de construir uma base para aaproximação do publico alvo e conseguir aliados nessa etapa, pois é necessario oenvolvimento de uma comunidade para que sejam instituidas mudanças; desfrutarde aptidões pessoais de individuos da sociedade para servirem de modelo são umaboa estrategia para sensibilizar e colocar o cidadão como sujeito responsavel pelapropria saúde.CONCLUSÃOO sedentarismo aliado aos hábitos nutricionais errados tem um impacto maléfico nasaúde da população, podendo resultar na obesidade e numa série de doençascrônico- degenerativas na população. O impacto negativo da falta de atividade físicapode levar a agraves conseqüências, e por isso deve ser tratado como problema desaúde pública. Foram criados vários programas a fim de estimular a pratica daatividade física espontânea como habituais no cotidiano da população, agindo comomeio de profilaxia e tratando doenças crônicas instaladas.
  5. 5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICASAraújo, D. S. M. S ; Araújo,C .G .S -Aptidão física, saúde e qualidade de vidarelacionada a saúde em adultos - http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922000000500005 Acesso em :17 de março de 2012Malta , D.C at al- A política Nacional de promoção da saúde e a agenda daatividade física no contexto do SUS - http://dx.doi.org/10.5123/S1679-49742009000100008 Acesso em :17 de março de 2012Zuttin R.S, Moreno M.A, César M.C, Martins L.E.B, Catai A.M, Silva E ,- Avaliaçãoda modulação autonômica da freqüência cardíaca nas posturas supina e sentada dehomens jovens sedentárioshttp://redalyc.uaemex.mx/redalyc/pdf/2350/235016536003.pdf Acesso em: 17 demarço de 2012http://www.espacoacademico.com.br/062/62neves.htm Acesso em: 17 de marçode 2012Brasil, Política nacional de promoção da saúde Acesso em: 17 de março de 2012Brasil, Ministério da Saúde- Caderno de atenção básica n° 12. Obesidade, 2006Acesso em :17 de março de 2012

×